Roberto Moreira

Categoria: Esporte


11:46 · 27.10.2018 / atualizado às 11:46 · 27.10.2018 por

Wilton Bezerra. Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares 

 

Mais uma vez, a torcida do Fortaleza fez festa própria para uma vitória.

O empate de 1 X 1 diante da Ponte Preta não estava na prancheta de ninguém.

Uma vitória seguida de um empate e pronto: série A abrindo vaga para o Leão.

E se o empate tiver vindo primeiro?

O Fortaleza tem caminho para conseguir até mais que uma vitória.

Mas, contra a Ponte Preta, o time de Rogério não jogou bem.

Aliás, se o futebol entra pelos olhos, passa pela cabeça e desce para os pés, os dois times não sofreram esse processo.

A Ponte veio para empatar e ficou em posição defensiva.

Abrir a contagem, antes dos 20 minutos do segundo tempo já foi coisa demais.

O Fortaleza, ao tomar o gol, encheu-se de vontade com ausência de maior clarividência.

Empatou em cima da pinta e essa foi sua sorte.

Jogada do Marcinho e a finalização, os únicos pontos  positivos da produção ofensiva.

A disposição de colocar o maior número de jogadores no ataque não foi solução.

Gilson Kleina apostou num ajuntamento para tirar o espaço do Fortaleza e se deu bem.

Ah! Romarinho ainda entrou a tempo de perder um gol com a meta à sua mercê.

De resto, descompensação entre a festa bonita da torcida e o futebol de baixa qualidade.

08:35 · 25.10.2018 / atualizado às 08:35 · 25.10.2018 por
Wilton Bezerra-Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

O contra-ataque já foi arma exclusiva de time pequeno.

Não é mais; modernizou-se no mundo inteiro.

Inaceitável que um time jogue apenas fechado na defesa, abrindo mão de atacar.

Na vida e no futebol, quem apenas se protege não vai a lugar nenhum.
O Ceará de Lisca se conscientizou disso e o uso do contra-ataque é a panacéia no confronto com os grandes adversários.
Contra o Cruzeiro, na espetacular vitória de 2 X 0 dentro do Mineirão, o alvinegro cumpriu exemplarmente o que essa forma de jogo exige.
Um grande goleiro, Éverson, uma linha de quatro zagueiros onde pontificam Thiago Alves e Luiz Otávio, jogando uma barbaridade, constituem o primeiro ponto de resistência quando o time é atacado.
O meio campo do incansável Richardson, com a companhia de Juninho baiano, Ricardinho e Calison. E o ataque, na exploração da força e competência de Artur, em primeiro lugar, e Leandro Carvalho.
O Cruzeiro, de jogadores de qualidade como Fabinho, Thiago Neves, Henrique e Egidio, teve posse maior de bola.
O Ceará topou o jogo de toques do adversário e em nenhum momento perdeu a paciência com o maior assédio cruzeirense.

O resto ficou por conta de Artur, em noite de rei, marcando os dois gols.

O primeiro, numa trama com Leandro Carvalho, foi uma demonstração de força e velocidade.

Nunca uma vitória foi tão oportuna dentro da competição.

11:26 · 18.10.2018 / atualizado às 11:26 · 18.10.2018 por


O Fortaleza nasceu em 1918 com a vocação do sucesso e da eternidade.

Sua trajetória, marcada pela glória e pela tradição em cem anos de existência, está detalhada pela imprensa em cadernos especiais com o realce que a data merece.

Certamente que as cores de suas camisas foram fortes apelos para a paixão que se ampliou ao longo do tempo.

“Aquelas camisas” foram glorificadas numa bela crônica de Blanchard Girão, jornalista e torcedor do tricolor.

Camisas que em muitas oportunidades pareciam jogar sozinhas em momentos de dificuldades em jogos memoráveis, em viradas sensacionais.

Exaltando nas vitórias e consolando nas derrotas, a camisa do Fortaleza é o que se pode chamar de “manto sagrado”.

Este exíguo espaço é, antes de mais nada, insuficiente para resumo de uma história permeada por emoções indescritíveis.

Fruto de muitas gerações e de muitas camisas suadas, dentro e fora de campo, desde que Alcides Santos teve a luminosa idéia de fundar o “clube da garotada”.

O tricolor dos títulos e dos grandes ídolos e artilheiros: Mozart, Clodoaldo, Croinha, Geraldino e um Sandro Gaúcho que só fez gols em profusão quando vestiu a camisa do Leão.

Com o pé no passado, estruturado no presente com vistas a um futuro vitorioso, é o Fortaleza de hoje.

Um abraço afetuoso deste comentarista que, como muitos, reconhece no tricolor uma força essencial para o desenvolvimento do futebol cearense.

Wilton Bezerra-Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

07:21 · 03.05.2017 / atualizado às 11:42 · 03.05.2017 por


O Secretário de Esporte do Estado, Gelson Ferraz pode estar deixando a pasta. O secretário Executivo, Maílson Cruz foi exonerado, sua demissão foi publicada no Diário Oficial. O Abolição não explicou o motivo da exoneração. O desentendimento da equipe pode ser o motivo. Mailson avisou na Assembleia e nas conversas com executivos do governo que estava saindo.

O Secretário adjunto, Willame Alencar, ex-prefeito de Mombaça, segue no cargo e deve permanecer porque está fora da crise.

15:50 · 20.04.2017 / atualizado às 15:50 · 20.04.2017 por


A secretária de infraestrutura, Manuela Nogueira, esteve hoje pela manhã no Estádio Presidente Vargas, onde participou de reunião e visita técnica sobre as intervenções que estão sendo realizadas no equipamento esportivo.

Acompanhada do secretário de esportes, Ricardo Souza e engenheiros, Manuela realizou vistoria, juntamente com o grupo, nas obras de adequações de acessibilidade que acontecem no local. As intervenções fazem parte das novas exigências do Ministério do Esporte, com base no Estatuto do Torcedor. Para se adequar as novas normas, a praça esportiva recebeu corrimãos, sinalização para cadeirantes e reforma de piso nos vestiários e áreas internas, restando apenas a setorização e restauro na iluminação do estádio.


“Não existem problemas estruturais no prédio que impeçam a realização dos jogos. A obra em questão é de adequação às novas exigências do estatuto do torcedor. Queremos liberar o estádio para jogos já no próximo mês de maio, para trazermos de volta ao torcedor a alegria de assistir ao estadual no querido PV”, disse Manuela Nogueira.

11:38 · 13.03.2017 / atualizado às 11:38 · 13.03.2017 por

O deputado federal Danilo Forte garantiu, junto ao Ministério do Esporte, a liberação de recursos financeiros na ordem de 4 milhões para a implantação e modernização de infraestrutura para o esporte educacional, recreativo e de lazer em 9 municípios cearenses. Itapajé, Guaraciaba do Norte, Irauçuba, Varjota, Tabuleiro do Norte, Piquet Carneiro, Miraíma, Tejuçuoca e Cascavel serão beneficiados. O valor será destinado à construção de quadras poliesportivas, campos de futebol society e estádio.

“O esporte é um instrumento de inclusão social, de exercício da cidadania, de combate a violência e que auxilia na melhoria da qualidade de vida do cidadão. Oferecer estrutura adequada e estimular atividades esportivas, significa ocupar o tempo ocioso de jovens e estimular práticas saudáveis em pessoas de todas as idades”, afirma Danilo Forte.

Cada município receberá uma média de R$ 488 mil para realizar a construção das seguintes obras: quadra de futebol no Distrito de Iratinga, em Itapajé; quadra poliesportiva em Guaraciaba do Norte; campo de futebol Society em Irauçuba e Tabuleiro do Norte; quadra coberta em Tejuçuoca e Varjota, na localidade de Jatobá; primeira etapa do Estádio Municipal de Piquet Carneiro; duas quadras poliesportivas em Miraíma, nas localidades de Mulungu e Lundu; e uma quadra de vôlei em Cascavel.

13:55 · 12.03.2017 / atualizado às 13:55 · 12.03.2017 por

Dois anos após deixar o governo do Ceará, Cid Gomes voltou ao Centro de Formação Olímpica do Nordeste, obra iniciada no seu governo e até agora em fase de conclusão aguardando recursos federais.

O CFO foi elogiado pelo locutor da Globo, Luiz Roberto que disse torcer pelo futuro do equipamento.

Cid Gomes ficou bem próximo do octógono ao lado do prefeito Roberto Cláudio. O ginásio do CFO com capacidade para 15 mil pessoas sentadas é refrigerado e equipado com o que existe de mais moderno para receber grandes eventos esportivos. É o único ginásio climatizado.

Cid Gomes e RC viram as principais lutas e aproveitaram para conversar com o público.

06:01 · 07.03.2017 / atualizado às 22:03 · 06.03.2017 por


Está em tramitação, na Câmara Municipal de Fortaleza, o Projeto de Indicação 113/2017, de autoria do vereador Benigno Junior (PSD), que institui o Fundo Municipal de Fomento ao Esporte e Lazer e cria os editais anuais de apoio financeiro aos projetos e programas esportivos e de lazer.

De acordo com o texto da proposta, a receita do Fundo Municipal de Fomento ao Esporte e Lazer será composta por dotação orçamentária própria, oriunda do aluguel de equipamentos esportivos públicos, dos ingressos cobrados em eventos promovidos pela Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel), da arrecadação resultante do aluguel de espaço destinado à publicidade em campos e ginásios, dentre outras fontes.

Benigno destaca que os recursos arrecadados pelo Fundo de Fomento ao Esporte serão aplicados, prioritariamente, em ações de incentivo ao esporte em áreas de vulnerabilidade social. Deste montante, até 50% poderão ser aplicados na manutenção ou reforma de equipamentos públicos de esporte e lazer.

De modo a aperfeiçoar o projeto, Benigno Junior pretende realizar uma audiência pública para coletar sugestões de desportistas, federações, associações esportivas e representantes do poder público.

Na opinião do parlamentar, o Fundo Municipal de Fomento ao Esporte e Lazer irá revolucionar as políticas públicas do setor, dando viabilidade financeira para diversos projetos desenvolvidos pela sociedade civil e garantindo uma melhor conservação das áreas de esporte e lazer da Capital.

09:57 · 19.02.2017 / atualizado às 09:57 · 19.02.2017 por
O pastor Gelson Ferraz(PRB),  novo Secretário de Esportes do Estado, vai levar ao governador projeto para disseminar atividades esportivas em todo interior do Ceará, inclusive com a construção de quadras poliesportivas mesmo nos distritos mais remotos.
“É um dos passos para ocupar a juventude e evitar sua contaminação pelas drogas”, afirmou.
20:39 · 17.02.2017 / atualizado às 20:39 · 17.02.2017 por

O Centro de Formação Olímpica (CFO) recebeu, na manhã desta sexta-feira (17), visita de diretores da Caixa Econômica Federal. Os representantes da instituição financeira participaram de visita às instalações do equipamento, guiados pelo secretário Chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista, e pelo titular da Secretaria do Esporte (Sesporte), Gelson Ferraz. O encontro faz parte das tratativas para que o banco público colabore com a gestão do CFO.

Com otimismo de ambas as partes após a visita, uma reunião técnica será agendada para refinar detalhes da possível parceria, que pode antecipar o funcionamento do CFO em sua totalidade.

O acerto fará com que o equipamento otimize a formação de atletas para o ciclo olímpico.

Inaugurado em 2016, o Centro de Formação Olímpica do Nordeste abriga equipamentos para diversas modalidades esportivas, como salas para lutas, piscinas dentro de padrões olímpicos, pista de atletismo, campo de futebol, quadras de vôlei de praia e de tênis (saibro), ginásio multiuso climatizado, além de pistas de BMX e skate.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Blog de jornalismo da TV Diário. (www.tv.diario.tv.br). Telejornalismo: (85) 3266.9212

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags