Busca

Categoria: Eleições 2018


06:38 · 04.06.2018 / atualizado às 04:39 · 31.05.2018 por

Da Coluna Comunicado, nesta segunda-feira, no jornal Diário do Nordeste:

O novo sistema de convocação de mesários estabelecido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará – e que já vai ser usado este ano – tem uma prevenção contra fraudes: não usará links. Ou seja, as comunicações serão diretas, dispensando que os usuários tenham de fazer acessos a outras páginas na Internet. Nas contas do Tribunal, com o sistema novo as despesas previstas para as eleições deste ano no Ceará diminuirão R$ 600 mil. É esse o valor correspondente à convocação de 86 mil mesários em todo o Estado, na proporção de quatro pessoas para cada seção eleitoral, ao custo de R$ 6,85 por mesário.

15:22 · 26.05.2018 / atualizado às 05:27 · 24.05.2018 por

O  Tribunal Regional Eleitoral do Ceará está implantando novo sistema de convocação de mesários estabelecido para ser ser usado este ano.

E com uma prevenção contra fraudes: não usará links. Ou seja, as comunicações serão diretas, dispensando que os usuários tenham de fazer acessos a outras páginas na Internet.

Segundo o TRE-CE, com o sistema as despesas previstas para as eleições deste ano no Ceará diminuirão R$ 600 mil.

Esse o valor corresponde à convocação de 86 mil mesários em todo o Estado, sendo quatro pessoas para cada seção eleitoral, ao custo de R$ 6,85 por mesário.

06:55 · 07.05.2018 / atualizado às 07:08 · 04.05.2018 por

A Justiça Eleitoral está dando ares oficiais a um arranjo que há quase uma década vem sendo usado para bancar lançamentos de discos e livros de artistas menos abonados.

É o chamado crowdfunding – um tipo de “vaquinha” virtual, na qual apoiadores e simpatizantes depositam num fundo comum doações específicas para projetos propostos.

Pois saiba que o TSE está agora cadastrando empresas e entidades interessadas em fazer esse serviço de arrecadação para campanhas eleitorais.

A lógica é básica: se dá certo para atividades quase amadoras, por que não funcionaria num processo cheio de profissionais e com controle? Talvez por isso, né?

08:59 · 26.04.2018 / atualizado às 09:01 · 25.04.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado:

A Justiça Eleitoral do Ceará já soou o sinal de alerta. E está avisado aos eleitores e instituições que circulam na Internet e-mails em nome do TRE-CE tratando de supostos “cancelamentos” de títulos. É falso, do mesmo modo que a solicitação adicional dos textos, para que o cadastrado atualize dados por meio. Essas armações fazem parte de um panorama de ilegalidades que espreita a sociedade em situações do gênero. “A Justiça Eleitoral não envia e-mails a eleitores, nem para comunicar cancelamento de títulos eleitorais nem para convocar cidadãos para atuarem como mesários”, diz o TRE-CE, observando que “não autoriza nenhuma outra instituição a enviar e-mails em seu nome. Mensagens dessa natureza devem ser apagadas, pois podem conter vírus de computador”.

A propósito, o TRE do Ceará está reforçando diálogos com a Polícia Federal para tentar combater fake news e outras mumunhas no período eleitoral. A cúpula do Tribunal até já se reuniu com a nova superintendente da PF no Estado, delegada Vanessa Gonçalves Leite de Souza.
21:20 · 19.04.2018 / atualizado às 09:29 · 17.04.2018 por

O senador cearense Eunício Oliveira (MDB), presidente do Senado e, por consequência, do Congresso Nacional, retorna amanhã de viagem ao Japão.

Eunício arrumou as malas e embarcou na última sexta-feira, já deixando para trás no Ceará um cenário minimamente esboçado para a disputa eleitoral de outubro próximo – pelo menos no que diz respeito às filiações partidárias.

Há uma certeza: o que vem por aí supera o mero arremate.

09:22 · 19.04.2018 / atualizado às 09:25 · 17.04.2018 por

Publiquei na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste, nesta quinta-feira:

Representantes dos diretórios de partidos políticos no Estado têm compromisso hoje no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. É que o TRE pretende deixar às claras todas as obrigações que as siglas têm para prestar contas financeiras – algo no estilo “não diga que não avisei”. O tête-à-tête da Justiça com os dirigentes é fundamental nos sentidos de gastos passados e dos que ainda serão feitos. Este ano, os dados relativos a recursos financeiros recebidos para bancar campanhas devem ser comunicados até 72 horas após o recebimento desses valores. A pressa tem a ver com tecnologia e modernidade: é para divulgação na Internet.

Ao mesmo tempo em que fica de olho nos partidos, o TRE do Ceará está atualizando dados de eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida. Esse grupo deve informar o tipo de situação à Justiça Eleitoral até 9 de maio.

09:53 · 12.03.2018 / atualizado às 09:54 · 12.03.2018 por

Apoiados por centenas de lideranças de vários bairros e categorias profissionais, o vereador Acrísio Sena, que tem base em Fortaleza, e a deputada estadual Raquel Marques, com força política na Região Central do Ceará, ambos do PT, anunciaram que trabalharão juntos nas eleições 2018.

Acrísio tentará uma vaga na Assembleia Legislativa, onde hoje Rachel exerce mandato, e ela tentará a Câmara federal.

19:21 · 09.03.2018 / atualizado às 19:23 · 06.03.2018 por

O senador Álvaro Dias (Podemos, ex-PMDB, ex-PV, ex-PSDB), do Paraná, acha que tem tutano para ser candidato a presidente da República. Envolvido desde a primeira hora com o golpe que tirou a presidente Dilma Rousseff (PT) do mandato, Dias colocou Fortaleza num roteiro de pré-campanha (pode, Podemos?) e, em vez de falar para a população de forma mais plural, optou por se dirigir a uma parcela muito pequena: empresários da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

O evento está marcado para as 18h30min do próximo dia 21.

Abaixo, informações do Sistema Fiec:

Na ocasião, (o senador) abordará o tema “Reconstrução da República na perspectiva do exemplo paranaense”. Dias está no quarto mandato de senador – reeleito em 2014 com 80% dos votos válidos – e é o atual Líder do Podemos. Foi vereador, deputado estadual, deputado federal e governador do Paraná, apontado pelo Datafolha como o melhor governador do Brasil, com 93% de aprovação popular em 1991. No Senado, foi vice-presidente, líder do PSDB, líder do bloco de oposição, líder do PV, além de presidente e membro titular de CPIs importantes como a da Terra, do Futebol, dos Correios, dos Bingos e da Petrobras.

Indicado pelo Diap, nos últimos anos, como um dos mais influentes parlamentares do País, também foi escolhido, por meio de votação realizada pelo site Congresso em Foco, o melhor senador do País em 2006. O senador Álvaro Dias é licenciado em História pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Estadual de Londrina. Em julho de 2007, recebeu em San Diego, na Califórnia, o diploma de Doutor honoris causa em Administração Governamental (Doctor of Government Administration) pela Southern States University.

09:14 · 01.02.2018 / atualizado às 07:21 · 30.01.2018 por

Na edição desta quinta-feira do jornal Diário do Nordeste, na Coluna Comunicado:

O Congresso Nacional reabre segunda-feira próxima as atividades dos plenários do Senado e da Câmara dos Deputados. Apesar de as casas legislativas estaduais e municipais já estarem retomando as rotinas esta semana – aqui no Ceará, inclusive – , vai ser lá, de fato, o início do ano políticoo. Não apenas porque o poder central está em Brasília, o que é uma obviedade, mas porque a política tem em 2018 um foco intenso (e tenso) no Congresso. O ano é eleitoral, afinal, e devem partir de lá as principais articulações que vão nortear os arranjos nos meios locais.

Um dos temas que devem atrair mais a atenção de políticos e eleitores é o voto facultativo. É que tramita no Senado projeto desobriga o cidadão brasileiro de votar. Hoje, esse é um exercício compulsório para os alfabetizados com mais de 18 anos de idade e menos de 70.

08:45 · 27.01.2018 / atualizado às 08:41 · 26.01.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste:

Da série “Quem avisa, amigo é”. Os partidos políticos e candidatos vão se deparar este ano com uma série de alterações na legislação eleitoral. E estar atentos a isso pode fazer uma diferença enorme na organização e nos métodos de apresentação aos eleitores e de prestação de contas à Justiça. Pois saiba: o TRE do Ceará está dando uma força especial e repassando informações técnicas sobre os procedimentos necessários. Há sobretudo uma legislação nova – ou seja, regras novas – a ser obedecida. E isso é fundamental.