Busca

Categoria: Infraestrutura


07:37 · 30.07.2018 / atualizado às 07:42 · 30.07.2018 por

O Ceará lidera no Nordeste a categoria de Geração Distribuída (instalações em casas, empresas, indústrias e órgãos públicos), com 1.078 ligações. Essa posição dá ao Estado a sétima colocação no ranking nacional.

Isso indica a procura por mão de obra qualificada para a execução dos projetos.

Pois saiba: a empresa Sou Energy já capacitou no primeiro semestre de 2018 mais de 200 pessoas.

Os profissionais trabalham como representantes comerciais com salários que podem variar de R$ 1.500 R$ 5.000 ao mês. A Sou Energy já efetuou mais de 100 projetos e está com 15 em andamento.

05:36 · 30.07.2018 / atualizado às 05:39 · 26.07.2018 por

Da Coluna Comunicado, hoje:

A Prefeitura de Fortaleza planeja empatar até R$ 2,944 milhões na segunda etapa da recuperação da encosta do Morro de Santa Terezinha, no Mucuripe. O local tem relevante interesse para o mercado turístico e é tradicionalíssima região de moradia na cidade. E os propósitos da obra não são apenas o estético ou o de estabelecer mais um ponto de lazer para a comunidade. A requalificação proposta visa também a reduzir os danos causados por chuvas – como nas de 2015, quando até deslizamentos foram verificados lá.

A ideia é fazer plantios, pôr campo de futebol e passeios, restaurar o anfiteatro e colocar equipamentos de ginástica e brinquedos infantis, bancos, lixeiras e um deck de madeira. A cereja em cima do bolo seria um sistema funicular – como os de Lisboa (Portugal), por exemplo.

07:04 · 27.07.2018 / atualizado às 07:05 · 24.07.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

A Prefeitura de Fortaleza está projetando para o Centro da Cidade a implantação de estratégias de intervenções já aplicadas na Praia de Iracema. Seria uma forma de recompor a região – que já atravessa pelo menos duas décadas de intensa degradação – no cenário urbano. A Prefeitura já esboçou as propostas para empresários representados pela Câmara de Dirigentes Lojistas. Os trabalhos devem começar já em agosto.

Deve durar 12 meses – até agosto de 2019, portanto – o cronograma de atividades previsto para a remodelação do Centro de Fortaleza. As ações compreendem não apenas a requalificação física do bairro, mas também a requalificação econômica e social de quem o frequenta. Segundo a CDL, cerca de 350 mil pessoas circulam diariamente na área. Ou seja, cerca de 13% da população da cidade. É muita gente.

Seis eixos sustentam as medidas estabelecidas pela Prefeitura de Fortaleza para a área central: 1) Habitação; 2) Política de apoio a pessoas em situação de rua; 3) Turismo e cultura; 4) Infraestrutura e mobilidade urbana; 5) Ordenamento do comércio informal; e 6) Segurança e fiscalização. O prefeito Roberto Cláudio (PDT) diz que os fundamentos das propostas estão na participação e no engajamento social.

14:35 · 20.07.2018 / atualizado às 13:37 · 20.07.2018 por

A primeira fase das obras de urbanização do Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Ceará (Uece), em Fortaleza, foi concluída hoje (sexta-feira, 20.7), com a pavimentação do estacionamento e obras de acessibilidade. Agora, o Hospital Veterinário Professor Sylvio Barbosa Cardoso passa a contar com nova entrada, na Rua Betel, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Itaperi. A portaria principal, na avenida Silas Munguba, continua funcionando normalmente.

As intervenções, da ordem de R$ 2 milhões, ampliam o fluxo da população para a clínica e ao Complexo Poliesportivo da universidade. Nesta etapa, uma área de cerca de 20.000 m² recebeu pavimentação em paralelepípedo em três vias de acesso e drenagem pluvial. Calçadas em piso intertravado, incluindo rampas de acessibilidade e sinalização em piso tátil, foram acrescentadas ao projeto, além de guarita instalada no local para monitorar a entrada de quem busca atendimento na unidade.

O Hospital Veterinário da Uece distribui diariamente 84 fichas – sendo 42 no turno da manhã e 42, à tarde. São ofertadas, na clínica, vacinas, exames, internações e cirurgias, como a de castração, para os animais da comunidade. Os serviços são gratuitos ou cobrados a preços populares. No equipamento, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), além de orientação técnica nas práticas de criação, identificação e controle de natalidade de animais abandonados também estão disponíveis.

13:12 · 13.07.2018 / atualizado às 07:17 · 13.07.2018 por
Indígena Tapeba, em foto de Jarbas Oliveira

O prefeito de Caucaia, Naumi Amorim, entrega hoje (13/7) o novo sistema de iluminação do campo da comunidade indígena Tapeba, às margens da BR-222, próximo à entrada principal de Caucaia. O ato está agendado para as 17h30min.

O projeto foi aprovado pela Enel (antiga Coelce), empresa responsável pela distribuição elétrica no Ceará.

O espaço já dispunha de estrutura para receber a iluminação. Mas precisava de um projeto específico com o aval da Enel.

Para os próximos dias, ele prevê a inauguração de sistemas de iluminação em outras três localidades: na Esplanada do Araturi, no Padre Júlio Maria e na Tucunduba.

07:00 · 13.07.2018 / atualizado às 07:02 · 12.07.2018 por

Hoje, na Coluna Comunicado:

Está orçado em R$ 9.477.469,39 o projeto de mobilidade urbana do binário da Avenida Santos Dumont com a Rua Desembargador Lauro Nogueira, no movimentado Bairro do Papicu, em Fortaleza. Há na região a formação de um gargalo no fim do túnel da Santos Dumont, onde o leito da via é reduzido de cinco para duas faixas. E há, consequentemente, a diminuição da fluidez do tráfego, estabelecendo engarrafamentos frequentes e impondo atrasos para a circulação de ônibus. São problemas crônicos, com repercussões negativas na economia e na segurança.

O projeto da Prefeitura de Fortaleza faz menção a um personagem pouco lembrado: o pedestre. Diz lá que, no cenário atual, a área “não possui infraestrutura inclusiva” a quem anda a pé. O texto ainda faz menção às bicicletas, que não encontram por ali faixas de segurança.

11:47 · 27.06.2018 / atualizado às 07:48 · 15.06.2018 por

O vereador de Fortaleza Evaldo Lima (PCdoB), ex-secretário de Cultura do Município, apareceu na Câmara com uma proposta bacana.

Evaldo quer que as obras públicas municipais tenham placas com os nomes dos operários empregados na construção.

E diz: “É uma forma de reconhecer a dignidade do trabalho”.

O vereador Idalmir Feitosa (PR), de outro polo político, se prontificou a assinar o projeto conjuntamente.

17:40 · 25.06.2018 / atualizado às 07:43 · 15.06.2018 por

Da Coluna Comunicado, nesta quarta-feira, no jornal Diário do Nordeste:

A região composta pela Capital e cidades vizinhas, como Caucaia e Maracanaú – a “Grande Fortaleza” – fecha amanhã o ciclo de consultas da Plataforma Ceará 2050. Trata-se de rodada de discussões sobre propostas de desenvolvimento para o Estado nos próximos 30 anos. A Plataforma Estratégica de Desenvolvimento de Longo Prazo – Ceará 2050 visa a debater soluções para o desenvolvimento econômico, sustentável e social do Estado.

A ação utiliza dados sociais, econômicos, ambientais, territoriais e de governança das últimas três décadas no Estado para projetar as próximas três. E conduz um importante elemento: a convergência de conhecimentos, projetos e demandas num sentido único, utilizáveis como ferramentas de crescimento.

As discussões levantadas pelo Governo do Estado correm paralelas às que a Prefeitura de Fortaleza tem feito tendo como referência o ano de 2040. São medidas propostas para execução em curto, médio e longo prazos, tratando de planos urbanístico, de mobilidade e de desenvolvimento econômico e social.

07:06 · 22.06.2018 / atualizado às 07:07 · 15.06.2018 por

Publicado na Coluna Comunicado, hoje:

Deve aterrissar no Aeroporto de Jericoacoara já no próximo semestre a autorização para operações internacionais. Os procedimentos dependem de o Estado cumprir exigências que serão apresentados por órgãos que emitem a permissões – como o Departamento de Polícia Federal, Secretaria da Receita Federal do Brasil, Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O equipamento já foi submetido às vistorias de praxe e aguarda agora que os órgãos façam os encaminhamentos devidos.

14:21 · 21.06.2018 / atualizado às 08:24 · 13.06.2018 por

A Coreia do Sul, mesmo distante, pode ser um exemplo relevante para a gestão do prefeito Naumi Amorim, de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

É que a Prefeitura do município cearense está, com apoio de entidades do país asiático, analisando temas relacionados à desfavelização.

Esse processo que envolve ações urbanísticas, educacionais, sanitárias e de erradicação da pobreza.