Roberto Moreira

Categoria: Empreendedorismo


19:05 · 12.02.2019 / atualizado às 19:05 · 12.02.2019 por

A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza dará posse a sua nova Coordenação Executiva- Gestão 2019, nesta terça-feira, 12 de fevereiro, na FIEC.

A atual diretoria passa o comando da entidade para o engenheiro Rafael Fujita.

A solenidade esta marcada para as 19h, no auditório Waldyr Diogo, na FIEC. Também tomarão posse: Caio Honorato, George Martins, Romualdo Neto, Igor Pinheiro, Danilo Lobo, Valdemir Alves, Ingrid Collyer e Renan Sampaio.

 

14:59 · 31.01.2019 / atualizado às 14:59 · 31.01.2019 por

Cerca de 200 empreendedores já confirmaram presença no segundo “Pitch Beer”, evento que tem a proposta de reunir startups e empreendedores para fomentar o networking, o conhecimento e a troca de experiências. A atividade será realizada nesta quinta-feira (31/1), a partir das 18h, na Faculdade de Negócios EaseBrasil (Rua Monsenhor Bruno, 1153 – Meireles) e contará com pitchies de 12 startups.

O CriarCE – Fab Lab e Incubaworking, projeto do Governo do Ceará, através da Secitece, estará presente no evento e analisará os pitchies da noite. ‘Pitch’ é uma pequena apresentação feita pela startup com o objetivo de apresentar produtos/serviços a clientes e mostrar ideias de negócio a investidores.

A banca que irá analisar os pitchies será composta por Thiago Barros, coordenador do CriarCE; Pietro Occiuzzi, co-founder da AgendaEdu; Stênio Diniz, Relacionamento com o Mercado da InvestUp; Francisco Lima, co-fundador da Faculdade de Negócios EASE.

Em clima de happy hour, os participantes poderão conversar informalmente com os integrantes da banca e com as demais startups, ampliando o relacionamento e as oportunidades de novos negócios. O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas no link: https://www.sympla.com.br/pitch-beer__442757

Sobre o CriarCE
O CriarCE é um projeto do Governo do Ceará, através da Secitece, que conta com um ambiente físico que fomenta novos negócios e explora a cultura digital, empreendedora e maker – do “faça você mesmo”. A estrutura está instalada no prédio do Cineteatro São Luiz, no Centro de Fortaleza. Além disso, o CriarCE atende a projetos na área e conta com coworking, espaço de convivência, sala de reuniões e um Fab Lab – laboratório de fabricação digital, com impressoras 3D, máquinas de corte a laser e demais ferramentas associadas à criação de protótipos.

17:48 · 23.11.2018 / atualizado às 17:48 · 23.11.2018 por

O Ceará tem muitos empreendedores que construíram grupos empresariais que atuam em todo o país. São pessoas de talento, visão e que fazem apostas certas. O mundo dos negócios no Brasil passa também pelo Ceará.

O grupo Marquise que começou com a proposta de erguer prédios e atuar na construção civil, hoje é um conglomerado de empresas com atuação em 12 estados, gerando mais de seis mil empregos diretos e outros milhares indiretos.

José Carlos Pontes e Erivaldo Arraes estão juntos no comando há 44 anos e o futuro é muito promissor. O grupo Marquise em números impressiona. São mais de 250 obras e empresas atuando na área ambiental, coleta de lixo, aterro sanitário, construção, shoping e setor imobiliário. A Marquise fatura maus de R$ 1 bilhão por ano. Parabéns!

12:00 · 04.05.2017 / atualizado às 12:00 · 04.05.2017 por

A Câmara de Vereadores de Senador Pompeu votou ontem, dia 03 de maio, a doação de um terreno municipal para a Fábrica de Calçados Sugar Shoes, de origem sul-rio-grandense. A Fábrica já estava instalada no local, no distrito do KM 20, e é um importante empregador na região.

A doação do terreno firma mais ainda a parceria que acontece entre a Prefeitura de Senador Pompeu e a empresa gaúcha. O acordo é mais

um passo para a vinda da Sede da Empresa para o Município de Senador Pompeu, que está em negociação com a participação do Governo do Estado. A lei foi uma iniciativa do Prefeito Maurício Pinheiro, e muito bem recebida na Câmara de Vereadores local.

12:28 · 17.04.2017 / atualizado às 12:28 · 17.04.2017 por

Em mais um iniciativa empreendedora, a Associação dos Jovens Empresários (AJE) de Fortaleza realiza, na próxima quinta-feira (20), a palestra “Leão da Cidadania – Faça seu imposto valer a pena”. O objetivo do evento é fazer a população entender que 6% da sua declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) – 2017 pode ter um destino diferente e com causa social, destinando-o para a Fundação da Criança e da Família Cristã (Funci). O encontro acontecerá, a partir das 8h30, no auditório Raimundo Cabral, na Faculdade CDL.

De acordo com o coordenador-geral da AJE, Fernando Laureano, a ideia é esclarecer que, ao invés de repassar o valor integral do imposto a pagar para o Governo Federal, o contribuinte poderá deixar uma parte desses recursos no município onde reside para serem utilizados em programas sociais voltados para crianças e adolescentes. “O objetivo é deixar esse dinheiro na cidade onde o contribuinte reside para que seja utilizado em uma missão tão nobre. Descobrimos essa possibilidade no fim do ano passado, em uma conversa com o promotor Luciano Tonet e começamos a fazer toda a articulação entre os apoiadores para podermos colocar em prática essa situação”.

MISSÃO REGIONAL – Outra atividade da AJE Fortaleza neste mês é a realização da Missão Regional que, neste ano, visitará o Cariri. No próximo dia 26, o grupo, formado por 15 jovens empresários, viajará ao Cariri ao Triângulo Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha). Eles ficarão três dias no Sul do Estado fazendo visitas técnicas a diversas empresas como Grendene, Cajuína São Geraldo, K&K Couros, para trocar experiências, processos produtivos, história, mercado. “Teremos encontro com representantes da Prefeitura de Juazeiro, conhecendo quais práticas e modelos estão sendo utilizadas para fomentar o empreendedorismo, bem como dando sugestões de ideias. A Fajece, também, se reunirá com jovens empresários locais e demais entidades como representantes Fiec no Cariri para formatarmos a AJE Cariri”.

13:26 · 30.03.2017 / atualizado às 13:26 · 30.03.2017 por

Mulheres empreendedoras estarão reunidas na sede de São Gonçalo do Amarante, nesta sexta-feira (31), apresentando o resultado da força feminina no comércio local.  A “Noite da Mulher Empreendedora”, que acontece às 17h, na Praça da Matriz, contará com exposição de 21 artesãs e 11 lojistas. O evento é organizado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social – STDS, e marca o encerramento do Mês da Mulher no município.

A “Noite da Mulher Empreendedora” abre com uma feira formada por artesãs e empresarias de ramos como moda, calçado, bijuteria, estética, fotografia, entre outros. A seguir, após a solenidade com as autoridades, será realizado um desfile com peças de roupas e assessórios fornecidos exclusivamente pelas lojistas locais. Fechando o evento, um show de humor com a artista Tati Girl, sobre causos do cotidiano feminino. O momento solene contará com a presença do Prefeito de São Gonçalo do Amarante, Claudio Pinho, a secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social do Município, Maria Vênus, e demais autoridades locais.

De acordo com a Secretária, o evento é uma oportunidade para apresentar a posição de destaque da mulher no mercado de trabalho e na vida social. “É importante que as mulheres sejam reconhecidas em outras áreas que, historicamente, os homens predominam. Cada evento como esse ajuda a quebrar um pouco mais os paradigmas em torno da figura feminina”, ressalta a chefe da pasta.

Para o Prefeito Cláudio Pinho, o evento e as ações realizadas no Mês da Mulher são um esforço para promover a figura feminina em diversas áreas. “Juntamente com a Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, realizamos um mês de momentos de reflexão e aprendizado, abordando questões cruciais para as mulheres na sociedade, na saúde, na vida familiar e no mercado de trabalho. No dia do evento, faremos uma audiência pública na Câmara de Vereadores para debater políticas em favor das mulheres são gonçalenses”, destaca o chefe do executivo municipal.

 

17:09 · 20.02.2017 / atualizado às 17:09 · 20.02.2017 por

O governador Camilo Santana assinou, nesta segunda-feira (20), a liberação de recursos para a infraestrutura do Polo Industrial Químico em Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza.

O Governo do Ceará destina investimento superior a R$ 10,8 milhões para o empreendimento, que envolverá participação de 27 empresas e vai gerar cerca de 2 mil empregos diretos na cidade.

O governador considera que o Polo Industrial Químico será fundamental para o desenvolvimento econômico do Ceará e do município.

O Polo será construído dentro de uma área de 42,25 hectares. Para contemplar todo o aporte estrutural da área industrial, vai receber R$ 95,6 milhões investidos pelas próprias indústrias. Do financiamento estadual, R$ 6,9 milhões são advindos da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) e R$ 3,9 milhões da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece). O Sindiquímica pretende instalar dez empresas este ano, dez em 2018 e sete em 2019.

 

O ato de assinatura de liberação de recursos em Guaiúba também foi momento de o Governo do Ceará empossar o novo secretário do Desenvolvimento Econômico, César Ribeiro. A nomeação oficial foi feita durante a solenidade da manhã desta segunda-feira. O novo titular da pasta atuou como superintendente Regional do Serviço Social da Indústria no Ceará (Sesi-CE) e é ex-presidente da Zona de Processamento de Exportação.

 

20:10 · 10.11.2016 / atualizado às 20:10 · 10.11.2016 por

IMG_2633

O Ceará agora conta com a maior empresa de fabricação de medidores e soluções de energia do Brasil. Inaugurada oficialmente na manhã desta quinta-feira (10), a Eletra Energy Solutions, empreendimento da chinesa Hexing Electrical Co. Ltda, teve o início oficial de suas atividades com a participação do governador Camilo Santana, do vice-presidente da Hexing, Cheng Rui, e do diretor-presidente da Eletra no Brasil, Danilo Coimbra.

Localizada no município do Eusébio, no km 16 da BR-116, a Eletra já funciona há aproximadamente dois meses e possui cerca de 650 funcionários. A unidade contou com o financiamento do China Construction Bank – CCB (ex-Bicbanco) no apoio a operação e fluxo de caixa para a alavancagem da operação, e do Banco do Nordeste, que financiou 12.7 milhões, exclusivos para a construção da unidade.

O governador Camilo Santana destacou a instalação do empreendimento no Estado. “Dentro deste acordo Brasil e China, uma das metas do governo chinês era o investimento no setor elétrico, sendo este o primeiro empreendimento que estava previsto no acordo de intenções dos países. Felizmente, o Ceará  foi o escolhido para a instalação desta empresa por sua posição estratégica em relação os principais mercados consumidores do mundo. Isso é muito representativo, pois estamos em um processo de dificuldade da economia brasileira, e o Ceará tem inaugurado novos investimentos, expandindo o comércio e a indústria, além de fomentar o mercado de trabalho”, ressaltou o governador.

IMG_2632

Atualmente, a Eletra é uma das grandes referências no mercado de medidores de energia elétrica do Brasil, contando com uma equipe experiente de colaboradores, tecnologias de ponta e parceiros estratégicos, para oferecer produtos, sistemas e serviços de nível mundial. A especialidade da companhia é fabricar placas eletrônicas, injetando as partes plásticas para montagem dos medidores. Além disso, produz quatro famílias de medidores, que vão desde o monofásico para residências, até os industriais, resultando em um portfólio com mais de 25 produtos.

O diretor-presidente da Eletra no Brasil, Danilo Coimbra, reforçou a importância do investimento nos profissionais cearenses. “É muito importante ressaltar que nosso capital é chinês, mas todo nossos colaboradores são cearenses. O investimento no material humano local é uma de nossos principais pilares. Fabricamos as partes plásticas e as placas eletrônicas, que é a parte nobre da produção e pouco explorada no Nordeste, porém já estamos capacitando todos os nossos profissionais. Atualmente, temos capacidade de fabricar 500 mil medidores por mês e esperamos comercializar mais de três milhões de medidores este ano”, detalhou.

 

12:07 · 24.08.2016 / atualizado às 12:07 · 24.08.2016 por

A economia brasileira vive um momento delicado. A certeza da retomada do crescimento faz parte dos anseios pátrios. É nesse momento frágil que a criatividade “verde e amarela” se destaca.

O mercado de trabalho sofreu alterações significativas, a propagação de novos empreendimentos e o surgimento de novos formatos de trabalho relacionam-se como comportamentos que derivam deste momento vivido.

Em um reflexo necessário aos acontecimentos, o brasileiro adotou uma cultura que cresce a cada dia: “conceito colaborativo no espaço edificado, valorizando a troca de experiências”. Isso é Coworking, conceito concebido e nomeado pelo americano Brad Neuberg (espaço Hat Factory) como ponta pé inicial em 2005.

“O Brasil possui a maior taxa de empreendedores em estágio inicial entre os países pertencentes ao G20”, explica Roges Oliveira (consultor financeiro e sócio da MUNDI Coworking) em análise à pesquisa realizada pelo Global Entrepreneurship Monitor, da Lodon Business School e SEBRAE (apoio técnico e financeiro).

O egresso da universidade, o profissional com carreira autônoma ou iniciando um pequeno negócio, se depara com inúmeros obstáculos, dentre eles, ter capital inicial e enfrentar a burocracia para montar um novo negócio. É nesse cenário da vida do empreendedor que faz do coworking um atrativo fundamental.

“Após análises de mercado, público e negócio, decidimos que o local ideal para estabelecermos nossa Sede é a cidade de Sobral/CE. Seremos inovadores ao iniciarmos as atividades como coworking e incubadora”, diz Wagner Moreira Caetano (sócio da MUNDI Coworking).

Sobral é um município cearense com expressão econômica e de viabilidade de investimentos. Tradicionalmente conhecida, também, como cidade universitária, com a chegada de um empreendimento deste porte cria-se uma atmosfera de grandes expectativas na região norte do Estado.

“Estamos tendo apoio do executivo e legislativo municipal, inclusive está tramitando projeto de autoria do Vice Presidente da câmara, vereador Paulo Vasconcelos, com o intuito de atualizar a legislação às realidades de mercado econômico”, comenta Sandra Arcanjo (sócia da MUNDI Coworking).
Wagner Moreira Caetano, Sandra Arcanjo, Valdir Neto e Roges Oliveira

Fundadores da MUNDI COWORKING

08:23 · 12.08.2016 / atualizado às 08:23 · 12.08.2016 por

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Jornalista com mais de 40 anos de atuação acompanha de lupa os movimentos da classe política. Crítico, ácido e atuante, o blog leva ao leitor fatos reais.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags