Roberto Maciel

Categoria: Segurança pública


17:26 · 27.08.2018 / atualizado às 17:26 · 27.08.2018 por

Do portal de notícias G1:

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou nesta segunda-feira (27) ao Supremo Tribunal Federal (STF) 26 pessoas pelo crime de organização criminosa no âmbito da Operação Registro Espúrio.

Entre os denunciados estão o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, o ex-ministro do Trabalho Helton Yomura e os deputados Cristiane Brasil (PTB-RJ), Paulinho da Força (SD-SP), Jovair Arantes (PTB-GO), Wilson Filho (PTB-PB) e Nelson Marquezelli (PTB-SP).

*** ***

Duas leituras a se fazer: 1) Cristiane Brasil quase, por um tantinho assim, não acaba ministra do Trabalho da gestão golpista de Michel Temer; 2) Roberto Jefferson, com uma retórica maliciosa, foi o denunciante do “mensalão”.

08:55 · 18.08.2018 / atualizado às 08:57 · 15.08.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

Os dados são do Ministério dos Direitos Humanos e ultrapassam fronteiras ideológicas entre gestões: só no primeiro semestre deste ano, o serviço Ligue 180, que recebe denúncias de violência contra a mulher, registrou 72 mil contatos. Isso significou uma ligação a cada 3 minutos e 50 segundos. É um retrato nítido da extrema gravidade que se impõe contra o País. Ainda assim, há uma ala da política que insiste na baboseira de que as mulheres, em especial, não são vítimas de violência, mas toda a sociedade. E que políticas que contenham agressões e feminicídios, por exemplo, não passam de demagogia. O mais curioso é que essa retórica encontra – pasme! – defensoras (sim, com “a”) nos parlamentos.

16:46 · 01.08.2018 / atualizado às 06:48 · 31.08.2018 por

O Ceará tem um só voto – e às vezes ausente – na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados federal. É o de Luizianne Lins (PT).

Saiba, então: cabe a ela, nessa condição, se posicionar em proposta que pode mudar o perfil dos presídios no País, com respeito a diferenças e direitos.

O texto cria espaços de vivência específicos para travestis e transexuais masculinas ou femininas em estabelecimentos penais. Mas não é nada compulsório. Segundo o texto, o detento somente será transferido para esses espaços se deixar expressa a manifestação da própria vontade.

07:45 · 01.08.2018 / atualizado às 07:46 · 30.07.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste:

O deputado Fernando Hugo (SD) quer empatar dinheiro do contribuinte na criação de um sistema inspirado em regimes de exceção. É dele projeto que renova antigos conceitos. A ideia se fundamenta numa certa “Secretaria de Inteligência Estratégica”, além de uma “Agência Estadual de Inteligência”, um “Conselho Estadual de Inteligência do Estado do Ceará” e um “Sistema Estadual Interagências de Inteligência”. Nas décadas de 1960 e 1970, o Estado incorporou na área da segurança algo similar: um Serviço Estadual de Informações, alinhado com o Serviço Nacional de Informações. 

06:58 · 31.07.2018 / atualizado às 06:58 · 30.07.2018 por

A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará, que treina policiais militares e civis, está a procura de local para efetuar aulas práticas de tiro – tanto de formação inicial quanto de formação continuada.

O ponto tem de ter certificado de registro do estande no Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército.

A AESP quer promover até 90 mil horas de tiro, em 12 meses, com 90 postos em uso simultâneo. É muita bala. Importante: num mundo tão cheio de imagens, as linhas de tiro devem ter câmeras que possibilitem a filmagem e arquivo das gravações das instruções. E os vídeos serão de propriedade da Academia.

05:34 · 29.07.2018 / atualizado às 05:36 · 26.07.2018 por

Matéria que tramita no Senado define que veículos do transporte público deverão ter obrigatoriamente botão de pânico.

O dispositivo deverá ter “acionamento discreto e silencioso” pelo condutor ou pelo cobrador em caso de perigo. Este ano, em Fortaleza, o Sindiônibus registrou 5,6 assaltos por dia a ônibus.

O projeto que trafega nas vias legislativas acrescenta uma serventia ao botão de pânico de ônibus e micro-ônibus. É a de informar a localização do veículo às autoridades de segurança pública.

Mas o texto estacionou na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. E está sem relator que o conduza.

05:27 · 24.07.2018 / atualizado às 05:28 · 23.07.2018 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado:

Especialistas em segurança pública se reúnem hoje e amanhã em Fortaleza, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). A pauta são estratégias para o setor. Não vai ser primeira vez que o segmento industrial se articula em torno do tema, que tem impacto forte sobre a sociedade sociais, mas será o passo inicial de uma atividade proposta a diferentes agentes na construção de caminhos possíveis para a superação de dificuldades coletivas. As mesas de discussão envolverão representantes dos meios universitário e empresarial, do governo e do terceiro setor. Prevenção à violência e sistemas socioeducativo e prisional e de segurança e defesa social estão na lista de temas. Todos associados à governança.

A meta da Fiec recebeu a denominação de Rota Estratégica da Segurança Pública. O foco é a definição de mapas com trajetórias para os fatores críticos na área da segurança pública do Ceará para o ano de 2025.

07:01 · 07.07.2018 / atualizado às 07:04 · 06.07.2018 por

Hoje, na Coluna Comunicado:

Não está longe de virar realidade a Lei de Acesso à Informação na Segurança Pública. A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara federal até já aprovou texto determinando que órgãos de segurança elaborem relatórios com dados sobre todas as denúncias recebidas e arquivadas contra policiais, assim como os cursos, treinamentos e capacitações executadas. São referências importantes para políticas públicas no setor. Os deputados Genecias Noronha (SD), Vicente Arruda (PDT) e Danilo Forte (PSDB) são titulares do Ceará na Comissão.

O projeto também define procedimentos cabíveis aos órgãos de Segurança Pública em relação à transparência e à prestação de contas. Há um espírito de vigilância interessante: o da transparência.

06:24 · 06.07.2018 / atualizado às 06:27 · 05.07.2018 por

Hoje, na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

A política tem coisas assim – e nem sempre percebe as curiosidades que protagoniza: no mesmo dia em que aprovou a criação de um Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, setor da Secretaria da Segurança que tem relação direta com o cenário de violência no Estado, a Assembleia Legislativa deu aval a projetos que estabelecem a Política Estadual Cultura Viva do Estado do Ceará, que é uma das metas do Plano Estadual de Cultura, e a realização de concurso para a seleção de novos funcionários da Secretaria da Cultura. Duas soluções para o mesmo desafio.

12:16 · 03.07.2018 / atualizado às 07:17 · 02.07.2018 por

O vereador Michel Lins (PPS) apresentou à Câmara de Fortaleza projeto propondo que a Prefeitura reforme e revitalize a Praça João Gentil, no Bairro da Gentilândia.

O local tem uma marca extremamente trágica.

Foi na praça que, em março último, sete pessoas foram assassinadas na quarta chacina deste ano no Estado.

Pesquisar

Roberto Maciel

O blog é de autoria do jornalista Roberto Maciel, da coluna Comunicado, da editoria Cidade, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

11h10mCanoa Blues começa em Fortaleza dia 1º de novembro, no Centro Cultural BNB

08h10mO desapego municipal

06h10mDe longas datas

11h10mEscola de Gastronomia põe à mesa ciclo de formação

08h10m“Voto útil” para quem?

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs