Busca

Categoria: Trânsito


13:13 · 13.10.2017 / atualizado às 08:56 · 12.10.2017 por

A Previdência Social está pertinho de poder ir à Justiça pedir de volta o dinheiro que teve de gastar com benefícios em decorrência de violência doméstica e familiar ou acidentes de trânsito.

Quem está na mira são os autores de crimes do gênero.

A ideia é que eles paguem os valores gastos pelo INSS com as vítimas. Projeto nesse sentido teve parecer favorável do senador cearense José Pimentel (PT).

E Pimentel é pra lá de objetivo: “O irresponsável que encher a cara de cachaça e atropelar uma trabalhadora quando ela estiver indo pro trabalho terá a obrigação de ressarcir os cofres públicos. Em outras palavras, vai contribuir pra diminuir o número de acidentes”.

10:45 · 10.10.2017 / atualizado às 13:48 · 08.10.2017 por

Aqueles que querem ir muito além do discurso otimista e festivo da mobilidade urbana, encravado no cardápio oficial: será realizado hoje, a partir das 14 horas, no auditório da Biblioteca da Unifor, o I Fórum de Segurança Viária de Fortaleza.

A gerente da Parceria Global pela Segurança Viária, Judy Fleiter, vai falar sobre acidentes de trânsito.

Mas essa sugestão serve também para quem pretende não estancar na retórica pessimista e derrotista do massacre das ruas, articulada pelas oposições. Afinal, a palestra da Judy Fleiter vai abordar também os papéis da sociedade, academia, setor privado, mídia e governo no combate à violência no trânsito.

21:04 · 22.09.2017 / atualizado às 11:07 · 21.09.2017 por

Passou na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados proposta que cria o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans).

Trabalha-se com uma meta ambiciosa: reduzir em 10 anos o número de ocorrências pela metade.

Ceará tem seis representantes na Comissão: Genecias Noronha (SD), Domingos Neto (PSD), Danilo Forte (PSB) e Vicente Arruda (PDT) são titulares. Entre os suplentes estão Moses Rodrigues (PMDB) e Gorete Pereira (PR).

 

05:02 · 22.09.2017 / atualizado às 11:03 · 21.09.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

Hoje é o Dia Mundial Sem Carro. Numa paisagem moderna, isso pode até parecer estranho. Mas trata-se de uma proposta política, visando ao bem do meio ambiente e, claro, das populações que interagem nesses espaços. Em resumo: abre-se mão do automotor e das vantagens oferecidas em troca de ganhos coletivos. Simples assim. Em Fortaleza, o Sindiônibus – entidade que representa empresas de transporte urbano do Ceará – vai promover uma roda de conversas no Parque do Cocó sobre temas ambientais, da mobilidade e do desenvolvimento urbano.

Uma das ideias do Dia Sem Carros é estimular as pessoas a usar meios alternativos de mobilidade, como o transporte coletivo ou bicicleta, descobrindo que é possível se deslocar pela cidade contribuindo com o meio ambiente.

04:55 · 07.09.2017 / atualizado às 10:31 · 05.09.2017 por

Não satisfeito em copiar textos parlamentares alheio, o vereador de Fortaleza Noélio Oliveira (PR), ou apenas “Soldado Noélio”, que é novato mas já clona com disposição de veterano, achou de copiar uma proposta que já é lei federal – ou seja, vale para todos os estados e municípios e, obviamente, para a própria União.

O projeto-alvo da clonagem tramitou na Câmara federal, no Senado e em várias câmaras municipais e obriga as cidades com mais de 200 mil habitantes a instalar dispositivo de controle de tempo em sinais de trânsito – os chamados “temporizadores”.

Durma-se com um barulho desses.

18:42 · 28.08.2017 / atualizado às 18:50 · 25.08.2017 por

A turma mal acotumada a se queixar da fiscalização de trânsito – ou seja, a turma do beicinho e que até tenta faturar politicamente, espalhando boatos em redes sociais -, não vai gostar de saber: a autarquia que cuida do setor em Fortaleza vai empatar mais de meio milhão de reais na compra de cones e cilindros canalizadores de tráfego.

Muito mais, registre-se com precisão: R$ 636 mil.

A despesa planejada pela AMC supera R$ 391 mil com 3,5 mil cones e R$ 245 mil com 600 cilindros. Parte da encomenda deve servir, conforme o órgão, à sinalização e à segurança do programa Ciclofaixa de Lazer, realizado pela Prefeitura de Fortaleza aos domingos. 

12:20 · 22.08.2017 / atualizado às 12:24 · 18.08.2017 por

Para quem fica falando de “indústria da multa” e não cansa de reclamar das operações de fiscalização de trânsito – e até mesmo de espalhar boatos em redes sociais, como o do fotossensores atuando de madrugada em Fortaleza -, é bom se preparar: a AMC, autarquia que cuida do setor, vai empatar mais (bem mais!) de meio milhão de reais na compra de cones e cilindros canalizadores de tráfego.

A despesa pretendida chega a R$ 391.405,00 com 3,5 mil cones e R$ 245.040,00 com 600 cilindros.

Parcela grande da compra deve atender, conforme o órgão, às demandas de sinalização e segurança do programa Ciclofaixa de Lazer, promovido aos domingos pela Prefeitura aos domingos.

08:50 · 19.08.2017 / atualizado às 09:03 · 18.08.2017 por

Tem a assinatura do vereador Jorge Pinheiro (PSDC), ainda em primeiro mandato, projeto que tramita na Câmara Municipal pelo qual se propõe que grávidas utilizem até por quatro horas as vagas de estacionamento zona azul em Fortaleza.

Pinheiro, mesmo sem expor justificativa técnica ou coisa que o valha, acha que isso deve facilitar o dia-a-dia das futuras mães.

O texto é clonado, foi copiado sem pejo de outros que tramitam ou tramitaram em casas legislativas várias, mas aumenta 100% o tempo destinado ao uso das vagas.

10:35 · 16.08.2017 / atualizado às 09:21 · 14.08.2017 por

O Instituto de Pesos e Medidas de Fortaleza, órgão participante do sistema de defesa ao consumidor, que atua em sintonia com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que é uma autarquia federal, está de olho na tecnologia.

E se dispõe a contratar acompanhamento por GPS da frota com a qual fiscaliza comércio e serviços.

A intenção é desembolsar até R$ 53,33 mil por ano pelo monitoramento.

07:28 · 28.07.2017 / atualizado às 10:33 · 26.07.2017 por

Da Coluna Comunicado, na edição de hoje do jornal Diário do Nordeste:

Para quem muito fala em privatização, ou concessão, de rodovias como forma de viabilizar a manutenção e boas condições de tráfego, é bom registrar: tramita na Câmara federal projeto que impõe aos editais do gênero a obrigatoriedade da previsão de instalação de câmeras de segurança em pontos estratégicos. A fiscalização eletrônica nem sempre é saudada com elogios – sobretudo por motoristas apressados ou desatentos. Os deputados José Airton Cirilo (PT) e Leônidas Cristino (PDT) compõem a Comissão de Viação e Transportes, pela qual o texto deve passar. Sem pressa.