Busca

Categoria: Fortaleza


06:59 · 16.10.2017 / atualizado às 19:25 · 16.10.2017 por

A Prefeitura de Fortaleza está acionando o rolo compressor governista para inviabilizar um debate na Câmara Municipal: o que trata de alterações no Plano Diretor da cidade. Quem reclama é o vereador Guilherme Sampaio (PT), que puxou o tema – dizendo que a legislação está mudando gradualmente, em prejuízo do fortalezense – e garante que a oposição não está disposta a deixar por menos. “Estão querendo vender o céu de Fortaleza”, afirma.

A bancada aliada do Paço também está se mobilizando. Há, no horizonte, então, sinais de confrontos intensos em plenário.

Para o cidadão comum, a discussão sobre o Plano Diretor pode até parecer pouco atraente – afinal, é recheada de números e de termos técnicos. Mas tem impactos concretos no ambiente e na economia locais.

14:05 · 13.10.2017 / atualizado às 14:07 · 08.10.2017 por

De oito projetos do Paço Municipal que agora tramitam na Câmara Municipal de Fortaleza, seis são relatados pelo líder do prefeito, vereador Ésio Feitosa (PPL), ou pelo více-líder, Renan Colares (PDT).

Os outros dois textos ficaram sob a responsabilidade de Eliana Gomes (PCdoB) e Jorge Pinheiro (PSDC), ambos governistas de carteirinha.

14:54 · 11.10.2017 / atualizado às 13:59 · 08.10.2017 por

Baseado em poema do juiz federal Marcos Mairton da Silva, será apresentado hoje no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, o curta-metragem “Diz a Lenda”, todo gravado no município de Aracati.

A propósito, segue um trecho da obra que inspira o roteiro – o poema intitulado “Cantoria de Excelência”: “Olho pra Vossa Excelência / E me dá até gastura, / Porque não tem compostura, / Nem respeito, nem decência./ Verdadeira excrescência. / Não cumpre o que é prometido,/ Volta e meia anda metido/ Em tudo que é obscuro/ Por isso estou bem seguro: / Vossa Excelência é bandido!”

Começa às 19h, na programação da Semana do Audiovisual Cearense.

16:43 · 10.10.2017 / atualizado às 13:45 · 08.10.2017 por

Estimulada pelas largas pedaladas que as políticas de mobilidade urbana da Prefeitura têm dado em Fortaleza, a vereadora Larissa Gaspar (PPL) colocou em pauta a ideia de se instalarem ciclofaixas nas vias de acesso à Câmara Municipal.

Isso pode deixar mais fácil o acesso do cidadão à sede do Legislativo.

10:45 · 10.10.2017 / atualizado às 13:48 · 08.10.2017 por

Aqueles que querem ir muito além do discurso otimista e festivo da mobilidade urbana, encravado no cardápio oficial: será realizado hoje, a partir das 14 horas, no auditório da Biblioteca da Unifor, o I Fórum de Segurança Viária de Fortaleza.

A gerente da Parceria Global pela Segurança Viária, Judy Fleiter, vai falar sobre acidentes de trânsito.

Mas essa sugestão serve também para quem pretende não estancar na retórica pessimista e derrotista do massacre das ruas, articulada pelas oposições. Afinal, a palestra da Judy Fleiter vai abordar também os papéis da sociedade, academia, setor privado, mídia e governo no combate à violência no trânsito.

07:16 · 05.10.2017 / atualizado às 10:31 · 04.10.2017 por

Essa é interessante: o vereador Plácido Filho (PSDB), de Fortaleza, achou de cutucar uma ferida da gestão municipal, o abandono de espaços públicos que deveriam estar a serviço das comunidades mas acabam virando focos de problemas. E não abriu mão de relacionar casos.

Fala de Plácido: “Precisamos requalificar as nossas praças e parques, como o Rio Branco, Adail Barreto, Guararapes e Parreão. Esses locais estão abandonados, com lixo e falta de segurança”.

A observação é pertinente. Pra lá de pertinente, aliás.

12:10 · 27.09.2017 / atualizado às 20:13 · 25.09.2017 por

O esbravejar é coisa de oposicionista dos mais ferrenhos: uma grita contra gestores de uma das principais secretarias da gestão municipal de Fortaleza.

Mas o ranger de dentes e o bater de pés são de um vereador da situação, Adail Júnior (PDT).

Ele diz, sem poupar palavras, que faltam “raciocínio e bom senso” ao pessoal da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente para atender as demandas e sugestões dos vereadores

05:00 · 25.09.2017 / atualizado às 11:26 · 21.09.2017 por

Hoje, na Coluna Comunicado, do Diário do Nordeste:

O vereador Acrísio Sena (PT) quer ampliar a participação social na gestão de um dos principais patrimônios ambientais de Fortaleza: o rio Cocó. E pôs para tramitar na Câmara matéria que cria um grupo gestor para a barragem do Cocó, formado por representações de órgãos da Prefeitura, do Estado e da comunidade do Conjunto Palmeiras. A ideia é organizar e sistematizar ações voltadas para o lazer, o turismo e a educação ambiental, habilitando o grupo a apoiar o município no planejamento e desenvolvimento de ações e projetos. Se vingar, vale tentar replicar em outros quadrantes da cidade.

10:59 · 22.09.2017 / atualizado às 11:01 · 21.09.2017 por

Pode-se dizer muito do vereador de Fortaleza Gardel Rolim (PPL), novato na Câmara Municipal: que é inexperiente, que ainda está aprendendo na vida legislativa, que tem nome de cantor, que se encontra num partido inexpressivo etc etc etc.

Só não se pode dizer que ele não joga para a torcida.

Afinal, Gardel assina proposta com a qual sugere que a Prefeitura de Fortaleza garanta fisioterapia a pacientes que apresentem sequelas da febre chikungunya, com tratamento ministrado na rede pública.

E Gardel é graduado como fisioterapeuta.

06:56 · 21.09.2017 / atualizado às 11:58 · 19.09.2017 por

Publiquei nesta quinta-feira na Coluna Comunicado:

Quando outubro chegar, a Prefeitura de Fortaleza deve iniciar uma ação na comunidade do Dendê, na Região Leste da cidade. A proposta destaca a modernidade e a tecnologia como soluções para demandas urbanas básicas. A ideia é lançar um aplicativo para telefones móveis por meio do qual o cidadão poderá orientar o serviço de coleta de lixo. Vai, assim, indicar por fotografias e outras informações locais e horários para as coletas, inclusive com recursos para selecionar o que é reciclável e pode representar rendimentos.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) quer fazer experiências com o aplicativo em três bairros antes de decidir pela implantação definitiva. A comunidade do Dendê vai ser o projeto- piloto. E pode ser decisivo. É que somam-se lá uma série de situações que favorecem análises.

A Prefeitura de Fortaleza tem estado de olho, ainda, em outras tecnologias. E, em relação a isso, vem mantendo entendimentos com uma companhia chinesa especializada em reciclagem. “É um método revolucionário”, diz o prefeito. Ele acredita em mudanças em médio prazo.

E saiba: 3,752 milhões de toneladas de entulhos já foram recolhidos em Fortaleza este ano, segundo dados da Prefeitura. O volume representa um avanço de cerca de 38% em relação às 2,691 ton recolhidas em 2016.

Além disso, 1,251 milhão de toneladas de detritos volumosos (como restos de sofás, colchões e outras peças de mobiliário) já foram recolhidas em Fortaleza em 2017. No ano passado todo, foram 600 ton.