Roberto Maciel

Categoria: Economia


18:09 · 09.02.2018 / atualizado às 18:09 · 09.02.2018 por

Do www.portalinvestne.com:

A operadora de telefonia Oi  está pagando a segunda parcela aos credores que participaram do Programa para Acordo com Credores, quitando os 10% de dívida remanescente para quem tinha até R$ 50 mil a receber e optou por aderir à iniciativa. Assim, irá desembolsar R$ 21 milhões nessa etapa do programa. Foram cerca de 30 mil acordos fechados em todo Brasil. O prazo de pagamento da segunda parcela era de até 10 dias a partir da publicação da homologação do Plano de Recuperação Judicial, que ocorreu em 5 de fevereiro, e o pagamento é feito diretamente na conta dos credores que aderiram ao programa.

A íntegra está aqui.

17:07 · 09.02.2018 / atualizado às 17:19 · 09.02.2018 por

O presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB), conseguiu arrancar do Palácio do Planalto um compromisso: projeto que libera R$ 2 bilhões para acudir financeiramente as prefeituras. A matéria já deverá se votada no próximo dia 20.

Com a medida, Eunício cumpre um acerto que fez com prefeitos no início deste mês. Em reunião na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza, o senador garantiu que empenharia esforços para tentar a ajuda. O momento político foi uma força e tanto.

11:11 · 31.01.2018 / atualizado às 07:14 · 30.01.2018 por

Notícia bacana para a economia do turismo.

É que já está devidamente assinada pelo governador Camilo Santana (PT) a ordem de serviço de recuperação da CE-534 – estrada estratégica para o litoral leste do Estado.

Trata-se também uma rota fundamental para o comércio e os serviços entre o Ceará e o Rio Grande do Norte.

A CE-534 dá acesso a praias importantes da Região, no município de Icapuí, integrando um circuito que já está sendo melhorado com a duplicação de CE-040 e o aeroporto de Aracati.

A rodovia exerce, ainda, papel importante no escoamento de produções pesqueira e agrícola.

Ou seja, a restauração é uma decisão técnica e política, com repercussões econômicas e sociais.

Dois trechos serão recuperados, somando 19,6 quilômetros. Mas o Governo do Estado estima que só deve concluir as obras em agosto próximo.

Ou seja, vão passar a atual alta estação e a próxima, em julho, até que a circulação na área seja normalizada. E, no cenário mais otimista e mais incomum: se não houver atrasos.

18:48 · 21.01.2018 / atualizado às 18:48 · 21.01.2018 por

No post anterior, mostrei que o deputado Danilo Forte (DEM) se arvora de ser artiulador da derrubada de um veto de Michel Temer ao Refis do Simples Nacional.

Pois bem: saiba que o senador José Pimentel (PT, foto), também do Ceará, denunciou haver um movimento no governo federal buscando condicionar a derrubada do veto à aprovação da reforma da Previdência. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Se algum parlamentar aceitar essa condição, será um erro político e um desserviço às micro e pequenas empresas”, disse. Pimentel é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, e se reuniu com representantes do Sebrae, parlamentares, gente relacionada às microempresas, entidades de contabilistas e prefeitos.

O encontro do qual José Pimentel participou foi convocado pelo Sebrae Nacional, em Brasília, com o objetivo de discutir a mobilização social e no Congresso para garantir a derrubada do veto presidencial ao PLC 164/2017. O senador do Ceará foi relator da matéria no Senado.

Pimentel relembrou que a matéria já havia sido vetada por Temer numa medida provisória, sob o argumento de que precisava de uma lei complementar para vincular todos os entes da federação (União, estados e municípios). Deputados e senadores aprovaram a proposta de lei complementar, com texto similar ao que fora aprovado para as médias e grandes empresas. Um foi sancionando, enquanto o Refis do Simples foi vetado. O deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), relator da matéria na Câmara, disse que o veto é inexplicável porque foi tudo negociado com o governo, inclusive a redação da proposta foi copiada do Refis viabilizado aos grandes.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, disse que a reunião foi realizada para dar conforto aos parlamentares para a derrubada do veto. O Sebrae prepara uma campanha nas redes sociais e em portais de notícias sobre a importância do Refis para garantir a manutenção de 600 mil empresas no Simples Nacional e mais de 2 milhões de empregos formais. Estão sendo programadas visitas aos parlamentares e aos presidentes do Congresso, Eunício Oliveira (MDB), e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), para buscar apoio e que o veto seja pautado na primeira sessão deste ano do Congresso.

12:16 · 21.01.2018 / atualizado às 12:18 · 21.01.2018 por

Do site do deputado federal Danilo Forte (DEM-CE):

Mesmo em recesso, deputados e senadores articulam derrubada de veto do presidente Michel Temer sobre o refinanciamento de dívidas para pequenas e microempresas, o Refis, após acordo com o Governo. O deputado Danilo Forte, um dos principais articuladores da pauta na Câmara Federal, está confiante de que o resultado da mobilização será positivo. Ele defende o estímulo à recuperação dos estabelecimentos de pequeno porte para promover a geração de emprego. “Sabemos que 84% dos empresários cearenses são responsáveis por micro ou pequenas empresas. É inaceitável o Refis só atender aos grandes e não possibilitar que os comerciantes do interior do Ceará, por exemplo, tenham oportunidade de refinanciar as suas dívidas com a União. Incentivar a reinserção desses no mercado é fundamental para o crescimento econômico do Brasil”, diz Forte. De acordo com os últimos dados publicados pelo Sebrae, os pequenos negócios apresentaram, pelo 8º mês seguido, saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada. Em novembro, primeiro mês de vigência das novas regras trabalhistas, os empreendimentos de micro e pequeno porte abriram 12,2 mil postos de trabalho formal.

*** *** ***

Danilo Forte é o parlamentar que aparece nas fotos abaixo com Michel Temer e o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha. Tanto Temer quanto Cunha são do PMDB, partido que já abrigou Danilo Forte.

 

15:55 · 17.01.2018 / atualizado às 09:03 · 15.01.2018 por

Notícia boa para a economia do turismo no Ceará.

É que já está recebeu a assinatura do governador Camilo Santana (PT) a ordem de serviço de restauração da CE-534.

A rodovia é estratégica para o litoral do Estado e é também uma rota importante do Ceará para o Rio Grande do Norte.

A CE-534 dá acesso a praias no município de Icapuí, frequentadas por turistas e praticantes de esportes náuticos. É um circuito que, aliás, já vinha sendo melhorado com a duplicação de CE-040 e o aeroporto de Aracati.

Por ali escoam produções pesqueira e agrícola, além de comércio e serviços terem demandas atendidas. Ou seja, há aí decisões técnica e política.

Há dois trechos definidos, somand 19,6 quilômetros. Mas não é pra já.

O próprio Governo do Estado afirma que só deve concluir as obras em agosto deste ano. Ou seja, vai passar a atual alta estação e a próxima, em julho, até que a circulação naquela área seja normalizada. E, no cenário mais otimista e mais incomum: se não houver atrasos.

08:06 · 16.01.2018 / atualizado às 05:39 · 12.01.2018 por

Notas que publico hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza-CE:

Há expectativas positivas para o Nordeste em 2018. E têm forma de números. É que o BNB está projetando reforços na aplicação de recursos na área que abrange – os nove estados nordestinos e mais o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os resultados de 2017 são uma referência importante. Segundo a instituição, o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, operado exclusivamente pelo BNB, aplicou R$ 15,95 bilhões, por meio de 582 mil contratos.

O presidente do BNB, Romildo Rolim, diz que o propósito é aplicar 100% dos recursos do Fundo Constitucional. Se o clima ajudar, é capaz de a ideia dar certo, sim. Afinal, seis anos de seca deixaram uma demanda forte – sobretudo na agropecuária. Para se ter noção, mesmo com as adversidades o segmento agrícola contratou R$ 2,87 bilhões e a pecuária fechou 2017 com R$ 3,28 bilhões.

Mas a cereja em cima do bolo tem ficado mesmo é para os financiamentos de obras estruturais. No ano passado, o banco atendeu projetos de parques de energias renováveis, como eólica e solar – alternativas fartas na Região -, com R$ 3,65 bilhões. Essa foi a maior cota dos quase R$ 16 bilhões contratados em 2017, representando cerca de 22% do total contratado nos nove estados.

13:57 · 15.01.2018 / atualizado às 09:03 · 11.01.2018 por

Nome de confiança do grupo do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ), e integrante da tropa de choque de Michel Temer, o deputado cearense Danilo Forte (MDB) vem dizendo que “pressionou” o Palácio do Planalto e conseguiu do ministro da Articulação Política, Carlos Marun (deputado licenciado do MDB-MS), o compromisso de liberar recursos extras para os municípios.

Danilo afirma que obteve com Marun e o Planalto medida provisória para afrouxar o nó que aperta o pescoço das gestões municipais.

A MP, segundo ele, deve tratar de cerca de R$ 2 bilhões – metade do que os prefeitos reclamam que precisam. Se sair do papel, o dinheiro só tilintaria depois do Carnaval.

Importante – e vital: a equipe econômica de Temer não soltou um pio sobre isso.

10:59 · 08.12.2017 / atualizado às 11:15 · 07.12.2017 por

Da Coluna Comunicado, nesta sexta-feira:

O fim do ano já está aí, dobrando a esquina. Pois no próximo dia 31, em vez de trocar mensagens de otimismo, pode ter gente às voltas com o desafio de sobreviver. São produtores rurais de pequeno porte, sobretudo no Nordeste e no Norte – regiões assoladas por uma seca braba de mais de seis anos. É que, junto com 2017, termina a vigência de portaria que dá aos empreendedores, com o Programa Vendas em Balcão da Conab, acesso aos estoques de milho do governo a preços compatíveis aos do mercado atacadista local. A medida assegura preço até R$ 33,00 para a saca de 60 quilos.

A questão do milho já chegou aos parlamentos, que se dividem entre a relevância de temas políticos e o ramerrame das rotinas de fim de ano. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), começou a articular a prorrogação da portaria com a Conab. E até se dispõe a levar o assunto ao Ministério da Agricultura.

10:46 · 07.12.2017 / atualizado às 15:47 · 04.12.2017 por

Empreendedores de diferentes estados participarão em Fortaleza (CE) de um ‘Pitch Day’ – evento para apresentação de startups. Será hoje, às 17 horas, no Hub Inovação do Banco do Nordeste (Hubine/BNB), no encerramento da primeira edição do Curso Company Creation Brasil, promovido pelo Instituto Planet, em parceria com a italiana StarBoost Academy, e com apoios da Elephant Coworking e do Hubine.

No evento, que será gratuito e aberto ao público, será apresentado o ‘Elevator Pitch’ das melhores ideias do curso, que serão avaliados por especialistas do campo da inovação, empreendedorismo e startups. Ao final, será escolhido o melhor projeto, onde o seu representante será premiado com um estágio na sede da StarBoost, em Turim (Itália), e poderá ter seu projeto financiado e implementado na Smart City Laguna, a primeira Cidade Inteligente Social do Mundo, que está sendo construída no distrito de Croatá, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Conforme Susanna Marchionni, presidente do Instituto Planet e diretora geral da SG Desenvolvimento – realizadora da Smart City Laguna, o curso Company Creation tem como objetivo desenvolver um negócio com o menor investimento financeiro possível. “O curso, que iniciou a primeira edição no Brasil em setembro e aconteceu durante 10 semanas, teve o envolvimento de 105 potenciais empreendedores de diferentes cidades do País, diferentes idades e diferentes conhecimentos, entre graduados, pesquisadores, empresários e startupers, a quem foram disponibilizados ferramentas e conhecimentos para começar as atividades empreendedoras”, explica.

O Company Creation Brasil, que foi realizado nas modalidades presencial, em Fortaleza (CE), e à distância, foi idealizado pelo Instituto Planet, em parceria com a StarBoost Academy, empresa italiana que deu suporte aos potenciais empresários na criação executiva de sua empresa com suas habilidades UX, software de design, gráficos e desenvolvimento. A versão brasileira foi facilitada por Daiany França, empreendedora, gestora de projetos certificada internacionalmente e co-fundadora do Instituto Esporte Mais.

“O Pitch Day do Company Creation será uma oportunidade para abordar temas de inovação e outras questões sobre o desenvolvimento do empreendedorismo e compartilhar as experiências que são desenvolvidas na Itália. Também será uma chance para as equipes de inicialização procurarem potenciais co-fundadores para desenvolver suas ideias e vivenciar a experiência de apresentar seu projeto para um grupo de investidores, mentores e empreendedores experientes”, explica Susanna Marchionni.

Pesquisar

Roberto Maciel

O blog é de autoria do jornalista Roberto Maciel, da coluna Comunicado, da editoria Cidade, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

11h10mCanoa Blues começa em Fortaleza dia 1º de novembro, no Centro Cultural BNB

08h10mO desapego municipal

06h10mDe longas datas

11h10mEscola de Gastronomia põe à mesa ciclo de formação

08h10m“Voto útil” para quem?

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs