Roberto Moreira

Categoria: Gastronomia


08:33 · 17.11.2018 / atualizado às 08:33 · 17.11.2018 por

Pensem em um lugar paradisíaco, numa Duna que o leva o nome de Pôr do Sol, localizada em um dos pontos turísticos mais badalados do litoral cearense, Canoa Quebrada. Junte a isso, a sonoridade marcante e cadenciada de uma seleção musical especial que a cantora Sâmia Freitas e seus convidados prometem para “massagear” os ouvidos mais exigentes. De quebra, um ambiente que possibilita curtir o Sol que se recolhe preguiçosamente no horizonte e, de outro lado, a oportunidade de receber a lua que chega altiva. Está formado o grande palco ao ar livre que toma conta da Duna do Pôr do Sol de Canoa, neste sábado, dia 17, a partir das 16h30. O evento é parte das comemorações dos 176 anos de emancipação política do Aracati.

Esta é a quarta vez que a Duna do Pôr do Sol de Canoa recebe um show musical, e a intenção da Secretaria de Turismo e Cultura é realizar uma programação continuada na temporada de férias e todos os feriados prolongados, época que a localidade atrai milhares de turistas de todo o Brasil e de diversas partes do mundo. A edição deste sábado, que deve se estender até umas 19h, permite aos turistas e moradores locais optarem por emendarem a noite de sábado pelos bares e restaurantes de Canoa, como é o caso da tradicional Rua Broadway e adjacências, ou mesmo esticarem para o centro histórico da cidade, onde na Rua Grande se realiza o 2º. Festival de Gastronomia e Cultura, numa parceria com o Sebrae.

O Festival

O festival começou no feriado do dia 15 e se encerra neste sábado. Caso se mantenha a movimentação registrada no primeiro dia, deve atingir um público aproximado de 6.000 pessoas nos três dias. Ao todo são 26 stands gastronômicos, uma dezena de residências parcialmente transformadas em bares e restaurantes, exposição e venda de artesanatos, oficinas gastronômicas com chefs convidados e vários show de artistas locais que se revezam no palco principal, no Teatro Francisca Clotilde, e em dois lounges. Destaque também para os bonecos gigantes do artista plástico aracatiense Hélio Santos.

 

13:12 · 07.11.2018 / atualizado às 13:12 · 07.11.2018 por

A Prefeitura do Aracati e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE)promovem a segunda edição do Festival Gastronômico e Cultural do Aracati.

Este ano, o festival espera ter um público visitante de mais de duas mil pessoas/dia e se realizará no período de 15 a 17 de novembro, na chamada Rua Grande, referência central do sítio histórico desta cidade do litoral leste do Ceará, tombado pelo patrimônio histórico e cultural, e distante somente 140 km da capital Fortaleza.

O evento celebrará os 176 anos de emancipação da cidade do Aracati, oficialmente comemorado no último dia 25 de outubro. Devido ao grande sucesso de sua primeira edição,em 2017, salta neste ano de 14 para 30 stands e ganha um dia a mais. Serão três dias de grande variedade de ofertas gastronômicas e uma diversidade de atividades culturais, tais como os bonecos gigantes de Hélio Santos, apresentação da Banda Jacques Klein, shows musicais populares de MPB, pop/rock, blues, jazz, forró pé de serra, declamação de poesias e danças regionais.

Toda a potencialidade gastronômica da região do litoral leste cearense será valorizada, em especial os pescados e frutos do mar. Pelos empreendedores do setor que já demonstraram interesse na participação, há de se esperar ainda comida de boteco, pizzas e massas, carnes/churrasco, bolos e doces, comida saudável e a participação de chefes de cozinha de Fortaleza e de cidades próximas, que oferecerão produtos preparados previamente e modelados especificamente para atendimento do público visitante do Festival.

 Valorizar a gastronomia regional

“A preocupação do Sebrae é contribuir para o fortalecimento da gastronomia regional, através da valorização da experiência gastronômica, como uma ferramenta de fidelização do cliente e diferencial competitivo para o pequeno negócio”, explica a analista do Sebrae-CE, Lucieuda Bezerra da Silva. Esta parceria deve trazer para a edição deste ano 15 jornalistas e 15 operadores especializados em turismo, que além de conhecerem o festival, visitarão as praias de Canoa Quebrada, Quixaba eMajorlândia e o restante do sítio histórico do município, aí se incluindo as suas igrejas de estilo barroco.

Para a secretária de Turismo e Cultura do município, Denise Pontes, a parceria com o Sebrae é fundamental para o desenvolvimento dos pequenos negócios no Aracati, e os profissionais da área do turismo podem agregar grande valor para a consolidação deste festival que vai se firmar, não só como uma referência para o litoral leste do Ceará, mas para todo o Brasil: “O festival gastronômico já nasceu com uma proposta do prefeito Bismarck Maia de revitalização da Rua Grande, de ocupação de espaços públicos. A primeira edição foi um sucesso e essa tende a superar as expectativas que, com a abertura do nosso Aeroporto para voos comerciais e a integração do evento com nossas potencialidades naturais, hão de intensificar o turismo local, gerando emprego e renda.

12:17 · 31.10.2018 / atualizado às 12:17 · 31.10.2018 por

A Prefeitura do Aracati e o Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Estado do Ceará – Sebrae/CE promovem, nesta quinta-feira (01/11), a apresentação do 2º Festival de Gastronomia e Cultura do Aracati. O evento, marcado para 19h no Teatro Francisca Clotilde (Rua Grande, 697), além de apresentar as novidades, os critérios de participação para os expositores interessados, vai detalhar as oportunidades de parcerias e as condições de integração das residências da Rua Grande como parte do Festival.

A segunda edição do festival, que foi idealizado pelo prefeito Bismarck Maia, espera ter um público visitante de mais de duas mil pessoas/dia e se realiza, neste ano, no período de 15 a 17 de novembro, na chamada Rua Grande, referência central do sítio histórico desta cidade do litoral leste do Ceará, tombado pelo patrimônio histórico e cultural, e distante somente 140 km da capital, Fortaleza.

O evento, que celebra os 176 anos de emancipação política da cidade do Aracati, oficialmente comemorado no último dia 25 de outubro, devido ao grande sucesso de sua primeira edição em 2017, salta neste ano de 14 para 26 stands e ganha um dia a mais. Serão três dias de grande variedade de ofertas gastronômicas e uma diversidade de atividades culturais, tais como os bonecos gigantes de Hélio Santos, apresentação da Banda Jacques Klein, shows musicais populares de mpb, pop/rock, blues, jazz, forró pé de serra, declamação de poesias e danças regionais. Espaço também para produtos da agricultura familiar e para o artesanato local.

Para o evento de apresentação desta quinta-feira, que contará com a presença do anfitrião, o prefeito Bismarck Maia, é indispensável que todo expositor interessado se faça presente para conhecer toda a dimensão do projeto e ver de que forma pode melhor tirar proveito do potencial econômico do festival. Há ainda de se destacar a normatização que está prevista para as boas práticas de manipulação de alimentos, num trabalho que antecede o evento. A capacitação acaba sendo mais um legado da parceria Prefeitura/Sebrae, já que são conhecimentos que os empreendedores levarão para as suas atividades cotidianas no setor de alimentação.

 

10:02 · 01.09.2016 / atualizado às 10:02 · 01.09.2016 por

image

A notícia do fechamento do restaurante Piantella, no mesmo dia do impeachment de Dilma Rousseff, surpreendeu os clientes que lotaram a casa para o último almoço.

Os clientes fizeram os pedidos, os cozinheiros juntaram todas as comandas e foram embora. Ninguém comeu ou bebeu.

Os funcionários ficaram revoltados porque tomaram conhecimento que o Piantella ia fechar por falta de faturamento devido à queda no número de clientes.,

O mais importante restaurante de Brasília recebeu todos os presidentes da república, ministros de estado e a classe política. Seu cliente mais assíduo foi Ulisses Guimarães, um diarista.

O Piantella estava sob o controle do advogado criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. Um milionário que advoga de forma competente para os corruptos de Brasília.

08:24 · 14.04.2016 / atualizado às 08:24 · 14.04.2016 por

chefe Nem

Um dos maiores chefes de cozinha regional do nordeste, o Chefe “Nem” foi convocado para exibir seu talento no concurso “Comida de Boteco”, promoção nacional que tem como objetivo estimular bares e botecos das cidades brasileiras.

“Nem” é um dos maiores profissionais da gastronomia e topa o desafio. Criou dentro dos seu boxe no mercado central um saboroso quitute para o evento.

09:20 · 13.03.2016 / atualizado às 09:20 · 13.03.2016 por

acrísiso

“Raimundo dos Queijos” é comerciante nos arredores do Mercado Central há 39 anos. O nome diz tudo, vende queijo e bebidas. O comércio dele virou um lugar conhecido é frequentado pelos fortalezenses de raiz e os apaixonados pelos velhos hábitos do sertão.

Roberto Cláudio foi o primeiro prefeito a abrir o gabinete do paço municipal para receber Raimundo dos Queijos. Ele ficou emocionado.

O vereador Acrísio Sena e o agitador cultural, Sérgio Braga foram os articuladores do encontro. A ideia é transformar a área do mercado em centro cultural gastronômico, o prefeito topou.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Blog de jornalismo da TV Diário. (www.tv.diario.tv.br). Telejornalismo: (85) 3266.9212

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags