Busca

Categoria: Política


08:15 · 21.08.2017 / atualizado às 09:37 · 18.08.2017 por

Hoje, na Coluna Comunicado, que escrevo de segunda a sexta no jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza, Ceará:

Criatividade não é o forte de parlamentar que copia projetos alheios – dessa obviedade o deputado Wagner Sousa (PR) e a vereadora de Fortaleza Larissa Gaspar (PPL) não escapam. Wagner apresentou texto à Assembleia pelo qual “quer que se torne obrigatória a presença de doulas em hospitais e maternidades da rede pública e privada do Ceará”. Já Larissa quer obrigar na cidade “casas de parto, maternidades e unidades que prestam esse tipo de serviço, a permitirem a presença de doulas”. Para esclarecer: doulas é uma expressão pouco usada no Ceará que designa acompanhantes de gestantes em trabalho de parto.

A proposta, com iguais forma e conteúdo, foi apresentada à Câmara em 2014 pelo vereador Eulógio Neto (PSC). Não se sabe onde nasceu o original, mas São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Juiz de Fora (MG)e Brasília (DF) são exemplos de onde o texto pariu lei.

09:28 · 20.08.2017 / atualizado às 09:44 · 21.08.2017 por

Das três, uma:

1) Ou o pessoal do golpe não está avisando as coisas ao presidente do Senado, Eunício Oliveira;

2) Ou Eunício não está compreendendo muito bem as coisas que ocorrem;

3) Ou Eunício está cochilando nas reuniões do golpe.

Pois é dele a seguinte observação, postada no microblog Twitter no último dia 13:

Finalizamos reunião com setor econômico. Como defendido, agora confirmado: nenhuma proposta de criação de novo imposto.

Enfim, ele nega que vá ser criada nova cobrança, mas não diz que 60 mil cargos públicos vão ser extintos, que reajustes salariais vão ser adiados e que a contribuição previdenciária do servidor público vai passar de 11% para 14%, entre outras investidas.

Há, ainda, duas outras possibilidades: ou Eunício está no mundo da lua ou não está dizendo a verdade.

09:10 · 20.08.2017 / atualizado às 09:12 · 18.08.2017 por

A deputada federal Luizianne Lins (PT) quer que o Estatuto da Juventude seja divulgado obrigatoriamente em órgãos oficiais que prestam atendimento ao público de 15 a 29 anos. Isso escrito em lei.

O projeto já tramita na Câmara dos Deputados.

Se passa, a proposta que a ex-prefeita fez caminhar no legislativo, os Cucas – referências administrativas da temporada dela no Paço Municipal de Fortaleza – serão incluído nesse arco.

16:05 · 19.08.2017 / atualizado às 09:09 · 18.08.2017 por

Uma das melhores participações do Nordeste no Programa Parlamento Jovem Brasileiro, da Câmara federal, é do Ceará. Dos trabalhos apesentados em escolas do Estado, 12 foram para a final do concurso e três foram selecionados para a jornada parlamentar, em setembro.

Na região, os estudantes cearenses só perderam para os da Bahia e os de Pernambuco.

A propósito, um dos projeto destacados no Ceará defende o fortalecimento do programa Bolsa Família.

Foi produzido no Instituto Federal de Educação de Jaguaribe, e está na final do Parlamento Jovem Brasileiro.

Detalhe: atualmente, mais de 13,9 milhões de famílias em todo o País são atendidas pelo Bolsa Família – ameaçado por um brutal processo de esquartejamento determinado pelo governo de Michel Temer. Tem gente que depende do Bolsa para comer e estudar, mas o conceito golpista não deixa por menos.

08:50 · 19.08.2017 / atualizado às 09:03 · 18.08.2017 por

Tem a assinatura do vereador Jorge Pinheiro (PSDC), ainda em primeiro mandato, projeto que tramita na Câmara Municipal pelo qual se propõe que grávidas utilizem até por quatro horas as vagas de estacionamento zona azul em Fortaleza.

Pinheiro, mesmo sem expor justificativa técnica ou coisa que o valha, acha que isso deve facilitar o dia-a-dia das futuras mães.

O texto é clonado, foi copiado sem pejo de outros que tramitam ou tramitaram em casas legislativas várias, mas aumenta 100% o tempo destinado ao uso das vagas.

06:03 · 19.08.2017 / atualizado às 09:05 · 18.08.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza, Ceará:

A Prefeitura de Fortaleza analisa a possibilidade de modificar os horários de funcionamento do comércio. E isso divide opiniões na Câmara Municipal. Depois das polêmicas movidas pela oposição em torno da Lei de Uso e Ocupação do Solo, que chegaram à Assembleia, essa deve ser a queda-de-braço entre bancadas com potencial para ultrapassar os muros do legislativo municipal. Afinal, há um enorme contingente de interessados no tema e com ânimo e articulação para discussões. De um lado, diz-se que a medida vai gerar mais negócios, mais dinheiro, mas do outro ressalta-se que vai gerar alterações na vida de quem trabalha no setor. E aí, quem tem razão?

15:39 · 17.08.2017 / atualizado às 23:02 · 17.08.2017 por

A isso se chama ir na contramão do discurso fácil e do populismo: o vereador de Fortaleza Michel Lins (PPS) avalia as obras do entorno do Mercado Central como positivas. Confronta, assim, a retórica de colegas que chegaram a pôr fogo naquele palheiro, dizendo que ali se gera emprego e renda.

A verdade é que a área havia sido sequestrada por um comércio ilegal, sonegador, agressivo e abusivo e foi resgatada pela Prefeitura, o que serve de exemplo de alinhamento entre políticas públicas e interesses coletivos.

“Um dos melhores trabalhos já realizados e que leva o turismo de Fortaleza para um patamar maior”, define Michel.

20:21 · 16.08.2017 / atualizado às 09:21 · 14.08.2017 por

Cabe ao deputado cearense Ronaldo Martins (PRB) relatar processo disciplinar movido pelo PSOL contra o deputado Delegado Éder Mauro (PSD-PA). O parlamentar paraense, alvo do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, divulgou vídeo falso sobre o colega Jean Willis (PSOL-RJ).

Jean foi citado em um vídeo com imagens e áudio falsificados e divulgado na Internet por meio de redes sociais de Éder Mauro. O disseminador das mentiras garante que não teve nada a ver com a produção, admitindo que o publicou na página que mantém no Facebook.

Bom que se diga: Éder Mauro integra a “bancada da bala” – aquela turma da política que acha que tudo se resolve na pancada e no tiro.

18:13 · 16.08.2017 / atualizado às 09:15 · 14.08.2017 por

Ideia da deputada Luizianne Lins (PT): que seja obrigatória da divulgação do Estatuto da Juventude em órgãos públicos que prestam atendimento ao público de 15 a 29 anos.

Caso a Câmara aprove a proposta botou para tramitar, os Cucas – que criados na gestão dela como prefeita de Fortaleza – se incluirão nesse arco.

09:09 · 16.08.2017 / atualizado às 09:12 · 14.08.2017 por

Publiquei nesta quarta-feira na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste:

A Prefeitura de Fortaleza analisa a possibilidade de modificar os horários de funcionamento do comércio. E isso divide opiniões na Câmara Municipal. Depois das polêmicas movidas pela oposição em torno da Lei de Uso e Ocupação do Solo, que chegaram à Assembleia, essa deve ser a queda-de-braço entre bancadas com potencial para ultrapassar os muros do legislativo municipal. Afinal, há um enorme contingente de interessados no tema e com ânimo e articulação para discussões. De um lado, diz-se que a medida vai gerar mais negócios, mais dinheiro, mas do outro ressalta-se que vai gerar alterações na vida de quem trabalha no setor. E aí, quem tem razão?