Busca

Categoria: Comércio


09:42 · 02.05.2017 / atualizado às 09:42 · 02.05.2017 por
03:49 · 18.04.2017 / atualizado às 03:49 · 18.04.2017 por

 

O Centro Fashion Fortaleza, empreendimento voltado para o comércio de moda, oferece valores populares de boxes, condições de parcelamento e vantagens exclusivas para feirantes que atuam na rua José Avelino, cadastrados pela Prefeitura de Fortaleza. Com data de inauguração marcada para dia 26 de abril e investimento de R$120 milhões, o empreendimento está situado na avenida Filomeno Gomes, nº 430, no bairro Jacarecanga.

“Nossos boxes custam R$3.200,00 para feirantes que trabalham na feira da José Avelino e que estejam cadastrados pela Prefeitura de Fortaleza. Além disso, esses valores podem ser parcelados. Nossa intenção é oferecer segurança e dignidade a esses trabalhadores”, afirma Francisco Philomeno Neto, diretor do Centro Fashion.

A fim de receber o maior número de feirantes possíveis, há ainda a vantagem do trabalhador da José Avelino, também cadastrado pela Prefeitura de Fortaleza, pagar uma taxa de adesão de R$500,00 na compra do box e só iniciar o pagamento após noventa dias da inauguração, parcelando em até vinte e quatro vezes. “Oferecemos essas vantagens exclusivas para todos os feirantes da José Avelino virem para o Centro Fashion alavancar seus negócios com estrutura completa para eles trabalharem e para os clientes comprarem com mais conforto”, disse André Pontes, diretor do empreendimento.

13:11 · 07.03.2017 / atualizado às 13:11 · 07.03.2017 por

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado, Honório Pinheiro, está em Düsseldorf, na Alemanha, onde participa da Euroshop 2017 com uma comissão brasileira.

Trata-se de um dos maiores e mais completos eventos do varejo mundial, reunindo expositores de mais de 50 países e proporcionando muito aprendizado e experiência aos participantes. O evento segue até quinta-feira (9).

20:46 · 21.02.2017 / atualizado às 20:46 · 21.02.2017 por

Na manhã desta terça-feira (21), a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), recebeu o primeiro evento do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV), uma parceria da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), duas das maiores instituições especializadas em pequenos negócios e varejo no Brasil.

No encontro com líderes varejistas, o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, explicou que o objetivo desse primeiro momento foi coletar sugestões dos presentes para a construção de um conjunto de Políticas Públicas para melhoria das diversas áreas do varejo. Dentre os setores levantados que precisam de um olhar mais atento do Poder Público e que serão pautados pelo programa, estão a capacitação, a inovação, o crédito e a simplificação tributária. De Fortaleza, Honório segue, ainda nesta terça-feira para a Bahia, onde, em Salvador, também reúne lideranças varejistas com o mesmo propósito nesta quarta-feira (22). Os próximos estados a receber reuniões do PNDV são Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, dos 17 que participarão do programa ao longo de todo esse ano.

Freitas Cordeiro, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), elogiou a iniciativa da entidade nacional, referindo-se como “um passo importante para o setor, uma iniciativa louvável para o desenvolvimento do varejo. É tudo o que o comércio precisa. Vai fazer toda a diferença já que o Ceará está sendo contemplado nessa primeira ação do programa”. A FCDL-CE será importante parceira na execução do PNDV no estado.

Lançado em outubro do ano passado, o convênio foi desenvolvido com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios e acelerar o desenvolvimento de vantagens competitivas no setor varejista, por meio da identificação, proposição e disseminação de Políticas Públicas e do fortalecimento das lideranças do setor. “Nosso segmento possui valiosa participação na formação do PIB brasileiro e contribui de forma expressiva na geração de emprego e renda no País. É nítida a importância de se promover projetos e programas com foco no fortalecimento do segmento, que é formado em sua imensa maioria por micro e pequenas empresas”, destaca Honório Pinheiro.

O projeto prevê a realização de quatro tipos de eventos para: elaboração de propostas de Políticas Públicas para o desenvolvimento do varejo; disseminação de propostas para o desenvolvimento do varejo e articulação junto aos atores políticos locais; propagação de ferramentas tecnológicas inovadoras e articulação do tema junto ao poder público local e qualificação de lideranças empresariais e dirigentes do Sistema CNDL para melhoria do ambiente de negócios do varejo e estruturação das demandas do setor na agenda governamental.

Em Fortaleza, o primeiro evento focou na elaboração de propostas de Políticas Públicas. Serão realizadas ações em todas as regiões do país, atingindo mais da metade dos estados brasileiros.

Todos os eventos vão contar com a participação de lideranças empresariais, dirigentes do Sistema CNDL e representantes do poder público. “O PNDV permite de forma organizada e qualificada a simplificação e acesso à políticas de desenvolvimento, além de gradativamente encorajar e preparar lideranças para propor novas medidas ao poder público, sejam elas de competência municipal, estadual e federal”, acrescenta o gerente de políticas públicas do Sebrae, Bruno Quick.

Ao final do projeto terão sido investidos R$ 3,5 milhões, valor destinado, principalmente, à organização de eventos com líderes e dirigentes lojistas e à criação de políticas públicas para o setor. A CNDL é responsável por 30% do valor do convênio e os outros 70% ficam a cargo do Sebrae nacional. A aplicação dos recursos é de responsabilidade da Confederação, de acordo com as necessidades de cada estado que será beneficiado com a parceria das duas instituições.

15:51 · 21.01.2017 / atualizado às 17:04 · 21.01.2017 por

IMG_4500

Ainda menino, meu pai me levava para a governador Sampaio, a rua dos ricos atacadistas. Lá ele encontrava empresários, o mais rico do Ceará era o José Carneiro da Silveira, dono de quase todos os prédios no entorno do Mercado Central e da galeria Pedro Jorge que abrigava a sede do Banco do Nordeste. José Carneiro atuava ainda na indústria de tecidos com fábricas em Fortaleza e Sobral, era exportador e agropecuarista.

No comércio cereais, José do Egito era o rei, além de bom vendedor era uma simpatia. Hoje, a empresa Zé do Egito é Jotujé, dirigida por seu filho também simpático e líder empresarial de grande valor pela segurança e sabedoria como toca a empresa.

IMG_4501

Na soma do tempo, são mais de 60 anos de balcão e venda de porta em porta. A Jotujésó cresce. Hoje, na convenção da Jotujé foram comemorados o crescimento das vendas, a expansão pelo interior e o lucro, apesar da crise.

12:06 · 16.01.2017 / atualizado às 12:09 · 16.01.2017 por

03 de julho de 2014. Honorio pinheiro, presidente da federacao das camaras de dirigente logistas CDL. - NEGOCIOS - 02ne0105 - JOSE MARIA MELO

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, está em Nova York, onde participa da NRF Big Show 2017, maior e mais importante evento de varejo do mundo.

No sábado (14), Honório participou de reunião do Fórum Internacional dos Executivos das Entidades do Varejo (FIRAE). No domingo (15), o presidente juntamente com a comitiva da CNDL acompanhou as palestras sugeridas pela HSM Educação Executiva. E nesta segunda-feira (16) Honório Pinheiro e os demais conferem os destaques da feira sobre a importância da integração do mundo real com o digital. A NRF Big Show 2017 segue até amanhã (17).

09:44 · 10.01.2017 / atualizado às 09:44 · 10.01.2017 por
09:20 · 24.12.2016 / atualizado às 09:20 · 24.12.2016 por

As entidades ligadas ao comércio de varejo comemoram os dois dias de vendas antes do Natal. Crescimento de 5%. É pouco, mas é um sinal positivo.

Na verdade, as vendas cresceram nos Shoping e em algumas cidades nas lojas de rua. É o caso de São Paulo e Rio de Janeiro que tem forte comércio nas suas ruas de bairro e no centro.

07:42 · 08.12.2016 / atualizado às 07:42 · 08.12.2016 por

IMG_3445

O Deputado Federal José Airton Cirilo (PT-CE) é autor do PL 6629/2016 que dispõe sobre a proteção do consumidor para estabelecer condições a serem observadas na comercialização de frutas e hortaliças naturais ou industrializadas com o objetivo de garantir que o consumidor tenha nos rótulos informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre as características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados, bem como sobre os riscos que apresentam à saúde e segurança ao consumidor.

O Deputado Federal José Airton Cirilo (PT-CE) acredita que com essas regras os produtores rurais serão incentivados a terem boas práticas, assegurando com que as frutas e hortaliças sejam produzidas com o menor uso de agrotóxicos.

“ Entendemos que a medida incentivará os produtores rurais a seguirem boas práticas agrícolas e a racionalizar o uso de insumos químicos nos cultivos. As frutas e hortaliças produzidas com menor uso de agrotóxicos, ou preferencialmente, sem o seu uso, certamente terão a preferência dos consumidores, que demandam produtos mais saudáveis, mas ainda não contam com informações confiáveis sobre os alimentos que levam a sua mesa”. Afirma o Deputado Federal José Airton Cirilo (PT-CE).

O PL 6629/2016 estabelecerá o prazo não inferior a 180 dias para a adequação de rótulos, embalagens e apresentação das informações que trata o artigo 31-A da Lei nº 8.08, de 11 de setembro de 1990.

A Lei deve entrar em vigor 360 dias após a sua publicação.

 

07:13 · 25.11.2016 / atualizado às 07:13 · 25.11.2016 por

IMG_3060
Mais de 250 líderes do Sistema CNDL se reuniram nesta quinta-feira, 24 de novembro, em Brasília, em Assembleia Geral Ordinária. Durante o evento, as contas apresentadas e o orçamento previsto para 2017 foram aprovados por unanimidade, além de mudanças no estatuto vigente.

O encontro foi marcado, principalmente, pela aprovação do Novo Modelo de Governança e Negócios, que contempla estruturas e práticas que visam garantir maior inclusão, transparência, segurança jurídica e prontidão para o crescimento do Sistema CNDL. O projeto resultará em uma nova empresa de capital fechado, suportado por um acordo de acionistas, um estatuto, um regimento interno, e um código de conduta e de ética

“Esta é uma grande conquista não só para o nosso Sistema, mas também para o movimento varejista de todo país. A mudança permitirá mais segurança jurídica, inserção das Entidades, potencialização dos negócios e resultados, além da adoção de melhores práticas de governança”, explica o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Ainda segundo ele, atualmente, como filial da CNDL, o SPC Brasil fica restrito aos objetos sociais da entidade mãe. “No entanto, como o mercado é dinâmico, é essencial que o SPC Brasil possa diversificar a sua prestação de serviços, e isso só será possível com a alteração na sua forma jurídica para uma empresa”, completa.