Roberto Maciel

Categoria: Fortaleza


18:49 · 01.09.2018 / atualizado às 05:51 · 30.08.2018 por

O vereador Pedro Matos (PSDB), suplente que recentemente assumiu cadeira na Câmara de Fortaleza, quer que a Prefeitura instale estações de bicicletas compartilhadas próximo a instituições de ensino superior de Fortaleza.

Matos enfatiza as unidades que têm pelo menos mil alunos. E diz que cada polo não poderá ficar a mais de 300 metros da unidade educacional de referência.

Até aí, ok, é uma ideia.

O problema foi no control+C, control+v. Pedro Matos  misturou o texto do projeto com o de outra matéria, sobre a autenticação de documentos.

Às vezes a gente fica achando que a política não se leva a sério.

 

16:54 · 30.08.2018 / atualizado às 06:57 · 29.08.2018 por

O advogado José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça, tem compromisso amanhã em Fortaleza. Vem, a convite da Escola Superior da Defensoria Pública do Estado, falar sobre “A Crise do Estado de Direito”.

Cardoso ganhou notabilidade não apenas pelo exercício na Pasta, mas com a defesa exemplar que fez da ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) no processo de impeachment.

A palestra será aberta a todos os públicos e tem entrada gratuita. Mas as inscrições devem ser feitas previamente, por intermédio do e-mail escola.superior@defensoria.ce.def.br.

Começa às 8 horas, na sede da Defensoria (Avenida Pinto Bandeira, 1111 – Luciano Cavalcante).

06:50 · 30.08.2018 / atualizado às 06:52 · 29.08.2018 por

Hoje, na Coluna Comunicado, do Diário do Nordeste:

Num recorte histórico em que tanto se fala da violência contra mulheres e do feminicídio – assassinato cometido em razão de a vítima ser mulher -, vale olhar para um contrafluxo gerado por ações propositivas. Veja só: a Prefeitura de Fortaleza formaliza hoje 87 contratos de empréstimo do Projeto Mulher Empreendedora, uma iniciativa que integra o Programa Fortaleza Competitiva e visa a apoiar o empreendedorismo feminino. Atividades como as de confecção de vestuário, alimentação, beleza e tecnologia da informação estão incluídas entre as que serão contempladas com o Programa. Cada empreendimento receberá crédito orientado para compra de máquinas, insumos e equipamentos. As propostas terão até 12 meses de acompanhamento técnico.

O contribuinte vai participar do Projeto Mulher Empreendedora com cerca de R$ 1,2 milhão. Essa é a soma dos recursos que vão estimular os empreendimentos femininos – cada um associando duas ou três integrantes. O teto dos empréstimos são R$ 15 mil.

17:35 · 27.08.2018 / atualizado às 17:34 · 27.08.2018 por

A Câmara Municipal de Fortaleza fez sessão solene homenageando budistas pela contribuição na construção de uma cultura de paz. A solenidade foi proposta pela vereadora Larissa Gaspar (PPL), que presidua a sessão, representando o presidente da CMFor, Salmito Filho (PDT).

Em sua saudação, Larissa Gaspar registrou que a Associação Brasil Soka Gakkai Internacional (ABSGI) trabalha de forma inclusiva, agregando a todos de forma igualitária.

“Quero destacar minha felicidade de participar deste momento, de ter no ventre do nosso mandato uma pessoa, a Paulinha Castro, que participa dessa filosofia. Foi ela que falou da importância desse momento e do trabalho de quase 40 anos, que a associação Brasil SGI Ceará realiza. São 1.100 associados só em Fortaleza e 1.300 no Ceará, com atuação forte também em Juazeiro do Norte. É um trabalho grandioso, Muitas vezes, algumas religiões, não tem tanta visibilidade, mas também isso é uma forma de se humanizar mais, na valorização de cada ser humano, no melhor que ele pode ser”, observou.

18:10 · 23.08.2018 / atualizado às 08:24 · 22.08.2018 por

Saiu do gabinete do vereador Didi Mangueira (PDT) proposta que alcança diretamente quem zela e respeita animais de estimação.

Didi quer que a Prefeitura construa um cemitério e um crematório para os bichinhos em Fortaleza. A tese de defesa vai além de eventuais compreensões sanitárias.

“O animal de estimação é um companheiro do ser humano, amigo fiel, presente em momentos alegres e tristes. Depois que ele morre, você vai jogá-lo no lixo?”, questionam entidades de proteção de pets. Grupos já anunciam em redes sociais que devem pressionar os vereadores pela aprovação da matéria.

07:09 · 22.08.2018 / atualizado às 07:10 · 21.08.2018 por

Publiquei na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

A Prefeitura de Fortaleza vai investir R$ 940,4 mil num processo de fortalecimento social do conjunto residencial Cidade Jardim, na área do Bairro Prefeito José Walter. Não se trata só de mais uma “ação social”, mas de uma reação. A ideia é expor para a comunidade elementos essenciais relacionados a educação, saúde e segurança, entre outros. Mais do que uma atividade pontual, os esclarecimentos sobre cidadania, convivência e legislação podem servir como obstáculo contra as ameaças que moradores vêm sofrendo, partidas de quadrilhas que se arvoram de representações do crime organizado. Seria, então, a responsabilidade do poder público se colocando adiante da gravidade do poder paralelo.

05:36 · 21.08.2018 / atualizado às 05:34 · 21.08.2018 por

Com foco na construção da igualdade racial na mídia e no papel dos profissionais da comunicação nesse processo, o Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) realizam o Curso Abdias Nascimento – Comunicação e Igualdade Racial. A aula inaugural da formação acontece no dia 21 de agosto, às 18h, na sede do Sindicato, e tem como convidada principal a jornalista e professora Cleidiana Ramos, que é Doutora em Antropologia, Mestra em Estudos Étnicos e Africanos, co-fundadora do site Flor de Dendê e ex-repórter especial do Jornal A Tarde.

Cleidiana Ramos realizará no primeiro dia do curso a palestra “Mídia e Relações Étnico-Raciais – Um diálogo desafiador”. A ideia é apresentar a construção do Brasil como um país multiétnico e o racismo como realidade que sedimenta e perpetua as desigualdades. Colocando em destaque as questões de. gênero como articulação de resistência e combate ao racismo, a pesquisadora falará, ainda, dos desafios para uma abordagem étnico-racial na Comunicação.

A pesquisadora também discutirá como os profissionais do jornalismo, da publicidade, do rádio, comunicadores populares e estudantes de comunicação podem projetar a valorização da população negra, partindo para uma produção em comunicação que leve em consideração as questões identitárias.

“Vamos discutir como as questões étnico-raciais estão na raiz das persistentes desigualdades sociais no Brasil”, diz Cleidiana. Para ela, os profissionais da área “têm a obrigação de olhar cada notícia, cada informação com senso crítico”. “Não dá pra gente discutir nenhuma questão neste país sem que se tenha um olhar apurado sobre as desigualdades que são também inter-relacionadas com às questões raciais e de gênero”, comenta a palestrante.

O Curso Abdias Nascimento – Comunicação e Igualdade Racial tem coordenação pedagógica da professora doutora em Educação Brasileira e especialista em africanidades cearenses, Silvia Maria Vieira dos Santos, e do jornalista Rafael Mesquita, que é secretário-geral do Sindjorce e diretor de Educação da Fenaj. Os educadores têm experiência em projetos que trabalham a formação de profissionais para a temático étnico-racial no Ceará e em outros estados do Nordeste, atuando em iniciativas como o “A Cor da Cultura” (Canal Futura, 2010-2011) e “Camutê – Comunicação Livre de Racismo” (2011-2012).

O curso terá um total de 10 encontros, que colocarão em perspectiva questões como a visibilidade da cultura e das demandas relacionadas à população negra, além da troca de experiência sobre a abertura de espaços para uma comunicação especializada nas africanidades brasileiras e demandas identitárias.

A qualificação profissional, que possui um total de 88 horas/aula, é fruto de projeto vitorioso em edital público e conta com o apoio da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), que certificarão a iniciativa como curso de extensão universitária.

Também são apoiadores o Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC), por meio do Núcleo das Africanidades Cearenses (Nace), o Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (Ipeafro), as Coordenadorias Especiais de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial do Ceará e de Fortaleza e o Coletivo Nacional de Juventude Negra (Enegrecer).

05:19 · 21.08.2018 / atualizado às 05:22 · 21.08.2018 por

Fortaleza recebe de hoje a quinta-feira (21 a 23 de setembro) a Exponutrition, maior feira de nutrição esportiva do Brasil, que acontece no Centro de Eventos do Ceará. São esperadas mais de 15 mil participantes da feira, das palestras, do congresso. A programação também conta com competições de Strongman Amador (atletismo de força), Bodybuilding Amador (fisiculturismo) e MMT (Crossfit). Mais de 50 marcas já confirmaram exposição.

13:57 · 18.08.2018 / atualizado às 08:58 · 15.08.2018 por

Ostenta a assinatura do vereador Jorge Pinheiro (PSDC) projeto de indicação na Câmara de Fortaleza que sugere a nomeação de 20 procuradores “conforme o último processo seletivo” da PGM.

Jorge acendeu a vela no altar errado.

Afinal, o tema pode ser até alvo da debate político, mas não passa nem perto das atribuições do Poder Legislativo.

09:18 · 17.08.2018 / atualizado às 09:20 · 16.08.2018 por

Publiquei na Coluna Comunicado:

As escolas municipais 11 de Agosto (Jardim Iracema), Professora Aldaci Barbosa (Sapiranga) e Marieta Guedes Martins (Novo Mondubim), todas em Fortaleza, vão receber em setembro o Mutirão do Pai Presente, organizado pelo Tribunal de Justiça do Estado. Finalidade: ajudar pessoas a terem o nome do pai na certidão de nascimento – algo que tem a ver com lei, dignidade e identidade. A ação segue diferentes sentidos, já que a paternidade poderá ser requerida por mães com filhos menores de idade ou mesmo pelo próprio filho, caso seja maior de 18 anos. E, por fim, o pai também poderá reconhecer o filho espontaneamente.

Os interessados deverão comparecer às escolas com RG, CPF e certidão de nascimento do filho. Se houver dúvida em relação à paternidade, o Laboratório Central de Saúde Pública terá equipes nos locais para fazer exames de DNA. Todo o procedimento é gratuito.

Pesquisar

Roberto Maciel

O blog é de autoria do jornalista Roberto Maciel, da coluna Comunicado, da editoria Cidade, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

11h10mCanoa Blues começa em Fortaleza dia 1º de novembro, no Centro Cultural BNB

08h10mO desapego municipal

06h10mDe longas datas

11h10mEscola de Gastronomia põe à mesa ciclo de formação

08h10m“Voto útil” para quem?

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs