Busca

04:48 · 05.09.2017 / atualizado às 08:54 · 04.09.2017 por

Hoje, na Coluna Comunicado, do jornal Diário do Nordeste:

O Banco do Nordeste está operacionalizando o FNE Água. Trata-se de uma linha de crédito com dinheiro do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste para projetos voltados ao bom uso de água. Em tempos de seca braba, a notícia é relevante. Empresas de portes distintos, produtores rurais, agricultores familiares e cooperativas e associações podem buscar os recursos. Barragens subterrâneas e sistemas de dessalinização de água, frequentemente apontados nos meios técnicos como alternativas viáveis para o armazenamento hídrico estão na lista de ações amparadas pelo FNE Água.

Mas o alcance do Fundo vai além do acúmulo. E chega ao ambiente natural. Projetos de reflorestamento para recuperação de matas ciliares e nascentes e de concessão de serviços de água e esgoto implantados em parcerias público-privadas também podem pleitear verba.

17:16 · 04.09.2017 / atualizado às 07:18 · 31.08.2017 por

Começou a contagem regressiva para o início da 16ª edição do Noia – Festival do Audiovisual Universitário, um evento pra lá de bacana que começou no âmbito do Ceará e literalmente ganhou projeção nacional.

A agenda deste ano será de 3 a 8 de outubro na Caixa Cultural (Avenida Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema, Fortaleza).

A programação do Noia 2017 prevê mostras brasileira e cearense de cinema, com 28 produções, e, para nomes locais, mostras de fotografias, com 10 expositores, e de bandas, com nove formações.

Os participantes têm a obrigação de serem do meio universitário e podem interagir entre instituições.

11:00 · 04.09.2017 / atualizado às 07:15 · 31.08.2017 por

Advogado que é, o vereador Benigno Júnior (PSD), quer estender para a Câmara Municipal de Fortaleza os debates sobre a reforma do Judiciário estadual – matéria em tramitação na Assembleia Legislativa.

Benigno diz a política local não pode ficar alheia à seriedade do assunto.

07:12 · 04.09.2017 / atualizado às 07:13 · 31.08.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, que escrevo no jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza, Ceará:

A comissão da Câmara Municipal que trata de serviços de transporte privado em Fortaleza se reúne hoje com representantes de órgãos públicos que atuam na regulamentação, fiscalização e controle do setor. Na semana passada, taxistas deram uma trégua em protestos e tiveram um tête-à-tête com o colegiado. Desfiaram um já conhecido rosário de queixas contra o que avaliam ser irregularidades de aplicativos. A favor do pessoal dos táxis há a legislação da cidade. Contra, uma decisão judicial – contestada pela Prefeitura – que libera na cidade a operação da empresa internacional Uber. Não vai ser uma disputa simples. O cuidado a se tomar é o de evitar que, caso haja um perdedor, esse seja o cidadão.

22:00 · 02.09.2017 / atualizado às 07:12 · 31.08.2017 por

Há uma queda de braço na Câmara Municipal de Fortaleza.

Por enquanto, ainda discreta, mas capaz de fazer bastante barulho.

A disputa envolve pelo menos quatro vereadores e gira em torno de chamada “pauta pet”, que enfatiza questões relativas aos direitos dos animais.

Larissa Gaspar (PPL), Márcio Martins (PR), Célio Studart (SD) e Cláudia Gomes (PTC) estão num embate de bastidores em todas as questões relacionadas à regulamentação da Coordenadoria de Proteção e Bem-Estar Animal – unidade criada pela gestão na Secretaria de Conservação e Serviços Urbanos mediante proposta de Célio.

19:06 · 02.09.2017 / atualizado às 07:08 · 31.08.2017 por

A Prefeitura de Fortaleza se dispõe a pagar R$ 3.038.821,65 por três quadras cobertas, com vestiários, em escolas municipais dos bairros do Jangurussu, Conjunto Prefeito José Walter e Conjunto Ceará.

O dinheiro é o que se chama de “carimbado”. Vem da União, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, com essa finalidade determinada.

07:46 · 02.09.2017 / atualizado às 07:47 · 30.08.2017 por

Hoje, na Coluna Comunicado, do Diário do Nordeste:

Tema recorrente das instituições legislativas municipais, de prefeituras e da Justiça – como em Fortaleza -, os aplicativos de transporte privado estão chegando aos debates no Senado. A Comissão de Assuntos Sociais da Casa está agendando audiência pública sobre a regulamentação desses programinhas que têm gerado dores de cabeça a taxistas e, na mesma proporção, a gestores. Do Ceará, só o senador José Pimentel (PT) integra a Comissão de Assuntos Sociais. E na pouco expressiva condição de suplente.

Deve-se lembrar que três projetos tramitam no Senado sobre a ação das empresas que usam os aplicativos, abordando desde a cobrança de impostos e à permissão de funcionamento dada pelos dos municípios, passando pela obrigatoriedade de os motoristas serem habilitados com profissionais e não terem antecedentes criminais.

14:40 · 01.09.2017 / atualizado às 07:01 · 31.08.2017 por

A deputada Silvana Oliveira, sobre quem pesava a ameaça de ser expulsa do partido no qual milita e pelo qual foi eleita, mandou recado duro aos caciques – e demais índios – da tribo peemedebista: “Me expulsar do PMDB vai dar trabalho, porque conheço o estatuto do meu próprio partido e tenho consciência de que não desrespeitei nenhuma regulamentação”.

Pois deu certo. Ela se pegou com a força política do mundo evangélico, no qual é figura de expressão no Ceará, e, com fé e coragem, botou pra correr aqueles que a perseguiam.

O pretexto da defenestração de Silvana – que paira também sobre Audic Mota e Agenor Neto, embora esses estejam aguentando as pressões bem caladinhos – era o de que tinha votado pela extinção do Tribunal de Contas dos Municípios. Assim, havia contrariardo a ordem e a vontade do chefe da sigla, o senador Eunício Oliveira.

Pois Silvana disse que não a questão não foi fechada na bancada e, por isso, não houve infidelidade.

Aliás, não é a primeira vez que o PMDB sob o mando de Eunício assume posturas inquisitoriais contra quem julga ter pisado fora de limites estabelecidos pelo presidente.

Em 2005, o ex-prefeito de Fortaleza Juraci Magalhães e o grupo que liderava teve de se exilar no então PL.

E há dois anos, o veteraníssimo vereador Carlos Mesquita, hoje com 25 anos de Câmara Municipal de Fortaleza, foi expulso em rito quase sumário e seguiu para o Pros.

A lei é clara: foi contra o que Eunicio dita, tchau.

Mas, se há algo que põe medo em Eunício é o risco de parecer mais impopular do que é.

07:01 · 01.09.2017 / atualizado às 07:03 · 31.08.2017 por

Publiquei hoje na Coluna Comunicado, do Diário do Nordeste:

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará abre hoje duas campanhas. Uma de educação política e de alistamento eleitoral. O público da primeira é a rapaziada de 12 a 17 anos de idade. Para a segunda, visa-se à faixa de 16 e 17 anos. É importante notar que as ações remam contra uma corrente oportunista, segundo a qual a política e as eleições, consequentemente, são atividades em que prevalecem atos escusos e ilícitos. E não são. A ideia do TRE-CE é conscientizar partes da juventude para a óbvia importância do voto e da manifestação cidadã. Sem isso, afinal, ganham os inimigos as democracia.

Estão previstas atividades até 19 de dezembro. Na pauta, mobilizações de escolas de diferentes segmentos. A Escola Judiciária Eleitoral e a Central de Atendimento ao Eleitor, do TRE, vão assumir as tarefas. E têm como parceiras a Secretaria da Educação do Estado e o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino.

20:13 · 31.08.2017 / atualizado às 07:38 · 30.08.2017 por

Frase do verborrágico e sempre cheio de grandes e fáceis soluções para problemas vários  deputado Roberto Mesquita (PSD):

Temos de cobrar eficiência dos que se propõem a ser concessionários de um serviço essencial.

Ele espera que decisões desastradas de gestões passadas, que entregaram para organizações particulares bens da sociedade, como o BEC, a Coelce e a Teleceará, sirvam “de alerta para o governador (Camilo Santana), que está querendo botar parte do Estado à venda”.

E propósito disso, vale lembrar: Mesquita tem a concessão do distinto eleitor cearense de representá-lo. Mas é um dos que mais falam na Assembleia e dos que menos apresentam projetos.