Roberto Maciel

Categoria: Responsabilidade social


07:38 · 22.08.2018 / atualizado às 10:43 · 21.08.2018 por

As organizações do terceiro setor que desenvolvem projetos na área da saúde da pessoa com deficiência ou no combate ao câncer terão uma oportunidade de qualificar ainda mais a atuação das suas entidades. Será realizado hoje, dia 22/08 (das 8h às 17h), o curso “Pronon e Pronas-PCD: Como usar os incentivos fiscais para a área da Saúde”.

O treinamento vai ensinar o caminho a percorrer e detalhes de como elaborar um projeto com chances de conseguir recursos de incentivos fiscais concedidos através do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon) e do Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas/PCD), previstos na  Lei Federal 12.715/12.

Desde 2013, instituições que trabalham com pacientes oncológicos ou pessoas com deficiência, podem propor projetos no Ministério da Saúde para captação com incentivo fiscal. O Pronon e o Pronas são dois programas criados para incentivar ações e serviços desenvolvidos por entidades, associações e fundações privadas sem fins lucrativos (que atuam no campo da oncologia e da pessoa com deficiência). O intuito é aumentar a oferta de serviços médico-assistenciais e promover pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas.  O curso será ministrado pela professora Suellen Moreira, coordenadora Nacional da ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos) na área da Cultura. A iniciativa integra agenda de treinamentos para profissionais e gestores de organizações da sociedade civil.

A programação é  iniciativa da SC Assessoria Contábil em parceria com entidades e empresas do terceiro setor. As vagas são limitadas e, em alguns casos, há descontos ou reserva de inscrições gratuitas para entidades sem fins lucrativos.

Mais informações: capacitacoes@seccontabil.com.br e pelo whatsapp (85) 99269.4302.

09:18 · 17.08.2018 / atualizado às 09:20 · 16.08.2018 por

Publiquei na Coluna Comunicado:

As escolas municipais 11 de Agosto (Jardim Iracema), Professora Aldaci Barbosa (Sapiranga) e Marieta Guedes Martins (Novo Mondubim), todas em Fortaleza, vão receber em setembro o Mutirão do Pai Presente, organizado pelo Tribunal de Justiça do Estado. Finalidade: ajudar pessoas a terem o nome do pai na certidão de nascimento – algo que tem a ver com lei, dignidade e identidade. A ação segue diferentes sentidos, já que a paternidade poderá ser requerida por mães com filhos menores de idade ou mesmo pelo próprio filho, caso seja maior de 18 anos. E, por fim, o pai também poderá reconhecer o filho espontaneamente.

Os interessados deverão comparecer às escolas com RG, CPF e certidão de nascimento do filho. Se houver dúvida em relação à paternidade, o Laboratório Central de Saúde Pública terá equipes nos locais para fazer exames de DNA. Todo o procedimento é gratuito.

08:52 · 17.08.2018 / atualizado às 08:53 · 15.08.2018 por

Para quem acredita na ação cidadã de quem doa sangue, uma excelente notícia: tramita na Câmara dos Deputados projeto que garante aos doadores desconto de metade do valor da taxa de inscrição em concursos públicos.

A proposta vai passar pelas comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, onde há representantes cearenses.

07:36 · 23.07.2018 / atualizado às 07:34 · 19.07.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

Passou na Comissão de Educação da Câmara federal projeto para que União, estados, Distrito Federal e municípios destinem obrigatoriamente verbas orçamentárias para a manutenção e aquisição de acervo para bibliotecas públicas, inclusive as de escolas públicas. Atuam no colegiado os cearenses Moses Rodrigues (MDB) e Odorico Monteiro (PSB). A proposta também inclui obras e serviços de engenharia para construção, ampliação e reforma de bibliotecas no Regime Diferenciado de Contratações Públicas, previsto em lei para agilizar as licitações públicas. A matéria já havia sido aprovada pela Comissão de Cultura. Ainda vai passar pelo crivo das comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Bibliotecas públicas e escolares têm papel estratégico de promover o encontro entre o livro e o leitor. Ou seja, em disseminar conhecimento e cultura.

10:02 · 13.07.2018 / atualizado às 07:06 · 12.07.2018 por

Da série “O ambiente agradece”: a Prefeitura de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, está avaliando a implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública.

Trata-se da A3P.

Os protocolos dessa estratégia definem medidas para a gestão socioambiental de diferentes segmentos. Entre os eixos estão o uso racional dos recursos naturais e de bens públicos, o gerenciamento de resíduos sólidos e a qualidade de vida no trabalho.

As ações previstas contemplam a redução do consumo de energia, de papel, de água e de copinhos plásticos. A referência da gestão municipal é o Ministério do Meio Ambiente, que nos últimos quatro anos reduziu a zero os gastos com compra de copos descartáveis.

Em 2011, quando implementou o A3P, o Ministério utilizava 1 milhão de copinhos descartáveis.

17:40 · 25.06.2018 / atualizado às 07:43 · 15.06.2018 por

Da Coluna Comunicado, nesta quarta-feira, no jornal Diário do Nordeste:

A região composta pela Capital e cidades vizinhas, como Caucaia e Maracanaú – a “Grande Fortaleza” – fecha amanhã o ciclo de consultas da Plataforma Ceará 2050. Trata-se de rodada de discussões sobre propostas de desenvolvimento para o Estado nos próximos 30 anos. A Plataforma Estratégica de Desenvolvimento de Longo Prazo – Ceará 2050 visa a debater soluções para o desenvolvimento econômico, sustentável e social do Estado.

A ação utiliza dados sociais, econômicos, ambientais, territoriais e de governança das últimas três décadas no Estado para projetar as próximas três. E conduz um importante elemento: a convergência de conhecimentos, projetos e demandas num sentido único, utilizáveis como ferramentas de crescimento.

As discussões levantadas pelo Governo do Estado correm paralelas às que a Prefeitura de Fortaleza tem feito tendo como referência o ano de 2040. São medidas propostas para execução em curto, médio e longo prazos, tratando de planos urbanístico, de mobilidade e de desenvolvimento econômico e social.

07:41 · 25.06.2018 / atualizado às 07:39 · 15.06.2018 por

Leva a assinatura da deputada petista Rachel Marques matéria na Assembleia Legislativa com o qual propõe a criação de um centro para cuidar da recuperação e profissionalização de moradores de rua que sejam dependentes químicos.

Segundo a parlamentar, essa população sofre horrores com o preconceito e está “alijada do acesso aos mais básicos direitos”.

18:08 · 18.06.2018 / atualizado às 18:11 · 15.06.2018 por

Vem aí mais uma edição da Mostra Brasileira de Teatro Transcendental. Será a 16ª agenda de um dos eventos artísticos e de cultura de paz mais bem definidos do País.

O lançamento da Mostra está marcado para o próximo dia 21, quinta-feira, às 19h30min, no espaço Manhattan do Shopping Riomar Fortaleza.

Logo após a abertura, o escritor Alexandre Caldini falará sobre as relações familiares e como lidar com elas.

O evento é gratuito e aberto ao público. A Mostra acontece nos dias 23 a 26/08, no teatro Riomar.

17:58 · 16.06.2018 / atualizado às 17:59 · 12.06.2018 por

Tramita no Senado projeto estabelecendo que a doação de órgãos poderá ocorrer, em casos específicos, sem a necessidade de autorização de familiares do falecido. O texto diz que só será necessária a chancela familiar quando o potencial doador não tiver – em vida, claro – se manifestado expressamente a respeito. E em meio válido. A iniciativa é definida como meio de facilitar doações. A Comissão de Constituição e Justiça, da qual só participa um parlamentar cearense, José Pimentel (PT), aprovou a proposta.

16:29 · 14.06.2018 / atualizado às 16:31 · 12.06.2018 por

Da Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste, na edição desta quinta-feira:

O Centro de Apoio Operacional da Cidadania, vinculado à Procuradoria Geral da Justiça do Ceará, lança amanhã projeto intitulado “Caminhos para um Envelhecimento Cidadão no Ceará”. A ação é apresentada como um meio de fomentar a criação e a ampliação dos Fundos e dos Conselhos Municipais do Idoso nos municípios cearenses. E faz foco na qualificação dos colegiados que deliberam sobre recursos e políticas públicas para a pessoa idosa. Um termo de compromisso será disponibilizado para que gestores públicos confirmem vontade política de atuar no tema.

Há um estirão de parceiros na proposta do Centro de Apoio da Cidadania. Governo do Estado, OAB- CE, Receita Federal e Associação dos Municípios do Ceará (Aprece) figuram entre os participantes. Com aliança tão larga e diversificada assim, é bom mesmo que dê certo.

Pesquisar

Roberto Maciel

O blog é de autoria do jornalista Roberto Maciel, da coluna Comunicado, da editoria Cidade, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

11h10mCanoa Blues começa em Fortaleza dia 1º de novembro, no Centro Cultural BNB

08h10mO desapego municipal

06h10mDe longas datas

11h10mEscola de Gastronomia põe à mesa ciclo de formação

08h10m“Voto útil” para quem?

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs