Roberto Moreira

Categoria: Relações Exteriores


08:44 · 15.11.2018 / atualizado às 08:45 · 15.11.2018 por

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (14), pelas redes sociais, que o diplomata Ernesto Araújo será o novo ministro das Relações Exteriores.

No Twitter, Bolsonaro escreveu que Araújo é diplomata de carreira há 29 anos e um “brilhante intelectual”. Em entrevista coletiva, o presidente eleito afirmou que a escolha foi feita para incrementar os negócios no mundo todo.

Vale lembrar que, durante toda a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro repetiu inúmeras vezes que buscaria manter relações com outros países “sem viés ideológico”.

Ao lado de Bolsonaro, em Brasília, Ernesto Araújo declarou a jornalistas que à frente do Itamaraty fará uma política “efetiva em função do interesse nacional”, tornando o Brasil um país “próspero” e “feliz”. O diplomata é o sétimo nome já confirmado pelo presidente eleito.

Além de Ernesto Araújo nas Relações Exteriores, o futuro governo já anunciou o economista Paulo Guedes para o ministério da Economia; o astronauta Marcos Pontes para o ministério da Ciência e Tecnologia, além da deputada Tereza Cristina para a Agricultura. O juiz Sérgio Moro ocupará o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública; o general Augusto Heleno será o ministro da Segurança Institucional, enquanto a Defesa ficará sob o comando do general Fernando Azevedo e Silva.

08:40 · 12.03.2017 / atualizado às 08:40 · 12.03.2017 por

O Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana vai viajar entre os dia 19 e 24 de março para a Holanda. Ele vai participar do evento empresarial Brazil Network Day, organizado pela Embaixada Brasileira em Haia, da assinatura do Memorando de Entendimento – MoU entre o Porto do Pecém e o Porto de Roterdã.

Camilo Santana colocou o Porto do Pecém entre os equipamentos públicos que podem ser privatizados. O Pecém terá grandes receitas a partir da CSP e da ZPE.

11:15 · 03.03.2017 / atualizado às 11:15 · 03.03.2017 por
O presidente Temer nomeou  o líder do governo no Senado Federal, senador Aloysio Nunes Ferreira, para o ministério das Relações Exteriores. Temer resolveu dois problemas: põe um tucano no Itamaraty e abre uma vaga de líder que pode ser um tucano mais próximo ao Planalto.
O senador Aécio Neves esteve reunido com o presidente Michel Temer duas vezes para tratar do assunto. Aécio quer os dois cargos para o PSDB.
 
08:35 · 19.01.2017 / atualizado às 08:35 · 19.01.2017 por

IMG_4454
No terceiro dia de missão oficial no Oriente Médio, o governador Camilo Santana visitou nesta quarta-feira, em Dubai, nos Emirados Árabes, a maior usina de dessalinização do planeta. Construída pela empresa italiana Fisia Italimpianti e operada pela Dubai Electricity and Water Authority, a planta tem capacidade de produção de 636.400 m3/dia e possui oito unidades de dessalinização integradas, além de uma de mineralização.

“A dessalinização é uma das alternativas que temos buscado para amenizar o problema da seca, além de todas as ações que realizamos nos últimos anos em todo o estado”, citou o governador Camilo Santana, que estava acompanhado do assessor especial para Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann.

Durante a visita à usina, o gerente regional da empresa italiana, Ângelo Rivino, afirmou à comitiva cearense que a Fisia Italimpianti tem interesse em investir no Ceará não apenas no planejamento e na construção de uma planta, mas também em sua operação. Os representantes da companhia devem visitar o estado nos próximos meses para conhecer possíveis locais para a instalação da planta de dessalinização.

Chuvas

Em evento realizado nesta quarta-feira, no Palácio da Abolição, o Governo do Ceará divulgou, por meio da Funceme, o prognóstico para a quadra chuvosa de 2017. Depois de cinco anos de seca, a probabilidade de chuvas dentro da média histórica é de 40% para os meses de fevereiro, março e abril – 30% acima e 30% abaixo da média.

Apenas em 2016, o governo Camilo Santana investiu mais de R$ 400 milhões em ações relacionadas à segurança hídrica, mesmo dentro de um cenário de crise econômica enfrentado por todo o país. “Vamos continuar com a implementação de ações tanto de gestão da oferta e da demanda, como de ampliação da infraestrutura hídrica para buscar novas fontes, e é lógico, acelerar essas ações. O Governo do Estado tem feito todos os esforços para viabilizar essas ações”, disse o secretario dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira.

Oriente Médio

Desde o início da semana, o governador cumpre agendas no Oriente Médio para atrair investidores ao Ceará. Na segunda-feira, Camilo Santana apresentou em Omã, na Ásia, as oportunidades de investimento no estado por meio do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e Plano de Concessões. Na terça-feira, o governador discutiu com investidores do Irã a instalação de uma refinaria no Ceará.

05:51 · 18.01.2017 / atualizado às 05:52 · 18.01.2017 por

IMG_4434

O governador Camilo Santana se reuniu nesta terça-feira (17), no segundo dia de missão oficial no Oriente Médio, com investidores do Irã para debater a instalação da refinaria no Ceará. O encontro contou com a presença do vice-ministro do Petróleo, Abbas Kazemi, que também é presidente da National Iranian Oil Refining and Distribuition Company (NIORDC).

Também nesta terça-feira, a comitiva cearense se reuniu com o embaixador do Brasil no Irã, Rodrigo de Azeredo.

13:16 · 07.12.2016 / atualizado às 13:16 · 07.12.2016 por

IMG_3430

Por iniciativa do deputado federal, André Figueiredo (PDT/CE), o embaixador da delegação da União Europeia (UE) no Brasil, João Cravinho, reuniu-se ontem (6), em Brasília, com membros da Comissão Especial sobre Tratamento e Proteção de Dados Pessoais da Câmara. O encontro buscou estabelecer um canal de diálogo entre o bloco europeu e o Brasil para que a experiência europeia possa servir como exemplo sobre o tema. Uma segunda reunião acontecerá ainda nesta semana com representantes do parlamento europeu.

O parlamentar cearense afirmou que “a União Europeia será um parceiro no aprendizado e construção de uma Lei moderna que tenha como objetivo proteger esses dados”. A presidente e o relator da Comissão, deputados Bruna Furlan (PSDB/SP) e Orlando Silva (PCdoB/SP), respetivamente, também participaram do debate.

O diretor-Geral de Comunicação, Conteúdo e Tecnologia da delegação, Carlos Oliveira, explicou que uma Lei de Proteção de Dados precisa levar em conta noções como confidencialidade, segurança e uma forma segura de notificações quando incidentes virtuais comprometem a guarda dos dados. Segundo ele, as noções tradicionais de territorialidade perderam o sentido uma vez que não é mais possível saber onde estão os dados. “É necessário assegurar a proteção das pessoas e desenvolver uma análise das condições reais e técnicas para implementar este tipo de direitos”, explicou.

Além disso, André Figueiredo, que é o vice-presidente da Comissão, presidiu ontem (6) a Audiência Pública, na mesma Comissão, com o professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e especialista em proteção de dados pessoais Danilo Doneda; a coordenadora de Análise e Orientação Técnica em Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, Dim Michelle Ferreira Rodrigues e a coordenadora do Grupo de Trabalho de Proteção de Dados da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), Ana Paula Bialer.

Projeto

O PL 4060/12 dispõe sobre o tratamento de dados pessoais e os requisitos a serem observados para reduzir o risco de destruição, perda e acesso não autorizado desses dados. O texto é de autoria do deputado Milton Monti (PR-SP), ao qual foi apensado a proposta do Poder Executivo. Ele contempla a garantia do direito à proteção dos dados pessoais e prevê a existência de um órgão competente para a fiscalização e regulação, de forma a tornar efetiva uma política pública de proteção de dados pessoais.

17:25 · 14.11.2016 / atualizado às 17:55 · 14.11.2016 por

IMG_2740

O governador Camilo Santana assinou nesta segunda-feira (14), em Guangzhou, na China, um Memorando de Entendimento (MOU – Memorandum of Understanding) com a multinacional de petróleo Guangdong Zhenrong Energy para realização de estudo sobre o projeto da refinaria do Ceará. O empreendimento no estado está incluído dentro de um acordo Brasil-China, assinado no ano passado, e deverá ser financiado por bancos chineses.

“Esse é um passo importante para viabilizarmos a refinaria em nosso estado. O empreendimento, que estará dentro da nossa Zona de Processamento de Exportação, deverá gerar pelo menos 10 mil empregos na fase de construção e 8 mil postos permanentes entre diretos e indiretos”, citou o governador Camilo Santana, que está na China acompanhado dos secretários Antônio Balhmann (Assuntos Internacionais) e André Facó (Infraestrutura).

A assinatura do Memorando de Entendimento contou, ainda, com a participação da empresa petroquímica Qingdao Xinyutian Petroquímical, fechando a cadeia produtiva de combustíveis e produtos químicos derivados do petróleo. Se concretizada, a previsão é de que a unidade de refino produza até 300.000 barris/dia, com investimento de 4 bilhões de dólares.

Perspectivas

Segundo o governador Camilo Santana, o Ceará tem atrativos importantes para captar investidores chineses, como a localização geográfica e a ZPE. “A China hoje tem muito interesse em investir no País, em especial no Ceará. Os chineses estão impressionados com o nosso estado, pela estrutura que disponibilizamos, a localização e, principalmente, por conta da Zona de Processamento de Exportação. Isso abre muitas perspectivas de novos negócios para o estado”, citou Camilo.

Ásia

Nesta terça-feira, o governador Camilo Santana visitará uma empresa automotiva na província de Fujian, na China. Na quarta e quinta-feira, as agendas serão em Incheon e Seul, na Coreia do Sul, onde a comitiva cearense visitará empresas principalmente do setor de gás.

 

05:48 · 10.11.2016 / atualizado às 05:48 · 10.11.2016 por

IMG_2600

Pesquisadores da Universidade de Harvard visitaram, nesta quarta-feira (9), o Gabinete da Primeira-Dama, para conhecer o Programa Mais Infância Ceará, voltado para o desenvolvimento infantil. A primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana, apresentou as principais ações do programa para os representantes do Centro de Desenvolvimento Infantil da Universidade de Harvard, o diretor de Programas Internacionais e Conhecimento Compartilhado, James Cairns, e a gerente de Projetos Sênior, Priscila Pumarada.

Para a primeira-dama, receber a visita de professores e pesquisadores de Harvard para conhecer o programa foi muito importante. “Eles vieram aqui conhecer, perguntar e acompanhar a execução do programa. Eu fico muito feliz em recebê-los e saber que o programa está tendo um sucesso não só estadual, mas de referência no Brasil e até, com essa visita, com a esperança de ser referência internacional. A gente fica feliz de saber que a gente está trabalhando e que o caminho é esse. Estamos no caminho certo!”, ressaltou Onélia.

Segundo o professor James Cairns, o Programa Mais Infância Ceará é uma importante iniciativa. “Envolve todo nosso conhecimento no processo do desenvolvimento infantil. É uma combinação de aprendizado, crescimento, saúde e o brincar. É uma combinação perfeita que une todos os setores para dar suporte às famílias e às crianças para que eles possam crescer juntos. É um programa maravilhoso e eu desejo a todos muito sucesso”, destacou.

A comitiva visitou ainda o Espaço Mais Infância Ceará, equipamento que oferece atividades de arte, cultura, lazer, saúde e educação. O espaço é composto por cinco ambientes temáticos para a realização de atividades lúdicas, que possibilitam o desenvolvimento da criança de forma integrada. O funcionamento é de responsabilidade do Governo do Ceará e do Serviço Social do Comércio Ceará (Sesc/CE).

Também estiveram na visita a representante da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e do Núcleo Ciência pela Infância, Mara Paulini Machado; a pró-reitora de Extensão da Universidade Federal do Ceará, Márcia Machado; a superintendente do Instituto da Infância (Ifan), Luzia Laffite; e a assessora do Programa Mais Infância Ceará, Dagmar Soares.

12:00 · 09.11.2016 / atualizado às 12:00 · 09.11.2016 por

Brasília, 9 de novembro de 2016

A Sua Excelência o Senhor

Donald J. Trump

Presidente eleito dos Estados Unidos da América
Senhor presidente eleito,
Felicito-o pela eleição para Presidente dos Estados Unidos.

