Busca

Categoria: Turismo


11:00 · 27.05.2017 / atualizado às 09:03 · 26.05.2017 por

Apareceu alguém na Câmara Municipal de Fortaleza para ouvir e reproduzir lamúrias dos donos de hoteis contra serviços na Internet que fazem reservas de hospedagem em meios alternativos, como quartos, suítes e apartamentos para temporada – tipo o aplicativo AirBnb. É o vereador Michel Lins (PPS).

Pois saiba: leva o jamegão do Michel Lins matéria – com texto clonado de outras que circulam em câmaras como a de Vitória (ES) – que impõe obstáculos para quem quer fazer um dinheirinho extra alugando espaços para turistas.

Até multa ele sugere. E bem pesada: R$ 500,00, duplicando se houver reincidência.

18:38 · 22.04.2017 / atualizado às 16:10 · 18.04.2017 por

Avaliado por especialistas como um plano com graves lacunas em requisitos como capacitação e qualificação, tanto para empreendedores como para mão de obra, o “Brasil+Turismo”, lançado pelo governo de Michel Temer, não desembarcou sob aplausos de públicos distintos.

Isso é muito ruim para um mercado complexo, sujeito a mudanças frequentes e extremamente competitivo. Aliás, é péssimo e se encaixa num padrão de rejeição comum à grande maioria das medidas adotadas pelo gestão.

Operadores no Ceará enxergaram até boa vontade no pacote, mas restringindo-se a grandes operadores – questões como a emissão de vistos eletrônicos, a ampliação da conectividade aérea, a modernização da gestão da Embratur e mudanças na Lei Geral do Turismo.

Do outro lado, viram poucas iniciativas direcionadas para a formação profissional.

Há uma questão estratégica, que se refere a dinheiro – curto, como costuma acontecer.

Pausa para fala de um articulador do turismo no Ceará: “O certo é que os R$ 5,4 milhões que o governo diz que vai usar para apoiar gestões estaduais são modestos diante das demandas”.

E completa: “Divida entre 26 estados e Distrito Federal e veja: é muito pouco”.

Pouquíssimo, diga-se.

Em média, ficam R$ 200 mil para cada unidade federativa. É pouco mesmo – representam, ao longo do ano, investimento de R$ 16,66 mil mensais.

11:00 · 20.04.2017 / atualizado às 11:20 · 19.04.2017 por

Hoje, na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

Articulações interessantes têm decolado no Ceará. Primeiro, a concessão do Aeroporto Pinto Martins para a empresa alemã Fraport; depois, o início das operações do aeroporto de Jericoacoara, no município de Cruz, previsto pelo Governo ainda para este mês; por fim, o fortalecimento do aeroporto Dragão do Mar, em Aracati; e, permeando tudo, a retomada das negociações da gestão estadual para que a companhia Latam implante aqui uma central de distribuição de voos nacionais e internacionais – o que, no jargão do setor, é designado como “hub”.

Há um elemento adicional na mira de quem articula o turismo cearense. É o Panamá. O Estado tenta agora dois voos semanais ligando Fortaleza à Cidade do Panamá, possível rota para Estados Unidos, Canadá e México e porta de entrada para o Caribe – que, curiosamente, é rival do Ceará na disputa por turistas.

19:16 · 18.04.2017 / atualizado às 19:16 · 18.04.2017 por

Da assessoria da Procuradoria Geral da Justiça do Ceará:

O juiz titular 4ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza, Onildo Antonio Pereira da Silva, concedeu liminar ao Ministério Público do Estado do Ceará determinando que o parque aquático Beach Park cumpra a lei da meia-entrada (Lei Federal nº 12.933/13). A legislação garante o benefício para estudantes, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes.

A Ação Civil Pública foi formulada pelo Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) em razão das inúmeras denúncias de que o parque não oferece a opção de meia-entrada aos estudantes matriculados em instituições de outros Estados.

Desde a regulamentação da lei da meia-entrada, em 2015, “a empresa vem negando deliberadamente o fornecimento de meia-entrada a estudantes de todo o país, apesar de evidente que a atividade comercial do estabelecimento é focada no lazer e no entretenimento, em claro desrespeito à legislação em vigor”, argumentou o DECON na ACP.
Em caso de descumprimento, o parque sofrerá multa diária no valor de R$ 10 mil reversíveis a fundos de proteção a direitos consumeristas. Caso algum cidadão flagre o descumprimento da liminar deve efetivar denúncia através do site do Decon, na plataforma Consumidor Vencedor ou através telefone 0800-275-8001. A decisão foi do dia 10 de abril e a empresa tem o prazo de 15 dias para contestar a decisão.

Segundo a secretária-executiva do Decon, promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, a liminar é uma vitória para todos os consumidores. “Já foi evidenciada a total desídia do Beach Park em cumprir a legislação federal, bem como o descaso com os seus consumidores. A prática é ilegal não só por se negar a fornecer ingressos de meia-entrada para os estudantes que atendem aos requisitos previstos em lei, mas também pela falta de clareza nas informações prestadas aos seus clientes”, argumenta a promotora de Justiça.

A secretária-executiva do Decon aponta, ainda, que o benefício de meia-entrada é garantida também por meio de lei estadual (12.302/1994), que instituiu a cobrança de meia entrada em estabelecimentos culturais e de lazer do Ceará para estudantes matriculados nas instituições de ensino do Estado, legislação também descumprida pelo Beach Park até o advento de decisão judicial em ação do Decon no ano de 2007.

18:14 · 12.04.2017 / atualizado às 08:37 · 11.04.2017 por

Num cenário em que cada vez mais se fala de concessões (e as fazem) do setor público para o privado, o deputado Manuel Duca (PDT) engatou a quinta marcha e acelera na contramão.

É dele um projeto que tramita na Assembleia Legislativa do Ceará e se propõe a estadualizar uma estradinha no município de Acaraú.

A ideia é deixar sob responsabilidade do Estado os 24 km da via entre as praias de Aranaú, em Acaraú, e do Preá, em Cruz.

17:36 · 09.04.2017 / atualizado às 17:37 · 09.04.2017 por

Ainda nem foi inaugurado, e o aeroporto de Jericoacoara, localizado no município cearense de Cruz, já conseguiu definir mais um voo partindo de São Paulo. Será operado por um Boeing 737-800 aos sábados, a partir de 10 de junho, fretado pela operadora CVC, e sairá do Aeroporto de Congonhas (SP), às 10h30min, e chegando a Jericoacoara às 14 horas. No retorno, sai de Jericoacoara às 14h30min e pousa em Congonhas, às 18 horas.

Palavras do secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho: “A conclusão do Aeroporto de Jeri tem importância fundamental para o turismo do Litoral Oeste, alavancando a economia local, não apenas de Jericoacoara, mas de outras praias e destinos da região”. Além do voo fretado pela CVC, a Azul também terá, a partir de maio, voos entre Campinas e Jericoacoara (semanal) e e entre Recife e Jericoacoara (quatro vezes por semana).

Abaixo, informações da Secretaria do Turismo:

Arialdo Pinho afirma ainda que a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) está planejando uma série de ações em conjunto com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para preservar as características de Jeri. “Estamos trabalhando para melhorar e controlar acesso, estacionamento, coleta de lixo, água, esgoto, entre outras questões. Tudo para que a identidade de Jeri não seja prejudicada”.

Para Claiton Armelin, diretor geral de produtos nacionais da CVC, a entrega do Aeroporto de Jericoacoara é uma excelente oportunidade para aumentar a permanência média dos turistas levados pela operadora. “Hoje, a permanência média dos nossos turistas é de 5 a 6 dias. Com o voo direto, esse tempo vai aumentar para oito dias. Jericoacoara é um destino muito forte e vem crescendo ano a ano”, ressalta.

10:01 · 07.04.2017 / atualizado às 10:01 · 07.04.2017 por

Para festejar o aniversário de Fortaleza, que está fazendo 291 anos, o Sindiônibus – que representa as empresas locais de tranporte urbano – realizará domingo próximo a terceira edição do projeto “Fortaleza – História em Movimento”.

Trata-se de um passeio de ônibus por alguns pontos históricos da cidade.

Vinte senhoras idosas, atendidas pela ONG da Casa de Nazaré, participarão do passeio.

O roteiro inclui locais como o Passeio Público, Forte Nossa Senhora da Assunção, Marco Zero na Barra do Ceará, Museu do Transporte, Centro Histórico, Praça do Ferreira, Catedral, entre outros e será realizado em dois ônibus articulados com ar condicionado e com capacidade para 200 pessoas.

O “Fortaleza – História em Movimento” é apoiado pela Federação das Empresas de Transporte Rodoviários dos Estados do Ceará, Piauí e Maranhão, Sest Senat e rádio Expresso FM.

As informações abaixo, sobre a Casa de Nazaré, são da assessoria de Imprensa do Sindiônibus:

Fundada em 15 de novembro de 1941, se constituindo como uma sociedade civil e religiosa, de caráter assistencial social ao idoso, à educação e à saúde, sem fins lucrativos de utilidade pública de fins filantrópicos, a instituição atende hoje 40 “idosas carentes”, no sistema casa lar de permanência. A Casa de Nazaré tem como objetivo promover uma vida com qualidade e bem estar para as idosas acolhidas integralmente na Associação de Assistência Social Catarina Labourè-Casa de Nazaré, sobretudo aquelas que não tem família, prestando-lhes cuidados inerentes a sua sobrevivência humana e espiritual oportunizando com ações desenvolvidas por equipe de multiprofissional conveniados e ou voluntários com a execução semanal de programas e atividades, possibilitando a tranquilidade nesta fase de sua longevidade.

09:30 · 06.04.2017 / atualizado às 09:30 · 06.04.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste:

Os polos turísticos da Ibiapaba, de Baturité e do Litoral Leste – onde estão referências como Fortaleza, as praias das Fontes e Morro Branco, em Beberibe, e de Canoa Quebrada, em Aracati – vão ganhar um empurrãozinho extra da Secretaria do Turismo do Estado. São ações de divulgação nos mercados nacional e internacional – investimentos que se relacionam com a vocação econômica das regiões e com a capacidade que têm de gerar empregos, renda e receitas públicas. O Estado prevê aplicar R$ 4.503.764,66 na proposta.

09:47 · 01.04.2017 / atualizado às 10:50 · 31.03.2017 por

Detentores de enormes vocação e potencial turísticos, além de expressão política inquestionável, os nove estados nordestinos terão este ano 2.750 vagas em cursos para estudantes de escolas públicas.

Até aí, tudo bem.

A questão é o engodo conceitual. A ação que vai viabilizar os cursos foi batizada pelo governo Temer de “MedioTec”.

O tal “MedioTec” é apenas a confirmação e a continuidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, criado em 2011 pela gestão de Dilma Rousseff sob a sigla de “Pronatec”.

Trata-se de iniciativa para expandir, interiorizar e democratizar a educação profissional e tecnológica.

E Temer tenta, agora, assumi-la num simples mudar de nome.

11:42 · 23.11.2016 / atualizado às 08:48 · 22.11.2016 por

O avanço é extremamente significativo: de 2003 a 2015, o Brasil deu um salto na captação de 4,1 milhões de turistas, com receita de US$ 2,3 bilhões, para 6,3 milhões, faturando US$ 5,8 bilhões.

E é interessante notar que a Comissão de Turismo da Câmara federal, onde estão os deputados cearenses José Airton e Luizianne Lins (PT) e Moses Rodrigues (PMDB), até tem tratado desses números.

Mas não diz que a qualificação e os quantitativos foram conseguidos exclusivamente nas gestões petistas de Lula e Dilma Rousseff.