Busca

Categoria: Cultura


11:49 · 17.06.2017 / atualizado às 08:51 · 15.06.2017 por

“Quadrilha” é uma expressão super-usada no momento – algo típico de festejos juninos, evidentemente.

Pois saiba: o Centro Cultural BNB de Fortaleza programou para este sábado uma agenda especial, e gratuita, para a meninada. É a quadrilha junina Criança e Arte.

Até oficina de adereços vai ser realizada, começando às 14 horas.

17:23 · 15.06.2017 / atualizado às 08:47 · 15.06.2017 por

O Mercado dos Pinhões, que virou polo cultural em Fortaleza, vai ter um remelexo daqueles.

É que a Secretaria de Cultura do Município está querendo contratar artistas ou grupos de música, teatro, dança, literatura, circo e cultura popular.

E, para aquecer mais o mercado, de zumba – um tipo de febre latina que contagia academias de ginástica.

O plano da Secultfor é o de contratar pessoal para atuar por 12 meses na “valorização e difusão das manifestações artísticas locais”.

Aí vale questionar o que a zumba – um programa de exercícios físicos que teria sido criado há quase 30 anos na Colômbia – tem a ver com as tais “manifestações artísticas locais”. Hein?

04:48 · 15.06.2017 / atualizado às 17:23 · 14.06.2017 por

Publicado hoje na Coluna Comunicado, do jornal cearense Diário do Nordeste:

Referência na moderna literatura da Língua Portuguesa, reconhecido pelos prêmios Camões e Neustadt, entre outros, o escritor moçambicano Mia Couto tem palestra agendada para a Fortaleza no dia 29, no teatro Celina Queiroz, na Unifor. Vem falar sobre recriações do pensamento e mudança da realidade. A palestra é promovida pelo Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade, em parceria com a Pós-Unifor. Inscrições neste link www.unifor.br.

10:00 · 05.06.2017 / atualizado às 16:36 · 04.06.2017 por

Informação bacana para quem se entusiasma com políticas públicas de cultura: 25 artistas plásticos participam de mostra que realiza o Espaço Cultural Belchior (Rua dos Pacajus, 123, Praia de Iracema), articulado pela Secretaria de Cultura de Fortaleza.

As visitas estão abertas de terça a sexta-feira, de 10 às 21 horas, e aos sábados e domingos, das 15 às 21h. O acesso é gratuito.

10:40 · 02.06.2017 / atualizado às 10:50 · 01.06.2017 por

A escritora cearense Ana Miranda, colaboradora do Diário do Nordeste, vai receberá em 12 de setembro próximo, data do aniversário de nascimento do fundador de Brasília, a Medalha JK – referência ao ex-presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira (1902-1976, com gestão de 1956 a 1961).

A homenagem será prestada em Diamantina (MG), pelo conjunto da obra da escritora e pelo seu mais recente livro,” A Cinderela Negra”, sobre Chica da Silva.

E é bom registrar: o engenheiro Raul Miranda, quando do começo de Brasília, foi quem implantou o cinturão verde que protegeu e alimentou a Capital por anos. Raul Miranda – pai de Ana – contou com a ajuda das famílias japonesas que plantaram frutas e verduras em numerosas chácaras no entorno do Plano Piloto.

11:18 · 30.05.2017 / atualizado às 09:31 · 29.05.2017 por

O secretário Evaldo Lima, da Cultura de Fortaleza, tem avaliado a viabilidade de que haja criar mais edições semanais de feiras de discos de vinil e de outros bens de colecionadores.

Evaldo está atento para os potenciais do Largo Luiz Assunção, na Praia de Iracema, onde já está localizado o Centro Cultural Belchior – equipamento também da Secultfor.

A ideia é de que atrair público para a área é um meio eficiente de (re)vitalizá-la.

09:10 · 29.05.2017 / atualizado às 09:10 · 29.05.2017 por

Publicado hoje na editoria de Cidade do jornal Diário do Nordeste – grifo, no trecho final, é meu:

Às vésperas de completar um mês da morte do cearense Belchior, a obra do artista foi homenageada, na noite de ontem, no Theatro José de Alencar. A Orquestra Eleazar de Carvalho, sob a batuta do maestro Paulo Leniuson, lotou o local e executou clássicos do sobralense.

O espetáculo gratuito durou cerca de uma hora e levou gerações de fãs do ‘rapaz latino-americano’ às cadeiras do centenário equipamento cultural.

(…)

O maestro disse sentir-se privilegiado por poder honrar a memória do ídolo com a homenagem póstuma. “Era algo que gostaríamos de ter feito com ele aqui, cantando conosco. Infelizmente, não deu. Mas foi algo maravilhoso”, disse.

(…) A plateia (…) ainda protestou contra o presidente da República, Michel Temer, com gritos de “Fora, Temer”.

11:27 · 26.05.2017 / atualizado às 11:27 · 26.05.2017 por

A empresa de telefona Oi e o Instituto Oi Futuro anunciaram os projetos escolhidos pelo Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados 2017/2018. O rol contempla iniciativas de todas as regiões do Brasil. A íntegra da relação está está neste link.

Abaixo, informações da Oi:

A Oi, por meio do Oi Futuro, promove, apoia e desenvolve ações inovadoras e colaborativas para melhorar a vida das pessoas e da sociedade. Com atuação nas frentes de Educação, Cultura, Inovação Social e Esporte, o instituto acelera iniciativas que ampliam o repertório com plataformas de conteúdo, potencializam o desenvolvimento pessoal e coletivo, fomentam experimentações de inovação e estimulam conexões.

Este ano, o Oi Futuro propõe um novo formato de edital, mais flexível e inclusivo, afinado com as formas de criação contemporâneas. Foram eliminadas as categorias e áreas artísticas – como Música, Teatro, Artes Visuais – valorizando a convergência de linguagens e abraçando ideias que já não cabem em rótulos e que dialogam com as cidades. Além disso, nesse novo edital, a forma de apresentação das propostas ficou mais simples e flexível, tornando a inscrição ainda mais acessível.

“Conseguimos atrair ideias inovadoras, que nos surpreenderam, e jovens fazedores que estão despontando. Chegamos a uma seleção marcada pelo frescor e a diversidade, que reflete a vocação do Oi Futuro como catalisador criativo, aproximando pessoas através da criação contemporânea, estimulando a produção colaborativa e promovendo o acesso às artes na era digital”, diz Roberto Guimarães, gestor de Cultura do Oi Futuro.

“Sonhamos, mais que nunca, com públicos (no plural), com todos os públicos”, completa.

12:47 · 08.05.2017 / atualizado às 12:47 · 08.05.2017 por

O shopping center RioMar de Fortaleza vai promover show gratuito de um dos nomes mais importantes da música brasileira – e, por isso, de seriedade e compromissos reconhecidos: Toquinho. O cantor e compositor fará apresentação especial no dia 14 de maio, domingo de Dia das Mães, no Estacionamento Aberto do centro comercial. O evento será aberto ao público e começará às 17 horas. Toquinho subirá ao palco às 18 horas.

Abaixo, informações da assessoria de Imprensa do shopping:

Toquinho: trilha sonora para o Dia das Mães (crédito: Marcos Hermes/Divulgação)

Acompanhado da cantora Camilla Faustino, do baixista Ivâni Sabino e do baterista Pepa D’Elia, Toquinho irá cantar os mais representativos sucessos de sua carreira, como “Aquarela”, “Tarde em Itapuã”, “O caderno”, “Samba de Orly” e diversas outras músicas marcantes de cada fase dos seus 50 anos de música brasileira. Além de brindar o público com solos de violão inesquecíveis.

A entrada do show vai liberada a partir das 16h, do dia 14, com acesso gratuito. O público poderá assistir ao show nas cadeiras que ficarão no espaço. A liberação de entrada será por ordem de chegada até atingir a capacidade limite do espaço.

O show faz parte da programação do Dia das Mães do RioMar Fortaleza e abre o RioMar Music Festival. O projeto – que irá trazer grandes shows gratuitos durante todo ano para a capital cearense – busca promover a música e a cultura. As apresentações irão ocorrer sempre no Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu. O próximo show será no mês de junho.

Toquinho, ou Antônio Pecci Filho, nasceu em São Paulo, no bairro do Bom Retiro. O artista, que já gravou 82 discos, compôs mais de 450 músicas e fez aproximadamente 10 mil shows pelo Brasil e exterior, é um dos maiores nomes da música popular brasileira. Entre os principais parceiros na carreira de Toquinho estão: Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola, Francis Hime, Carlinhos Vergueiro, Gianfrancesco Guarnieri, Elifas Andreato, Paulo César Pinheiro. Já Baden Powell, Edgard Gianullo e Oscar Castro Neves, são as maiores influências do músico.

23:46 · 26.04.2017 / atualizado às 13:37 · 25.04.2017 por

Admiradores da cultura e interessados em história, enfatizando aqui os cinéfilos, têm encontro marcado ainda por conta dos 291 anos de Fortaleza.

É que o Memorial da Assembleia Legislativa abre amanhã, a partir das 9 horas, exposição sobre as salas de cinema da capital.

Fachada do Cine São Luiz, em Fortaleza, com o cartaz da inauguração, em 1958: referência entre as salas brasileiras

No mesmo dia, a partir das 10 horas, o escritor Ary Bezerra Leite fala no Comitê de Imprensa da Casa sobre o cinema no Ceará.