Busca

Categoria: Futebol


11:50 · 02.05.2017 / atualizado às 11:50 · 02.05.2017 por

Ouvindo o noticiário sobre a surpreende reunião do Fortaleza, fiquei impressionado com um dia motivos para a saída dos dirigentes Jorge Mota, Ênio e Evangelista: torcedores estão ameaçando os três  de morte. Aí o repórter completou: os novos dirigentes podem comprar blindados, pagar motorista armado e seguranças para acompanhar seus veículos e garantir a integridade das suas famílias. Triste!

Eu não sabia que tinha nascido e morava numa cidade onde um time futebol é obrigado a vencer sempre. Pior, que os dirigentes são obrigados a administrar e entrar em campo pra fazer a bola construir  vitórias. Tomara que a nova diretoria esteja bem armada e preparada fisicamente.

20:42 · 30.01.2017 / atualizado às 20:42 · 30.01.2017 por

Foi apresentado na tarde desta segunda-feira (30), durante coletiva de imprensa Arena Castelão, o Plano Estadual de Pacificação e Regulamentação das Torcidas Organizadas, com o intuito de buscar a paz entre as agremiações.

O titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude do Gabinete do Governador (Cojuv), David Barros, informou que as torcidas organizadas locais vão ter setores exclusivos na Arena Castelão, já a partir de fevereiro. Além disso, será realizado o cadastro dos torcedores organizados.

 

Os setores norte e sul do anel superior do estádio serão destinados para as organizadas. A ocupação de setor exclusivo começa a ser colocada em prática já no dia 1 de fevereiro, no jogo Ceará x Tiradentes, na Arena Castelão. No dia seguinte, a partida Fortaleza x Maranguape também segue as novas normas.

Já o cadastro dos torcedores organizados vai entrar em vigor a partir de maio, no Campeonato Brasileiro, e vai utilizar a mesma tecnologia de registro de sócios. O custeio e execução será de responsabilidade de times e torcedores.

16:00 · 30.12.2016 / atualizado às 16:00 · 30.12.2016 por
Wilton Bezerra Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares
Wilton Bezerra
Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

 

Já se disse que a história se repete como farsa ou tragédia.

No futebol cearense há um clara preferência da cartolagem pela tragédia.

Se no começo da temporada fomos obrigados a suportar um entra e sai de times em função de documentação e laudos, para 2017 repete-se o triste repertório de acontecimentos “trágicos”.

O Alto Santo desistiu de disputar a primeira divisão, dizem, por problemas políticos.

As razões apresentadas pelo clubes junto à Federação falam de outras coisas.

O Guarany de Sobral foi barrado no baile da primeira divisão e recuperou a vaga através de uma liminar.

O triste tribunal de justiça desportiva cearense julgou que a FCF pegou pesado com o Cacique do Vale.

Para completar, achou a peça de defesa do advogado, Eduardo Sales, um primor.

O Ferroviário já subiu e desceu da primeirona por duas vezes.

O Floresta ameaça entrar na justiça contra o Campeonato Cearense.

Nesse cenário caótico, muitas vozes eufóricas eximem a “mentora máxima do nosso futebol” de qualquer dose de responsabilidade e a brindam com um 100% na gestão.

As mentiras e os índices, como muitas outras coisas, estão desmoralizados no Brasil.

Tem ainda o problema dos estádios sem os laudos exigidos.

E aí… ah, deixa pra lá!

19:32 · 29.12.2016 / atualizado às 19:32 · 29.12.2016 por

Veja quanto cada  time recebeu de apoio financeiro para  o campeonato cearense e outras competições nacionais.

DE RECURSOS FINANCEIROS, POR MEIO DE DOAÇÃO, PARA AS PESSOAS JURÍDICAS DO SETOR PRIVADO QUE INDICA, NOS TERMOS EM QUE AUTO- RIZA A LEI ESTADUAL No15.839, DE 27 DE JULHO DE 2015 (LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS DE 2015).

O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ. Faço saber que a Assembleia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

Art.1o Fica autorizada a transferência respectiva dos seguintes recursos financeiros para os clubes cearenses, participantes do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016, a seguir discriminados:

I – Ceará Sporting Club, integrante da Série B de futebol, inscrito no CNPJ no07.369.226/0001-03, no valor de R$600.000,00 (seiscentos mil reais);

II – Fortaleza Esporte Clube, integrante da Série C de futebol, inscrito no CNPJ no07.319.551/0001-61, no valor de R$500.000,00 (quinhentos mil reais);

III – Icasa Esporte Clube, integrante da Série D de futebol, inscrito no CNPJ no06.736.409/0001-57, no valor de R$200.000,00 (duzentos mil reais);

IV – Guarani de Juazeiro Esporte Clube, integrante da Série D de futebol, inscrito no CNPJ no07.452.006/0001-49, no valor de R$200.000,00 (duzentos mil reais);

V – Uniclinic Atlético Clube, integrante da Série D de futebol, inscrito no CNPJ no07.045.826/0001-16, no valor de R$200.000,00 (duzentos mil reais).

Parágrafo único. Os recursos serão liberados mediante a assinatura de Termo firmado entre a Secretaria do Esporte e o respectivo Clube, condicionado à observância dos requisitos legais.

Art.2o São condições de observância obrigatória prévia à transferência de recursos aos Clubes donatários:

I – atestado de regularidade fiscal com as Fazendas Públicas Federal, Estadual e Municipal;

II- comprovação, por parte do time beneficiário, de que se acha em dia quanto ao pagamento de tributos ao Estado, bem como quanto à prestação de contas de recursos anteriormente recebidos desse ente transferidor.

Art.3o A transferência de recursos está condicionada à existência prévia de dotação orçamentária especifica para esse fim. 

desta Lei correrão por conta de dotações orçamentárias da Secretaria do Esporte do Estado do Ceará – SESPORTE, proveniente dos recursos 42200001.27.811.086.18564.03.33500000.2.70.00.1.40-21857, suplementadas, se necessário.

Art.5o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DA ABOLIÇÃO, DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 27 de dezembro de 2016.

Camilo Sobreira de Santana GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ 

18:10 · 27.12.2016 / atualizado às 18:10 · 27.12.2016 por

IMG_2776

O presidente reeleito do Fortaleza Esporte Clube, Jorge Mota, esteve reunido com o deputado federal Danilo Forte (PSB-CE). Na pauta, o assunto foi um possível socorro financeiro ao clube, com a intermediação do parlamentar.Ficou acertada uma visita à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), discutir o assunto com a diretoria-geral da entidade.

Recentemente Danilo trabalhou junto à Caixa Econômica Federal pelo patrocínio ao Ceará Sporting Club, da série B.

“Agendamos para o próximo dia 10 de janeiro um encontro com o diretor-geral da CBF, Walter Feldman, com o objetivo de apresentar a relevância do Fortaleza e a flexibilização para grandes e possíveis apoios ao clube. Temos a compreensão que times da terceira divisão detém dificuldades de encontrar patrocínio, mas ponderamos que o Leão destaca-se com o grande público que lota o Castelão e outros estádios por onde joga”, explicou Danilo Forte.

14:32 · 13.12.2016 / atualizado às 14:32 · 13.12.2016 por

IMG_3633

O deputado federal Danilo Forte e o presidente do Ceará Sporting Clube, Robinson de Castro, se reuniram com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi e o diretor de marketing da instituição, Mario Neto, para fechar um acordo de patrocínio entre o clube de futebol e a instituição bancária para o ano de 2017.

No encontro, Danilo Forte destacou a relevância dessa parceria para o alvinegro cearense. “ Um parceiro deste porte é de suma importância para o clube, pois irá proporcionar um maior aporte financeiro e uma oportunidade de investimentos. Será um marco na história do time”, defende.
E concluiu. “Será uma forma de apresentar as potencialidades do Estado e a importância do clube para o futebol local e nacional. O vozão é um time em ascensão e que em breve poderá aumentar as chances de acesso à série A”.

A assinatura do patrocínio está marcada para janeiro de 2017.

10:49 · 16.11.2016 / atualizado às 10:49 · 16.11.2016 por

Na Assembleia Legislativa está tramitando mensagem do governo que repassa recursos para os clubes de futebol com vernas de R$ 600 mil para o Ceará e R$ 500 mil para o Fortaleza, além de recursos para os outros clubes.

A mensagem é importante porque contribui para os clubes que com muitas dificuldades disputam, competições nacionais. Se dispusessem de maior apoio do Estado como ocorre  na Bahia, Pernambuco, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Minas, certamente nossos clubes não estariam afogados nas series A e B.

A sociedade se move através de suas entidades. O governo repassa dinheiro para muitas entidades, porque não para os clubes de futebol que representam o povão, as pessoas mais simples?

05:03 · 10.11.2016 / atualizado às 05:03 · 10.11.2016 por

IMG_2596

O deputado federal Domingos Neto e o presidente do Fortaleza, Jorge Mota, se reuniram nesta quarta-feira (09), em Brasília, com o superintendente nacional de Promoções e Eventos da Caixa Econômica Federal, Gerson Bordignon, para fechar patrocínio para 2017.

De acordo com o Jorge Mota, a Caixa foi bem receptiva e as expectativas são boas. A previsão é que até o mês de janeiro seja divulgado o resultado sobre o patrocínio.

15:27 · 07.11.2016 / atualizado às 15:27 · 07.11.2016 por
Wilton Bezerra Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares
Wilton Bezerra Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

 O Ceará venceu o Tupi por 2 X 1 e não encontrei um torcedor alvinegro que tenha se referido ao jogo com satisfação. Pelo contrário. Críticas aos jogadores, desaguando nos dirigentes. O time do Sérgio Soares não ajuda. Mesmo quando o adversário é o fraco Tupi. A maior posse de bola acaba sem muita utilidade. A vantagem de 2 a O na primeira etapa não levou animação para o segundo tempo. O Tupi marcou o seu gol mas, de tão ruim, não fez o Ceará sofrer.

Como sempre, as jogadas pelos lados são precárias, apesar do gol de Lelê ter sido resultado de um cruzamento de Eduardo.  Felipe Menezes é extremamente irregular e Wescley foge muita da zona de conclusão. Lelê pontifica pela flutuação constante e Bill exibe uma imobilidade irritante. Para um simples drible, o centroavante do Ceará se enche de dificuldades. O gol que marcou foi um presente do goleiro Rafael. De resto, a falta de prazer em jogar do time cearense.

Nesta terça feira, quem sabe, uma vitória regeneradora contra o Criciúma. Ficar só no “eu acredito” não tem ajudado muito.

08:27 · 03.11.2016 / atualizado às 08:27 · 03.11.2016 por

Silvio Carlos

O jornalista, colunista, presidente da Federação Cearense de Futsal, ex-secretário de esporte e criador de grandes campanhas como “Fortaleza o time da garotada”, não aceitou o convite para disputar a presidência do Fortaleza, na eleição marcada para dezembro.

Silvio Carlos após declinar do convite, anunciou seu apoio à reeleição do atual presidente Jorge Mota. “O Jorge vai subir o Fortaleza para a série B. É minha aposta”

Aliás, Silvio Carlos disse que Roberto Cláudio venceria a eleição com cem mil votos de vantagem em relação ao Capitão e chamava todos para apostar. Foi em cima!