Busca

Categoria: Indústria


16:22 · 21.03.2017 / atualizado às 16:22 · 21.03.2017 por

O Grupo de Conjuntura do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgou nesta terça-feira, 21, o Indicador Ipea de Produção Industrial referente a fevereiro. Na comparação com janeiro, a previsão para o resultado da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), do IBGE, é de alta de 0,3%, na série dessazonalizada.

O desempenho dos indicadores coincidentes da produção industrial foi, mais uma vez, heterogêneo. Entre os resultados positivos, a produção de automóveis refletiu o bom comportamento das exportações de veículos e avançou 5,9% na margem, depois da queda de 13,3% em janeiro. Outra alta, de 2%, veio do volume de tráfego de carga em estradas com pedágio.

Alguns dos indicadores que registraram números negativos foram a produção de aço, com recuo de 3,5%, e a venda de papel e papelão, que caiu 0,4% ante o mês de janeiro.

18:26 · 09.03.2017 / atualizado às 18:26 · 09.03.2017 por

O IBGE deu a boa notícia: A produção industrial cresceu 1,4% em janeiro. O crescimento
veio junto de outra boa notícia, a indústria apresentou resultados positivos em todas as
Regiões do país. Melhor ainda, a notícia chegou um dia depois do próprio IBGE divulgar o PIB em 2016
com queda de 3,6% mostrando que o Brasil está vencendo a pior recessão desde os anos de 1930.

O governo tremeu e Temer se afugentou só tirando a cabeça para reunir o PIB brasileiro de carne e osso
E avaliar a situação após reunião do conselhão. Temer aumentou o tom na Planalto ao olhar para os empresários: eu estou fazendo
O governo das reformas, não me preocupa a popularidade e sim o país, disse cobrando a fatura do desgaste. O governo prometeu
que fará as reformas da previdência, trabalhista e ajustes para fazer a economia crescer.

09:43 · 19.02.2017 / atualizado às 09:43 · 19.02.2017 por
O governador Camilo Santana assina a liberação de recursos para a infraestrutura do Polo Industrial Químico que será sediado na cidade de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza. A solenidade ocorre às 9 horas desta segunda-feira (20), ao lado da Câmara Municipal de Guaiúba, na rodovia CE-060.
O Polo vai contar com 27 empresas, gerando 1.967 empregos diretos, com investimento do Governo do Ceará superior a R$ 10 milhões, através da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece) e das secretarias do Desenvolvimento Econômico (SDE) e da Infraestrutura (Seinfra). O investimento das empresas supera a casa dos R$ 95 milhões.
05:08 · 14.02.2017 / atualizado às 05:08 · 14.02.2017 por

O prefeito de Caucaia Naumi Amorin quer atrair para Caucaia empresas que cuidem da reciclagem do lixo. Ele sabe que essa reciclagem pode alimentar o setor industrial como fábricas de papel, plástico E vidro que se instalariam em Caucaia. Essa indústria da reciclagem ocupa muita mão de obra e empregaria milhares de pessoas em Caucaia.

Naumi Amorim disse no começo da sua gestão que transformaria Caucaia em um lugar sem lixo e que iria reciclar e gerar energia com o lixão, além de acabar com notas doenças causas pelo lixo.

18:52 · 07.02.2017 / atualizado às 18:52 · 07.02.2017 por

O aumento no ritmo da produção industrial nacional na passagem de novembro para dezembro de 2016, série com ajuste sazonal, foi acompanhado por dez dos 14 locais pesquisados, com destaque para o avanço de 12,4% registrado pelo Ceará, eliminando, assim, a perda de 8,4% acumulada entre os meses de agosto e novembro. Rio Grande do Sul (6,3%), Espírito Santo (5,1%), Região Nordeste (4,9%) e Santa Catarina (3,6%) também assinalaram crescimento acima da média da indústria (2,3%), enquanto Minas Gerais (2,3%), Goiás (1,4%), Bahia (1,4%), Paraná (0,8%) e Pernambuco (0,6%) completaram o conjunto de locais com taxas positivas nesse mês. Por outro lado, Amazonas (-2,0%) e São Paulo (-1,5%) apontaram os resultados negativos mais acentuados nesse mês, com ambos revertendo o crescimento verificado em novembro: 4,1% e 1,4%, respectivamente. As demais taxas negativas foram assinaladas por Rio de Janeiro (-0,9%) e Pará (-0,7%).

09:07 · 09.12.2016 / atualizado às 09:07 · 09.12.2016 por

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Beto Studart, e a diretoria da entidade, recebem na sexta-feira (9/12), às 12h, na Casa da Indústria, o governador do Estado, Camilo Santana, e secretários, para um almoço. O horário foi antecipado para às 12h, em virtude da agenda do governador, que irá receber o presidente Michel Temer, na Base Aérea, às 14h30.

O evento é uma confraternização para celebrar o ano de parceria entre a federação e o Governo do Estado em ações e projetos para o desenvolvimento do estado do Ceará. Estarão presentes diretores da federação, presidentes dos sindicatos filiados, empresários, secretários de estado, entre outros convidados.

07:36 · 05.10.2016 / atualizado às 07:36 · 05.10.2016 por

Uma notícia deixa feliz a Ibiapaba. Em meio à onda desemprego que assola o País, em particular o estado do Ceará, Ubajara se prepara para receber o seu Polo Calçadista, a ser inaugurado em 2017 com a instalação da gaúcha GNC, que vai ofertar mais de 200 empregos diretos e outros 150 indiretos. Serão investidos R$ 2 milhões e produzidos mil pares de sapatos por dia.

