Roberto Moreira

Categoria: Infraestrutura


05:49 · 04.12.2018 / atualizado às 05:49 · 04.12.2018 por

O Brasil possui 2.796 obras paralisadas. Os dados são do estudo Grandes obras paradas: como enfrentar o problema, feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Desse total, 517 são referentes ao setor de infraestrutura e já custaram 10 bilhões e 700 mil reais. Entre as principais razões para a interrupção de obras estão problemas técnicos, abandono pelas empresas e dificuldades orçamentárias/financeiras.

Para evitar que situações de paralisações continuem acontecendo pelo Brasil, tramita no Congresso Nacional o Projeto de Lei 6814 de 2017. O PL em questão pretende regular a alienação e a concessão de direito real de uso de bens; compras, locações, concessões e permissões de uso de bens públicos e prestação de serviços.

Para o deputado federal Edmar Arruda (PSD-PR) a aprovação da lei de licitações garantirá mais qualidade nas entregas e evitará a paralisação de obras pelo país.

“No caso das obras de engenharia, está havendo um avanço grande que é incluindo o seguro de uma forma facultativa para obras de até R$ 200 milhões e acima de R$ 200 milhões passa a ser obrigatório o seguro. Isso faz com que a gente vá diminuir o número de obras paralisadas e não entregues. Além disso, nós estamos fazendo uma lei onde o próprio poder público tenha que ter a previsão orçamentária e financeira, para que na hora que ele contrate uma obra, ele tenha os recursos e não deixe de pagar a empresa, e com isso também a obra sofrer paralisação.”

O texto do projeto de lei é de autoria do Senado Federal e foi apensado a outro PL, o 1292 de 1995. Atualmente a matéria aguarda para ser discutida na comissão especial da Câmara que trata do tema.

Se aprovada pelos deputados, a matéria segue para votação no Senado. Caso os senadores aprovem a medida sem alteração no texto, ela é enviada para sanção presidencial.

Se o projeto em questão for de fato aprovado, as obras orçadas acima de R$ 100 milhões teriam a obrigatoriedade de contratar um seguro de 30% do valor estipulado na licitação. No caso das demais obras, serviços e fornecimentos de bens, o seguro seria de 20%.

08:57 · 22.11.2018 / atualizado às 08:58 · 22.11.2018 por

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) aprovou o projeto de lei que torna obrigatória a instalação de sistemas de aproveitamento de água da chuva na construção de prédios públicos de propriedade da União. Além disso, o texto também impõe a instalação de telhados verdes, que contam com a aplicação de uma vegetação sobre a laje.

Segundo o autor do projeto de lei, senador Wilder Morais, a água captada das chuvas vai para descargas em vasos sanitários, irrigação de gramados e plantas ornamentais, limpeza de pisos e pavimentos, além de espelhos d’água.

“O nosso projeto visa aquilo que em muitos da iniciativa privada, muitos dos condomínios já utilizam. Que a gente possa ter um reservatório para várias atividades, tanto para jardim, para limpeza, para várias atividades.”

De acordo com o senador, é preciso mais ações de controle como esta para contribuir com o equilíbrio hidrológico e que minimizem os impactos da urbanização.

Já a professora Conceição de Maria Albuquerque Alves, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da UnB, acredita que este tipo de decisão não necessariamente vai ser acertada em toda e qualquer situação, pois existem prédios da União tanto no Distrito Federal, onde há períodos de estiagem, sem chuva, como em várias localidades do país.

“Quanto mais longo for este período de estiagem entre uma chuva e outra, mais problemático vai ser o dimensionamento do reservatório. Ele vai ter que ser maior para poder aguentar ou segurar vários dias de uso daquela água sem nenhuma chuva nova. Então eu não acho que seja algo a ser indicado por meio de um projeto de lei. Determinar amplamente a adoção sem esta análise, a gente tem que enxergar com uma certa dúvida.”

O projeto de lei, que foi aprovado na Comissão de Serviços de Infraestrutura, ainda vai ser analisado pelo Plenário do Senado.

16:24 · 13.03.2017 / atualizado às 16:24 · 13.03.2017 por

O entorno da Lagoa da Prejubaca, que permeia o centro da cidade São Gonçalo do Amarante, está com obras de requalificação. A primeira etapa das obras prevê melhorias de infraestrutura, com pavimentação, padronização de calçamento, duplicação da via de acesso, além de espaços com acessibilidade, bancos e áreas de lazer arborizadas.

Ao final do ano passado, o Prefeito Claudio Pinho esteve em Brasília para garantir recursos, conseguindo mais de 3 milhões para o projeto. Coube à Prefeitura um investimento de R$ 130.000,00. As obras contarão com mais de  20.293,83m² reformados no espaço do entorno e a área viária local.

 

06:08 · 07.02.2017 / atualizado às 22:13 · 06.02.2017 por
YouTube Preview Image

O dep Ely Aguiar foi convidado pessoalmente pelo governador Camilo Santana para um almoço na residência oficial, neste último final de semana.

Os dois conversaram sobre o projeto N. S. de Fátima, na cidade do Crato, idealizado pelo deputado Ely que agora conta também com o apoio da prefeitura do crato.

Os trabalhos de infraestrutura no entorno do monumento religioso, um dos maiores do mundo, com 53 metros de altura, estão adiantados. Camilo aposta da ideia junto com Ely e Zé Ailton Brasil, para incrementar o turismo religioso no Cariri, para gerar emprego e renda.

Camilo também quer o apoio de Ely, caso seja candidato à reeleição ao governo do Estado, os dois já estão se entendendo muito bem.

05:32 · 30.01.2017 / atualizado às 05:32 · 30.01.2017 por

Cláudio nelson 1

O ex-secretário da Regional II da prefeitura de Fortaleza, Cláudio Nelson Brandão l, foi convocado pelo prefeito Bismarck Maia para assumir o comando da secretaria de infraestrutura de Aracati. O anúncio será feito hoje, mas o blog antecipa.

Cláudio Nelson tem afinidade com o secretário de infraestrutura do estado Lúcio Gomes que assume o cargo dia primeiro de fevereiro.

05:46 · 18.01.2017 / atualizado às 05:46 · 18.01.2017 por

A Secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte, está realizando um plano de ação para conter os transtornos causados pelas chuvas e informa que já estão sendo tomadas as providências necessárias. Visitas acontecem nas áreas atingidas. Até o momento não houve informação de deslizamentos de terra, bem como de pessoas desalojadas. No que diz respeito ao alagamento na via que dá acesso ao aeroporto, será construída, em breve, uma ponte para sanar os problemas daquela localidade.

O Secretário interino da Secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte, Luiz Ivan Bezerra, informou, quanto ao problema, que a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Serviços Públicos deu início, essa semana, a um novo plano de trabalho, onde aborda a execução de capinação das ruas, limpeza dos esgotos, além de uma operação tapa-buracos nos bairros da cidade, que demandam maior atenção. Está sendo feito, também, um mutirão de limpeza geral nos terrenos baldios de Juazeiro do Norte.

07:09 · 11.01.2017 / atualizado às 07:09 · 11.01.2017 por

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, esteve visitando um dos principais pontos de referência do Município e do Cariri, a Praça Padre Cícero, na última sexta-feira. Uma das ações de seu governo será promover a revitalização da praça e do entorno, para tornar o espaço um dos centros de visitação mais atrativos da cidade. Vários aspectos estão sendo estudados, com essa finalidade.

Segundo o Prefeito, não somente a praça receberá melhorias, mas outros espaços, a exemplo de áreas no Novo Juazeiro e entorno do Centro de Apoio aos Romeiros serão revitalizados. O projeto de resgate da originalidade da praça será trabalhado, no intuito de manter a área agradável para visitação, conforme o Chefe do Executivo. “Vamos trazer a nostalgia dos anos 60 e colocar no entorno da praça Padre Cícero uma pavimentação, com pisos intertravados, para ficar mais bonita e mais ecológico”, explica.

Os trajetos da rua São Francisco para rua Padre Cícero, e da São Pedro, Padre Cícero, São José e Santa Rosa, aproveitando a área do terminal rodoviário, serão aproveitados para a construção de um passeio, com projeto paisagístico, aos moldes de um ‘boulevard’, incluindo arborização das vias. A ideia é que essas áreas se tornem atrativas e de lazer para a região e visitantes do Nordeste e do Brasil. “Precisamos proporcionar a Juazeiro do Norte um espaço familiar e uma convivência mais fraterna, dando, portanto, alegria a todos nós”, completa.

10:27 · 15.11.2016 / atualizado às 10:27 · 15.11.2016 por

Zezinho 15

O Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque,  conseguiu a liberação e construção da estrada que liga Massapê ao Distrito de Ipaguassu Mirim, ainda no Governo Cid Gomes.
Agora, o deputado conseguiu  junto ao Governado Camilo Santana (PT) a conclusão da obra que ligará o Mirim ao município de Santana do Acaraú, sonho antigo de todos daquela Região.
O Presidente da Assembleia recebeu o prefeito eleito de Santana do Acaraú, Marcelo Arcanjo, em audiência na AL, para comunicar a realização da obra que vai beneficiar Santana do Acaraú.
17:59 · 14.11.2016 / atualizado às 18:00 · 14.11.2016 por

Na última semana foi realizada missão técnica no Cariri entre o Governo do Ceará, através da Secretaria das Cidades, e representantes do Banco Mundial, que durante três dias, visitaram obras recém concluídas e em conclusão para avaliar o andamento e as intervenções realizadas na região.

A missão foi comandada pelo titular da pasta, Lúcio Gomes, acompanhada por autoridades da Região e representantes do Banco.

A Avenida do Contorno tem 5,16 km de extensão, a intervenção contempla a construção de vias e dois viadutos (um deles, pelo qual passará por baixo o Metrô do Cariri, será o viaduto mais alto do Ceará com 9 metros de altura).

O trecho II, que possui 2,8 km de extensão e o trecho III tem extensão de 2,36 km, as obras estão com 76% de execução. A 1ª etapa está concluída e contempla 3,4 km de malha viária em pista dupla, indo do município de Caririaçu até a ponte do Rio Salgadinho. O valor total do investimento da SCidades nas duas etapas é de R$ 48,8 milhões.

No Crato, no bairro Seminário, foram beneficiadas mais de 12.500 pessoas através de um investimento total de R$ 51,7 milhões.

As obras de urbanização foram executadas através do Projeto Cidades do Ceará – Cariri Central, da Secretaria das Cidades. Dividido inicialmente em duas etapas, a obra contemplou 14,3 hectares com serviços de contenção da encosta, terraplanagem, recomposição da vegetação, 16km de drenagem e esgotamento sanitário.

No bairro, ainda pelo projeto, também foi construída uma via paisagística com extensão de 1,2km, iluminação adequada, paisagismo, passeios acessíveis, sinalização e espaços de contemplação da paisagem, de lazer e atividades esportivas.

06:02 · 10.11.2016 / atualizado às 06:02 · 10.11.2016 por

IMG_2602
O deputado federal Danilo Forte esteve em audiência, em Brasília, com o ministro do Esporte Leonardo Picciani para tratar do repasse de recursos necessários à conclusão da Praça da Juventude em Itapajé.

Essa é uma empreitada permanente do parlamentar, que dedica esforços na busca de verbas para investimentos de infraestruturas esportivas que, a exemplo da praça, tem como objetivo democratizar o acesso ao esporte e ao lazer.
“Investir no esporte é investir na saúde. A Praça da Juventude irá garantir à população o acesso gratuito às práticas esportivas, além de utilizar o esporte e o lazer como recursos para implementar a qualidade de vida e a promoção do desenvolvimento humano em todos os segmentos sociais”, disse Danilo.

Na oportunidade, o ministro Picciani prometeu ainda entregar o recurso necessário a construção de uma “areninha” para atender a prática de futebol no bairro de Ferros, na entrada da cidade.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Jornalista com mais de 40 anos de atuação acompanha de lupa os movimentos da classe política. Crítico, ácido e atuante, o blog leva ao leitor fatos reais.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags