Busca

Categoria: Segurança pública


05:12 · 14.08.2017 / atualizado às 09:14 · 10.08.2017 por

Publiquei na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste, na edição desta segunda-feira (14.agosto):

A iniciativa privada e até mesmo sentenciados vão poder doar dinheiro para reformar instituições prisionais. Esse é o foco de projeto que tramita na Câmara dos Deputados, com relatoria do cearense Flávio Sabino (PR). O voto de Sabino na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado foi favorável, com uma emenda: as melhorias não poderão ser bancadas por condenados por furto, roubo, corrupção passiva e corrupção ativa – “para evitar que dinheiro obtido com a consumação desses crimes seja usado nas obras”, como explica o parlamentar.

Para que escape da acusação de patrocinar benesses individuais a presos, o projeto veda obras em apenas uma cela. “A pessoa física ou empresa que desejar contribuir para a melhoria das condições prisionais o deverá fazer para todo um conjunto arquitetônico”, explica Sabino.

10:37 · 09.08.2017 / atualizado às 10:12 · 07.08.2017 por

Categoria que reclamava horrores ter sido esquecida nas revisões salariais implementadas pelo Governo do Ceará, os peritos criminais adjuntos acabaram arranjando um padrinho.

É o deputado Manuel Santana (PT), correligionário do governador Camilo Santana. Santana quer dar um empurrãozinho nos vencimentos dos peritos adjuntos.

O deputado, que é médico, propõe um planejamento que se estende até dezembro de 2018. Santana tem procurado agora dialogar com colegas, até mesmo a turma da oposição, para sustentar o texto politicamente.

Segundo o texto que Santana pôs para tramitar na Assembleia, o contracheque de um perito mais qualificado (nível IV, classe D) pode chegar a R$ 9,12 mil.

Assim, o deputado petista ingressa – legitimamente, deve-se registrar – num campo no qual o colega Wagner Sousa (PR) acha que opina soberanamente, como se estivesse num feudo: o da segurança pública.

16:44 · 05.08.2017 / atualizado às 09:43 · 02.08.2017 por

Peritos criminais adjuntos do Ceará arranjaram um padrinho: é o deputado petista Manuel Santana.

A categoria vinha reclamando ter sido esquecida nas revisões salariais implementadas pelo Estado. Agora, têm uma voz que os representa.

Correligionário e apoiador do governador Camilo Santana, Santana quer dar uma força nos vencimentos dos peritos adjuntos, com um planejamento que se estende até dezembro de 2018 – que, não custa lembrar, é ano eleitoral.

Segundo projeto que pôs para tramitar na Assembleia Legislativa, o contracheque de um perito mais qualificado (nível IV, classe D) pode chegar a R$ 9,12 mil.

15:04 · 03.08.2017 / atualizado às 10:47 · 03.08.2017 por

O contribuinte cearense vai bancar com mais de R$ 8,35 milhões a prestação de serviços de monitoramento eletrônico de sentenciados pela Justiça.

Trocando em miúdos, vai pagar caro pelas tornozeleiras que informam às autoridades – literalmente – cada passo que o condenado dá.

Aqui no Ceará, a meta é dar conta dos rumos de 3,4 mil pessoas.

Dessas, 3 mil cumprem pena. O restante é amparado pela Lei Maria da Penha.

A empresa que ganhou concorrência tem sede em Curitiba (PR) e diz ser líder do setor no País, com cerca de 40 mil atendimentos feitos desde 1996 ao Governo Federal e a governos estaduais.

21:00 · 26.07.2017 / atualizado às 08:47 · 25.07.2017 por

Está estimada em R$ 4,291 milhões a obra de uma nova muralha na casa de privação provisória de liberdade professor José Jucá Neto – é essa a denominação oficial do presídio CPPL III, no município de Itaitinga.

É lá onde no Ceará está recolhida a maior parte dos presos integrantes do grupo criminoso PCC e foi de lá onde escapuliram de uma só vez, em abril, 44 detentos – sem contar os outros que se escafederam em três outras ações mais modestas no primeiro semestre e seguidos motins.

A sequência de fugas e de tentativas de fugas na instituição é, de fato, preocupante. A obra vai ser tocada em regime de urgência.

O transtorno mais recente na CPPL III foi registrado no último dia 10. Detentos incendiaram colchões e quebraram celas. Dois PMs, um bombeiro e um agente penitenciário ficaram feridos na rebelião.

07:30 · 24.07.2017 / atualizado às 17:31 · 20.07.2017 por

Veja essa: a Academia Estadual de Segurança Pública está contratando um espaço para treinar alunos em Tiro Policial Defensivo.

O acordo estabelece a utilização do local por 12 meses, com limite de 90 mil horas e até 90 postos de tiro operando simultaneamente.

As aulas a serem ministrada incluem prática com pistola, revólver, carabina, espingarda calibre 12 e mesmo metralhadora.

É tanto tiro que dá para fazer um filme de faroeste e outro de guerra.

06:20 · 22.07.2017 / atualizado às 17:22 · 20.07.2017 por

Hoje, na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza, Ceará:

Vai custar R$ 4,291 milhões a construção de uma muralha nova em torno da casa de privação provisória de liberdade professor José Jucá Neto – é essa a denominação oficial da CPPL III, no município de Itaitinga. E é lá onde no Ceará se concentra a maioria dos presos integrantes do grupo criminoso PCC e foi de lá onde escapuliram de uma só vez, em abril, 44 detentos – sem contar os outros que fugiram em três outras ações mais modestas no primeiro semestre e seguidos motins. A sequência de fugas e de tentativas de fugas na instituição é, de fato, preocupante. A obra vai ser tocada em regime de urgência.

O transtorno mais recente na CPPL III foi registrado no último dia 10. Detentos incendiaram colchões e quebraram celas. Dois policiais militares, um bombeiro e um agente penitenciário ficaram feridos na rebelião. Cinco dias antes, um preso havia sido encontrado morto em um túnel que estava sendo escavado para servir como rota de fuga.

17:08 · 20.07.2017 / atualizado às 10:44 · 24.07.2017 por

Conhecido como “Soldado Noélio”, o vereador Noélio Oliveira (PR) que ser uma espécie de “capitão Wagner” da Câmara Municipal.

Ou seja, se arvora de ser conhecedor dos assuntos da segurança pública e, mesmo de forma confusa e sem bases técnicas, fica sugerindo o que acha serem soluções.

Pois Noélio aproveitou o recesso do plenário da Câmara para engatilhar um projeto polêmico.

É o que regulamenta o porte de arma de fogo na Guarda Municipal.

A ideia é apoiada por parte dos agentes, mas não agrega simpatias generalizadas. Nem de especialistas em segurança nem de militantes de direitos humanos e nem mesmo dos caciques do Paço Municipal.

05:12 · 20.07.2017 / atualizado às 07:35 · 18.07.2017 por

O vereador Noélio Oliveira (PR), que se fez conhecido e votado com o apelido de “soldado Noélio”, aproveitou o recesso de plenário da Câmara de Fortaleza para engatilhar um projeto polêmico.

Ele quer regulamentar o porte de arma de fogo na Guarda Municipal.

Essa pode ser até uma reivindicação de parte dos agentes, mas que não agrega simpatias.

Especialistas em segurança e militantes de direitos humanos vêm isso como um risco de arbitrariedades e de avanço da violência urbana, além do robustecimento da retórica que defende o estado policial.

11:07 · 09.07.2017 / atualizado às 11:13 · 08.07.2017 por

Deputados que fazem da retórica policialesca a tônica dos mandatos vão a-do-rar!

É que o Governo do Ceará entrega amanhã 329 novas viaturas para as forças de segurança. O ato será entrega às 9 horas, na Arena Castelão, com a presença do governador Camilo Santana e do secretário da Segurança Pública, André Costa. Investiu-se na compra mais de R$ 28 milhões.

Não se admire se opositores moralistas, como Wagner Sousa (PR) e Ely Aguiar (PSDC) derem por lá o ar da graça.

*** *** ***

Mas não se iluda. Se a Polícia vai ter carros estalando de novos, a insegurança continua firme e forte, com representações sobretudo em quadrilhas de assaltantes de bancos e de traficantes.

Os problemas sociais, que os deputados bem-falantes deixam intocados, são velhos.