Busca

Categoria: Saúde


05:49 · 12.01.2018 / atualizado às 08:52 · 11.01.2018 por

Está pegando poeira num gabinete qualquer do Paço Municipal de Fortaleza uma proposta bem bacana.

É do vereador Salmito Filho (PDT) e indica a instituição de um banco de medicamentos a ser composto por doações de pessoas físicas e jurídicas.

A ideia é de baixo custo para o município, já que não se vincula a gastos públicos com produtos. Os medicamentos doados devem estar em bom estado de conservação e ter prazo mínimo de 40 dias antes da data de vencimento. E devem ter embalagem e bula.

12:33 · 19.12.2017 / atualizado às 12:35 · 17.12.2017 por

Levantamento da seguradora multinacional Mongeral Aegon mostra que os cearenses estão mais preocupados com o diagnóstico de doenças graves como o câncer, infarto e mal de Alzheimer. De janeiro a setembro de 2017, a procura por um seguro de vida que garante benefício em caso de uma das doenças cobertas pela companhia aumentou em 169% em relação ao mesmo período do ano anterior em Fortaleza.

“Temos percebido que, além da preocupação em ter um diagnóstico sério, o baixo investimento em relação ao alto valor agregado a este tipo de seguro incentiva a procura, principalmente em uma época de crise econômica e desemprego, quando algumas famílias cortaram ou perderam seus planos de saúde. Outro fator que tem contribuído com a procura é o diagnóstico cada vez mais precoce”, explica David Martins, superintendente da Mongeral Aegon em Fortaleza.

Dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) apontam que quase 3 milhões de brasileiros perderam seus planos de saúde nos últimos dois anos no país.

16:56 · 01.12.2017 / atualizado às 16:56 · 01.12.2017 por

Referência em tratamento contra o câncer no Ceará, e considerado um dos maiores centros de assistência de alta complexidade em oncologia do País, o O Instituto do Câncer do Ceará (ICC) retomou os atendimentos que estavam suspensos devido à falta de repasses da Prefeitura de Fortaleza – um calote assim mescla, no mínimo, insensibilidade humana, desatenção política e negligência social.

Foi firmado ontem à noite acordo pelo qual a Prefeitura de Fortaleza se compromete a pagar o que deve ao ICC, em torno de R$ 18 milhões, em parcelas de R$ 750 mil a partir do próximo ano, chegando a quitá-la até o primeiro semestre de 2019 com o pagamento das parcelas restantes.

O Instituto havia suspendido os procedimentos de iodoterapia, cirurgia de tumor ósseo, hematologia e cirurgia abdominal, voltado agora todos à sua normalidade.​

23:14 · 24.10.2017 / atualizado às 16:16 · 20.10.2017 por

O Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), entidade que vez por outra sofre bombardeios das oposições na Assembleia Legislativa e na Câmara de Fortaleza, realiza quinta-feira próxima o I Fórum ISGH, com o tema “Excelência em Gestão e Saúde”.

Cento e trinta e oito unidades de saúde pública da rede estadual, entre elas quatro hospitais, nove UPAs, 14 CAPs e 111 postos de saúde são, são geridas pelo Instituto.

O evento será no Hotel Marina Park, em Fortaleza. Entre os convidados nacionais, representantes do Hospital Sírio Libanês e de ONGs locais e nacionais.

09:13 · 20.10.2017 / atualizado às 09:15 · 18.10.2017 por

Da Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste, nesta sexta-feira:

O deputado Leonardo Araújo (PMDB) está propondo na Assembleia que o Governo do Ceará forneça gratuitamente leite em pó para filhos de portadores do vírus HIV/Aids. Mas só para aqueles cujos pais comprovem a doença, a insuficiência de recursos financeiros e tenham domicílio no Estado. Segundo o deputado, de 1983 a julho de 2016 foram notificados à Secretaria da Saúde 16.790 casos de Aids no Estado. “No Brasil e do Ceará, o número de crianças nascidas de mães com HIV vem aumentando”, diz Leonardo Araújo. A proposta teve parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça.

A proposta pode parecer assistencialista. E é. Mas tem relação direta com o bem-estar social que a Constituição obriga o Estado brasileiro a assegurar a todos os cidadãos. Para ilustrar com situação similar, vale lembrar que em 2016 o STF determinou que o SUS forneça fraldas descartáveis a pessoas com deficiências.

05:00 · 12.10.2017 / atualizado às 14:01 · 08.10.2017 por

Publiquei na Coluna Comunicado nesta quinta-feira de Nossa Senhora Aparecida e das crianças:

O deputado Carlos Felipe (PCdoB) quer tornar o obrigatório o fornecimento de cadernos de provas impressos no sistema Braile a candidatos com deficiência visual em concursos públicos e vestibulares realizados por órgãos públicos do Ceará. E apresentou projeto – não em Braille, mas no formato acessível apenas a quem enxerga – na Assembleia. A ideia é justa e deve ser catalogada na pauta inclusiva que os parlamentos têm adotado, que serve também para confrontar as ondas excludentes e medievais que vez por outra varrem as instituições parlamentares.

Segundo Carlos Felipe, há cerca de 1,5 milhão de pessoas no Ceará com deficiência. E diz lá o projeto: “Há necessidade premente de programas educacionais e políticas públicas que possam contribuir para construção de uma sociedade com mais informações e conhecimentos ligados às pessoas com deficiência”.

22:51 · 11.10.2017 / atualizado às 13:54 · 08.10.2017 por

Outras notas que publiquei hoje na Coluna Comunicado:

Momento Maju
Para quem se atiça com feriadões, como o de amanhã a sábado: vai dar praia, indicam institutos que monitoram tempo e clima, também para alegria de quem trabalha com cultura e turismo. Temperaturas variando de 25º a 35º e poucas nuvens no Ceará todo. Zero de chuva até domingo.

***

Momento Dráulio
Mas se o calorão traz oportunidades de lazer bacanas, não custa lembrar que a radiação ultravioleta têm alcançado, digamos, índices ultraviolentos, sobretudo das 13 às 15h. E que temperaturas elevadas favorecem o aparecimento do mosquito transmissor da dengue, zica e chicungunha (aqui já aportuguesadas).

09:05 · 02.10.2017 / atualizado às 09:07 · 29.09.2017 por

O deputado Evandro Leitão (PDT), líder do Governo na Assembleia,  quer que as unidades médico-hospitalares públicas do Ceará emitam obrigatoriamente atestados médicos digitais.

Ou seja, de uma ponta a outra. São os chamados “e-atestados”. Segundo Evandro, isso ajudará a combater fraudes. Os “e-atestados” deverão conter nome e CPF do paciente e nome, assinatura eletrônica e registro profissional do médico. Mais: deverão indicar local do atendimento e data.

07:19 · 29.09.2017 / atualizado às 09:13 · 28.09.2017 por

O município cearense de Boa Viagem sedia nesta sexta-feira mais uma ação da campanha Ceará Sem Drogas, realizada pela Assembleia Legislativa.

Será a 19ª rodada de conversas com o ex-jogador de futebol Walter Casagrande, hoje comentarista de TV.

O Fundo Estadual de Políticas sobre Álcool e outras Drogas, proposto pelo presidente da AL, José Albuquerque (PDT, acima) e já tornado lei, resulta diretamente dessa campanha.

08:00 · 27.09.2017 / atualizado às 20:10 · 25.09.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado:

Lagartixas – “bribas”, no palavreado cearense – são bichinhos até simpáticos. Comem insetos. E estão sempre mexendo a cabeça afirmativamente. Além disso, viraram atrações políticas no Ceará. É que militantes do Sindicato dos Médicos flagraram uma numa sala de cirurgia do Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, mantido pelo Estado em Messejana, e distribuiram imagens pela Internet. Poderia estar em qualquer lugar, menos ali. A oposição fez festa na Assembleia Legislativa. Balançou a cabeça de satisfação. A situação se amuou e procurou dar troco às críticas. Balançou a cabeça contrariada. Cada qual no seu espaço. Mas não se viu até agora projeto nenhum ou sugestão qualquer que aponte soluções para o problema. Só discurseira.

O balançar de cabeça, tão comum às lagartixas quanto aos políticos, impôs para o cidadão colocações curiosas. O deputado Tomás Holanda (PPS) – que era oposicionista ferrenho quando no PMDB – chegou a dizer que a população está satisfeita com a saúde pública.

Já a presidente do Sindicato dos Médicos, Maira Pinheiro, ficou no olho do furacão. Sobrou para ela a acusação de ter interesses partidários, mas não ficou sem defesa. Ironia: quando foi moralmente agredida por um vazamento de fotos, em 2015, ninguém a acudiu.