Busca

Categoria: Turismo


10:58 · 30.04.2017 / atualizado às 10:58 · 30.04.2017 por

O mês de Maio vai marcar a virada no turismo de um dos mais valiosos santuários turísticos do Brasil, a Praia de Jericoacoara. O lugar está na lista dos mais bonitos e nativistas do planeta.

Com a conclusão do aeroporto internacional de Jijoca, município vai receber voos fretados e regulares de duas empresas aéreas vindos de São Paulo e outros lugares do mundo. O aeroporto é um projeto do arquiteto Totonho Laprovitera, um dos mais premiados do Brasil. Totonho  também projetou o aeroporto de Aracati.

08:24 · 25.04.2017 / atualizado às 14:09 · 25.04.2017 por

O secretário do Turismo, Arialdo Pinho, irá se reunir no próximo dia 27 de abril com a Copa Airlines para fechar dois voos semanais entre Fortaleza e a Cidade do Panamá. A reunião definirá os detalhes dos voos, como data de início e os horários de chegada e partida. Por meio dos voos, turistas de 31 países e 74 cidades chegarão mais facilmente ao Ceará.

“A cidade do Panamá concentra um hub que permite que tenhamos acesso imediato a mais de 30 países das Américas do Norte, do Sul e Central, além do Caribe. Esses voos são importantíssimos para ampliar o número de visitantes estrangeiros ao Ceará como também para facilitar a ida do cearense a países como Estados Unidos, México e Canadá, por exemplo”, afirma o secretário Arialdo Pinho.

Conforme dados da Secretaria do Turismo do Ceará, cerca de 10% do total de turistas que vêm ao Ceará são estrangeiros. Os principais mercados são Itália, Portugal, França e Argentina. Hoje, Fortaleza tem oito voos internacionais: Lisboa (TAP), Buenos Aires (Gol), Miami (Tam), Frankfurt (Condor), Milão (Meridiana), Caeina (Azul), Praia (Tacv) e Bogotá (Avianca).

05:06 · 10.04.2017 / atualizado às 01:33 · 10.04.2017 por

A Praia de Jericoacoara que fica no município de Jijoca, litoral Oeste do Ceará vai para o centro de um debate: a cobrança de uma taxa de Preservação Ambiental. O assunto está nos bastidores de entendimentos entre entes públicos.

A taxa seria a mesma contada na ilha de Fernando de Noronha. A Taxa de Preservação Ambiental Fernando de NoronhaO valor da taxa é R$ 68,74 por dia e deve ser pago no aeroporto no momento do desembarque. Em Jericoaciara seriam
Montadas cabines na entrada da vila.

O Procurador da República Alessandro Sales postou na internet a mensagem onde crítica a necessidade de se cobrar taxas sem mostrar o que fazer com ela.

08:14 · 07.04.2017 / atualizado às 08:14 · 07.04.2017 por

O programa de proposta voluntária do Ministério do Turismo ,mostrou força e confiança do setor . No total foram cadastradas 12.210 propostas no Brasil com investimentos no total de R$ 14 bilhões 821 milhões de reais.

O Ceará cadastrou 10% de todas as propostas, sendo o Estado do Brasil que mais apresentou projetos mum total de mil e 200 cadastradas e valor de investimento na ordem de R$ 1,670 milhões.

O investimento no setor turístico tem retorno imediato, não polui e gera emprego, disse Felipe Mota, secretário de infraestrutura do Ministério do Turismo.

08:05 · 07.04.2017 / atualizado às 08:05 · 07.04.2017 por


Em pronunciamento realizado esta manhã, na Câmara Municipal, o vereador Acrísio Sena (PT) repercutiu a notícia da decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região de ontem (5/4), que determinou, por 13 votos a 1, a demolição das barracas irregulares da Praia do Futuro. “Vamos convidar o Ministério Público Federal, a Advocacia Geral da União, a Associação das Barracas, a Superintendência de Patrimônio da União, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e todos os demais representantes de entidades interessadas para buscar uma saída negociada para a questão. Estamos falando de um setor que gera mais de 3 mil empregos diretos”, anunciou o parlamentar.

Segundo Acrísio, “não podemos deixar que ocorra com Fortaleza o que aconteceu em Salvador, onde as barracas foram retiradas e o setor turístico sofreu um forte impacto negativo. É preciso e possível se chegar a uma saída, com os empresários e o MPF assinando um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e regulamentando a atividade”. A Prefeitura e outras instituições que envolvem o trade turístico de Fortaleza, além do Governo do Estado, Câmara Municipal de Vereadores, Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), entre outros, são contrários à retirada.

15:48 · 03.04.2017 / atualizado às 15:48 · 03.04.2017 por

O Ministério do Turismo lançou na última sexta-feira (31) Chamada Pública para selecionar propostas de municípios interessados em divulgar seus festejos juninos e participar de ações de promoção, comunicação e apoio à comercialização promovidas pelo Ministério do Turismo e Embratur. Entre as ações contempladas no edital destacam-se a realização de presstrips – visitas de jornalistas e influenciadores digitais aos destinos -, encontro de negócios, inclusão da festa no Calendário de Eventos Juninos, transmissão ao vivo nas redes sociais do MTur, divulgação dos destinos e cobertura jornalística dos festejos.

“Com esta iniciativa, pretendemos contribuir para potencialização da promoção e a comercialização dos festejos juninos, tornando-os produtos turísticos para o mercado nacional e internacional”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

A apresentação de propostas deverá ocorrer no período de 31 de março a 23 de abril de 2017. Serão elegíveis apenas proposições inscritas por entidade pública representante de um município. O MTur selecionará 5 (cinco) propostas de destinos turísticos nacionais que celebrem festejos juninos para receber ações coordenadas e custeadas pelo Ministério do Turismo e Embratur.

Para ser habilitada a proposta deverá ser remetida por município que obrigatoriamente realize festejo junino gerador de fluxo turístico, possua órgão municipal de turismo ou equivalente e esteja inserido no Mapa do Turismo Brasileiro (www.mapa.turismo.gov.br) nas categorias A, B ou C, conforme categorização estabelecida pela Portaria MTur nº144, de 27 de agosto de 2015. O município deverá ainda apresentar material comprobatório, impresso ou eletrônico, de promoção da “festa de São João” (ex: guia turístico, folder, site, multimídia, mídias sociais, etc. – vide anexo II).

O resultado parcial da Comissão Julgadora será divulgado até o dia 28 de abril de 2017. O resultado final será divulgado até 09 de maio de 2017, no portal do Ministério do Turismo.

16:45 · 27.03.2017 / atualizado às 16:45 · 27.03.2017 por

Após multa de meio milhão de reais aplicada pelo ICMBio, por conta da construção de uma piscina, o Alchymist Beach Clube, segundo informações, teria sido interditado na útlima sexta-feira (24) por técnicos da SEMACE, tendo que fechar o restaurante e obrigando a empresa a despachar os clientes e dispensar os funcionários.

Além dos funcionários, a interdição afeta ainda bugueiros, camioneteiros e agentes de viagens que vendem todos os dias vários pacotes de turismo para visitar o principal empreendimento da Lagoa do Paraíso que virou referência nacional e internacional.

O italiano Giorgio Bonelli que tem empreendimentos em outros locais recorreu da multa aplicada pelo ICMBio e já cogita em abandonar o empreendimento da Lagoa de Jijoca, o que pode ser um mau negócio para a cidade e seus moradores.

O responsável pela Alkmymist Brasil Clube em território brasileiro  vai se pronunciar sobre a decisão da SEMACE amanhã, já a direção da SEMACE em Fortaleza informou que não recebeu ainda a cópia da documentação que causou o fechamento da pousada.

14:28 · 20.03.2017 / atualizado às 14:28 · 20.03.2017 por
O faturamento alcançado pelo setor turístico brasileiro como um todo no último trimestre de 2016 superou em 37% as estimativas previamente projetadas pelo setor. Na mesma linha, o nível de emprego efetivamente observado nos três últimos meses do ano passado superou em 38% o que representantes da área tinham como prognóstico.
Os números estão no Boletim de Desempenho Econômico do Turismo, publicação trimestral realizada pelo Ministério do Turismo, por meio da Fundação Getulio Vargas (FGV). Foram ouvidas 918 empresas, que representam 71.498 postos de trabalho e apresentaram um faturamento no trimestre de R$ 7,8 bilhões. Elas integram sete setores: Transporte Aéreo, Parques e Atrações, Agências de Viagens, Meios de Hospedagem, Turismo Receptivo, Organizadores de Eventos e Operadoras de Turismo. O levantamento foi realizado entre 2 e 31 de janeiro de 2017.
“Os números mostram que o empresariado do turismo aposta no setor e acredita na recuperação econômica do país. Do ponto de vista do MTur precisamos manter a parceria e assegurar os investimentos na melhoria da infraestrutura turística para fazer com que o turismo seja reconhecido como uma importante atividade econômica no país”, afirmou o ministro Marx Beltrão.
Em outra frente, o percentual do faturamento das empresas previsto para ser usado como investimento no primeiro trimestre de 2017 supera 11% para 67% dos entrevistados. Levando em conta todos os profissionais ouvidos, o percentual médio de investimento é de 7,5% do faturamento. As principais áreas/atividades citadas para serem beneficiadas são as de compra de materiais e equipamentos, marketing e promoção de vendas, infraestrutura de instalações e tecnologia da informação.
Em uma comparação com o terceiro trimestre de 2016, o resultado do faturamento em outubro, novembro e dezembro do consolidado das atividades do turismo revela aumento em 61% dos entrevistados, estabilidade em 15% e queda em 24%. Os segmentos com saldo mais elevado foram transporte aéreo e parques e atrações turísticas. Meios de hospedagem, operadoras de turismo e agências de viagem se mostraram estáveis. Turismo receptivo e organizadores de evento apresentaram baixa.
O mercado de turismo no Brasil mobiliza anualmente cerca de 60 milhões de viajantes nacionais e emprega 3,14% da população economicamente ativa. Em 2016, mais de 6,5 milhões de estrangeiros visitaram o país, e deixaram aqui mais de US$ 6 bilhões.
15:39 · 13.03.2017 / atualizado às 15:39 · 13.03.2017 por

Um grupo formado por 16 executivos de contas de 21 hotéis associados à ABIH-CE, estará realizando a partir de amanhã, dia 14 de março até o dia 17/03, uma ação promocional do Ceará na Zona Norte, onde percorrerão as cidades de Teresina, São Luis, Belém e Manaus.

A ação com foco na promoção e divulgação do Ceará e sua infraestrutura hoteleira e turística, e com ênfase nos diversos feriados que teremos ao longo do primeiro semestre (Semana Santa, Tiradentes, Dia do Trabalho, etc.).

10:08 · 23.02.2017 / atualizado às 10:08 · 23.02.2017 por

O Ceará irá receber cerca de 112 mil turistas no feriado de Carnaval, conforme pesquisa realizada pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur). O feriado terá um impacto de aproximadamente R$ 140 milhões de receita direta na economia estadual, o que deve resultar em R$ 230 milhões de renda gerada em toda cadeia produtiva do turismo, apresentando um crescimento de cerca de 10% em relação a 2016.

De acordo com a pesquisa, a taxa de ocupação da rede hoteleira ficará em 84,2% durante o período. Os hotéis têm a melhor taxa, com 87,8%, seguidos pelos flats (84,5%), albergues (74,1%) e pousadas (64,9%). Na maioria dos hotéis e flats, as taxas de ocupação atingiram os 100%. Os turistas vêm principalmente dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal.

Além da hotelaria formal, a pesquisa da Setur fez um levantamento em 1.200 imóveis de aluguel por temporada nos principais corredores turísticos de Fortaleza (Meireles, Praia de Iracema, Mucuripe, Aldeota e Praia do Futuro). Quase 84% desses imóveis já estão alocados para o Carnaval.

Entre os destinos do Estado, Guaramiranga é o que lidera o ranking de ocupação hoteleira, com 98,3%, seguida pelo Cumbuco (93,45%), Jericoacoara (90,72%), Porto das Dunas (89,62%) e Paia das Fontes/Morro Branco (84,89%).

O secretário do Turismo, Arialdo Pinho, avalia positivamente os números do Carnaval deste ano. “Diante do cenário nacional, essa quantidade de turistas representa um resultado excelente. Mostra que nosso esforço de promover o Estado nos principais mercados nacionais e internacionais está dando certo”.