Busca

Categoria: Eleições 2018


09:14 · 01.02.2018 / atualizado às 07:21 · 30.01.2018 por

Na edição desta quinta-feira do jornal Diário do Nordeste, na Coluna Comunicado:

O Congresso Nacional reabre segunda-feira próxima as atividades dos plenários do Senado e da Câmara dos Deputados. Apesar de as casas legislativas estaduais e municipais já estarem retomando as rotinas esta semana – aqui no Ceará, inclusive – , vai ser lá, de fato, o início do ano políticoo. Não apenas porque o poder central está em Brasília, o que é uma obviedade, mas porque a política tem em 2018 um foco intenso (e tenso) no Congresso. O ano é eleitoral, afinal, e devem partir de lá as principais articulações que vão nortear os arranjos nos meios locais.

Um dos temas que devem atrair mais a atenção de políticos e eleitores é o voto facultativo. É que tramita no Senado projeto desobriga o cidadão brasileiro de votar. Hoje, esse é um exercício compulsório para os alfabetizados com mais de 18 anos de idade e menos de 70.

08:45 · 27.01.2018 / atualizado às 08:41 · 26.01.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste:

Da série “Quem avisa, amigo é”. Os partidos políticos e candidatos vão se deparar este ano com uma série de alterações na legislação eleitoral. E estar atentos a isso pode fazer uma diferença enorme na organização e nos métodos de apresentação aos eleitores e de prestação de contas à Justiça. Pois saiba: o TRE do Ceará está dando uma força especial e repassando informações técnicas sobre os procedimentos necessários. Há sobretudo uma legislação nova – ou seja, regras novas – a ser obedecida. E isso é fundamental.

16:03 · 15.01.2018 / atualizado às 09:05 · 11.01.2018 por

Candidatos, partidos e coligações vão poder pagar este ano serviços nas redes sociais para impulsionar conteúdos.

Está na lei da reforma política.

As redes sociais já estão confirmadas como ferramentas eficientes de comunicação, mas o mesmo recurso para contatos propositivos também pode ser usado na difusão de boatos, notícias falsas e agressões pessoais.

E é aí que mora o perigo.

18:03 · 11.01.2018 / atualizado às 18:03 · 11.01.2018 por

Você sabe quem é o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG)?

Sabe, embora talvez não o tenha na memória, justamente porque ele não tem expressão para ocupar muitos neurônios alheios. A gente refresca, então: Anastasia é tipo um androide operado à distância pelo também senador mineiro, e também tucano, Aécio Neves.

Quando Aécio foi governador de Minas, ele era o vice. Quando Aécio precisou de alguém para ficar ocupando o lugar que ele julga exclusivo dele, tava lá Anastasia.

O controle remoto de Aécio, um clássico derrotado moral e ético, sobre Antonio Anastasia foi fundamental para o impedimento da presidenta Dilma Rousseff (PT), que recebeu 54,5 milhões de votos, foi eleita pelo povo para o Planalto e, por isso, contrariou as vontades de Aécio e de outros, que se articularam num golpe contra a democracia que levou Michel Temer ao poder.

O resto da história você já conhece: contra Dilma não há nenhum processo por desonestidade, diferentemente do que ocorre contra Aécio e até mesmo a irmã dele, Andrea Neves.

Isso posto, vamos adiante: já está pronto para ser incluído na pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) o relatório de Anastasia favorável à PEC 46/2016, que trata de crime de responsabilidade do presidente da República. De acordo com a PEC, o presidente pode ser processado por crime de responsabilidade cometido no mandato anterior, em caso de reeleição. A imputação do crime de responsabilidade leva à perda do cargo de presidente da República.

Seria sopa no mel no caso de uma nova eleição de Lula à Presidência da República – já que desenha-se no judiciário, dadas as relações às gargalhadas que juízes como Sérgio Moro e procuradores como Deltan Dallagnol mantém com tucanos. Seria, então, um novo tentáculo do golpe. Ou um novo esquartejamento da Constituição.

Anastasia já bateu o martelo: “A linha lógica desta construção jurisprudencial é de uma clareza indiscutível, e de aplicação integral, mutatis mutandis, à responsabilização do presidente da República. A reeleição não se reveste de qualquer conteúdo absolutório, descriminalizador ou designador da total impunibilidade política”.

Não poderia ser diferente para um robozinho como ele.

03:52 · 30.10.2017 / atualizado às 18:54 · 29.10.2017 por

O advogado David Sombra Peixoto tomou posse como juiz substituto da categoria de jurista da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. A solenidade foi dirigida pela presidente do TRE-CE, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira.

Abaixo, informações do Tribunal:

A presidente do TRE disse que “a Corte está sendo enriquecida com um juiz que tem um admirável modo de ser e de servir”. Também disse saber contar com os préstimos do empossado, principalmente para as próximas eleições municipais. David Sombra agradeceu aos pais, que foram os responsáveis pela sua educação. “Pode ter certeza que procurarei honrar a confiança e o cargo que estou assumindo”, finalizou.

David Sombra Peixoto, foi escolhido pelo presidente da República, em decreto de 17/10/2017, para ocupar a vaga decorrente do término do primeiro biênio do advogado Reginaldo Castelo Branco Andrade.

20:00 · 29.10.2017 / atualizado às 20:00 · 29.10.2017 por

Da assessoria do PSOL no Ceará:

O Partido Socialismo e Liberdade concluiu na tarde deste domingo, dia 29, o 6º Congresso Estadual dos filiados no Ceará, no Sindicato dos Comerciários, no Centro de Fortaleza, com a escolha de Ailton Lopes como pré-candidato à disputa do Governo do Estado no próximo ano.

Delegados de mais de 50 cidades do estado se reuniram durante o fim de semana para discutir o cenário político local e nacional e aprovar a nova direção estadual do partido no Ceará. Ailton Lopes também foi eleito o novo presidente estadual da sigla durante o biênio 2019-2020. “Queremos fazer deste ato uma convocação à toda a esquerda social, aos movimentos sociais e ao povo trabalhador. Convocamos todas e todos a se somar nessa frente de luta por direitos, contra o ajuste liberal e a farsa moralista”, afirmou o pré-candidato.

A fase estadual desse fim de semana elegeu ainda a delegação cearense para o congresso nacional do PSOL, que deve ser realizado no início de dezembro deste ano em Luziânia (GO), cidade próxima ao Distrito Federal.

*** *** ***

Em 2014, o bancário Ailton Lopes foi candidato a governador. Teve 102.394 votos (2,4% do total).

Em 2016, disputou uma vaga na Câmara Municipal de Fortaleza e recebeu 12,483 (0,99% do total). Não conseguiu ser eleito e terminou a disputa como o 912º mais votado.

08:53 · 28.10.2017 / atualizado às 07:55 · 26.10.2017 por

O despretensioso e modesto – com todo o respeito, claro! – salão da paróquia de Solonópole, município a 276 quilômetros de Fortaleza, ficará lotado hoje de peemedebistas.

A turma do partido do presidente Temer vai fazer convenção estadual.

Querem definir já os espaços a serem distribuídos entre as alas da sigla e tomar deliberações que vão orientar estratégias eleitorais de 2018.

E veja: não é a primeira vez que o PMDB escolhe uma cidade do Interior para realizar ato de grande porte. Em abril passado, sediou o Encontro Estadual – instância que não tem caráter deliberativo, mas pesa na escolha de temas – em Limoeiro do Norte.

Longe assim dos centros de poder, fica menos complicado pedir voto ao cidadão e ter de dar explicações sobre o fato de o PMDB ser o partido do Temer.

15:16 · 24.10.2017 / atualizado às 16:18 · 20.10.2017 por

O PMDB do Ceará marcou para sábado que vem uma Convenção Estadual.

E, diferentemente do que se espera de evento do gênero, ao qual se costuma querer dar projeção, esse não será em Fortaleza.

Será, sim, em Solonópole, município a quase 300 km de Fortaleza, no modesto Salão Paroquial da igreja local.

Os peemedebistas vão escolher o novo Diretório do Ceará, delegados e suplentes à Convenção Nacional, Comissão de Ética e Disciplina e demais instâncias da burocracia da sigla.

Outro assunto, mas não menos importante, deve ser conversado beme discretamente: como ser PMDB em 2018 sem dizer ao eleitor que esse é o partido de Temer, Geddel, Padillha, Jucá e Moreira.

07:37 · 21.10.2017 / atualizado às 09:03 · 19.10.2017 por

Em plena fervura política do Brasil, mas já atento para as composições partidárias de 2018 no Ceará, o Partido Comunista do Brasil promove hoje em Fortaleza, na Assembleia Legislativa, sua 23ª conferência estadual.

A ideia é reunir cerca de 200 delegados que foram eleitos em 90 conferências municipais.

Mas a atividade do PCdoB neste sábado não vai ficar só para os militantes de carteirinha. São esperadas no evento representações de aliados e de movimentos sociais de diferentes regiões do Ceará. E, ainda, parlamentares da Assembleia e de câmaras municipais.

05:00 · 03.10.2017 / atualizado às 20:50 · 02.10.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste, observando as ridículas taxas de popularidade do presidente Temer, do pouco caso que ele faz com essa situação vexatória e do aperreio que alguns peemedebistas locais experimentam com a a aproximação de 2018:

Muita gente tem se espantado com os baixos índices de popularidade do presidente Michel Temer (PMDB) – são os menores apurados na história para quem ocupa o cargo. Mas isso tem impacto nas decisões dele? Não. É simples: as circunstâncias como chegou ao poder, os apoios políticos que arregimenta e as acusações que o encurralam não autorizam Temer a sonhar com aceitação que se preze. Para quem observa a política, é preciso, então, avaliar os impactos que os minguados números poderão ter nas eleições de 2018. E aguardar para ver se alguém se habilita a pedir votos tendo Michel Temer como líder ou como referência. 

E a rejeição a Temer já começa a refletir na política do Ceará. O PMDB local já não faz mais o menor esforço para fingir que não quer mudar de lugar. A postura oposicionista que tinha na Assembleia ficou mixuruca, raquítica.