Serão avaliados os primeiros 500 currículos para o preenchimento das 300 vagas disponibilizadas: 200 para Auxiliar de Produção; 50 para o Administrativo; 25 auxiliares de Produção e 25 Supervisores (Área Técnica). A avaliação dos currículos ficará a cargo do Infort – Instituto de Formação para o Trabalho, responsável pela seleção de funcionários de empresas como Grendene, Gerdau, Sebrae-CE, Indústria Democrata de.

Os documentos deverão ser entregues diretamente nas filiais do Infort de Tianguá (Rua José Joaquim Vasconcelos, No 320 – Centro), de Sobral (Av. Dr. João do Monte, No 920 – Centro) ou enviados para o e-mail: empregosrh2010@outlook.com. Posteriormente, contato para entrevista.

Para auxiliar a implantação da indústria, a Prefeitura celebrou parceria com o Governo do Estado para a qualificação de mão-de-obra profissional, além da construção de pavilhão com as instalações necessárias com vistas a receber o maquinário.

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 11,6% no trimestre encerrado em julho e atingiu o maior nível já registrado pela série histórica da Pnad Contínua do IBGE, que teve início em janeiro de 2012. No estado do Ceará, o nível de desemprego chegou a 10,8% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2015, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

08:50 · 27.09.2016 / atualizado às 08:50 · 27.09.2016 por

 

Iniciativa do Governo Municipal, o empreendimento vai gerar emprego e renda, desenvolver Ubajara, melhorar a qualidade de vida das famílias locais – e até do entorno. A fábrica de calçados gaúcha GNC será instalada até meados de 2017 e ofertará mais de 200 empregos diretos e outros 150 indiretos. Sem dúvida, uma grande conquista.

O Protocolo de intenções para a instalação do empreendimento já foi encaminhado ao Governo do Estado. A ação faz parte do Programa de Desenvolvimento Econômico de Ubajara, e já foi aprovado pelo Legislativo Municipal. De acordo com o Executivo local, a cidade está pronta para “receber a empresa de braços abertos”.

PARCERIA COM O GOVERNO DO ESTADO

Os investimentos na Serra da Ibiapaba serão de R$ 2 milhões, e a expectativa, segundo o diretor comercial da GNC, Cláver Brito, é que a unidade produza mais de mil pares de sapatos por dia. Para auxiliar a implantação da indústria, a Prefeitura celebrou parceria com o Governo do Estado para a qualificação de mão de obra profissional, além da construção de pavilhão com as instalações necessárias para receber o maquinário.

INAUGURANDO TEMPO NOVO

A Ibiapaba é uma das poucas regiões que ainda não possui uma indústria calçadista; todas as cidades que receberam este tipo de empreendimento demostraram avanço econômico consistente. Esta é uma forma de superar a atual crise econômica brasileira, gerando impacto econômico positivo, por meio da geração de centenas de empregos. Além disto, as indústrias calçadistas consomem pouca água, contribuindo também para o enfrentamento do problema hídrico cearense.

VALIDANDO O EMPREENDIMENTO

Um dos entusiastas da chegada da GNC a Ubajara é o empresário João Ribeiro Filho (Casa das Variedades).

06:12 · 21.09.2016 / atualizado às 22:04 · 20.09.2016 por

IMG_1185
Índice de Confiança do Empresário Industrial registrou 53,7 pontos em setembro, um aumento de 2,2 pontos na comparação com agosto
Foto: Agência Brasil
O índice subiu pelo quinto mês consecutivo e acumula crescimento de 16,9 pontos no período. Na comparação com o mesmo mês de 2015, o aumento foi de 18 pontos. Os indicadores variam no intervalo de 0 a 100. Valores acima de 50 indicam situação melhor ou expectativa otimista.

Números em alta

Em setembro, todos os segmentos industriais (extrativa, transformação e construção) registraram índices de confiança superiores a 50 pontos, o que não acontecia desde março de 2014. Na indústria da construção, os setores Construção de edifícios e Obras de infraestrutura acusaram também índices superiores a 50 pontos.

Na extrativa, os dois setores considerados (Extração de minerais metálicos e Extração de minerais não metálicos) também anotaram confiança dos empresários, além do segmento de transformação que, de um total de 27 pontos, teve 21 com índices de 50 pontos ou mais, destacou a CNI.

A pesquisa for realizada com 3.155 empresas – 1.247 de pequeno porte, 1.179 de médio porte e 729 de grande porte – entre os dias 1º e 14 de setembro de 2016.

(Agência Brasil)

13:04 · 19.09.2016 / atualizado às 13:04 · 19.09.2016 por

IMG_1159
O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, estará na FIEC no próximo dia 23, às 11h, quando irá apresentar aos industriais cearenses o Plano Nacional da Cultura Exportadora e o Programa Brasil Mais Produtivo.

O Programa Brasil Mais Produtivo é uma ação focada na melhoria do processo produtivo das empresas brasileiras e tem como objetivo aumentar em pelo menos 20% a produtividade das empresas atendidas. Já o PNCE oferece ao setor produtivo ferramentas de capacitação, consultoria e inteligência comercial e é considerado um dos instrumentos em perspectiva para o aumento das exportações brasileiras. Durante o evento na FIEC, além das palestras técnicas sobre o PNCE e o PBM, haverá atendimento e cadastramento das empresas aos programas.