Busca

08:53 · 25.04.2017 / atualizado às 08:53 · 25.04.2017 por

Informações corrigidas, e ainda referentes ao post Pauta furada, publicado ontem:

A Câmara de Fortaleza remarcou para a quinta-feira próxima, dia 27, sessão solene alusiva ao Dia do Jornalista.

Ou seja, com um descompasso de nada menos do que 20 longos dias – o que envelhece a notícia inapelavelmente: é que os jornalistas comemoraram a data, referência nacional e internacional, no último dia 7.

Assim, perde a graça, né?

As correções aqui expostas têm a ver com dica dada por leitora no post anterior.

20:16 · 24.04.2017 / atualizado às 15:57 · 26.04.2017 por

Entro de férias hoje – segunda-feira, 24 de abril de 2017. Pretendo voltar dentro de um mês.

Até lá, porém, devo fazer incursões aqui no Blog.

18:11 · 24.04.2017 / atualizado às 11:04 · 24.04.2017 por

O vereador Salmito Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, quer que os demais parlamentares fiquem sintonizados num esforço amplo de esclarecimento social.

E diz: “a ética é a lei, é a legalidade. Quem comete ilegalidade, comete ato corrupto. Não importa o partido. Precisamos dizer ao povo que a ética na política é a lei e que ela precisa servir do maior ao menor”.

O objetivo do empenho proposto por Salmito é a de destacar a política como mediadora, normatizadora e reguladora de relações sociais em quaisquer níveis – algo, então, que não se limita à gestão pública ou aos parlamentos e que está ameaçada de ser criminalizada por interesses inconfessos.

Tendo em vista o desgaste da imagem da política e de quem a faz, a observação feita pelo presidente da Câmara é inquestionavelmente pertinente.

11:14 · 24.04.2017 / atualizado às 11:01 · 24.04.2017 por

A Câmara de Fortaleza marcou para a quarta-feira próxima, dia 26, sessão solene alusiva ao Dia do Jornalista.

Ou seja, com um descompasso de nada menos do que 19 longos dias – o que envelhece a notícia inapelavelmente: é que os jornalistas comemoraram a data, referência nacional e internacional, no último dia 7.

Assim, perde a graça, né?

07:08 · 24.04.2017 / atualizado às 11:09 · 19.04.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

Prefeitos e secretários municipais de saúde têm reunião agendada hoje, às 8h30min, com representantes da Universidade Federal do Ceará. O encontro, na sede da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), visa a apresentar aos gestores o programa Aedes em Foco, desenvolvido na UFC. Há um conjunto de recursos – aplicativo para telefones, jogo eletrônico e curso de formação em ensino a distância – organizados para que os setores públicos possam, com apoio da sociedade, mapear a infestação do inseto e ter meios de combatê-la com eficácia.

A Economia também está na mira do controle do Aedes aegypti – transmissor da dengue, do vírus da zica e da chicungunha (denominações aqui já aportuguesadas). A UFC tem buscado encontros com representações da iniciativa privada para reforçar a luta contra o mosquito.

18:38 · 22.04.2017 / atualizado às 16:10 · 18.04.2017 por

Avaliado por especialistas como um plano com graves lacunas em requisitos como capacitação e qualificação, tanto para empreendedores como para mão de obra, o “Brasil+Turismo”, lançado pelo governo de Michel Temer, não desembarcou sob aplausos de públicos distintos.

Isso é muito ruim para um mercado complexo, sujeito a mudanças frequentes e extremamente competitivo. Aliás, é péssimo e se encaixa num padrão de rejeição comum à grande maioria das medidas adotadas pelo gestão.

Operadores no Ceará enxergaram até boa vontade no pacote, mas restringindo-se a grandes operadores – questões como a emissão de vistos eletrônicos, a ampliação da conectividade aérea, a modernização da gestão da Embratur e mudanças na Lei Geral do Turismo.

Do outro lado, viram poucas iniciativas direcionadas para a formação profissional.

Há uma questão estratégica, que se refere a dinheiro – curto, como costuma acontecer.

Pausa para fala de um articulador do turismo no Ceará: “O certo é que os R$ 5,4 milhões que o governo diz que vai usar para apoiar gestões estaduais são modestos diante das demandas”.

E completa: “Divida entre 26 estados e Distrito Federal e veja: é muito pouco”.

Pouquíssimo, diga-se.

Em média, ficam R$ 200 mil para cada unidade federativa. É pouco mesmo – representam, ao longo do ano, investimento de R$ 16,66 mil mensais.

07:41 · 22.04.2017 / atualizado às 10:48 · 20.04.2017 por

Recém-eleito presidente do PT de Fortaleza, o vereador Acrísio Sena (PT) tem cobrado da gestão municipal audiência entre entidades representantes de pessoas vivendo com HIV/AIDS e o prefeito Roberto Cláudio.

Acrísio diz que é preciso haver uma imediata reestruturação do programa de atendimento a essa população, estimada hoje em 13 mil pessoas, em Fortaleza.

E destaca a necessidade de recuperação das oito unidades com Serviço de Atendimento Especializado (SAE), com servidores, medicamentos e equipamentos adequados; recarga de 500 bilhetes únicos e regularização da entrega das cestas básicas.

A Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS (RNP+CEARÁ), a Pastoral da AIDS e a Associação de Voluntários do Hospital São José solicitaram reunião com Roberto Cláudio para tratar das questões.