Busca

Autor: Roberto Moreira


14:53 · 30.06.2016 / atualizado às 14:53 · 30.06.2016 por

foto plenário Acrísio

Requerimento apresentado nesta quarta-feira (29)pelo vereador Acrísio Sena (PT), na Câmara Municipal, pediu à Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realização de estudos com vistas à inserção no Plano de Mobilidade de Fortaleza (PlanMob) de um conjunto de medidas relacionadas ao tráfego de motos. O petista quer institucionalização definitiva de zonas de contenção nas vias da cidade, a delimitação de espaços para estacionamento e a designação da Semana de Educação no Trânsito exclusiva para motos. “O objetivo é melhorar a segurança dos usuários desse meio de transporte”, explicou o parlamentar.

A frota de motos na capital se constitiu, em números arredondados, de 270.000 unidades, dentre 1.390.000 unidades no Estado, segundo dados do DETRAN-CE, até maio de 2016. “É a 3ª maior frota do país, só superada por São Paulo e Rio de Janeiro”, alertou Acrísio, “e que precisa de cuidados urgentes, posto que, em 2014, 3.355 acidentes envolvendo motos foram atendidos pela AMC, sendo 20 fatais, 2548 com vítimas e 787 sem vítimas. O IJF tem quase 70% dos seus leitos ocupados por motociclistas: é uma questão de saúde pública”.

A zona de contenção, já instalada experimentalmente em alguns locais, consiste na implantação de uma sinalização horizontal que delimita uma área exclusiva de espera para motos, localizada entre a faixa de pedestres e os automóveis e demais veículos parados no vermelho do semáforo, de modo a aguardar a abertura do mesmo de forma mais segura e imprimindo menos conflitos na partida.

Já a delimitação de espaços destinados ao estacionamento usuário de motos, permitirá que o sistema existente, nas diversas vias da cidade, se adeque à demanda de motocicletas, organizando e acomodando os veículos e seus condutores de forma sistêmica (em posição perpendicular à guia da calçada (meio-fio) e junto a ela, salvo quando houver sinalização que determine outra condição), conforme preceitua o § 2º, do art. 48 do Código de Trânsito Brasileiro.

Para fortalecer o processo de conscientização da população para um trânsito mais humanizado, especialmente em se tratando de motos, Acrísio propôs também a “Semana de Educação no Trânsito” com esse enfoque, dando a atenção necessária para os dados estatísticos disponíveis que poderão ser revertidos pela educação, acrescida da mobilização social e disseminação da realidade experimentada pelos usuários de motos em Fortaleza.

14:51 · 30.06.2016 / atualizado às 14:51 · 30.06.2016 por

vitor-valim-e-a-favor

O deputado Vitor Valim deixou Brasília como o provável candidato do PMDB a prefeito de Fortaleza.

A manobra para colocar Valim de candidato se deve a um acordo entre pré-candidatos que informaram ao comando do PMDB que não apoiariam um nome de outro partido no primeiro turno da eleição.

A executiva do PMDB se reunirá para avaliar cenários e pode sair o nome de Valim. O partido tem a vaga de vice na chapa do candidato da aliança PR-PSDB, liderada pelo capitão Wagner.

14:47 · 30.06.2016 / atualizado às 14:48 · 30.06.2016 por

O governador Camilo Santana atua fortemente para reduzir o poder do deputado capitão Wagner entre policiais e bombeiros.

Camilo trabalha em várias frentes:

1- cuida de resgatar promoções.

2- não faz qualquer declaração que crie arranhões na relação restabelecida.

3-faz questão de passar a impressão na qual candidato a prefeito não influi na polícias, candidato a governador seria o cargo a ser disputado pelo capitão Wagner.

4- Camilo acaba de derrotar o candidato deCapitão Wagner no sindicato da polícia.

Toda essa operação tem como objetivo tirar do Capitão Wagner a sua força. Camilo conseguiu um dos objetivo: o Capitão ainda não conseguiu o discurso para manter a tropa toda ao seu lado.

O capitão manobra para ficar ao lado da população, com discurso forte sobre a deficiência da segurança pública e exalta as derrotas no enfrentamento aos traficantes, assaltantes de bancos e matadores de aluguel.

Camilo faz toda essa operação com o objetivo de ajudar Roberto Cláudio. O governador não tem ouvido vozes contra o governo dentro da polícia. Em agosto convoca mais de 630 aprovados no concurso da polícia civil.

14:41 · 30.06.2016 / atualizado às 14:43 · 30.06.2016 por

Em junho, o Índice de Expansão do Comércio (IEC) registrou 72,6 pontos, crescimento de 10,9% em relação ao mês anterior. Na comparação com o mesmo período de 2015, porém, houve queda de 8,2%. Apesar da elevação de junho, o índice encontra-se há 17 meses abaixo dos 100 pontos, o que ainda sinaliza pouca disposição para expansão dos negócios por parte dos empresários. Contudo, a alta de junho sugere que a melhora da confiança, que já vinha sendo captada por outros indicadores nos últimos meses, parece estar se consolidando com a formação de uma nova equipe econômica e o anúncio de medidas para enfrentar a crise.

A pesquisa é realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O Nível de Investimento das Empresas (um dos indicadores que compõe a pesquisa e sinaliza se o empresário está ou não disposto a investir em novas instalações ou equipamentos) aumentou 5,1% em relação a maio ao passar de 56,1 para 58,9 pontos. Na comparação anual, porém, houve forte queda de 14%.

Já o subíndice Expectativas para Contratação de Funcionários (outro componente do IEC) registrou alta mais expressiva, de 15,3% na comparação com maio, e atingiu 86,3 pontos, ante 74,9 no mês anterior. Porém, na comparação anual, o valor é 3,7% inferior.

De acordo com a assessoria econômica da FecomercioSP, na percepção dos empresários, o ambiente ainda é desfavorável tanto para investir como para contratar, porém, na comparação com o mês anterior, existem indícios de recuperação bastante contundentes.

Para a Federação, dificilmente a retomada se dará no curtíssimo prazo e em magnitude suficiente para reverter rapidamente as consequências da crise. Porém, existe a possibilidade de que as projeções mais negativas, de que o setor de comércio de bens e serviços possa fechar mais de 1,5 milhão de vagas em 2016 e o País possa perder mais de 2,8 milhões de postos de trabalho no total possam ser revistas para algo menos trágico.

A taxa de desemprego já superou os 11%, mas, com a melhora observada nos indicadores da FecomercioSP, é possível que as projeções mais pessimistas, de que atingisse quase 15% ao final do ano, sejam revistas. O desemprego, ainda assim, será a maior preocupação social e a pior consequência da recessão, contudo,segundo a Entidade, ao menos o País agora começa a enxergar a possibilidade de reversão do quadro no médio prazo, algo que não se via há pouco mais de dois ou três meses.

14:38 · 30.06.2016 / atualizado às 14:38 · 30.06.2016 por

Fortaleza, tem pouca margem para conversas sobre aliança entre o PDT de Cid e o PT de José Guimarães.

Cid e Guimarães se reuniram para analisar cenários. Em vários municípios os problemas são muitos na relação entre os dois partido. Juazeiro, Crato, Icapuí, Aracati, Morada Nova, Limoeiro, Caucaia e Itapipoca nao tem jeito.

14:30 · 30.06.2016 / atualizado às 14:30 · 30.06.2016 por

 

image

Após a visita nas cidades de Guaraciaba do Norte, onde anunciou diversas ações, o governador Camilo Santana aproveitou para fazer a entrega de uma série de investimentos, na noite desta quarta (29), nas cidades de São Benedito e Tianguá, na região da Ibiapaba. Foram inaugurados cerca de 19 quilômetros da CE 187, assinadas as ordens de serviço para construção da quadra poliesportiva, a construção da Escola Indígena Tapuya Kariri; implantação do Samu na cidade; ampliação do sistema integrado de Ibiapaba; entregas sistemas de abastecimento d´água, uma motoniveladora, carta de Crédito para Projeto Produtivo, oriundos do projeto São José, além da assinatura de liberação de recursos para calçamento de ruas e pavimentação em pedra tosca nos municípios.

O governador Camilo Santana ressaltou que, mesmo em tempo de contenção das despesas, o Governo tem se esforçado para garantir que todos possam usufruir das diversas políticas públicas implementadas pelo Estado. “Venho anunciar grandes investimentos para todos os sambeneditenses. Essa é mais uma data histórica para a cidade. São ações importantes para infraestrutura, saúde, sistema hídrico, educação, esporte e lazer da cidade que vão trazer ainda mais alento, conforto e dignidade para todos os que moram na Região. Sabemos que esse é um momento de bastante precaução de gastos públicos, mas não podemos deixar de investir para os que mais precisam. E já adianto que ainda haverá outras várias obras que faremos em toda a Região de Ibiapaba. Ao final, sei que os principais beneficiados são vocês: cearenses trabalhadores”, destacou o governador.

14:25 · 30.06.2016 / atualizado às 14:31 · 30.06.2016 por

image

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, participou, nesta quarta-feira (29), da 6a. edição do BR Week – Brazilian Retail Week, em São Paulo (SP). No painel “Pelo Brasil: quem são e o que estão fazendo as redes que têm crescido”, Honório Pinheiro explicou que 2015 foi um ano desafiador para o varejo. “O setor mudou nos últimos anos no País. Porém, ainda não tem o devido reconhecimento pelo governo como um setor que produz. Temos dificuldades na área de legislação e isso traz muitos entraves”, afirmou.

O debate mostrou que, mesmo no momento atual, existem redes varejistas que apresentam bons resultados com criatividade, gestão e compreensão das particularidades regionais.

Para Honório Pinheiro, quem conseguiu repetir os resultados de 2014 em 2015 foi vitorioso. Segundo ele, alguns setores cresceram ao compreender a importância da inovação ou da economia colaborativa. “Aqueles que trabalham olhando além do tradicional se mantêm com dificuldades, porque o setor de varejo e serviços no Brasil não tem regulação, nem acesso ao crédito. No mundo inteiro esses fatores contribuem fortemente para que o setor se desenvolva. Agora, a Confederação e outras entidades estão apresentando modelos que mostram a importância do setor para a economia brasileira”, enfatizou.

Também participaram do painel a diretora de Marketing do Carrefour, Silvana Balbo; o diretor de Inovação, Produtos e Marketing do PagSeguro, Davi Holanda e o director Comercial da Total Express, Vito Chiarella. O BR Week termina nesta quarta-feira (29) e contou com mais de 150 palestrantes que apresentaram seus modelos, processos, ideias e inovações.