Roberto Maciel

Categoria: Responsabilidade social


11:11 · 08.10.2018 / atualizado às 11:11 · 08.10.2018 por

Após aula inaugural com João Diamante, premiado chef e criador do projeto de gastronomia social Diamantes na Cozinha, e início dos três primeiros cursos profissionalizante nas áreas de panificação, confeitaria e cozinha fundamental, a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco inicia, de 9 a 12 de outubro, um ciclo formativo em gastronomia social, com aula show e masterclasses gratuitas abertas ao público, sempre à 19h. Com vagas limitadas, as inscrições serão presenciais, sendo abertas 1 hora antes das atividades, por ordem de chegada.

Metade das vagas será destinada a alunos da Escola e a outra metade será destinada ao público em geral. Quem abre a programação, com a aula show “Panetone Arretado”, na próxima terça-feira (9), na cozinha da Escola, é a chef de cozinha e patissière Neiva Terceiro. Proprietária da panificadora artesanal que leva seu nome, ela demonstrará aos participantes a arte de fazer um panetone com a cara do Ceará.

Na quarta-feira (10), a idealizadora e coordenadora do Projeto Primórdios da Cozinha Mineira do SENAC em Minas, Vani Pedrosa, ministra a masterclass “Inovação na gastronomia: o chef pesquisador”, ocasião em que apresentará as principais linhas de pesquisa da profissão e sua aplicabilidade no mercado.

Joanna Martins, diretora executiva do Instituto Paulo Martins – IPM –, entidade que promove o estudo e a divulgação da gastronomia paraense e amazônica brasileira, será a ministrante da masterclass “Amazônia e Ceará: o papel da gastronomia na construção de identidades”, nesta quinta-feira (11).

Para encerrar esse primeiro ciclo de formações, na sexta-feira (12), Gabriela Franzoi, discorre sobre importantes competências a serem desenvolvidas na carreira de cozinha profissional, na masterclass “Ser cozinheiro profissional: postura e estilo de vida”. Gabriela é coordenadora do Lab.Maní, programa de treinamento do Grupo Maní que oferta cursos livres de cozinha.

Junto a outras experts, como a chef de cozinha e patissière Sanae Mattos (SP) e a diretora de conteúdo Cláudia Muniz (SP), ambas do Instituto Capim Santo, as convidadas participam também de reuniões internas na escola, na medida em que integram grupo de consultoras para elaboração de edital para os laboratórios de criação em confeitaria e panificação, que será lançado no dia 15 de outubro, no site do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (www.dragaodomar.org.br). A coordenadora de formação da Escola de Gastronomia Social Lina Luz destaca que esse trabalho de consultoria inclui ainda a participação remota da chef Morena Leite, uma das mais respeitadas chefs do Brasil, reconhecida por misturar técnicas francesas com ingredientes típicos do Brasil e uma das sócias do grupo Capim Santo. De acordo com Lina, os laboratórios estão sendo formulados com o objetivo de promover o aperfeiçoamento dos trabalhos em gastronomia que já existem no Ceará, com vistas à valorização da gastronomia local e ao uso de insumos da região.

Flávia Castelo, diretora de gastronomia, esporte e conhecimento do Instituto Dragão do Mar, diz que os laboratórios de criação são como faróis: “Eles iluminam o caminho da gastronomia cearense. Voltados para o passado e para o futuro, reinventam, recriam, o que faz do Ceará o Ceará em termos de cultura alimentar. Os laboratórios criativos de confeitaria e panificação combinam hábitos e descobertas socioculturais no desenvolvimento de processos e produtos da e para a nossa gastronomia. São, portanto, uma experiência inédita lançada pela Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, que mistura arte, ofício, inovação e tecnologia, no convite para a inserção cultural através da comida.

14:26 · 30.09.2018 / atualizado às 14:27 · 09.09.2018 por

Essa é bem bacana, pode apostar: a nova metodologia de ensino implementada pela Prefeitura de Caucaia na rede educacional já está dando resultados positivos.

Segundo o Sistema Nacional de Educação Básica (Saeb), a cidade melhorou no último biênio 10,4% em Língua Portuguesa no quinto ano e 6% no nono ano do Ensino Fundamental.

A secretária Municipal de Educação, professora Lindomar Soares, diz que iniciativas como o programa “Nas Ondas da Leitura”, que promove alunos de cinco a 16 anos a escritores e ilustradores de obras, têm papel importante nesse processo.

Em busca de melhorar os indicadores educacionais de Caucaia, a SME implantou 29 projetos desde janeiro do ano passado.

06:45 · 23.09.2018 / atualizado às 06:48 · 04.09.2018 por

Fortaleza vai sediar Seminário de Educação Emocional e Social. Num cenário em que tanto se fala sobre qualificação do ensino, com a demanda de se afastarem preconceitos, limitações e imposições ao magistério, a discussão qualificada se torne um alento.

A ideia-base é a de que estudantes saibam se relacionar e trabalhar em grupo, sendo capazes de controlar emoções. Isso é fundamental para a juventude e os processos de aprendizado e se estende para outros campos que não apenas os da escola. O evento está marcado para o hotel Iate Plaza, no próximo dia 28, a partir das 13 horas.

A Base Nacional Comum Curricular, que trata de competências educacionais até 2019, já contempla habilidades socioemocionais. Os quesitos se alinham aos de saber ler e escrever e o de resolver questões matemáticas.

10:02 · 19.09.2018 / atualizado às 06:06 · 19.09.2018 por

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia do Ceará realiza hoje audiência juntamente com a Câmara Municipal de Fortaleza para discutir a “Campanha da Fraternidade 2018 – Fraternidade e Superação da Violência” e o “Grito dos Excluídos 2018 – Vida em primeiro lugar”. O debate começa às 14h, no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

A deputada Rachel Marques (PT), que requereu a audiência, diz que as campanhas visam a promover a reflexão sobre as causas de injustiças e desigualdades sociais no Brasil.

O Grito dos Excluídos, diz Rachel, não tem “dono”. “Não é da Igreja nem do sindicato e nem da Pastoral. Não se caracteriza por discurso de lideranças e nem pela centralização de seus atos. O ecumenismo é vivido na prática, nas lutas, pois entendemos que os momentos e celebrações ecumênicas são importantes para fortalecer o compromisso”.

O movimento surgiu em 1995, para aprofundar o tema da Campanha da Fraternidade daquele ano, que tinha como lema “Eras tu, Senhor”, e responder aos desafios levantados na 2º Semana Social Brasileira, cujo tema era “Brasil, Alternativas e Protagonistas”.

Foram convidados para a audiência representantes do Fórum Popular de Segurança Pública, do Comitê pela Desmilitarização da Polícia e da Política, da Conferência Nacional de Bispos do Brasil, da Igreja Presbiteriana Independente e das secretarias estaduais de Justiça e Cidadania e de Segurança Pública.

10:00 · 16.09.2018 / atualizado às 05:43 · 30.08.2018 por

Do Portal InvestNE:

Alunos do IFCE – Campus de Caucaia conquistaram medalha de prata na 10ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), promovida pela Unicamp (SP). Os únicos medalhistas cearenses entre as instituições públicas foram o IFCE Caucaia e o Liceu do Conjunto Ceará (que levou o bronze), o que torna a conquista ainda mais significativa. A competição, que teve mais de 57 mil inscritos, foi composta de seis fases on-line e uma prova dissertativa presencial na etapa final.

Essa foi apenas a segunda participação do IFCE na competição. A equipe Alabá, que conquistou a prata, é composta por três alunos: Diogo Augusto Araújo dos Santos, José Ernando de Farias Filho e Rayane Alves do Nascimento, todos do curso técnico integrado de Eletroeletrônica do campus de Caucaia. Eles foram coordenados pelo professor Jerciano Pinheiro Feijó.

Nos últimos dois anos, o IFCE Caucaia participou de disputas como o Torneio Juvenil de Robótica, a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), a Olimpíada Canguru de Matemática, a Mostra Brasileira de Foguetes (Mobfog), a Olimpíada Brasileira de Astronomia (Oba) e a Olimpíada Nacional de Ciências (ONC). Em várias delas os alunos de Caucaia foram medalhistas. Em outras, conquistaram menções honrosas e algumas dessas disputas ainda estão em andamento.

15:18 · 04.09.2018 / atualizado às 20:20 · 03.09.2018 por

Quem crê na ação cidadã de quem doa sangue há de considerar positiva essa notícia política: tramita na Câmara dos Deputados matéria que garante aos doadores desconto de metade do valor da taxa de inscrição em concursos públicos.

Mas não se entusiasme muito.

É que o texto ainda vai passar pelas comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, onde há parlamentares cearenses, e sempre aparece um estraga-prazer alegando inconsticionalidade.

18:15 · 03.09.2018 / atualizado às 18:15 · 03.09.2018 por

A Prefeitura de Fortaleza prorroga até o próximo dia 14 a campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo. Além de disponibilizar as doses gratuitamente nos 112 Posto da Secretaria de Saúde da Capital, as vacinas também estarão disponíveis de forma exclusiva nas Centrais de Distribuição de Medicamentos nos sete terminais de ônibus de Fortaleza e em diversas praças das sete Regionais, no próximo sábado, dia 8 de setembro.

O público-alvo da campanha são as crianças entre um e cinco anos e o objetivo é atingir uma cobertura vacinal de 95% dessa população. A secretária Municipal de Saúde, Joana Maciel, afirma que, para isso, Fortaleza trabalha com uma quantidade de ações acima do número recomendado pelo Ministério da Saúde.

Ela faz um apelo para que os responsáveis levem os pequenos para se vacinarem. “Para aqueles que não têm condição de levar a criança até o Posto de Saúde durante a semana, são pais e mães que estão trabalhando, nós vamos até mais perto, marcando presença nos bairros durante o próximo sábado”, reforça a secretária, lembrando, ainda, sobre a importância de levar a caderneta da criança para acessar o serviço. No entanto, casos de perda ou esquecimento não serão considerados e a criança poderá ser vacinada sem problemas.

A secretária Joana Maciel chama a atenção da população, principalmente, para o sarampo, que tem recentes casos confirmados nos estados de Amazonas e Roraima. “É uma doença extremamente grave e que pode matar ou deixar sequelas graves com a complicação para um quadro de encefalite, inflamação das células nervosas que pode levar à cegueira, surdez e outros agravos neurológicos”, enfatiza.

Sobre a poliomielite, Joana Maciel destaca que, apesar do vírus não ter sido mundialmente erradicado, ele não está mais presente nas Américas. No entanto, a manutenção da alta taxa de cobertura é essencial para que novos casos não surjam e que os pais não podem ficar acomodados.

“As pessoas deixam de vacinar porque não estão mais convivendo com a doença, mas enquanto gestores de saúde, temos o dever de esclarecer à população que só há uma forma prevenção: a vacina. Nós colocamos à disposição as doses em todas as nossas unidades, com salas funcionando de forma adequada, durante todo o horário de funcionamento, com pessoal preparado.

16:51 · 03.09.2018 / atualizado às 06:53 · 31.08.2018 por

O Governo do Ceará está de olho nos potenciais das feiras orgânicas. Esses arranjos privilegiam a venda de produtos sem o uso de agrotóxicos.

E veja só: o Instituto Agropolos e a ONG Centro de Estudos do Trabalho e Assessoria ao Trabalhador (Cetra) firmaram parceria com o Instituto das Artes da Mesa para estimular pequenos empreendedores.

Nas prateleiras, uma série de seminários sobre o tema.

10:53 · 30.08.2018 / atualizado às 06:54 · 29.08.2018 por

Para quem acreditar que a ação cidadã motiva quem doa sangue, fique sabendo: tramita na Câmara dos Deputados proposta que garante aos doadores desconto de metade do valor da taxa de inscrição em concursos públicos.

A matéria vai passar pelas comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, onde há parlamentares cearenses.

17:35 · 27.08.2018 / atualizado às 17:34 · 27.08.2018 por

A Câmara Municipal de Fortaleza fez sessão solene homenageando budistas pela contribuição na construção de uma cultura de paz. A solenidade foi proposta pela vereadora Larissa Gaspar (PPL), que presidua a sessão, representando o presidente da CMFor, Salmito Filho (PDT).

Em sua saudação, Larissa Gaspar registrou que a Associação Brasil Soka Gakkai Internacional (ABSGI) trabalha de forma inclusiva, agregando a todos de forma igualitária.

“Quero destacar minha felicidade de participar deste momento, de ter no ventre do nosso mandato uma pessoa, a Paulinha Castro, que participa dessa filosofia. Foi ela que falou da importância desse momento e do trabalho de quase 40 anos, que a associação Brasil SGI Ceará realiza. São 1.100 associados só em Fortaleza e 1.300 no Ceará, com atuação forte também em Juazeiro do Norte. É um trabalho grandioso, Muitas vezes, algumas religiões, não tem tanta visibilidade, mas também isso é uma forma de se humanizar mais, na valorização de cada ser humano, no melhor que ele pode ser”, observou.

Pesquisar

Roberto Maciel

O blog é de autoria do jornalista Roberto Maciel, da coluna Comunicado, da editoria Cidade, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

11h10mCanoa Blues começa em Fortaleza dia 1º de novembro, no Centro Cultural BNB

08h10mO desapego municipal

06h10mDe longas datas

11h10mEscola de Gastronomia põe à mesa ciclo de formação

08h10m“Voto útil” para quem?

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs