Roberto Moreira

Categoria: Turismo


07:49 · 13.02.2019 / atualizado às 07:49 · 13.02.2019 por

O Governo do Estado do Ceará garantiu que o plano de marketing e o destino Turístico Cariri devem ser lançados ainda neste semestre. A afirmação é do Secretário de Turismo e Romaria de Juazeiro do Norte, Júnior Feitosa, que esteve com o Secretário de Turismo do Ceará, Arialdo de Mello Pinho, no último fim de semana.
Juazeiro do Norte é uma das cidades que conta com um suporte de infraestutura de atendimento mais completas da região, com polo gastronômico e hotéis. Além disso, recebe a cada ano cerca de 2 milhões de pessoas, principalmente por estimuladas pelo turismo religioso.
O Destino Turístico Cariri irá trazer voos charter (fretados), saindo de São Paulo, ao Aeroporto Regional Orlando Bezerra de Menezes, através da parceria do Governo do Estado com a CVC, maior operadora de turismo no Brasil. Detém mais de 80% do mercado.
“Juazeiro do Norte e o CONDETUR – Conselho de Desenvolvimento de Turismo – vão puxar os demais munícipios com potencial para atrair visitantes. É o caso, por exemplo, de Missão Velha, que tem a cachoeira, Crato e a Chapada do Araripe, além de Nova Olinda com o renomado artesão do couro, Expedito Seleiro”, ressaltou Júnior Feitosa.
A meta é consolidar um calendário de eventos de janeiro a dezembro para alavancar o fluxo de turistas e atender à crescente demanda da iniciativa privada.
Em breve, será inaugurado, em Juazeiro do Norte, um Hotel Ibis, o primeiro no interior do Ceará, com 140 apartamentos, seguindo a marca de qualidade a baixo custo.
A Rede Francesa Accor, Ibis Budget, é líder mundial em operação hoteleira.

11:11 · 07.02.2019 / atualizado às 11:11 · 07.02.2019 por
O deputado federal Eduardo Bismarck participou do lançamento da FrenTur: Frente Parlamentar Mista do Turismo, que contou com a presença do titular do Ministério do Turismo (MTur), Marcelo Álvaro, bem como demais autoridades e empresários que visam ao desenvolvimento do setor.
Ele ressaltou que as pautas indicadas como prioritárias para o MTur e para a Frente, foram: redução do custo de tarifa para voos nacionais, especialmente para o Nordeste; regulamentação para cassinos; transformação da Embratur em Agência; concessão de serviços em parques nacionais.
“Também foi solicitada a isenção completa do visto para americanos, japoneses, canadenses e australianos; implantação do visto eletrônico para China e Índia e abertura das companhias aéreas ao capital estrangeiro”, disse o parlamentar.
Com relação ao Plano Nacional de Turismo 2019/2022, ressaltou que visa à geração de dois milhões de empregos, bem como promover a inclusão de 40 milhões de brasileiros no mercado de viagens, que movimenta a economia como um todo.
Eduardo Bismarck defendeu ser de grande importância realizar uma completa revisão do Pacto Federativo, a fim de possam ser corrigidas as distorções existentes e aumentar a velocidade da solução de problemas do dia a dia dos municípios, que atrapalham a retomada do crescimento econômico pelo Brasil afora.
16:12 · 29.01.2019 / atualizado às 16:12 · 29.01.2019 por


Janeiro de 2019 apresenta um crescimento de 7% nas chegadas de voos internacionais ao Brasil em relação ao mesmo período do ano passado. São 6.120 voos aterrissando nos aeroportos brasileiros neste primeiro mês do ano. Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), a partir de informações disponibilizadas pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Esta constatação é um bom sinal para o turismo nacional, e mantém, praticamente, a taxa de crescimento do ano passado, que fechou 2018 com aumento em 8% no número de chegadas internacionais. No total, são aproximadamente 400 voos a mais em janeiro, e um incremento de 107 mil assentos disponíveis para os turistas de todo o mundo.

“Receber mais voos, de mais cidades e países, é fundamental para o crescimento do turismo internacional para o Brasil”, explica a presidente da Embratur, Teté Bezerra. O Instituto desenvolve um trabalho junto às companhias aéreas de todo o mundo, buscando comercializar o destino Brasil. “Usamos nossas plataformas, como feiras e eventos internacionais, para estreitar o relacionamento entre os destinos brasileiros com as companhias aéreas a fim de sempre ampliar a disponibilidade de voos e incrementar o setor no Brasil”, complementa a presidente.

Os destaques são os aeroportos da região Sul, com um aumento de 19% em relação ao mesmo mês de 2018. A região Nordeste também teve bom desempenho em comparação a janeiro do ano passado, tendo um crescimento de 17%. Guarulhos, em São Paulo, maior porta de entrada de estrangeiros no País também registrou ampliação no número de voos internacionais desembarcando no primeiro mês do ano, crescendo na média do País, com mais 222 voos, ou seja, 7% a mais do volume no ano anterior. Galeão, na cidade do Rio de Janeiro, e segundo maior aeroporto internacional do País, registrou um crescimento de 9%, chegando a 1.320 voos neste mês, ou 107 voos a mais que em 2018. Brasília, no Centro-Oeste, cresceu 32% o número de chegadas, passado de 137 para 182 voos, em janeiro de 2019.

Em dezembro, o governo brasileiro assinou uma Medida Provisória que autoriza a entrada de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. Trata-se de um pleito antigo do setor de turismo. A MP já está em vigor, mas precisa ser apreciada pelo Congresso em até 120 dias após sua edição.

Além desta pauta, outras medidas consideradas estratégicas para estímulo ao turismo brasileiro, com

14:14 · 24.01.2019 / atualizado às 14:14 · 24.01.2019 por

Reservar áreas específicas para a instalação de empreendimentos como hotéis, restaurantes e parques temáticos e atrair investimentos a partir de incentivos públicos. Estes são os objetivos da criação de distritos turísticos, ideia que avança em destinos nacionais a exemplo de Palmas, capital do Tocantins e porta de entrada das belezas do Jalapão, e Penha, cidade catarinense que abriga o famoso Beto Carrero World.

Em Palmas, uma lei municipal de 2018 prevê a implantação do espaço, que abrange 1.002 hectares entre a Serra do Lajeado e o Lago de Palmas. Ações como essas estão alinhadas aos novos projetos do Ministério do Turismo, que defende a adoção do modelo de áreas especiais de interesse turístico. Utilizada com sucesso em Cancún, no México, a modalidade envolve enquadramento tributário e licenciamento diferenciados.

Segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, o objetivo é estruturar pelo menos um local do gênero em cada um dos 26 estados e no Distrito Federal. “Essa é uma das nossas ações prioritárias para atrair investidores e dinamizar a oferta turística do país. Vamos estudar junto às equipes econômica e ambiental do governo a definição destas áreas, que vão contribuir com a geração de emprego e renda a partir do turismo”, adianta. O aproveitamento turístico de áreas da União está entre as 35 Metas Nacionais Prioritárias para os primeiros 100 dias de governo do presidente Jair Bolsonaro, anunciadas nesta quarta-feira (24) em coletiva de imprensa.

No caso de Palmas, a lei estabelece que o município deverá regulamentar o processo de captação e instalação de empresas. A prefeita Cinthia Ribeiro aposta em avanços no aproveitamento da vocação turística regional. “Palmas apresenta um enorme potencial para a área, com praias, cachoeiras, eventos, espaços públicos de convivência, além de ser portal para as demais atrações turísticas do estado”, justifica.

Já em Penha, a previsão é de que o distrito seja criado em área próxima ao Beto Carrero. O município já aprovou a redução do ISS sobre serviços de diversão, lazer, entretenimento e congêneres, de 5% para 3%, e agora prepara alterações no Plano Diretor da cidade, que devem ser discutidas a partir de fevereiro. Em seguida, a Prefeitura Municipal enviará à Câmara de Vereadores um projeto de lei prevendo a implantação do espaço.

O prefeito Aquiles da Costa cita vantagens do distrito. “Temos uma localização privilegiada, às margens da BR-101, uma das principais rodovias do país. Ficamos perto de dois aeroportos e dois portos. Sediamos o maior parque multitemático da América Latina e um dos maiores do mundo e possuímos patrimônio natural incalculável, com 19 belas praias, Mata Atlântica, trilhas ecológicas, ilhas, entre outras atrações”, enfatiza.

A cidade já conta com o Selo + Turismo do MTur, que garante prioridade na análise de um empréstimo de R$ 30 milhões, por meio do Prodetur + Turismo, para obras que vão dar suporte à criação do espaço. As intervenções incluem a instalação de um novo portal turístico na entrada da Rodovia Beto Carrero, a construção de um centro de eventos e de um mercado público municipal, entre outras.

PROPOSTA – Tramita no Congresso Nacional um projeto de lei que prevê a criação de áreas especiais para desenvolvimento turístico. O texto estabelece regime jurídico próprio a locais do tipo, que vão dispor de benefícios tributários e administrativos. Os espaços precisam cumprir vários requisitos, como potencialidade turística e facilidade de acesso a portos e aeroportos internacionais.

Em Cancún, onde um modelo similar foi adotado, o turismo é responsável hoje pela injeção de mais de US$ 12 bilhões na economia mexicana. A região, com pouco mais de 20 quilômetros e que há 50 anos não possuía infraestrutura mínima, atraiu grandes resorts com a criação de políticas de incentivos econômicos e tributários, transformando o destino num caso de sucesso da modalidade.

07:25 · 24.01.2019 / atualizado às 07:28 · 24.01.2019 por
Secretário do Turismo, Arialdo Pinho, foi agraciado em Madrid com o Prêmio Sílvia Zorzanello, na Federação Internacional de Turismo, FITUR, pelo desenvolvimento e projeção internacional que o estado do Ceará alcançou no turismo.
Arialdo Pinho conseguiu atrair para o Ceará voos internacionais, o HUB da Air France/KLM e Gol. Inovador, colocou  aeroportos regionais em pontos estratégicos para o turismo, como Jricoscosra e Aracati.
07:03 · 31.12.2018 / atualizado às 08:04 · 30.12.2018 por

Da política para o setor de hotelaria, foi o salto do ex-deputado federal Marcelo Teixeira. Começou com um hotel, ergueu o segundo na Abolição e nesta segunda-feira estará pondo para funcionar o seu terceiro hotel. Todos nas proximidades do aterro da Praia de Iracema.

Detalhe: Marcelo Teixeira fez o aterro da praia de Iracema quando secretário de obras do então prefeito Juraci Magalhães. À época a oposição taxou de picaretagem, obra faraônica. Hoje é o único lugar da cidade para grandes eventos ao ar livre e usada diariamente pela população para muitas atividades. É também o local que recebe as três maiores festas: Evangelizar, São João de Fortaleza e o Réveillon.

09:22 · 25.12.2018 / atualizado às 09:22 · 25.12.2018 por

O empresário de hotelaria, Darlan Leite, vice presidente da ABIH-CE, informou que todos os hotéis  de Fortaleza estarão lotados para o Reveillon e no mês de janeiro. “Eu que tenho hotéis em Beberibe, na Praia das Fontes, estou lotado também,  graças ao HUB que ligou o Ceará a Europa”, disse Darlan.
Proprietário dos hotéis Coliseum, Parque das Fontes e Praia das Fontes, Darlan Leite distribui elogios a gestão de Arialdo Pinho na Secretaria de Turismo do Ceará. “O Arialdo integrou o Ceará ao mundo, trouxe o turista do sul e sudeste para nosso estado”, elogiou.
O empresário ainda elogia Arialdo Pinho por ter promovido a integração entre o estado e os municípios. “Ele apoia eventos, leva as marcas cearenses para feiras. Fortaleza, Beberibe, Aracati, Caucaia, Jericoacoara estão unidos através da política desenvolvida pelo Arialdo”, comemora.
07:18 · 16.12.2018 / atualizado às 07:18 · 16.12.2018 por
 
Não se pode negar a capacidade e visão de gestor do secretário de turismo do Ceará, Arialdo Pinho. Ele e Cid tinham olhar no futuro, visão.
Arialdo Pinho sabia que as grandes cidades necessitariam de serviços como transporte, hospitais, comércio. Sabia também que não se pode levar a cidade de um lugar a outro. Cid era governador e Arialdo chefe da Casa Civil. Conversaram e surgiram os projetos dos aeroportos regionais, os hospitais no interior, o centro de eventos e instalação de fábricas, supermercados e rodovias.
Hoje, o aeroporto de Jericoacoara recebe dezenas de voos mensais, o de Aracati começa a operar, os hospitais regionais atendem sem a população se deslocar. O centro de Eventos tem cinco grandes acontecimentos por semana. Melhor, o Ceará aparece na lista da CVC como o maior destino turístico para a temporada de férias que está chegando.
07:27 · 15.12.2018 / atualizado às 07:27 · 15.12.2018 por
O plenário da Assembleia Legislativa aprovou, durante a sessão desta quinta-feira (13/12), o projeto de lei de autoria do deputado Leonardo Araújo que inclui no Calendário Oficial do Estado o maior evento de Cultura Pop e Geek do Norte/Nordeste do Brasil, o SANA.