O Brasil e os Estados Unidos são duas grandes democracias que compartilham valores e mantêm, historicamente, fortes relações nos mais diferentes domínios. Estou certo de que trabalharemos, juntos, para estreitar ainda mais os laços de amizade e cooperação que unem nossos povos.
Desejo-lhe pleno êxito no governo dos Estados Unidos

Michel Temer

Presidente da República Federativa do Brasil

06:00 · 08.09.2016 / atualizado às 19:25 · 07.09.2016 por

image

O secretário de Assuntos Internacionais do Governo do Estado do Ceará, Antonio Balhmann, representando o governador Camilo Santana, assinou nesta quarta-feira, 07, em Fujian (China), um acordo com o vice-governador da província, Huang Qiyu. Com a assinatura do protocolo foi criada a Comissão Mista de Cooperação e Desenvolvimento entre o Estado do Ceará e a Província de Fujian.

O ato de criação da Comissão Mista foi assinado ainda pelo secretário do Governo Provincial, Liu Lin; pelo diretor do Escritório dos Assuntos Externos de Fujian, Wang Tianming e pelo diretor do Departamento de Comércio de Fujian, Chen Shaohe. O protocolo reaquece as relações entre os dois entes, principalmente em áreas como turismo, educação, econômica e comercial. A diretoria executiva da ZPE Ceará também acompanhou a solenidade de assinatura do acordo.

Segundo o vice-governador de Fujian, Huang Qiyu, o governo chinês acredita no potencial do Ceará, principalmente por ser o único Estado brasileiro com uma zona de processamento de exportação em plena operação. “Em 2001, o Estado do Ceará e a Província de Fujian assinaram um acordo de relacionamento amigável. Com esse novo acordo de cooperação, esperamos que as empresas brasileiras, principalmente as cearenses, invistam em Fujian e vice-versa”, comenta.

De acordo com Balhmann, é preciso manter viva e atuante essa relação entre o Ceará e a Província de Fujian, mas de forma prática. “Já conversamos com empresários de determinados setores no Brasil e eles vão para dentro da ZPE Ceará para dinamizar suas atividades. São empresas que já exportam para a China e que agora poderão ampliar seus negócios por meio deste acordo com Fujian.

Balhmann lembra que Fujian é uma das províncias chinesas que possui mais experiência com zona de livre comércio. “Essas zonas começaram pela Província de Fujian ainda na década de 90”, ressalta. Conforme Balhmann, a existência do acordo garante às empresas cearenses instaladas na ZPE Ceará ou fora dela condições especiais para operacionalizar e ampliar os seus negócios na China.

CANAL DO PANAMÁ

Balhmann lembra que as mudanças que estão ocorrendo na logística entre Fujian e o Ceará favorecerá ainda mais o acordo firmado entre os dois estados. Ele destaca como exemplo a ampliação do Canal do Panamá, cuja rota permite agora a passagem de grandes navios com até 14 mil contêineres. Antes, o máximo eram 4.400 contêineres. “Há todo um cenário que favorece a gente ter um acordo muito produtivo, que irá muito além da área comercial”, explica.

Além da ampliação do Canal do Panamá, Balhmann destaca o termo de cooperação já assinado entre as companhias aéreas Hainan Airlines e Azul Linhas Aérea para voos entre o Ceará e Pequim via Lisboa. O principal objetivo do acordo é encurtar o tempo de viagem entre os dois locais. Com o acordo, a viagem para a China passará a ser realizada com apenas uma escala, que será feita na capital portuguesa.

COMPOSIÇÃO

A comissão de cooperação terá como membros o Escritório dos Assuntos Externos e os Departamentos de Educação, Comércio e o de Administração de Turismo de Fujian. Já pelo Estado do Ceará, vão integrar a Comissão: a Assessoria de Assuntos Internacionais e as Secretarias do Desenvolvimento Econômico, de Educação e do Turismo. Em princípio, a Comissão se reunirá a cada dois anos de forma rotativa, ou seja, uma vez na Província de Fujian e outra no Estado do Ceará.

Na área cultural, a ideia é promover o intercâmbio de recursos humanos entre os dois estados, abrindo espaço em universidades cearenses e de Fujian para que estudantes possam aprender a língua e a cultura local. O acordo prevê ainda o estabelecimento de relações de amizade de escolas secundárias de Fujian e do Estado do Ceará, visando realizar um modelo cooperativo na educação.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Blog de jornalismo da TV Diário. (www.tv.diario.tv.br). Telejornalismo: (85) 3266.9212

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags