Roberto Moreira

Categoria: Religião


08:43 · 19.04.2019 / atualizado às 08:43 · 19.04.2019 por

Nos dias 18 e 19 de abril, às 19h, acontece a 45ª Paixão de Cristo de Pacatuba. O evento é o maior espetáculo religioso a céu aberto do Ceará e o segundo do Nordeste. A lei nº 15.846, de 04 de setembro de 2015 reconhece Pacatuba como a capital da encenação da Paixão de Cristo do Ceará. Já a lei 16.338, de 13 de setembro de 2017, inclui o espetáculo no calendário oficial de eventos do Estado. Para assistir na arquibancada, o público pode doar uma lata de leite. Já no camarote, duas latas. As doações são repassadas para a Secretaria de Assistência Social de Pacatuba, em seguida, encaminhadas para as famílias cadastradas no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

No período da Semana Santa, a cidade recebe mais 20 mil pessoas durante as duas noites de apresentação, gerando impacto na cultura, no turismo e na economia. São aproximadamente 200 pessoas participando do elenco, quase todos do município. Uma grande estrutura é montada, contemplando arquibancadas, camarotes e cadeiras para receber o público. Do lado de fora, na Praça da Matriz, há uma feira de artesanato local, stands institucionais com ações realizadas pela Prefeitura de Pacatuba e uma praça de alimentação. Tudo, em sua maioria, composto por comerciantes locais.

Com 45 anos de realização, o espetáculo prepara para 2019 muitas novidades, entre elas, a participação da banda municipal Valter da Costa Carmo na trilha sonora, ao vivo. “Aproveitamos os talentos da música do município para participarem como parte da trilha sonora do espetáculo”, explica o secretário de cultura Rosteny Cabral. A Paixão de Cristo de Pacatuba é uma tradição, aguardado por todos. “Pacatuba fica bastante movimentada pelos moradores, visitantes e turistas. Estamos acrescentando mais dois telões na área externa, para todos assistirem”, informa o secretário adjunto Raimundinho Costa. A festividade tem o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Pacatuba, através da Secretaria Municipal de Cultura.

 

08:35 · 19.04.2019 / atualizado às 08:35 · 19.04.2019 por
A temporada de 2019 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém (PE) começou no dia 13 de abril e segue até este sábado (20). Os espetáculos começam sempre às 18h e a abertura dos portões às 16h. Uma cidade de 100 mil metros quadrados abriga as encenações. São nove palcos-plateias que reproduzem cenários naturais, arruados e palácios além do Templo de Jerusalém. A Paixão de Nova Jerusalém também é conhecida nacionalmente pela participação de atores famosos. O espetáculo teve sua origem nas encenações do Drama do Calvário, realizadas nas ruas da vila de Fazenda Nova, Pernambuco, no período de 1951 a 1962. A iniciativa foi do patriarca da família Mendonça, o comerciante e líder político local Epaminondas Mendonça. A ideia de construir um teatro que fosse como que uma pequena réplica da cidade de Jerusalém para que nela ocorressem as encenações da Paixão foi de Plínio Pacheco, que chegou a Fazenda Nova em 1956. Mas o plano só veio a se concretizar em 1968, quando foi realizado o primeiro espetáculo na cidade teatro de Nova Jerusalém.
ATENÇÃO: Os espetáculos são patrocinados por várias empresas. As entradas custam R$120 (inteira) e R$60 (meia).
07:11 · 17.04.2019 / atualizado às 07:11 · 17.04.2019 por

A Prefeitura de Eusébio, através da Secretaria e Cultura e Turismo, realiza nesta quinta (18) e sexta-feira (19) a Paixão de Cristo 2019. A cidade cenográfica Eusebelém, que abrigará o espetáculo, com seus oito palcos fixos, ganhou uma nova roupagem e a estrutura cresceu para atender, somente na arena, cerca de 4 mil pessoas sentadas. Mas no entorno do Núcleo de Artes Educação e Cultura, estarão disponibilizadas mais duas mil cadeiras e telões de Led para ninguém perder nenhuma cena.

O espetáculo, um dos maiores do Nordeste, com duração de 2h10min está dividido em 42 cenas, onde 536 atores e bailarinos contracenam ao som de uma Big Band, que terá a participação de 20 músicos, quatro cantores principais e 12 de cantores do canto coral. A Big Band une banda de conjunto, cantores e metais (trompetes, trombones, saxofones), uma espécie de banda sinfônica de menor porte, que executará músicas dentro do espetáculo de acordo com o momento cênico, dando assim mais brilho a performance como o todo.

A Paixão de Cristo 2019 traz muitas novidades,com relação as edições anteriores. Além de novo enredo, novos atores, novos efeitos especiais, o espetáculo a cada ano se renova ao contar uma das histórias mais conhecidas da humanidade de uma forma diferente. O diretor da encenação, Tarcísio Christianne destaca que essa reinvenção anual mantém o espetáculo vivo ao mostrar de vários ângulos a história do Salvador.

Para este ano, a história inicia pelo fim, isto é, nos três dias em que Jesus é preso, açoitado ecrucificado. Os chamados ‘dias de silêncio’. “Esse é um momento crucial, onde os apóstolos temem sair e anunciar o Cristo e ao mesmo tempo temem ficar calados e serem chamados de falsos profetas. As duas opções poderiam leva-los à morte. A própria Maria que acompanhou Jesus com os apóstolos se perguntava a razão do comodismo, depois de tudo que ouviram e presenciaram de seu filho”, diz Tarcísio.

Segundo o diretor, neste momento, a mãe de Deus tem um flashback da Anunciação, Nascimento, Visita dos Três Reis Magos, como se estivesse “rebobinando o filme”. O diretor ressalta que a utilização das “lembranças” é uma forma de contar a história que prende a atenção do expectador. As cenas mais conhecidas e aplaudidas pelo público nos anos anteriores, como dança das bailarinas no Palácio de Herodes, Morte de João Batista, enforcamento de Judas e a Tentação no Deserto são preservadas, apesar de encurtadas.

“Queremos levar o público a penetrar naquela época e vivenciar o momento. O impacto maior é no sentimento de quem percebe que Jesus não era apenas um homem bonzinho, mas que veio quebrar arestas e romper com a dureza de uma lei sem amor e sem perdão,” filosofa.

Tarcísio deixa um mistério no ar com relação a um dos pontos fortes da apresentação, que são os efeitos especiais, “Teremos grandes efeitos, mas os que estão gerando maior expectativa são as cenas da Tentação do Deserto e o final da encenação, quando o Céu se abre para a corte celestial, trazendo para todos um gran finale e a esperança de que sua morte nos deu vida!”, conclui.

09:52 · 04.02.2019 / atualizado às 09:52 · 04.02.2019 por

A Romaria em louvor à Nossa Senhora das Candeias foi encerrada último sábado, 02 de fevereiro, em Juazeiro do Norte. A Procissão contou com cerca de 40 mil pessoas. O Prefeito Arnon Bezerra, em mais um ano, acompanhou todo o cortejo. Seguindo a tradição, ele percorreu todas as ruas e com um candeeiro aceso, prestou louvores à santa. O Prefeito esteve acompanhado do Deputado Federal recém-empossado, Pedro Bezerra, secretários municipais, vereadores e assessores.

O Chefe do Executivo destacou a importância do fortalecimento das ações da municipalidade a cada ano, no intuito de melhor atender aos romeiros. Para isso, tem determinado o trabalho integrado das secretarias municipais, possibilitando mais organização e melhor infraestrutura de serviços.

A festa teve uma missa de encerramento, no lago do Socorro, celebrada pelo bispo Diocesano, dom Gilberto Pastana, com a presença de padres das diversas paróquias de Juazeiro do Norte. Na ocasião, o Padre Cícero José, da Basílica de Nossa Senhora das Dores, destacou o trabalho de atendimento desenvolvido pela administração durante o período de romaria na cidade.

Foram cinco dias de programação dedicada aos romeiros que visitam Juazeiro do Norte. Para recepcionar esses visitantes, a Prefeitura de Juazeiro do Norte, sob coordenação da Secretaria de Turismo e Romaria (Setur) desenvolveu uma série de ações integradas com outras Secretarias Municipais, com o objetivo de oferecer conforto e bem-estar aos quase 300 mil romeiros que visitaram a cidade.

09:13 · 29.01.2019 / atualizado às 09:13 · 29.01.2019 por

Romaria de Nossa Senhora das Candeias tem seu início oficial nesta terça-feira, 29 e a Secretaria de Turismo e Romarias (Setur) tem coordenado o plano de ações para o receptivo dos romeiros que visitarão Juazeiro do Norte até o próximo 02 de fevereiro, dia em que se homenageia a referida Santa.

A Prefeitura de Juazeiro do Norte irá atuar com ações integradas de diversas Secretarias que compõem a Administração Municipal, com ações de fiscalização voltadas para o Trânsito e a Segurança Pública, através do Demutran e da Guarda Municipal, além de oferecer serviços de saúde, educação e orientações na área social. A Secretaria de Meio Ambiente Serviços Públicos estará durante o período, atuando com fiscalizações para o disciplinamento do comércio informal e limpeza com turnos diferenciados.

As ações educativas serão realizadas pelas Secretarias de Educação e Desenvolvimento Social e Trabalho em diversos espaços de visitação dos romeiros.

Já a Secretaria de Saúde, com a equipe da Atenção Primária, estará presente em cinco pontos de apoio à saúde, em locais estratégicos e de maior movimentação como o Centro Paroquial de Assistência ao Romeiro, ao lado da Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores; Igreja do Socorro; Igreja dos Salesianos; Igreja dos Franciscanos e Horto. Em todos eles estão sendo realizados teste de glicemia capilar e aferição da pressão arterial sistêmica. No ponto de apoio da Matriz haverá ainda consulta médica e de enfermagem, administração de medicação oral e injetável, atendimento de primeiros socorros e encaminhamento para a UPA, em caso de necessidade.

Já a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos está encarregada da organização e limpeza das principais vias de acesso aos pontos turísticos, bem como nos locais públicos de concentração de romeiros.

11:24 · 16.11.2018 / atualizado às 11:24 · 16.11.2018 por
Data foi instituída pelo Papa Francisco em 2017. Shalom mantém 90 projetos de Promoção Humana a favor dos pobres nos trinta países onde está presente.
A Comunidade Católica Shalom prepara uma manhã  especial para celebrar o segundo Dia Mundial do Pobre, atividade instituída pelo Papa Francisco e comemorada no domingo, dia 18 de novembro.
A programação acontecerá na Paróquia de Nossa Senhora do Carmo, no centro de Fortaleza, das 8h ao meio dia, tendo como público alvo os moradores em situação de rua e vulnerabilidade. “Toda a obra e comunidade Shalom devem nesse dia se reunir para  a partilha dos dons de cada irmão em vista dos pobres, ofertando serviços que possam devolver a dignidade da pessoa humana”, explica Jeovana Freitas, responsável na instituição pela Assessoria de Promoção Humana.
Na Igreja serão oferecidos os serviços de manicure, corte de cabelo ou barba, higiene bucal, além de atendimentos com assistente social, psicólogo, clínico geral, podólogo, entre outros. Os participantes terão também à disposição sacerdotes para atendimento de confissões e o serviço de oração e aconselhamento para a escuta pessoa de quem desejar. Às 11h30 será celebrada a Santa Missa, seguida de almoço.
Também acontecerão atividades artísticas, bazar e orientação jurídica com profissionais da área. “Teremos também três ‘Points de Evangelização’ acontecendo na Praça dos Leões, Praça do Ferreira e no entorno da Igreja do Sagrado Coração de Jesus. O objetivo é fazer a abordagem de nossos irmãos moradores e encaminhá-los para as atividades na Paróquia do Carmo”, pontua Jeovana.
Shalom e os pobres
O cuidado dos pobres está na gênese da fundação da Comunidade Católica Shalom. Atualmente, a comunidade que nasceu em Fortaleza e hoje está presente em trinta países, mantém 90 projetos de Promoção Humana que vai visita às penitenciárias a casas de acolhida para moradores de rua, além de visita a hospitais e comunidades terapêuticas para acolhida de adictos de drogas em recuperação e expedições missionárias e de promoção humana a lugares pobres no Brasil e na África.
14:27 · 21.10.2018 / atualizado às 14:27 · 21.10.2018 por
A igreja do Ceará comemora mais uma vez o sucesso do projeto evangelizar que tem como idealizador o padre Manzotti, curitibano que espalhou e prega a fé.
No aterro, neste sábado, reuniu o maior público do evento até agora após oito edições. Veja as imagens.
YouTube Preview Image
08:49 · 05.05.2017 / atualizado às 08:49 · 05.05.2017 por

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (04/05), o projeto de lei 233/16, que inclui o dia 13 de maio, em homenagem a Nossa Senhora de Fátima, no Calendário Oficial de Eventos do Ceará.

O deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB), devoto de Nossa Senhora, é um dos autores da proposição. O dia de Nossa Senhora de Fátima já é considerado uma data célebre para os cearenses. Todos os anos, no 13 de maio, o Santuário de Fátima, em Fortaleza, realiza uma grande promissão em homenagem a Santa, que chega a reunir mais de 100 mil fiéis.

10:44 · 04.04.2017 / atualizado às 10:44 · 04.04.2017 por
Nota de esclarecimento
“Sem mérito algum de minha parte, quis o Senhor Jesus conceder-me a plenitude do sacerdócio ministerial, ungindo-me e consagrando-me como Bispo, Sucessor dos Apóstolos em sua santa Igreja.
Através deste chamado divino e desta consagração, através desta vocação, recebi o tríplice múnus de Ensinar, Santificar e Governar na Igreja do Senhor. Esta missão não é fruto de uma escolha democrática, não é mérito de pessoas capacitadas que se esforçam e fazem uma carreira e são promovidas, não é tão pouco fruto da inteligência de mentes brilhantes de alunos esforçados que passam em concursos. O que é então a vocação sacerdotal? É uma escolha divina. “Não fostes vós que me escolhestes, fui eu quem vos escolhi” –diz o Senhor. (Jo 15,17) Vocação é um mistério!
Quando Jesus fundou sua Igreja (Mt 16,18), fundou-a sobre o alicerce dos Apóstolos (Ef 2,20). Não escolheu os mais sábios, os mais inteligentes, nem mesmos os mais santos. Entre os seus numerosos discípulos e discípulas escolheu Doze Apóstolos. Escolheu aqueles que Ele quis. (Mc 3,13) Discípulo significa aluno, seguidor do Mestre. Apóstolo significa enviado, enviado pelo Mestre.
O Papa é o sucessor do Apóstolo Pedro. Os bispos são sucessores dos Apóstolos. Os Bispos foram chamados, escolhidos e consagrados para apascentar o rebanho do Senhor, para cuidar de suas ovelhas.
Quis o Senhor Jesus que o Santo Padre, o Papa Francisco, sucessor do Apóstolo São Pedro, me nomeasse como o sétimo Bispo da Diocese de Sobral por ocasião do Jubileu do seu primeiro centenário. Esta Diocese teve a graça de ter como seu primeiro pastor Dom José Tupinambá da Frota,
Grande vulto da história sobralense pastor dedicado. homem enérgico, determinado, futurista, alma santa! Este pastor compreendeu logo que a missão do bispo não era somente salvar almas para o céu, mas era cuidar da vida integral das ovelhas do Senhor. Dom José preocupou-se com a vida espiritual e corporal dos seus diocesanos, particularmente dos mais pobres. Criou inúmeras obras, entre elas a Santa Casa de Misericórdia a serviço dos enfermos e o Abrigo Sagrado Coração de Jesus a serviço dos idosos.
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral, ao longo de sua história de prestação de serviço à sociedade, missão esta, diga-se de passagem, não específica da Igreja, mas dever do Estado, prestou e presta, ao longo dos seus 92 anos de existência uma contribuição relevante e inigualável à população de toda a Região Norte do Estado do Ceará. Este serviço é reconhecido pelo povo e pelos poderes constituídos ao longo dos anos.
Como todas as Santas Casas de Misericórdia, erguidas pela Igreja Católica neste Brasil afora que ainda teimam em existir, a Santa Casa de Misericórdia de Sobral enfrentou e continua a enfrentar profunda crise financeira para sobreviver e só sobrevive porque é verdadeiramente Santa Casa e de Misericórdia!
Para sua sobrevivência, a SCMS teve que criar anexos particulares com o objetivo de subsidiar financeiramente suas dívidas que crescem como bolas de neve, devido, sobretudo, à falta de repasse de recursos do poder público que obriga a atender, mas não fornece verba suficiente para um serviço de qualidade. Desta forma, e com esta finalidade, com o empenho de competentes administradores, a SCMS construiu o Hospital do Coração, o Hotel Visconde, O Hospital Dom Valfrido e a Clínica Dom Odelir.
Todo este complexo tem o objetivo de subsidiar a SCMS no seu atendimento aos mais necessitados. Todo este complexo pertence à Diocese de Sobral e o Bispo Diocesano é quem administra a Diocese. Não cabe ao poder público ou a quem quer que seja causar ingerência nestas repartições, elas pertencem à Diocese de Sobral, embora por algum momento tenha parecido que determinado organismo pertencesse a determinada pessoa ou associação.
Em Relação ao Hospital do Coração, seria um pecado de omissão não reconhecermos o relevante empenho do Reverendíssimo Pe José Linhares Ponte e do ilustríssimo Dr José Klauber Roger Carneiro para a sua construção e manutenção. Este último dedicou uma vida ao Hospital, tornando-o uma referência para o Nordeste do Brasil em sua especialidade.
Ao assumir o governo da Diocese de Sobral, deparei-me com toda esta complexidade administrativa. Quis conhecer de perto o funcionamento e a administração da SCMS. Fui informado sobre as recentes crises que experimentou recentemente em sua administração e também sobre a crise financeira que continua a enfrentar. Encontrei a SCMS em Assembleia. Nesta assembleia foi apresentada a conclusão de uma auditoria que apontava pontos positivos em sua nova administração e em sua atual situação econômica. Quis que a auditoria continuasse nas filiais da SCMS. Contratei um profissional para ver com mais profundidade técnica esta realidade e posteriormente contratamos uma empresa de auditoria específica para o Hospital do Coração. Deparamo-nos com uma certa resistência por parte da administração da referida entidade que não aceitou a avaliação dos auditores e tornou inviável a continuidade do processo com a mesma auditoria.
Retomamos os objetivos com membros do Conselho Fiscal da Associação da SCMS que passaram a solicitar da Santa Casa e de suas filiais prestação de contas. O Hospital do coração não respondeu satisfatoriamente à solicitação.
Mediante esta situação, resolvemos intervir nomeando um Diretor Financeiro para a SCMS e suas filiais, inclusive o Hospital do Coração, o Senhor Audísio de Almeida Aguiar, membro do Conselho Econômico da Diocese de Sobral.
Após consulta aos padres do Colégio do Consultores da Diocese mediante apresentação da realidade vivida, considerando toda a capacidade e experiência do Dr. José Klauber Roger Carneiro, propusemos a este uma administração compartilhada. Propusemos que ele administrase toda a parte técnica e clínica do Hospital do Coração, reservando a administração financeira ao Administrador financeiro já nomeado. O Dr. Roger não aceitou a proposta. Dispôs-se, todavia, a continuar como médico do Hospital do Coração, prestando serviço pessoal e também através da sua empresa São Joaquim que mantém contrato firmado com o Hospital do Coração até 2021.
Pretendemos e não mediremos esforços para que o Hospital do Coração continue atendendo à população sem perder a sua qualidade. Para isso contamos com o apoio de todo o corpo médico do Hospital e dos demais prestadores de serviço que ali trabalham.
Acreditamos que mudanças são necessárias e salutares. As mudanças renovam os líderes e possibilitam que as entidades renovarem. O Dr. Roger sabia que mais cedo ou mais tarde haveria de deixar o Hospital. A Diocese de Sobral será eternamente grata pelo serviço que prestou até então. Lamentamos apenas que não tenha aceito a proposta de uma administração compartilhada.
Sabemos que ninguém é insubstituível. Um bom líder se revela quando não centraliza em si todas as responsabilidades, quando é capaz de criar mecanismos e capacitar pessoas para darem continuidade ao seu trabalho. Acreditamos que o Dr Roger soube fazer isto e estas pessoas serão levadas em consideração.
Agradecemos particularmente ao Senhor Audísio de Almeida Aguiar a disposição para aceitar a Administração Financeira da SCMS e de suas filiais. Agradecemos ao Diretor Geral da SCMS Pe Francisco Júnior Melo e aos padres do Colégio de Consultores o empenho por esta decisão tomada conjuntamente, bem como ao Setor Jurídico da Diocese de Sobral e da SCMS que estiveram conosco durante todo este processo.
Depois que assumi o governo da Diocese de Sobral, transferi 40 padres. Foi doloroso para alguns sacerdotes e doloroso também para muitos paroquianos. O novo sempre causa medo. Em pouco tempo, todavia, já estamos escutando os rumores do sucesso nas novas missões.
Com a graça de Deus, sob a Luz do Divino Espírito Santo e a intercessão da Virgem Imaculada Conceição, a Santa Casa de Misericórdia, o Hospital do Coração e demais filiais, continuarão num processo de qualificação para melhor atender aos necessitados.
Contamos com a compreensão e a oração de todos e apresentamos, em anexo, a proposta feita ao Dr. Roger por ele recusada.
Atenciosamente”
José Luiz Gomes de Vasconcelos
Bispo Diocesano de Sobral e Provedor da SCMS
10:16 · 02.04.2017 / atualizado às 14:17 · 02.04.2017 por


Finalmente, depois de alguns anos de luta, o município de Campos Sales, no Cariri Oeste vai ganhar o Santuário de Nossa Senhora da Penha. Projeto nesse sentido vem sendo viabilizado pelo prefeito Moésio Loiola, que assegurou verbas de emenda parlamentar de dois deputados estaduais e um federal para dar início à construção do santuário. Ely Aguiar vai destinar R$ 500 mil, Ferreira Aragão a quantia de R$ 150 mil e o deputado federal Moses Rodrigues conseguiu junto ao Ministério do Turismo a importância de R$ 500 mil.

O projeto tem orçamento em torno de R$ 1,3 milhão e a contrapartida do município será R$ 150 mil mais a doação do terreno localizado na saída de Campos Sales para Iguatu, na localidade de Chapada do Zé Cândido. O imóvel pertencia à família de dona Neuma, que fez a doação de 60% das terras onde será construído o santuário. Os 40% restante da terra foi adquirida pela prefeitura para doação.

O projeto está em fase de acabamento e já foi aprovado pela Caixa Econômica Federal. Nas próximas semanas, o prefeito Moésio Loiola vai dialogar com o Governo do Estado sobre a construção do santuário, cujo projeto que está em análise pela Secretaria das Cidades.
“Nossa intenção é de que até o Dia das Mães, o projeto seja licitado”, definiu o prefeito Moésio Loiola, que anunciou também que a obra terá a assinatura do escultor Francisco Pereira da Silva, especialista em arte sacra e responsável pela construção da imagem de Nossa Senhora da Purificação, no município de Saboeiro.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Jornalista com mais de 40 anos de atuação acompanha de lupa os movimentos da classe política. Crítico, ácido e atuante, o blog leva ao leitor fatos reais.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags