Busca

17:05 · 20.01.2008 / atualizado às 17:05 · 20.01.2008 por

Caixas de correio eletrônico de redações de jornais são, invariavelmente, destino de uma montanha de inutilidades. Recebo na minha, junto a postagens sérias de gente séria, que quer contribuir com discussões ou manifestar opiniões, ofertas de produtos com as mais variadas finalidades e, escondidos em “alertas”, vírus cavilosos.

A mais recente mensagem era a seguinte:

“Prezado cliente, seu email está expirando
Siga as instruções abaixo.

Recadastrar E-Mail
O recadastramento será efetuado na ativação do seu SMTP. Para fazer a reativação do seu E-mail basta click no link abaixo.

Recastramento do E-mail (Ativar Smtp) (aqui havia um link, o qual, obviamente, exclui)

Cancelamento E-Mail
Caso queria cancelar essa conta será necessário desativar o SMTP

Para fazer o cancelamento do seu E-mail basta click no link abaixo.

Cancelamento do E-mail (Cancelar Conta) (vale a mesma observação anterior)”

O engraçado é que o pirata que me enviou o e-mail não se preocupou nem um pouco em disfarçar. Tanto que a mensagem veio enviada por um remetente identificado como “Fraude-email”.

Sim, você leu certo. O sujeito avisou logo que aquilo era uma fraude.

Ou os hackers estão ficando mais burros ou estão apostando alto na ingenuidade das vítimas. E em qualquer das duas hipóteses, pode-se concluir que já não se fazem mais espertalhões como antes.

19:37 · 18.01.2008 / atualizado às 19:37 · 18.01.2008 por

A ex-senadora Heloísa Helena (PSOL-AL), que tira uns dias de folga em Fortaleza – ela é professora de Epidemiologia no curso de Enfermagem da Universidade Federal de Alagoas -, deu um tempo para os holofotes.

Passou a manhã e a tarde desta sexta-feira recolhida ao apartamento da senadora Patrícia Saboya (PDT). Não quis nem conversa com a Imprensa.

10:23 · 18.01.2008 / atualizado às 10:23 · 18.01.2008 por

Como hoje é sexta-feira, apresento aos leitores Igor Prado. Trata-se de um dos mais importantes guitarristas de blues do País, não obstante a pouca idade – ele tem 25 anos.

Elogiadíssimo por nomes como Nuno Mindelis, também guitarrista, e Flávio Guimarães, gaitista da essencial Blues Etílicos, Igor fará show em Fortaleza no próximo dia 26, sábado, encerrando o Projeto Fábrica de Blues. Será no BNB Clube (Aldeota). Não só isso. Ele estará acompanhado pela melhor formação blueseira da cidade, a De Blues em Quando, e contará com a participação especialíssima do grupo de hip hop Costa a Costa.

Veja, e ouça, o Igor neste clipezinho, no qual ele está acompanhado por Rodrigo Mantovanni (baixo), Yuri Prado (bateria) e Denilson Martins (sax).

10:11 · 18.01.2008 / atualizado às 10:11 · 18.01.2008 por

Depois de lavar escadarias de igrejas em Salvador, a ex-senadora Heloísa Helena (PSOL-AL), hoje professora de Enfermagem, desembarcou de madrugada em Fortaleza. Veio mais a lazer do que a política – como fez na Bahia.

Ninguém é de ferro, afinal.

11:54 · 17.01.2008 / atualizado às 11:54 · 17.01.2008 por

O Nordeste e seus potenciais para investidores são o foco do site Invest NE.

Além de informações técnicas essenciais, há notícias sobre política e economia. Ou seja, um guia bem qualificado para quem não quer se submeter a aventuras.

11:47 · 17.01.2008 / atualizado às 11:47 · 17.01.2008 por

Clima quente, quentíssimo, na Câmara Municipal de Maracanaú – município que, ao lado de Fortaleza e Sobral, mais arrecada ICMS no Ceará. 

A questão é a seguinte: o atual presidente, vereador Gilberto Batista (PRP), foi eleito para um mandato de dois anos à frente da Casa. Do outro lado, o mais antigo parlamentar, Raimundo Travassos (PMDB), foi à Justiça tentar encolher para um ano a gestão de Batista.

A Justiça mandou Travassos se aquietar no canto dele. Fez certo, pela letra fria da lei. Afinal, Gilberto Batista estava amparado pelo regimento da Câmara.

Mas Raimundo Travassos, detentor de oito mandatos, não se aquietou. Juntou um grupo de oito dos 12 vereadores e apresentou requerimento depondo toda a mesa diretora – que, por sinal, anda às voltas com denúncias cabeludíssimas feitas pelo Ministério Público Estadual. E isso foi feito agorinha a pouco. É óbvio que só quem votou contra foram os quatro componentes da mesa.

Em que vai dar essa história?

Bom, é possível considerar que Gilberto Batista – que é pastor da Igreja Universal – não ficará quieto no canto. E que vai, abanando o regimento, requerer judicialmente a manutenção de seu mandato como presidente.

Sendo assim, façam suas apostas.

18:18 · 16.01.2008 / atualizado às 18:18 · 16.01.2008 por

O vereador Jaime Cavalcante (PP) não quis nem saber do recesso da Câmara Municipal.

Hoje, ele protocolizou no Departamento Legislativo da Casa um projeto que, se os demais parlamentares e a prefeita quiserem mesmo o bem da cidade, vai pôr fim à poluição visual avassaladora que não deixa Fortaleza ficar de fato bela.

A proposta é fundamentada na Lei Cidade Limpa, com a qual o prefeito Gilberto Kassab (DEM) está mudando com eficiência a face urbana de São Paulo.

A íntegra do projeto de Jaime você lê aqui. Mas saiba antes: a idéia é acabar com a farra dos outdoors, o desmantelo nas marquises e o desprezo que cartomantes e promotores de festas que grudam cartazes em muros e postes têm por Fortaleza.

09:55 · 16.01.2008 / atualizado às 09:55 · 16.01.2008 por

A TV Assembléia lançará um novo programa agora em janeiro. O título é “Ceará, Terra e Gente que faz História”. A proposta é contar a história do Estado a partir de fatos relacionados ao parlamento, do período colonial aos dias de hoje.

No mínimo, no mínimo, uma oportunidade que as novas gerações terão para aprender algo mais sobre política e, claro, sobre o Ceará.

17:59 · 15.01.2008 / atualizado às 17:59 · 15.01.2008 por

Recebi no post Milteau sobe a serra um comentário que julguei assaz interessante, em defesa da gastança que a Prefeitura de Fortaleza fez no réveillon. É menos criativo e menos inteligente do que outros que recebi aqui – alguns dos quais não aprovei porque era assinados por pessoas diferentes, mas partidos do mesmo computador e com pouquíssimos minutos de diferença entre um e outro, conforme notei pelo endereço de IP que vem informado; isso me faz supor que sejam obra de gente que gosta de atacar sem se identificar.

Mas esse parece ser de verdade. É de uma leitora que assina como Júlia Oliveira. Ela, sintomaticamente, mandou por e-mail o mesmíssimo texto para uma montanha de pessoas e, estrategicamente, como se para mostrar serviço, a assessores de alguns órgãos da Prefeitura de Fortaleza. Deve estar pensando que me questiona, me prejudica, me diminui ou, sei lá, me faz cócegas. Francamente!

Júlia tem uma argumentação tatibitate. Acha que “Fortaleza tem as melhores opções culturais da nossa história” – dando a impressão de que conhece a história de Fortaleza – por conta do réveillon promovido pela administração municipal. E, sabe Deus de onde tirou isso, avalia que fico “achando desperdício investir em cultura”. Como registrei acima, é pouco inteligente a pouco criativa.

Pior ainda, pensa que Recife imita Fortaleza, quando o correto seria considerar que Fortaleza está incorporando modelos de espetáculos públicos há anos estabelecidos em Recife. Se tiver dúvidas, Júlia, pergunte à prefeita Luizianne Lins. Ela costuma passar seus carnavais na capital pernambucana. 

O textinho da Júlia, bem fraquinho, por sinal, e carente de fundamentos gramaticais, encima uma matéria retirada de um site de Pernambuco. Júlia Oliveira simplesmente passa à frente o que lê ou ouve. Não apura, não questiona, não coteja dados, é incapacitada para a prosaica tarefa de comparar os cenários do réveillon de Fortaleza e do carnaval recifense. Uma pena.

Leia o que ela postou:

“Olhem bem essa matéria e vejam como Fortaleza tem as melhores opções culturais da nossa história. Queria ver a opinião do colunista Roberto Maciel do Diário do Nordeste sobre isso. Ele fica achando desperdício investir em cultura e reclamando dos cachês pagos às bandas, pois é, nossa irmã Recife que é conhecida pela mutidão que arrasta no carnaval copia agora as atrações que tivemos no revéillon. Só rindo!

Recife divulga programação oficial do Carnaval

O folião que vai curtir o carnaval do Recife já pode se organizar para não perder nenhum minuto de festa. A programação completa, com todos os pólos e atrações, foi divulgada nesta segunda-feira (14), durante uma coletiva de imprensa no Forte das Cinco Pontas. A abertura oficial está marcada para a sexta-feira, 1º de fevereiro, no chamado Pólo Multicultural, na Praça do Marco Zero. É lá que Naná Vasconcelos vai comandar cerca de 500 batuqueiros de 14 nações de maracatu de baque virado e receber três convidadas especiais: Marisa Monte, Elza Soares e Lia de Itamaracá, além de uma orquestra de frevo com 65 músicos sob a regência do maestro Ademir Araújo. “Eu estarei cercado de mulheres, que vão ter essa experiência única de cantar ao lado de 500 batuqueiros. Vamos ensaiar, porque eles vão cantar no ritmo do maracatu”, disse o percussionista Naná Vasconcelos. Ainda na noite de abertura, a Orquestra Popular do Recife, Claudionor Germano, Nonô Germano, Silvério Pessoa, China, Jorge Du Peixe, Fred Zero Quatro, Fábio Trummer e Edy Carlos sobem ao palco juntos para homenagear o maestro Ademir Araújo.

A descentralização do Carnaval nos pólos é, mais uma vez, a marca da programação do carnaval do Recife. O folião vai ter que exibir muito fôlego para acompanhar a maratona de programação. Mais de 500 artistas e agremiações se apresentam em 16 pólos oficiais, sendo oito deles no Centro do Recife e oito nos bairros. Os moradores do Ibura, Casa Amarela, Várzea, Jardim São Paulo, Chão de Estrelas, Alto José do Pinho, Nova Descoberta e Santo Amaro vão ter programações específicas nos seus bairros. Outros 40 bairros, os chamados polinhos, também foram apoiados e incentivados.

Os artistas da MPB vão cantar nos pólos principais, no Centro do Recife, mas também irão até os palcos das comunidades. Paralamas do Sucesso está na programação no Marco Zero e em Nova Descoberta; Vanessa da Mata canta no Ibura e em Jardim São Paulo; Alcione estará no Marco Zero e em Casa Amarela e a Bateria da Mangueira é atração na Praça do Marco Zero e também no Ibura.

Quem não quer perder os principais eventos do Recife, pode anotar: sexta-feira (1) é a grande abertura, no Marco Zero; sábado (2) o Galo da Madrugada toma conta do centro do Recife; domingo acontece o Encontro de Maracatus de Baque Solto, que terá participação de nove grupos, a partir das 19h; segunda-feira (4) o folião pode acompanhar o Encontro de Blocos de Pau e Corda, com 20 blocos; terça-feira (5), com gostinho de quero mais, mas ainda com muito fôlego, será a vez da Apoteose do carnaval: as atrações são o Coral Edgard Moraes, Alceu Valença, os 15 vencedores do Concurso de Música Carnavalesca Pernambucana 2008, a Orquestra de Frevo da Banda Sinfônica Cidade do Recife e o Encontro dos Bonecos Gigantes do Recife e de Olinda.

Com a diversidade do carnaval pernambucano e um investimento no Recife de R$ 31,7 milhões, a expectativa é receber 500 mil turistas, que ficam em hotéis e casas de amigos. A movimentação financeira gerada é de R$ 200 milhões. “O carnaval do Recife está consolidado no cenário nacional. As agências e operadoras estão conseguindo vender o carnaval mais cedo e os turistas estão aumentando o número de dias de permanência. Eles estão chegando na sexta-feira e indo embora na quarta-feira, somando-se cinco noites”, explicou o secretário de Turismo, Samuel Oliveira.

De acordo com o prefeito João Paulo, a divulgação do carnaval do Recife foi realizada em 36 cidades, incluindo o Nordeste, São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo dados da Prefeitura do Recife, no ano passado, foram R$ 170 milhões de chamada “mídia espontânea”, propaganda que não é paga, em todo o país. Com o desfile da Mangueira homenageando os 100 anos do frevo, a expectativa é triplicar esse montante. Durante a coletiva, João Paulo falou sobre a polêmica na escola de samba carioca, que teve o seu presidente afastado por causa de denúncias de desvio de dinheiro para tráfico de drogas: “Ao meu ver, isso é um problema de polícia. É ela quem vai investigar. Acho que isso não vai manchar a imagem da escola mais tradicional e querida do Brasil”, disse o prefeito. Denúncias à parte, o que o pernambucano quer é ver o nome do Recife brilhar na Sapucaí e muita festa em toda a cidade.

“Mandou me chamar, eu vou
Pra Recife festejar
Alegria no olhar, eu vejo
É frevo, é frevo, é frevo”
(trecho do samba-enredo 100 anos do Frevo, É de perder o sapato. Recife mandou me chamar…”

Confira aqui a programação completa do carnaval.

Da Redação do PERNAMBUCO.COM”.

— xxx — xxx —

A leitora Júlia pode ter tido a intenção de caráter duvidoso de ser elogiada por alguém. Normal. Já vi disso várias vezes. Há gente que se sente satisfeita em ser chamada por autoridades pelo nome, por se achar prestigiada, por receber tapinhas nas costas.

23:30 · 14.01.2008 / atualizado às 23:30 · 14.01.2008 por

Texto que publiquei hoje no blog Sobretudo. O blog do Roberto Maciel bem que estava precisando mesmo de um pouco de música:

Metade dos meus conhecidos acha que toco gaita. A outra metade sabe que não toco gaita.

Tirando a minha teimosia em um dia parar de assoprar com um certo jeito e tentar aprender de vez esse fantástico instrumento cujo embrião surgiu há 5 mil anos na China, com o nome de Voz Sublime, e que desembarcou na Europa no século 19, sendo aprimorado por um alemão, vou contar uma historinha:

Em 2003, acho que ainda como curador do Festival Jazz & Blues de Guaramiranga, sugeri às meninas da Via de Comunicação que trouxessem um francês chamado Jean Jacques Milteau. O cara não era só referência minha. Não mesmo. Um monte de sujeitos dos Estados Unidos, onde a gaita virou sinônimo de blues e de country music, o tem como modelo de instrumentista. Do Brasil, então, nem se fala.

Mandei e-mail pro Milteau, avisei pra Maru e pra Rachel, recebi resposta dele, repassei para elas e, naquele momento, comecei a construir uma ponte entre a serra e os Campos Elíseos. Ano após ano, lembrei a Via sobre Milteau. E as meninas lá, mourejando.

Pois essa ponte finalmente teve o último tijolo posto. Milteau vem – quem está acompanhando o material publicado na imprensa, já sabe.

E para quem ainda não conhece J.J. Milteau, uma palhinha: