Roberto Maciel

Categoria: Infraestrutura


08:40 · 03.10.2018 / atualizado às 08:42 · 02.10.2018 por

Hoje, na Coluna Comunicado:

Há um ponto interessante no contrato de financiamento firmado esta semana entre o BNB e a empresa Fraport, visando à ampliação do Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza. É que foi a maior operação do gênero definida este ano pelo banco. O presidente da instituição, Romildo Rolim, avalia que os ganhos não serão apenas para Fortaleza ou para o Ceará, mas assumem caráter regional. Há, de fato, um aspecto superlativo nessa negociação. Note-se: o dinheiro refere-se a 70% total do empreendimento, que envolve ainda recursos próprios da Fraport.

Sim, deve-se considerar hoje o Pinto Martins como um aeroporto acanhadinho que só. Mas, passadas as obras, o terminal de passageiros será ampliado para 26 mil metros quadrados, haverá melhorias nas pistas de pouso, reforma do pátio de embarque e desembarque dos aviões e reformulação do sistema rodoviário.

18:44 · 02.10.2018 / atualizado às 08:45 · 02.10.2018 por

Apesar de ter sido posto para escanteio Justiça no campo eleitoral, o deputado Dedé Teixeira (PT) não largou o jogo político. E abriu frente contra o que considera um “retrocesso”, atacando uma medida que, conforme avalia, contraria a necessária noção de universalização de direitos básicos.

Dedé se refere à Medida Provisória 844/18, editada pelo governo Temer.

Diz a MP que a Agência Nacional de Águas passa a ter competência para editar normas nacionais para o serviço de saneamento. Segundo o deputado, o que está sendo feita é a “liquidação dos serviços de água e esgoto do País”.

16:49 · 20.09.2018 / atualizado às 06:51 · 19.09.2018 por

Veja só: está tramitando na Câmara dos Deputados proposta que inclui o Fundo Geral de Turismo nas fontes de apoio à aviação regional – tida com estratégica para o acesso aeroviário a municípios com potencial turístico.

A finalidade é autorizar a União a liberar até 10% do Fundo para empresas aéreas cadastradas no Programa de Aviação Regional.

O Programa de Aviação Regional foi criado em 2015, ainda na gestão da presidenta Dilma Rousseff (PT), e previa projetos de reforma e construção de aeroportos em 270 cidades.

O número, no entanto baixou para 189, conduzido pela escassez de dinheiro.

O projeto agora será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; de Turismo; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, nas quais há deputados cearenses.

07:37 · 30.07.2018 / atualizado às 07:42 · 30.07.2018 por

O Ceará lidera no Nordeste a categoria de Geração Distribuída (instalações em casas, empresas, indústrias e órgãos públicos), com 1.078 ligações. Essa posição dá ao Estado a sétima colocação no ranking nacional.

Isso indica a procura por mão de obra qualificada para a execução dos projetos.

Pois saiba: a empresa Sou Energy já capacitou no primeiro semestre de 2018 mais de 200 pessoas.

Os profissionais trabalham como representantes comerciais com salários que podem variar de R$ 1.500 R$ 5.000 ao mês. A Sou Energy já efetuou mais de 100 projetos e está com 15 em andamento.

05:36 · 30.07.2018 / atualizado às 05:39 · 26.07.2018 por

Da Coluna Comunicado, hoje:

A Prefeitura de Fortaleza planeja empatar até R$ 2,944 milhões na segunda etapa da recuperação da encosta do Morro de Santa Terezinha, no Mucuripe. O local tem relevante interesse para o mercado turístico e é tradicionalíssima região de moradia na cidade. E os propósitos da obra não são apenas o estético ou o de estabelecer mais um ponto de lazer para a comunidade. A requalificação proposta visa também a reduzir os danos causados por chuvas – como nas de 2015, quando até deslizamentos foram verificados lá.

A ideia é fazer plantios, pôr campo de futebol e passeios, restaurar o anfiteatro e colocar equipamentos de ginástica e brinquedos infantis, bancos, lixeiras e um deck de madeira. A cereja em cima do bolo seria um sistema funicular – como os de Lisboa (Portugal), por exemplo.

07:04 · 27.07.2018 / atualizado às 07:05 · 24.07.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

A Prefeitura de Fortaleza está projetando para o Centro da Cidade a implantação de estratégias de intervenções já aplicadas na Praia de Iracema. Seria uma forma de recompor a região – que já atravessa pelo menos duas décadas de intensa degradação – no cenário urbano. A Prefeitura já esboçou as propostas para empresários representados pela Câmara de Dirigentes Lojistas. Os trabalhos devem começar já em agosto.

Deve durar 12 meses – até agosto de 2019, portanto – o cronograma de atividades previsto para a remodelação do Centro de Fortaleza. As ações compreendem não apenas a requalificação física do bairro, mas também a requalificação econômica e social de quem o frequenta. Segundo a CDL, cerca de 350 mil pessoas circulam diariamente na área. Ou seja, cerca de 13% da população da cidade. É muita gente.

Seis eixos sustentam as medidas estabelecidas pela Prefeitura de Fortaleza para a área central: 1) Habitação; 2) Política de apoio a pessoas em situação de rua; 3) Turismo e cultura; 4) Infraestrutura e mobilidade urbana; 5) Ordenamento do comércio informal; e 6) Segurança e fiscalização. O prefeito Roberto Cláudio (PDT) diz que os fundamentos das propostas estão na participação e no engajamento social.

14:35 · 20.07.2018 / atualizado às 13:37 · 20.07.2018 por

A primeira fase das obras de urbanização do Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Ceará (Uece), em Fortaleza, foi concluída hoje (sexta-feira, 20.7), com a pavimentação do estacionamento e obras de acessibilidade. Agora, o Hospital Veterinário Professor Sylvio Barbosa Cardoso passa a contar com nova entrada, na Rua Betel, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Itaperi. A portaria principal, na avenida Silas Munguba, continua funcionando normalmente.

As intervenções, da ordem de R$ 2 milhões, ampliam o fluxo da população para a clínica e ao Complexo Poliesportivo da universidade. Nesta etapa, uma área de cerca de 20.000 m² recebeu pavimentação em paralelepípedo em três vias de acesso e drenagem pluvial. Calçadas em piso intertravado, incluindo rampas de acessibilidade e sinalização em piso tátil, foram acrescentadas ao projeto, além de guarita instalada no local para monitorar a entrada de quem busca atendimento na unidade.

O Hospital Veterinário da Uece distribui diariamente 84 fichas – sendo 42 no turno da manhã e 42, à tarde. São ofertadas, na clínica, vacinas, exames, internações e cirurgias, como a de castração, para os animais da comunidade. Os serviços são gratuitos ou cobrados a preços populares. No equipamento, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), além de orientação técnica nas práticas de criação, identificação e controle de natalidade de animais abandonados também estão disponíveis.

13:12 · 13.07.2018 / atualizado às 07:17 · 13.07.2018 por
Indígena Tapeba, em foto de Jarbas Oliveira

O prefeito de Caucaia, Naumi Amorim, entrega hoje (13/7) o novo sistema de iluminação do campo da comunidade indígena Tapeba, às margens da BR-222, próximo à entrada principal de Caucaia. O ato está agendado para as 17h30min.

O projeto foi aprovado pela Enel (antiga Coelce), empresa responsável pela distribuição elétrica no Ceará.

O espaço já dispunha de estrutura para receber a iluminação. Mas precisava de um projeto específico com o aval da Enel.

Para os próximos dias, ele prevê a inauguração de sistemas de iluminação em outras três localidades: na Esplanada do Araturi, no Padre Júlio Maria e na Tucunduba.

07:00 · 13.07.2018 / atualizado às 07:02 · 12.07.2018 por

Hoje, na Coluna Comunicado:

Está orçado em R$ 9.477.469,39 o projeto de mobilidade urbana do binário da Avenida Santos Dumont com a Rua Desembargador Lauro Nogueira, no movimentado Bairro do Papicu, em Fortaleza. Há na região a formação de um gargalo no fim do túnel da Santos Dumont, onde o leito da via é reduzido de cinco para duas faixas. E há, consequentemente, a diminuição da fluidez do tráfego, estabelecendo engarrafamentos frequentes e impondo atrasos para a circulação de ônibus. São problemas crônicos, com repercussões negativas na economia e na segurança.

O projeto da Prefeitura de Fortaleza faz menção a um personagem pouco lembrado: o pedestre. Diz lá que, no cenário atual, a área “não possui infraestrutura inclusiva” a quem anda a pé. O texto ainda faz menção às bicicletas, que não encontram por ali faixas de segurança.

11:47 · 27.06.2018 / atualizado às 07:48 · 15.06.2018 por

O vereador de Fortaleza Evaldo Lima (PCdoB), ex-secretário de Cultura do Município, apareceu na Câmara com uma proposta bacana.

Evaldo quer que as obras públicas municipais tenham placas com os nomes dos operários empregados na construção.

E diz: “É uma forma de reconhecer a dignidade do trabalho”.

O vereador Idalmir Feitosa (PR), de outro polo político, se prontificou a assinar o projeto conjuntamente.

Pesquisar

Roberto Maciel

O blog é de autoria do jornalista Roberto Maciel, da coluna Comunicado, da editoria Cidade, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

11h10mCanoa Blues começa em Fortaleza dia 1º de novembro, no Centro Cultural BNB

08h10mO desapego municipal

06h10mDe longas datas

11h10mEscola de Gastronomia põe à mesa ciclo de formação

08h10m“Voto útil” para quem?

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs