Busca

10:17 · 21.07.2018 / atualizado às 10:17 · 21.07.2018 por

O Partido Social Cristão (PSC) escolheu por aclamação nesta sexta-feira (20), durante convenção da legenda em Brasília, o economista Paulo Rabello de Castro, 69 anos, como candidato do partido à Presidência da República. Rabello foi presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) durante o governo do presidente Michel Temer.

(Agência Brasil)

10:16 · 21.07.2018 / atualizado às 10:16 · 21.07.2018 por

Em convenção nacional, o PSTU oficializou na noite de sexta-feira, em São Paulo, a candidatura de Vera Lúcia à Presidência da República e de Hertz Dias como vice na chapa.

O PSTU decidiu que não fará nenhuma coligação para a disputa presidencial, nem alianças nas eleições estaduais. De acordo com a candidata aclamada, a primeira proposta da chapa será a de fazer frente à crise econômica.

(Agência Brasil)

10:13 · 21.07.2018 / atualizado às 10:13 · 21.07.2018 por


O PSOL confirma hoje (21), durante convenção na capital paulista, a escolha de Guilherme Boulos como candidato à presidência da República, nas eleições de outubro. A chapa será composta por Sônia Guajajara, que será a candidata à vice-presidência. Participam da convenção 61 membros do diretório nacional além de parlamentares do partido, de pré-candidatos aos governos estaduais, à Câmara dos Deputados, ao Senado Federal e às assembleias legislativas. A assessoria do PSOL também divulga a presença de militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e de organizações indígenas.

Guilherme Boulos nasceu na capital paulista, tem 35 anos, é filho de dois médicos e professores da Universidade de São Paulo (USP). É filósofo formado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, na qual ingressou no ano 2000. Também é psicanalista, professor e escritor. Sua vida política começou em 1997, aos 15 anos, quando ingressou no movimento estudantil como militante na União da Juventude Comunista (UJC). Depois conheceu o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), do qual é coordenador.

Sônia Guajajara é índigena e faz parte do povo Guajajara/Tentehar, da Terra Indígena Arariboia, no Maranhão. Filha de pais analfabetos, ela deixou suas origens pela primeira vez aos 15 anos, quando recebeu ajuda da Fundação Nacional do Índio (Funai) para cursar o ensino médio em Minas Gerais. Depois, voltou para o Maranhão, onde se formou em Letras e Enfermagem e fez pós-graduação em Educação Especial. Militante indígena e ambiental já lutou contra projetos que ameaçavam o meio ambiente, ganhando projeção internacional pela luta travada em nome dos direitos dos índios e voz ativa no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

(Agência Brasil)

10:08 · 21.07.2018 / atualizado às 10:08 · 21.07.2018 por
Foto: Agência Brasil

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou na sexta-feira (20) que será criada uma Comissão Nacional de Inteligência e Operações contra o crime organizado. O foco da comissão será o combate às facções criminosas que atuam no sistema penitenciário brasileiro.

Jungmann declarou que o controle dos grupos criminosos está tornando o Brasil refém do sistema prisional. Para o ministro, as organizações criminosas precisam ser enfrentadas porque representam hoje a maior ameaça à segurança do país.

“Hoje o sistema penitenciário brasileiro, que já é o terceiro maior do mundo, está sob o controle das facções e grupos criminosos, por isso eu estou criando a Comissão Nacional de Inteligência e Operações contra o crime organizado reunindo todos os órgãos do governo federal e do governo estadual para combater as facções criminosas, que hoje representam a maior ameaça à segurança pública dos brasileiros e brasileiras e às instituições, à sociedade e à própria democracia”, afirmou.

Além da criação da comissão, Jungmann disse que o ministério vai financiar os estados que quiserem bloqueadores de sinais de celular e tornozeleiras para evitar o encarceramento de mais jovens. O ministro citou ainda um projeto de lei que tramita no Congresso e prevê que os chefes de facções cumpram toda a pena no sistema de segurança máxima, e não apenas um ano como é hoje.

O projeto prevê ainda o fim das visitas íntimas e que as visitas familiares ou com advogados sejam monitoradas em parlatórios. “Se nós não cortarmos o fluxo de comunicação entre o grande crime que está preso e o crime que está na rua nós, na verdade, estaremos enxugando gelo”, disse.

Segundo o ministro, o Brasil tem hoje, aproximadamente, 70 facções criminosas, desde locais até internacionais, como o PCC (Primeiro Comando da Capital), que atua em 5 países da América do Sul e outras regiões. Jungmann chamou a atenção ainda para a falta de controle sobre o sistema prisional.

“O controle é deficitário, existe infelizmente corrupção, falta de pessoal, falta de controle. E nós vamos lutar contra isso, criando o conselho nacional e tomando todas as medidas necessárias para combater o crime organizado. Pode ser inclusive através do Sistema Unificado de Segurança Pública, que faz com que, pela primeira vez, União, estados, municípios e todas as polícias estejam integradas na operação, na inteligência e no combate ao crime organizado”, declarou.

A comissão nacional deverá ser composta pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Polícia Federal, Forças Armadas, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão do Ministério da Fazenda que monitora a questão da lavagem de dinheiro, além do Banco Central e todas as polícias militares do país.

O ministro também adiantou que nas próximas semanas o presidente Michel Temer deve editar um decreto que cria uma política nacional para presos egressos e vai disponibilizar, inicialmente, R$ 50 milhões para iniciativas que inibam a reincidência de crimes.

(Agência Brasil)

09:56 · 21.07.2018 / atualizado às 09:56 · 21.07.2018 por

A Mega-Sena acumulou e pode pagar um prêmio de R$ 62 milhões neste sábado (21). O resultado vai ser divulgado às 20 horas e os palpites podem ser feitos até uma hora antes.

A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 3,50 e para realizar o sonho de ser o próximo milionário, você deve marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você, que é a chamada Surpresinha, ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos, que é Teimosinha.

09:15 · 21.07.2018 / atualizado às 09:15 · 21.07.2018 por

Neste sábado, a região Nordeste tem céu nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva isolada. A temperatura da região fica entre 11ºC e 37ºC. A umidade relativa do ar pode variar de 25% a 95%. Na Paraíba, no Rio Grande do Norte e na Bahia os termômetros podem variar de 11ºC a 34ºC. No Maranhão, no Piauí e no Ceará, mínima de 13ºC e máxima de 37ºC. Já em Alagoas, em Pernambuco e em Sergipe a temperatura vai variar de 13ºC a 32ºC. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

20:06 · 20.07.2018 / atualizado às 20:06 · 20.07.2018 por

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (20) o ex-governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli. Além dele, foram presos o filho do ex-governador, André Puccinelli Júnior e o advogado João Paulo Calves.

Eles são acusados, entre outros crimes, de fraudar licitações e superfaturar obras, causando um prejuízo ao Erário de mais de R$ 235 milhões. O pedido de prisão foi feito com base na decisão do Supremo Tribunal Federal, relativa à 5ª fase da Operação Lama Asfáltica, deflagrada em 14 de novembro do ano passado.

O ex-governador do Mato Grosso do Sul, o filho e João Calves já haviam sido presos em 2017, mas conseguiram ser soltos por conta de um habeas corpus concedido por um desembargador do Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

20:02 · 20.07.2018 / atualizado às 20:02 · 20.07.2018 por

A Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário de Quixeramobim está finalizando a etapa de vistoria nas áreas dos 100 agricultores beneficiários que aderiram ao programa Garantia Safra 2018.

Esta fase faz parte dos procedimentos estabelecidos pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário-MDA para verificação de perdas da produção agrícola nas culturas de milho, feijão e algodão no munícipio.

O município possui 4.305 agricultores no programa, que ja realizam o pagamento dos seus boletos e agora aguardam a análise desta vistoria e de mais 4 outros meios de análises de perdas feito pelo o IBGE e sistemas via satélite de monitoramento de condições climáticas para produção agrícola.

Vale ressaltar que os aportes do município para o fundo do Garantia Safra estão em dia junto ao MDA.

19:57 · 20.07.2018 / atualizado às 19:57 · 20.07.2018 por

 

O PDT confirmou, nesta sexta-feira (20), Ciro Gomes como candidato do partido à presidência da República. O anúncio foi feito durante a convenção nacional do partido em Brasília e o nome de Ciro foi eleito por aclamação dos filiados da legenda durante o evento.

19:15 · 20.07.2018 / atualizado às 19:15 · 20.07.2018 por

O Instituto Myra Eliane divulga nesta segunda-feira, 23, os três universitários vencedores do Concurso de Monografias “O Cearense 2018 — uma releitura da obra clássica de Parsifal Barroso”. Os premiados são alunos da Universidade Federal do Ceará, Universidade Estadual do Ceará e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Eles concorreram com candidatos de universidades de todo o Brasil. A premiação supera os R$ 30 mil e inclui também a publicação de um livro com a coletânea das monografias prefaciado por Igor Queiroz Barroso, presidente do Instituto Myra Eliane.

Lançado em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), o Concurso de Monografias “O Cearense 2018” teve como objetivo potencializar uma visão dialética da obra de Parsifal Barroso, lançada em 1969 e reeditada em 2017.

“Queríamos também fomentar a produção intelectual, além de valorizar a identidade e o conceito de Cearensidade, desenvolvido originalmente pelo meu avô José Parsifal Barroso”, afirma o idealizador do Concurso Igor Queiroz Barroso.

O livro ‘O Cearense’, um ensaio original sobre o hibridismo da formação do “povo cearense” dialoga com textos anteriores dos sociólogos Gylberto Freire e Djacir Menezes, entre outros. Freyre foi o grande inspirador de Parsifal no processo de pesquisa e de escritura daquela obra. E Djacir Menezes, o prefaciador da primeira edição, atesta a densidade intelectual de Parsifal Barroso na construção do original ensaio que obteve ampla repercussão nacional.

Premiados

O Concurso de Monografias “O Cearense 2018″ recebeu 56 produções de estudantes das áreas de História, Ciências Sociais, Antropologia e Letras provenientes de 23 diferentes Universidades brasileiras.

A comissão julgadora foi composta pelos professores universitários Francisco Silva Cavalcante Junior (UFC), Alexandre Fleming Câmara Vale (UFC), José Batista de Lima (UECE-Unifor) e Luís-Sérgio Santos (UFC) coordenada pelo Vice-Reitor da UFC, professor Custódio Almeida, com a participação do presidente do Instituto Myra Eliane, Igor Queiroz Barroso. A solenidade de premiação será realizada em setembro na Reitoria da UFC, no campus do Benfica, em Fortaleza.

Sobre o Instituto Myra Eliane

O Instituto Myra Eliane, fundado em 2016 com base em Fortaleza (CE), atua no fomento à educação na capacitação de professores da rede pública de ensino infantil. Na frente editorial, já são três obras lançadas: a reedição do livro O Cearense (Parsifal Barroso), Olga Barroso – Na vanguarda da vida (Juarez Leitão), e Parsifal – Um intelectual na política (Luís-Sérgio Santos).