Roberto Moreira

Categoria: Cultura


08:33 · 17.11.2018 / atualizado às 08:33 · 17.11.2018 por

Pensem em um lugar paradisíaco, numa Duna que o leva o nome de Pôr do Sol, localizada em um dos pontos turísticos mais badalados do litoral cearense, Canoa Quebrada. Junte a isso, a sonoridade marcante e cadenciada de uma seleção musical especial que a cantora Sâmia Freitas e seus convidados prometem para “massagear” os ouvidos mais exigentes. De quebra, um ambiente que possibilita curtir o Sol que se recolhe preguiçosamente no horizonte e, de outro lado, a oportunidade de receber a lua que chega altiva. Está formado o grande palco ao ar livre que toma conta da Duna do Pôr do Sol de Canoa, neste sábado, dia 17, a partir das 16h30. O evento é parte das comemorações dos 176 anos de emancipação política do Aracati.

Esta é a quarta vez que a Duna do Pôr do Sol de Canoa recebe um show musical, e a intenção da Secretaria de Turismo e Cultura é realizar uma programação continuada na temporada de férias e todos os feriados prolongados, época que a localidade atrai milhares de turistas de todo o Brasil e de diversas partes do mundo. A edição deste sábado, que deve se estender até umas 19h, permite aos turistas e moradores locais optarem por emendarem a noite de sábado pelos bares e restaurantes de Canoa, como é o caso da tradicional Rua Broadway e adjacências, ou mesmo esticarem para o centro histórico da cidade, onde na Rua Grande se realiza o 2º. Festival de Gastronomia e Cultura, numa parceria com o Sebrae.

O Festival

O festival começou no feriado do dia 15 e se encerra neste sábado. Caso se mantenha a movimentação registrada no primeiro dia, deve atingir um público aproximado de 6.000 pessoas nos três dias. Ao todo são 26 stands gastronômicos, uma dezena de residências parcialmente transformadas em bares e restaurantes, exposição e venda de artesanatos, oficinas gastronômicas com chefs convidados e vários show de artistas locais que se revezam no palco principal, no Teatro Francisca Clotilde, e em dois lounges. Destaque também para os bonecos gigantes do artista plástico aracatiense Hélio Santos.

 

12:17 · 31.10.2018 / atualizado às 12:17 · 31.10.2018 por

A Prefeitura do Aracati e o Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Estado do Ceará – Sebrae/CE promovem, nesta quinta-feira (01/11), a apresentação do 2º Festival de Gastronomia e Cultura do Aracati. O evento, marcado para 19h no Teatro Francisca Clotilde (Rua Grande, 697), além de apresentar as novidades, os critérios de participação para os expositores interessados, vai detalhar as oportunidades de parcerias e as condições de integração das residências da Rua Grande como parte do Festival.

A segunda edição do festival, que foi idealizado pelo prefeito Bismarck Maia, espera ter um público visitante de mais de duas mil pessoas/dia e se realiza, neste ano, no período de 15 a 17 de novembro, na chamada Rua Grande, referência central do sítio histórico desta cidade do litoral leste do Ceará, tombado pelo patrimônio histórico e cultural, e distante somente 140 km da capital, Fortaleza.

O evento, que celebra os 176 anos de emancipação política da cidade do Aracati, oficialmente comemorado no último dia 25 de outubro, devido ao grande sucesso de sua primeira edição em 2017, salta neste ano de 14 para 26 stands e ganha um dia a mais. Serão três dias de grande variedade de ofertas gastronômicas e uma diversidade de atividades culturais, tais como os bonecos gigantes de Hélio Santos, apresentação da Banda Jacques Klein, shows musicais populares de mpb, pop/rock, blues, jazz, forró pé de serra, declamação de poesias e danças regionais. Espaço também para produtos da agricultura familiar e para o artesanato local.

Para o evento de apresentação desta quinta-feira, que contará com a presença do anfitrião, o prefeito Bismarck Maia, é indispensável que todo expositor interessado se faça presente para conhecer toda a dimensão do projeto e ver de que forma pode melhor tirar proveito do potencial econômico do festival. Há ainda de se destacar a normatização que está prevista para as boas práticas de manipulação de alimentos, num trabalho que antecede o evento. A capacitação acaba sendo mais um legado da parceria Prefeitura/Sebrae, já que são conhecimentos que os empreendedores levarão para as suas atividades cotidianas no setor de alimentação.

 

10:15 · 26.10.2018 / atualizado às 10:15 · 26.10.2018 por

Das 500 iniciativas premiadas pelo Prêmio Culturas Populares 2018 – edição Selma do Coco, 129 são do Nordeste, região com mais premiados no País. Os estados nordestinos com maior número de agraciados foram Pernambuco (39), Bahia (37) e Paraíba (17). Expoentes do maracatu, repente e samba de roda são apenas alguns exemplos de expressões da cultura brasileira contempladas pelo Ministério da Cultura com o Prêmio de R$ 10 milhões – o maior volume de recursos já concedido em seis edições da premiação. Cada agraciado recebeu R$ 20 mil.

“O prêmio é um reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado nas diversas regiões do País e um estímulo para que prossiga”, afirma o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. “Queremos manter viva a diversidade das expressões culturais populares brasileiras, e que elas sejam difundidas para além dos limites de suas comunidades de origem”, completou.

O maestro da Sociedade Filarmônica Santa Ana, Gedeão Faustino Nunes Filho, é um dos premiados paraibanos. Fundada em 1997, a sociedade filarmônica atua no ensino de música para crianças e jovens, no município do Congo, localizado na microrregião do Cariri Ocidental. Desde 2009, a sociedade filarmônica conquistou o título de Ponto de Cultura, com o nome de “O Som da Cidadania”.

“É uma felicidade imensa receber este prêmio. São mais de 25 anos não só na filarmônica do Congo, mas em outras também. O prêmio significa uma forma de reconhecimento do meu trabalho, de mostrar para os jovens um caminho melhor, saindo das ruas e indo para outras bandas de todo Brasil, longe do crime”, afirma Gedeão, que receberá o prêmio na categoria Mestres e Mestras.

Com formação em música, Gedeão participou, entre 1988 e 1992, da banda marcial, que toca em eventos com a presença de presidentes como 7 de setembro. “Hoje, temos aqui na Filarmônica Santa Ana uma banda com repertório bem eclético. Tocamos xaxado, samba, além, é claro, das marchas de desfiles”, conta.

Na Bahia, a Mestra sambadeira Dona Aurinda (Aurinda Raimunda da Anunciação) foi agraciada na categoria que reconhece o trabalho de mestres e mestras. Com 84 anos, ela continua atuante nas atividades dos quilombos do Tereré e Maragogipinho, na Ilha de Itaparica, onde nasceu e vive até hoje. Irmã do capoeirista Gerson Quadrado, participa das apresentações de samba de roda tocando um prato com faca. “Não acreditei. Eu fiquei parada e muito satisfeita. Estou no samba desde longa data. Me dá muita alegria”, relatou, ao saber do prêmio.

O Mestre João Paulo (João Manoel do Santos), de Nazaré da Mata (PE), também comemorou o reconhecimento. Fundador do Maracatu Leão Misterioso, nos últimos 30 anos não perdeu a oportunidade de levar à população, no Carnaval e em festivais de inverno, a alegria do maracatu rural, com um grupo composto por mais de 100 integrantes. “Já fiz oficina de Maracatu. Tenho sete CDs gravados. Já fui a São Paulo mais de 10 vezes. Fiz muita parceria com o Antonio Nóbrega. Este prêmio veio em boa hora”, afirmou. João Paulo vai investir parte do valor para ensinar meninos do bairro dele a fazer os adereços usados pelos músicos nas apresentações.

Histórias como essas integram as iniciativas vencedoras em todos os estados brasileiros. Além dos premiados na região Nordeste, foram agraciados 123 no Sudeste, 99 no Sul, 98 no Norte e 51 no Centro-Oeste.

Nesta edição, foram agraciados 200 prêmios para iniciativas de mestres e mestras (pessoa física); 192 para iniciativas de grupos sem CNPJ; 77 para pessoas jurídicas sem fins lucrativos; 11 para pessoas jurídicas com ações comprovadas em acessibilidade cultural; e 20 para herdeiros de mestres e mestras já falecidos (in memoriam), totalizando 500 prêmios.

 

09:00 · 25.10.2018 / atualizado às 09:00 · 25.10.2018 por
O Presidente da Fecomércio, Maurício Filizola, visitou o Presidente da Câmara Municipal de Fortaleza e Deputado Estadual eleito, Salmito Filho, nesta quarta-feira, 24/10/2018, para convidá-lo para a abertura da 20ª Mostra SESC Cariri de Cultura, em 16/11/2018, às 20h, com o show de abertura O Grande Encontro.
A abertura será na praça da igreja matriz ao lado da unidade do Sesc Juazeiro, em Juazeiro do Norte.
07:58 · 16.03.2017 / atualizado às 07:58 · 16.03.2017 por

O governador Camilo Santana encaminhou à Assembleia Legislativa três projetos de lei que buscam fomentar e fortalecer a Cultura no Estado. São elas a criação do calendário cultural e social do Ceará, o aumento do número de registros selecionados para o Mestres da Cultura e a regulamentação do Programa Agentes de Leitura.

Com o calendário cultural e social no âmbito do Estado, o Governo do Ceará planeja, através da Secretaria da Cultura (Secult), garantir a expansão de uma política cultural descentralizada, possibilitando a formação, circulação, difusão e troca de experiências entre comunidades artísticas e o público cearense em geral.

A mensagem sobre o aumento do Mestres da Cultura consiste na alteração da lei 13.842, de 27 de novembro de 2006, que institui o registro dos “Tesouros Vivos da Cultura”. O Executivo propõe o aumento do número de selecionados do programa em um terço, passando de 60 profissionais da área cultural para 80 Mestre da Cultura até 2018.

A instituição e regulamentação do Programa Agentes de Leitura do Ceará visa transformar em lei um projeto que já existe desde 2006, com o objetivo de promover a democratização do acesso ao livro e aos meios da leitura como ação cultural estratégica de inclusão social e de desenvolvimento humano. Aprovada na Assembleia Legislativa, a lei definirá parâmetros e responsabilidades da Secult para firmar acordos (com prefeituras, fundações, universidades, etc), conceder bolsas para agentes de leitura e aumentar o campo de ação da política cultural em todo o Estado.

19:26 · 11.03.2017 / atualizado às 19:26 · 11.03.2017 por

O presidente da Academia Cearense de
Letras, Ubiratan Aguiar, foi recebido pelo ministro da Cultura, Roberto Freire.

O Presidente da Academia Cearense de Letras, Ubiratan Aguiar, tratou de projetos para a academia e convidou o ministro para entregar o Prêmio José Telles de Literatura no Ideal Clube no dia 11 de maio às 20:00h. Convite aceito.

06:02 · 01.02.2017 / atualizado às 21:34 · 31.01.2017 por

Nesta quarta-feira, 1º de fevereiro, uma banca popular constituída por mestres da cultura vai examinar a pesquisa acadêmica de mestrado “Dia de Quilombo: Cinema e Cultura Popular no Juazeiro do Padre Cícero”, indicada ao prêmio Capes/CNPQ. Aberta ao público, a defesa acontece no teatro do Centro Cultural do Banco do Nordeste (CCBNB-Cariri), às 17h30.

Segundo o autor da pesquisa, jornalista Felipe Caixeta, os mestres vão examinar as hipóteses, teses e conclusões sobre como a noção de quilombo vem se deslocando no tempo e no território e quais os grandes desafios para a continuidade dessa celebração nos dias atuais. Para isso, eles estarão lado a lado com brincantes do entremeio “cão”, cuja presença na festa vem causando controvérsias.

“Como se sabe, os mascarados com seus longos chicotes predominam nos cortejos de reis e vem sendo responsabilizados por uma suposta desarticulação da tradição natalina, devido a atos de violência atribuídos a eles”, explica o pesquisador.

Os membros da banca popular, que será presidida pelo poeta Pedro Bandeira, também examinarão a narrativa sobre o Quilombo do Ciclo de Reis. Serão apreciados temas como o quilombo em África, Quilombo de Palmares e guerra dos matos, quilombos e santidades indígenas, o projeto sociocultural dos beatos irmanados pelo padre Ibiapina e a política cultural do Padre Cícero, a violência e a festa do cão na cidade sagrada.

“Propomos a reconciliação da cidade com a sua cultura, por meio da ação tática estruturante do registro do quilombo como Patrimônio Cultural do Brasil, com a definição de salvaguardas que abracem os reisados como também as bandas cabaçais, as lapinhas, os caretas, os músicos e todos que estão envolvidos com o grandioso festejo popular, bem como para promover condições desejáveis de vida para a comunidade brincante”, afirma Felipe Caixeta.

Ainda segundo o pesquisador, após a avaliação pela banca popular, o autor encaminhará o texto final para publicação na forma de livro e filme documentário. No dia 3 de fevereiro, a partir das 14h30, a discussão será continuada na Escola de Saberes de Barbalha (CE), quando Felipe exibirá o documentário “O Encontro do Padre Cícero com o Profeta Gentileza” e mobilizará roda de conversa para pensar o quilombo como festejo e patrimônio cultural regional do Cariri.

Felipe Caixeta é jornalista, cineasta e mestre em Cultura em Territorialidades, pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Ele iniciou atividades em Juazeiro do Norte, filmando reisados no Ciclo de Reis (Quilombos), em dezembro de 2004. Entre outros, dirigiu os filmes “O Encontro do Padre Cícero com o Profeta Gentileza” (2006), “Dia de Reis no Juazeiro do Padre Cícero” (2009), “Abraço em Juazeiro” (2009) e “Vida Viva” (2012).

10:21 · 18.01.2017 / atualizado às 10:22 · 18.01.2017 por

A Bienal da UNE, o maior festival estudantil da América Latina, chega à sua 10ª edição e celebra seus quase 20 anos de existência com uma verdadeira ocupação cultural de Fortaleza. Entre quarta-feira, 29/1, e domingo, 1/2, mais de 5 mil estudantes vindos de todas as regiões do País vão se integrar ao povo cearense e fazer do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e da Praia de Iracema a referência da produção artística, dos debates e do pensamento da juventude brasileira.

A 10ª Bienal da UNE tem como temaFeira da Reinvenção”, em alusão ao potencial criativo do povo brasileiro e à possibilidade de reinvenção de linguagens, estéticas, formas de luta, de resistência e de arte, a partir da imagem das feiras populares. A 10ª Bienal também dará início às festividades dos 80 anos da UNE, comemorados no dia 11 de agosto.

A programação da Bienal apresenta uma extensa lista de convidados, entre pensadores, artistas e ativistas, com o objetivo de reunir as diversas linguagens e expressões culturais, valorizar a identidade nacional e conectar as produções estudantis de todas as regiões do País.

 

06:35 · 11.01.2017 / atualizado às 06:35 · 11.01.2017 por

AVISO DE LICITAÇÃO
ORIGEM SECULT
CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº20160003
IG Nº905638000
PUBLICAÇÃO Nº2016/24213
OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DE UM CINEMA – PADRÃO – NO MUNICÍPIO DE CANINDÉ – CE. PROCESSAMENTO, JULGAMENTO E
INFORMAÇÕES – COMISSÃO CENTRAL DE CONCORRÊNCIAS e representantes da SECULT/DAE: Fabiano dos Santos e Sílvio Gentil
Campos Júnior. REALIZAÇÃO – às 15h (quinze) horas do dia 15 de fevereiro de 2017, na Central de Licitações do Estado do Ceará- Avenida
Dr. José Martins Rodrigues, 150, Edson Queiroz. CEP:60811-520
(Centro Administrativo Bárbara de Alencar) Fone: 85-3459-6374/6376- Fax: 3459-6522, e-mail: ccc@pge.ce.gov.br. FORNECIMENTO DO
EDITAL – na Central de Licitações do Estado do Ceará (endereço acima), munido de um cd virgem ou na internet no site www.seplag.ce.gov.br. PROCURADORIA GERAL DO ESTADO, em
Fortaleza, 06 de janeiro de 2017.
Maria Betânia Saboia Costa
VICE PRESIDENTE DA CCC

09:28 · 14.12.2016 / atualizado às 09:28 · 14.12.2016 por

IMG_3666

 

O Presidente do PPS Ceará Alexandre Pereira esteve em Brasília/DF em audiência com o Ministro da Cultura Roberto Freire, em pauta Projetos de incentivo a Cultura no Ceará e também o momento político e econômico.

Destaca-se ainda na conversa sobre a urgência da conclusão da transposição para resolver a crise hídrica no Estado do Ceará e o risco de colapso de fornecimento de água para Fortaleza.

Também em pauta a programação da vinda do Ministro ao Ceará em janeiro próximo para reuniões com o Governador Camilo Santana, Prefeito Roberto Claudio e com empresários na FIEC.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Blog de jornalismo da TV Diário. (www.tv.diario.tv.br). Telejornalismo: (85) 3266.9212

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags