Busca

17:51 · 24.05.2018 / atualizado às 17:51 · 24.05.2018 por

O presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira disse que o sindicato entrou na justiça com ação e pedido de liminar para garantir o transporte de combustível até as garagens dos coletivos diariamente. “O combustível tá acabando em algumas empresas e em outras não temos combustível” declarou o presidente do Sindiônibus antes da solenidade de aniversário da PM onde será homenageado.

Dimas Barreira disse que está muito preocupado por conta da falta de diesel também nos postos e distribuidoras. O Sindiônibus informou ao governo do Ceará e aos prefeitos municipais sobre o problema.

16:15 · 24.05.2018 / atualizado às 16:15 · 24.05.2018 por
16:14 · 24.05.2018 / atualizado às 16:14 · 24.05.2018 por

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça de Apuiarés e Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), executou nos dias 23 e 24 de maio, a segunda fase da Operação Malabares que investiga o crime de falsificação de documento público, dentre outras irregularidades, envolvendo a Administração Pública, servidores e empresários.

Foram presos Antonio Abdias Ferreira de Abreu, atual vice-prefeito de Apuiarés, e Rodrigo Carvalho Azin, advogado e o ex-procurador do município de Apuiarés. Maria Joselene Alves Castro, conhecida como “Lena”, foi afastada do cargo de assessora da Comissão de Licitação do Município. O juiz Caio Barroso, titular da Comarca de Apuiarés, expediu os mandados de prisão, busca e apreensão, que foram executados em Fortaleza e Apuiarés com o auxílio da Polícia Civil.

Foram apreendidos os aparelhos celulares dos investigados. Os suspeitos são ligados à empresa Patrol Engenharia e Serviços Ltda., já investigada na Operação Cascalho do Mar. Os três investigados foram citados pelos suspeitos presos em fases anteriores da Operação. Eles estariam envolvidos na fraude de documentos do Ministério Público Estadual, usando o timbre da instituição, para recomendar a aprovação de aditivos em contratos de coleta e limpeza urbana com a Prefeitura de Apuiarés.

O vice-prefeito municipal, no período de 180 dias em que exerceu o cargo de prefeito interino, prorrogou prazos com a empresa investigada, Patrol Engenharia. Segundo o promotor de Justiça Jairo Pequeno Neto que coordenou a operação, ao agir desta forma, o vice-prefeito praticou atos que infringiram ao seu dever funcional de zelar pelo erário.

Conforme as provas coletadas, os suspeitos associaram-se com fins específicos de cometer os seguintes crimes: falsificação de documento público, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, associação criminosa. Cerca de R$ 450 mil da Patrol já estão bloqueados pela Justiça em decorrência da investigação e os proprietários já respondem a processos por ato de improbidade administrativa, dois deles estão presos preventivamente, Marcus Vinícius e José Darlan Barreto, e a filha do último, Bruna Barreto está em prisão domiciliar.

16:13 · 24.05.2018 / atualizado às 16:13 · 24.05.2018 por

O prazo para renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano se encerra nesta sexta-feira (25). O pedido, inicialmente, é feito pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil, o SisFies.

Para aquelas renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, para concluir a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Aqueles que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies, que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato. O diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do MEC, Vicente Almeida Júnior, dá mais detalhes sobre os tipos de financiamento.

“O estudante terá acesso a informação completa em relação ao contrato que ele vai estabelecer para o seu financiamento, no valo global do curso, conhecendo os juros… Então, nós temos uma modalidade para aquele estudante que comprova renda por pessoa da família de até três salários mínimos, a juros zero, o financiamento. E temos agora uma outra modalidade, que é para aquele estudante que comprova renda familiar por pessoa de três a cinco salários mínimos.”

Neste semestre, cerca de 1 milhão e 100 mil contratos devem ser renovados. Vale lembrar que os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre.

16:12 · 24.05.2018 / atualizado às 16:12 · 24.05.2018 por

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará realiza, no dia 29 de maio de 2019, sessão solene em comemoração aos 30 anos de fundação da Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESA/CE), requerida pelo deputado estadual Leonardo Araújo (MDB).

Segundo o parlamentar requente, a solenidade trata-se de uma uma forma de reconhecer os serviços prestados pela ESA.

Para o diretor executivo da Escola, Marcell Feitosa, “receber uma homenagem da casa do povo é uma honra e um louvável reconhecimento à nossa história de colaboração técnica e acadêmica com a ciência jurídica em todo o Ceará. Uma trajetória escrita pelas mulheres e pelos homens que fizeram e fazem a ESA/CE e que agora são justamente homenageados”.

Sobre a Escola Superior de Advocacia do Ceará:

A Escola foi fundada em 1988, com o nome de Fundação Escola Superior de Advocacia do Estado do Ceará (FESAC), pelo Presidente do Conselho Seccional da OAB/CE da época, Raimundo Bezerra Falcão, que a instituiu em forma de fundação de direito privado, sem fins lucrativos, passando a ser a primeira e, atualmente, a única Escola Superior de Advocacia a ser organizada nesse modelo.

A Instituição é mantida por recursos próprios, oriundos das receitas de cursos de extensão, pós-graduações, seminários e congressos realizados para a comunidade jurídica cearense, além de doações e subvenções de pessoas jurídicas de direito público ou privado, e de advogados e escritórios de advocacia.

A ESA/CE atua também como entidade parceira da OAB/CE, ao promover a capacitação e aperfeiçoamento profissional, difusão de conhecimentos, promoção e incentivo à cultura, auxiliando no aprimoramento dos conhecimentos jurídicos dos advogados contribuindo para a inserção e qualificação destes perante o mercado de trabalho.

16:11 · 24.05.2018 / atualizado às 16:11 · 24.05.2018 por

A Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESA/CE) completa 30 anos de fundação neste ano de 2018. Em celebração, a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará realizará sessão solene na segunda-feira, dia 28 de maio, a partir das 14h. A solenidade contará com a presença do diretor executivo, Marcell Feitosa, e na ocasião, serão laureados diretores executivos que fizeram parte dessa história, além do ex-presidente da OAB/CE e fundador da ESA/CE, Raimundo Bezerra Falcão, e de personalidades que contribuem com a cultura jurídica cearense.

A solenidade é uma iniciativa do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, deputado José Albuquerque, atendendo ao requerimento do deputado Leonardo Araújo. Para o diretor executivo da ESA/CE, Marcell Feitosa, “receber uma homenagem da casa do povo é uma honra e um louvável reconhecimento à nossa história de colaboração técnica e acadêmica com a ciência jurídica em todo o Ceará. Uma trajetória escrita pelas mulheres e pelos homens que fizeram e fazem a ESA/CE e que agora são justamente homenageados”.

Conheça os homenageados

José Milton Gaspar Brígido – in memoriam

Diretor Executivo da primeira gestão da ESA/CE (1989/1991)

Suely Nogueira de Holanda

Diretora Executiva da ESA/CE (1991/1993).

Foi a primeira mulher à frente da Escola

Mônica Maria de Paula Barroso

Diretora Executiva da ESA/CE (1993/1995)

Pedro Henrique Gênova de Castro

Diretor Executivo da ESA/CE (1995/1996)

Denise Lucena Rodrigues

Diretora Executiva da ESA/CE (1996/1997)

Juvêncio Vasconcelos Viana

Diretor Executiva da ESA (1996/1997)

Eduardo Rocha Dias

Diretor Executivo da ESA/CE (1998/2000)

Otávio Luiz Rodrigues Júnior

Diretor Executivo da ESA/CE (2001/2003)

Cynara Monteiro Mariano

Diretora Executiva da ESA/CE (2004/2006)

Marcelo Dias Ponte

Diretor Executivo da ESA (2007/2009)

Caio Valério Gondim Reginaldo Falcão

Diretor Executivo da ESA/CE (2010/2012 e 2013/2014)

Vanilo Cunha de Carvalho Filho

Diretor Executivo da ESA/CE (2014/2015)

Raimundo Bezerra Falcão

Membro Honorário Vitalício e Ex-Presidente da OAB/CE (1987/1989), foi o fundador da ESA/CE (1988)

José Carlos Fortes Rocha

Diretor da Fortes Tecnologia em Sistemas Ltda

Francisco Ernando Uchôa Lima

Membro Honorário Vitalício, Ex-Presidente do Conselho Federal da OAB (1995/1998), também foi Presidente da OAB/CE (1989/1991 – 1991/1993)

Paulo Napoleão Gonçalves Quezado

Membro Honorário Vitalício e Ex-Presidente da OAB/CE (1998/2000 – 2001/2003)

José Américo Catunda Timbó

Advogado com 50 anos de experiência

José Alberto Ribeiro Simonetti Cabral

Diretor-Geral da Escola Nacional de Advocacia – ENA

Leandro Duarte Vasques

Membro do Conselho Consultivo da ENA

Roger A. Fragata Tojeiro Morcelli

Superintende da Associação dos Advogados de São Paulo – AASP

Jorge Cysne Gurgel Filho

Diretor da Elore Tecnologia em Educação Ltda.

16:10 · 24.05.2018 / atualizado às 16:10 · 24.05.2018 por

Ainda reforçando sua luta em defesa da pauta municipalista, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, recebeu na noite desta quarta-feira (23), prefeitos do Ceará que estão em Brasília participando da XXI Marcha em Defesa dos Municípios. O senador discutiu ações a serem executadas nessas localidades como a solicitação de investimentos para a construção da ponte que liga as cidades de Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte.

Também foram apresentadas demandas nas áreas da saúde, segurança hídrica, educação, habitação e infraestrutura.

Durante o encontro, o presidente confirmou a liberação do financiamento, de R$R$ 1,67 bilhões, para a continuidade das obras do trecho Leste do Metrô de Fortaleza e a resolução do processo burocrático para construção de unidades do Minha Casa Minha Vida na cidade se Iguatu.

Estiveram presentes os gestores das cidades de Iguatu, Ednaldo Lavor; de Piquet Carneiro, Bismark; de Ocara, Amália Pereira; de Crateús, Marcelo Machado; de Tabuleiro do Norte, Rildson; de Tarrafas, Taiano, de Palhano, Dinho, além de vereadores, secretários e representantes dos Municípios de Limoeiro do Norte e Tabuleiro.

“A gente sabe do seu comprometimento e seu trabalho pelo Ceará que é digno de aplauso. Nós precisamos reconhecer seu esforço por todos os municípios do nosso estado”, reconheceu o prefeito de Iguatu.

16:10 · 24.05.2018 / atualizado às 16:10 · 24.05.2018 por

                                                                                Wilton Bezerra. Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

Quando se esperava que o Ceará desse boas vindas ao novo treinador Jorginho, com uma boa atuação diante do CRB, pela Copa do Nordeste, o que se viu foi uma atuação horrorosa do alvinegro.

Tudo bem que o 0 x 0 lhe permitiu continuar na competição, enfrentando agora o Bahia.

Mas não devia ter sido da forma que foi. O CRB ficou quieto, sem nenhum planejamento ofensivo no primeiro tempo.

Nem por isso, o Ceará, mesmo com maior domínio das ações, deixou de ser inoperante.

Aos quatro minutos, o zagueiro Flávio Boaventura, do CRB, rebateu mal e entregou a bola nos pés de Ricardinho.

O meia do Ceará simplesmente finalizou em cima do zagueiro, que lhe deu o presente.

Nada mais aconteceu.

Arnaldo e Romário, pelos lados, ineficientes o tempo todo.

Meio de campo, com Richardson, Juninho e Ricardinho, sem lucidez alguma.

Nem Wescley jogou bem e Élton mal participou das jogadas de ataque.

Aos 25, Arnaldo se machucou e entrou Naldo em seu lugar.Richardson foi para a ala direita.

O segundo tempo reservou momentos desagradáveis, torturantes para os oito mil torcedores alvinegros que foram ao Castelão.

Juninho ainda chutou uma bola no gol, aos três minutos, e Élton teve a única chance real de gol do Ceará, ao pegar de cabeça um cruzamento de Richardson, aos 13 minutos. João Carlos fez boa defesa.

Minutos depois, se instalou o circo de horrores do alvinegro. Aos 17 minutos, o juiz Maicon Frederico marcou uma penalidade de Luiz Otávio em Neto baiano.

Uma bola mal recuada por Naldo criou o problema para o zagueiro alvinegro, que nem falta fez.

Luiz Otávio foi na bola, Neto baiano pulou por cima de suas pernas e, para completar, tudo aconteceu fora da área. Ainda bem que o bandeirinha corrigiu o erro do juiz.

Mesmo assim, o soprador de apitos marcou a falta e expulsou Luiz Otávio.

O CRB, com um a mais, fez três alterações colocando Mazola, Leilson e Rafael Costa.

Tomou conta do jogo, também, pelo recuo absurdo e acovardado do Ceará.

Numa cobrança de falta, através de Neto Baano, sempre ele, Éverson operou o primeiro milagre, aos 37 minutos.

Rafael Costa mandou de cabeça uma chance rente à trave de Éverson, aos 45 minutos.

Nos descontos, aos 50 minutos, Mazola pegou de frente e livre.

Éverson salvou milagrosamente. Ao final da partida, as vaias, apupos tomaram conta do Castelão.

Além do espírito para baixo, faltou o mínimo de fibra ao alvinegro.

Jogar com dez jogadores não lhe deu o direito de se comportar da maneira inaceitável como fez.

Jorginho deve dormir muito preocupado com o que viu.

16:07 · 24.05.2018 / atualizado às 16:07 · 24.05.2018 por

Diretores da Associação dos Servidores da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Asseec), além de funcionários públicos administrativos da Educação, embarcaram na noite dessa quarta-feira (23) rumo a Conferência Nacional Popular de Educação (CONAPE), que terá início nesta quinta-feira (24) e seguirá com a programação até o dia 26, em Belo Horizonte – MG.

O evento será aberto com a realização de um Ato Público na Praça da Liberdade. Mais de três mil delegados(as) de todos os estados e do DF, bem como observadores discutirão projetos e as metas do Plano Nacional de Educação (PNE) e o Sistema Nacional de Educação.

A Asseec defenderá a valorização de profissionais da Educação. No mês de março, nas discussões regionais, no Centro de Eventos de Fortaleza, os diretores da entidade expuseram pontos prioritários da educação infantil, profissional e tecnológica. Os aspectos da educação superior também foram debatidos pelos delegados.

16:06 · 24.05.2018 / atualizado às 16:06 · 24.05.2018 por

Sobre nota publicada em seu blog, na última terça-feira, dia 22, quero agradecer e prestar os seguintes esclarecimentos:

1. É certo que, em 2017, foram muitas as conquistas da Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce), a partir da ampla, moderna e funcional sede própria, inaugurada em dezembro do ano passado.

2. Sobre o reconhecimento do papel da Agência, “hoje forte e atuante”, posso dizer que a Arce realmente ampliou sua atuação, tendo se aproximado da sociedade em busca de uma regulação melhor e de qualidade.

3. A Arce, inclusive, está se preparando para abrigar novas e importantes atribuições. Um ponto que merece destaque é o que se refere às Parcerias Público Privadas – PPPs, e a arregimentação da Agência para participar ativamente dos projetos do Governo do Ceará.

4. Mas tudo isso, caro jornalista, deve-se ao compromisso com o trabalho e a busca por instrumentos de maior legitimidade, eficiência e controle de resultados implementados não só pelos atuais gestores, mas pelo competente corpo técnico e pelos ex-dirigentes que contribuíram e deixaram suas marcas ao longo dos 20 anos de existência da Agência Cearense. Neste momento me vem à mente, a frase de Isaac Newton: “Se eu vi mais longe, foi por estar sobre ombros de gigantes”.

Cordialmente,

Hélio Winston Leitão

Presidente da Arce