O Sana é um tradicional evento que acontece na cidade de Fortaleza. Cerca de 30% do seu público é formado por turistas de outros estados. O evento acontece duas vezes ao ano com datas estrategicamente posicionadas no período de férias, quando a cidade está mais movimentada e aquecida com o turismo em todo o Estado.

11:02 · 14.12.2018 / atualizado às 11:02 · 14.12.2018 por

Estimativa do Ministério do Turismo aponta para a realização de 75,5 milhões de viagens entre dezembro deste ano até fevereiro de 2019. O resultado é cerca de 2% maior em relação aos números do verão passado. A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) também projeta crescimento nas vendas em percentuais entre 18% e 20% no mesmo período.

São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais estão entre os estados que serão mais visitados no período das festas de fim de ano (Natal e Réveillon) e das férias escolares em todo o país. Outros destinos que também receberão expressivos volumes de turistas, segundo a projeção do MTur, são Rio Grande do Sul, Paraná, Ceará, Pernambuco e Goiás.

“Tenho batido muito nesta tecla, de que o turismo é um celeiro de respostas positivas pois tem uma capacidade incrível de influenciar positivamente a economia. O aumento do número de viagens gera mais oportunidades de geração de empregos temporários e movimenta o comércio e equipamentos turísticos nas nossas cidades”, avalia o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

Segundo a Abav, as vendas devem manter a mesma proporcionalidade do verão passado. Ou seja, 60% das vendas para destinos nacionais e 40% para o exterior. “Tivemos uma instabilidade cambial importante este ano, revertida agora, e a projeção é de que a demanda reprimida dos meses anteriores se concretize em vendas para a alta temporada”, comenta a presidente em exercício da entidade, Magda Nassar.

Os destinos de sol e praia lideram a preferência na maior operadora de turismo do país para o período. No Nordeste, estão na dianteira destinos como Porto Seguro, Fortaleza, Maceió, Salvador e Natal. Em outras rotas destacam-se atrativos sem e com litoral, como Foz do Iguaçu, Caldas Novas (GO) e Balneário Camboriú, os dois últimos “devido aos parques aquáticos e de diversão”.

Outra grande empresa do setor, a agência de viagens online Decolar, coloca Rio de Janeiro, Porto Alegre e Natal como destinos nacionais preferidos para o Ano Novo. Entre os dez mais buscados pelo público estão também Foz do Iguaçu, Recife, Florianópolis, São Paulo, Fortaleza, Vitória e Salvador, reforçando a tese de que sol e praia ainda é o segmento mais demandado no país.

MUDANÇA – A operadora CVC identificou nesta temporada uma mudança de comportamento de viagem do brasileiro: “diferente de anos anteriores, quando os brasileiros deixaram a decisão da viagem para a última hora, neste a CVC percebe que o consumidor voltou a se planejar e tem fechado a viagem com maior antecedência, aproveitando as promoções do mercado” comenta a assessoria de comunicação da empresa.

RANKING – Segundo as estimativas do Ministério do Turismo, o estado de São Paulo deverá receber o maior contingente de turistas no período, cerca de 18% do total ou 13,65 milhões de viagens realizadas. Já o Rio de Janeiro, na segunda posição, ficará com 10,3% do volume de viagens, seguido da Bahia, com 9,5%. Santa Catarina e Minas Gerais devem ser destino de 5,86 milhões e 5,3 milhões das viagens que serão realizadas no próximo verão, que começa em 21 de dezembro próximo.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Roberto Moreira

Jornalista com mais de 40 anos de atuação acompanha de lupa os movimentos da classe política. Crítico, ácido e atuante, o blog leva ao leitor fatos reais.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags