Busca

Categoria: Denúncia


12:08 · 24.01.2017 / atualizado às 12:08 · 24.01.2017 por

O Relatório do ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral confirma o desvio de dinheiro da campanha da chapa Dilma-Temer na campanha eleitoral de 2014.

O relatório foi entregue ao ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE e vai agora para análise e, em seguida, segue para avaliação do plenário.

A denúncia de caixa dois e desvio de dinheiro da chapa Dilma-Temer foi feita pelo presidente do PSDB, Aécio Neves. Logo após ter sido derrotado por Dilma Rousseff com diferença mínima de votos.

22:05 · 15.01.2017 / atualizado às 22:05 · 15.01.2017 por

IMG_4406

A polícia Militar do município de Aeneiroz, prendeu 5 pipeiros credenciados na “Operação Carro Pipa” do Exército Brasileiro, que estavam desperdiçando a água que seria distribuída a população da Zona rural dos municípios de Pedra Branca e Boa Viagem.

A água era retirada do açude Arneiroz II, mas não chegava a população das comunidades, pois era despejada em um terreno da localidade denominada de “Sítio Ladeira do Hélio”, localizado em um assentamento a aproximadamente 08 Km da Sede de Arneiroz, com o objetivo de economizar tempo e combustível.

Segundo o Subtenente Carlos Couto que comandou a operação, havia uma denúncia de populares sobre essa espécie de estelionato, pois os proprietários dos pipas, recebiam o dinheiro da “Operação Carro Pipa”, mas não entregavam o produto.

Uma composição da PM foi averiguar a denúncia, e flagrou oito carros pipas estacionados no citado local sendo que três estavam vazios e os demais ainda com o líquido.

O terreno estava molhado e tinha erosão, o que dava a conotação de que ali havia sido despejada muita água, constituindo-se em crime contra o meio ambiente, e um provável estelionato. Um oficial do Exército Brasileiro, que fiscaliza a “Operação carro Pipa” na região, foi informado sobre o caso, e constatado o ilícito, os proprietários dos caminhões receberam voz de prisão e foram conduzidos à 14ª DP de Tauá, para os procedimentos cabíveis.

Eles foram identificados como sendo:

Francisco Jhonata Lima de Oliveira, Mizael Fragoso da Silva, Francisco Wiques Nascimento Mesquita, Antônio Michell Martins de Abreu e Valmir Souza Santos, que é o proprietário do terreno onde a água era derramada.

Todos foram ouvidos pelo Delegado Gisleian Lima, mas somente dois dos envolvidos na fraude, ficaram presos, o pipeiro Johnata, e o proprietário do terreno, Valmir Souza Santos. O primeiro foi indiciado por crime de estelionato, por infração ao artigo 171, do Código Penal, e o segundo, o proprietário do terreno, vai responder por infração ao artigo 163, parágrafo I, inciso 3º por dano ao patrimônio. Ambos ficaram presos e serão encaminhados a cadeia pública de Arneiroz. O caso cabe fiança que foi arbitrada em 5 salários mínimos, o equivalente a R$ 4.685,00.

Os demais pipeiros foram apenas ouvidos e liberados, pois como os tanques ainda estavam cheios, não foram encontrados indícios que pudessem incriminá-los, mas vão ser investigados, e caso fique evidenciada a participação deles nessa fraude, irão responder criminalmente. Um apontador também será investigado, pois assinava documentos, atestando a entrega da água, quando na realidade isso não acontecia. Um representante do Exército Brasileiro, que coordena a Operação “Carro Pipa”, subtenente Leite,do 23º BC acompanhou todo o trabalho policial, mas não se manifestou sobre o fato.

O caso está sendo apurado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, e quando o inquérito for concluído será remetido a Justiça Federal.

08:43 · 05.01.2017 / atualizado às 09:23 · 05.01.2017 por

ponte

Ninguém deu mais uma palavra sobre o dinheiro arrecadado durante 20 anos na cobrança do pedágio sobre a ponte do Rio Ceará. A cobrança é de Fabio Cunha de Sousa, leitor do blog.

A construtora perdeu a causa. O Ministério  Público atuou forte e conseguiu vencer na justiça, segundo o leitor.

Parece que vai ficar assim: o contribuinte pagou, as prefeituras nada receberão, o pedágio foi desativado, mas o dinheiro sumiu, diz Fabiane Sousa.

20:19 · 20.12.2016 / atualizado às 20:19 · 20.12.2016 por

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado José Guimarães (PT-CE), líder da minoria na Câmara dos Deputados e ex-líder do governo Dilma Rousseff, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O inquérito surgiu a partir da delação premiada do ex-vereador do PT Alexandre Romano, conhecido como Chambinho – o delator também foi denunciado com o parlamentar pelos mesmos crimes.

Janot pede que Guimarães seja condenado e perca o mandato parlamentar. Além disso, quer que os dois devolvam R$ 1 milhão para os cofres públicos, em razão dos valores desviados, e que sejam condenados a uma indenização para reparação dos danos materiais e morais de mais R$ 1 milhão.
Em nota, Guimarães disse que “jamais” intermediou recursos para a Engevix e negou ter praticado “ato de natureza imprópria” junto a qualquer instituição. O deputado disse ainda que a acusação foi feita por um personagem sem credibilidade.

(G1)

09:09 · 13.12.2016 / atualizado às 09:09 · 13.12.2016 por


IMG_3617

Acusado de envolvimento em esquemas de captação de dinheiro desviado da Petrobras, o deputado Aníbal Gomes, lançou nota onde afirma “ser inocente e vai provar”. Aníbal se coloca à disposição da justiça.

O deputado Aníbal Gomes se prepara para a quarta cirurgia no quadril, caminha com dificuldade.

 

16:12 · 09.12.2016 / atualizado às 16:37 · 09.12.2016 por

IMG_3497

Leitor do blog, Anderson Mota, mandou foto de uma carreta que há uma semana está metade dentro de uma obra de construção de um prédio e metade na rua José Vilar. Com os carros estacionando na pista em frente, sobra um disputado pequeno espaço para os veículos. Caminhão não passa.

Anderson Mota pede que a AMC ou a regional II passe no local para liberar a rua.

 

07:08 · 25.11.2016 / atualizado às 07:09 · 25.11.2016 por

IMG_3059

Em algumas empresas o serviço “Como estou digirindo” é uma grande falácia, não funciona.
Recebemos denúncia de um acidente causado por um caminhão da Skol ( Ambev) da pessoa que sofreu o acidente. Ela buscou resolver o caso amigavelmente com a empresa ligando para vários supervisores e superiores da empresa no Ceará, mas não teve êxito, repassaram a responsabilidade pra empresa Translog que disse que ia arcar com o prejuízo e até agora nada.

O acidente ocorreu há mais de 2 meses, deixando o veículo bastante danificado após o motorista do caminhão dar uma ré bruscamente. Esse é o Brasil, o caso deve ir para o Poder Judiciário, inchando ainda mais o sistema com casos que poderiam ser resolvidos facilmente.

09:25 · 07.07.2016 / atualizado às 09:25 · 07.07.2016 por

carlos matos

O deputado estadual Carlos Matos (PSDB) denunciou, durante sessão plenária desta quarta-feira (6), supostas irregularidades na distribuição de água pelos carros-pipa na zona rural dos municípios do Ceará.
Segundo o parlamentar, está ocorrendo desvio de água dos carros-pipa para outros fins. “A informação que nos chega e de conhecimento no interior é de que a água, que deveria chegar nas cisternas está sendo desviada e vendida e, alguns casos, desperdiçada para evitar os custos do combustível do transporte”, afirmou. Os desvios, segundo Carlos Matos, estão acontecendo nos municípios da Região Sertão Central e em Morada Nova.
O tucano denunciou ainda supostos desvios no trajeto dos carros-pipa. “Em algumas localidades, os pipeiros estão manipulando o trajeto previsto no GPS instalado nos carros-pipa”, destacou. Diante dos desvios, Carlos Matos solicitou ao Exército brasileiro e aos órgãos de inteligência da Polícia Federal que investiguem os fatos. “Nós acreditamos no trabalho sério e reconhecemos a força-tarefa do Exército e do Governo do Estado. Porém, essas informações nos preocupam e, se forem confirmadas, os envolvidos precisam ser punidos”.
Carros-pipa
A distribuição de água através de carro-pipa no interior do Estado é de responsabilidade do Exército brasileiro. Em 2015, foram utilizados 1.500 carros-pipa para o abastecimento de água para consumo humano nas localidades atingidas pela crise hídrica no meio rural.
Este ano, o Exército aumentou a frota de veículos em 200 carros-pipa. Mais de um milhão de cearenses são beneficiados com a distribuição da água em 136 municípios.

08:10 · 27.03.2016 / atualizado às 08:10 · 27.03.2016 por

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos, órgão autônomo da Organização dos Estados Americanos (OEA), denunciou no dia 23/03, que em 2015 aumentou a violência contra os profissionais de comunicação na América e informou que pelo menos 27 jornalistas foram assassinados no exercício da profissão.
“O continente tornou-se uma das regiões mais perigosas do mundo para exercer o jornalismo e as agressões mais graves, como o assassinato e o rapto, tornaram-se uma das piores formas de censura”, diz a comissão no seu relatório anual sobre a liberdade de expressão.

No Relatório da Liberdade de Expressão da Comissão exprimiu-se a preocupação pelos 27 assassinatos de jornalistas “em circunstâncias que poderiam estar relacionadas com a sua profissão”, além de mais 12 casos em que não foi possível determinar o vínculo com a profissão.
A comissão, com sede em Washington, considerou “alarmante” que, pelo terceiro ano consecutivo, tenha crescido o número de assassinatos de jornalistas, uma vez que em 2014 foram registrados 25 homicídios e 18 em 2013.
Os países que em 2015 registaram assassinatos de jornalistas foram Brasil, Honduras, México, Colômbia, Guatemala, República Dominicana, Estados Unidos e Paraguai. Na sua maioria, os jornalistas assassinados cobriam temas relacionados com o crime organizado, a corrupção política ou eram vozes firmes em suas comunidades.
“Mantêm-se elevados índices de impunidade em muitos países, apesar da identificação dos autores materiais e morais destes crimes, o que provoca um efeito inibitório generalizado, que limita o direito à liberdade de expressão em zonas inteiras do continente”, lamentou a comissão.
A organização criticou também “a resposta desmensurada” de vários países ao exercício do direito de manifestação e protesto, uma vez que em muitos casos as autoridades fizeram um “uso desproporcionado” da força para calar os manifestantes.

(Agência Lusa)

11:17 · 18.02.2016 / atualizado às 11:17 · 18.02.2016 por

Gony Arruda
“Os celulares estão sem utilidade há dias no município de Granja, é um absurdo e desrespeito com a população. o pior é que lá só tem uma operadora”, disparou Gony.

O deputado que tem base política em Granja, município da região norte do Ceará, ficou irritado com a falta de explicação por parte da operadora.