Busca

05:57 · 22.03.2017 / atualizado às 05:57 · 22.03.2017 por

Nesta quarta-feira (22), a Mega-Sena promete pagar o prêmio de R$ 6 milhões. O sorteio do concurso 1.914 será às 20h, em Teodoro Sampaio (SP), onde está estacionado o Caminhão da Sorte.

Aplicado na Poupança da CAIXA, o prêmio pode render R$ 31 mil por mês ao apostador que acertar sozinho os seis números da sorte. Também é possível adquirir uma frota de 200 carros populares ou 13 casas de R$ 450 mil cada.

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente na CAIXA e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

05:48 · 22.03.2017 / atualizado às 05:48 · 22.03.2017 por

Presidência da República

Quarta-feira
22 de março de 2017

9h30- Eliseu Padilha- Ministro-Chefe da Casa Civil
Palácio do Planalto
16h- Sessão Solene de posse do Dr. Alexandre de Moraes no cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal Plenário do Supremo Tribunal Federal

17h- Fátima Pelaes- Secretária Especial de Políticas para Mulheres do Ministério da Justiça e Segurança Pública
Palácio do Planalto

20:39 · 21.03.2017 / atualizado às 20:39 · 21.03.2017 por
Em Brasília, na tarde desta terça-feira (21), o deputado federal Danilo Forte, acompanhado pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, participou de audiência com o presidente Michel Temer para solicitar a liberação de financiamentos internacionais. Os investimentos serão aplicados na requalificação de áreas da capital cearense que apresentam alto índice de violência e na conclusão da reurbanização da avenida Beira Mar.
“Em um quadro de crise econômica como esse, é necessário o diálogo para encontrarmos alternativas de financiamento para programas que são importantes para a estruturação da nossa cidade, como a requalificação das áreas de risco com a implantação de Cucas, escolas de tempo integral, saneamento básico e Areninhas”, defende Danilo Forte.
De acordo com Temer, o empréstimo para a execução das duas ações, no valor de R$400 milhões, já autorizado pelo Tesouro Nacional, será encaminhado para apreciação e aprovação do Senado com a maior brevidade possível.
16:48 · 21.03.2017 / atualizado às 16:48 · 21.03.2017 por

O Ministério da Agricultura divulgou nesta terça-feira (21) que afastou preventivamente os 33 servidores da pasta que são investigados na Operação Carne Fraca. Segundo o ministério, esses servidores também vão responder a processo administrativo disciplinar.

Entre os 33 afastados estão sete servidores que já foram dispensados de suas funções: Guilherme Biron Burgardt, Dinis Lourenço da Silva, Nazareth Aguiar Magalhães, Brandízio Dário Júnior, Juarez José de Santana, Marcelo Tursi Toledo e Nelson Lemes de Moura.

A Operação Carne Fraca foi deflagrada na semana passada e investiga irregularidades envolvendo 21 frigoríficos do país, desde o pagamento de propina a fiscais do Ministério da Agricultura e partidos até a venda, no Brasil e no exterior, de carne estragada ou vencida.

Veja a lista dos 33 servidores afastados:

1. André Domingos Bernadi Parra (Auditor Fiscal): condução coercitiva
2. Antônio Garcez Da Luz (Auditor Fiscal): prisão temporária
3. Brandizio Dario Junior (Auditor Fiscal): prisão temporária
4. Carlos Augusto Goetzke (Auxiliar Operacional): condução coercitiva
5. Carlos Cesar (Agente de Inspeção): prisão preventiva
6. Celso Ditert De Camargo (Agente de Inspeção): prisão temporária
7. Daniel Gonçalves Filho (Auditor Fiscal): prisão preventiva
8. Dinis Lourenco Da Silva (Auditor Fiscal): prisão preventiva
9. Edson Luiz Assunção (Agente de Fiscalização): condução coercitiva
10. Eraldo Cavalcanti Sobrinho (Auditor Fiscal): prisão preventiva
11. Felisberto Luiz De Andrade (Agente de Fiscalização): condução coercitiva
12. Francisco Carlos De Assis (Auditor Fiscal): condução coercitiva
13. Gercio Luiz Bonesi (Auditor Fiscal): prisão preventiva
14. Gil Bueno De Magalhaes (Auditor Fiscal): prisão preventiva
15. Guilherme Biron Burgardt (Agente Administrativo): condução coercitiva
16. José Teixeira Filho (Agente de Fiscalização): condução coercitiva
17. Josenei Manoel Pinto (Agente de Inspeção)
18. Juarez José de Santana (Auditor Fiscal): prisão preventiva
19. Júlio Cesar Carneiro (Comissionado): condução coercitiva
20. Leomar José Sarti (Servidor de outro órgão requisitado ao MAPA): prisão temporária
21. Luiz Alberto Patzer (Agente de Inspeção): prisão temporária
22. Luiz Carlos Zanon Junior (Auditor Fiscal): prisão preventiva
23. Marcelo Tursi Toledo (Auditor Fiscal)
24. Marcia Cristina Nonnemacher Santos (Auditor Fiscal): condução coercitiva
25. Maria Do Rocio Nascimento (Auditor Fiscal): prisão preventiva
26. Nazareth Aguiar Magalhaes (Auditor Fiscal): condução coercitiva
27. Nelson Lemes De Moura (Agente Administrativo): condução coercitiva
28. Osvaldo José Antoniassi (Auditor Fiscal): prisão temporária
29. Renato Menon (Auditor Fiscal): prisão preventiva
30. Sebastiao Machado Ferreira (Agente de Inspeção): prisão preventiva
31. Sergio Antônio De Bassi Pianaro (Agente de Inspeção): prisão preventiva
32. Sidiomar De Campos (Agente Administrativo): prisão temporária
33. Tarcísio Almeida De Freitas (Agente de Inspeção): prisão preventiva

16:44 · 21.03.2017 / atualizado às 16:44 · 21.03.2017 por

A Confederação Nacional do Transporte divulgou hoje a primeira Pesquisa CNT Perfil dos Motoristas de Ônibus Urbanos, com informações gerais sobre o profissional e a atividade. Na amostragem, foram entrevistados 1.055 motoristas em 12 Unidades da Federação de todas as regiões do país, entre os dias 6 e 19 de dezembro de 2016.

Os motoristas responderam a questões sobre rotina de trabalho, tecnologia, segurança, saúde, entre outros temas. As entrevistas foram feitas nas garagens das empresas e em terminais rodoviários e constatam que a maioria dos motoristas (77,5%) dirige veículos com algum sistema de rastreamento com GPS (67,8%) para orientação; roda, em média, 151,9 km por dia; trabalha 8,3 horas diariamente e 5,9 dias por semana. A média de idade dos veículos é de 5,3 anos.

Um quarto dos entrevistados (24,5%) está há mais de dez anos na mesma empresa e 75,5% dizem que estão satisfeitos e não têm vontade de trocar de emprego. Ao falarem por que atuam na atividade, 70,6% afirmam que gostam de dirigir ônibus urbanos e 33,0% dizem que essa profissão oferece um salário melhor do que outras.

A maioria dos entrevistados (70%) possuía outra profissão anteriormente e acredita que a situação financeira melhorou ao começar a trabalhar como motorista profissional. O tempo médio em que os entrevistados estão nessa área é de 12,1 anos, sendo que 68,7% atuam no segmento há mais de cinco anos.

Entraves

Entre os pontos negativos, 57% destacaram que a profissão é desgastante, estressante ou fisicamente cansativa. Outros 35,9% consideram uma profissão perigosa e 19,8%, arriscada, devido à possibilidade de acidentes. Em relação à segurança, quase um terço (28,7%) diz ter sido vítima de assalto pelo menos uma vez nos últimos dois anos e 3,1% informaram que neste mesmo período o ônibus em que trabalhavam sofreu incêndio proposital ou alguma tentativa. Um terço (33,2%) se envolveu em pelo menos um acidente nos últimos dois anos.

Infraestrutura e reivindicações

As condições da infraestrutura também são dificuldades enfrentadas no dia a dia dos motoristas. O pavimento das ruas e avenidas foi considerado regular, ruim ou péssimo para 77,6% dos entrevistados. Já em relação à fluidez do tráfego, 81,8% relataram que há problemas. As principais reivindicações dos motoristas de ônibus urbanos são a maior segurança policial (61,7%), a necessidade de pontos de apoio ao motorista com mais conforto e estrutura (33,7%), vias especiais exclusivas para ônibus (29,4%) e a redução dos custos de aquisição da carteira de motorista (24,5%).

Sobre o SEST SENAT

Do total de entrevistados, 89,1% conhecem o SEST SENAT. Desses, 71,1% já fizeram algum curso presencial na instituição e 97,2% consideram que os treinamentos contribuíram para a melhoria do seu desempenho profissional. Entre os motoristas de ônibus que já foram atendidos nas especialidades de odontologia, fisioterapia, psicologia ou nutrição, 91,1% avaliam que os serviços contribuem para a manutenção da sua saúde e da sua qualidade de vida. Entre os motoristas que já fizeram alguma consulta, 42,7% disseram que procuram o SEST SENAT para prevenção e 25,0% quando sentem alguma dor. A maioria (86,7%) dos entrevistados que conhecem o SEST SENAT disse que indicaria os serviços da entidade para algum conhecido.

Conclusão

A Pesquisa CNT Perfil dos Motoristas de Ônibus Urbanos revela aspectos relevantes dessa profissão, como o uso de ferramentas tecnológicas, as motivações para atuar no setor e os principais entraves. O presidente da CNT, Clésio Andrade, destaca que grande parte dos trabalhadores orgulha-se da profissão, mas ainda enfrenta uma série de desafios. O presidente da CNT ressalta também que a pesquisa mostra a forte atuação do SEST SENAT na defesa do trabalhador do transporte.

16:41 · 21.03.2017 / atualizado às 17:08 · 21.03.2017 por

O governador Camilo Santana apresentou nesta terça-feira (21) em Haia, na Holanda, as potencialidades cearenses a cerca de 300 empresários europeus durante o 12o Brazil Network Day. O evento foi organizado pela Embaixada do Brasil no país e contou, ainda, com a presença de industriais brasileiros e representantes do poder público holandês.

Em sua palestra, o governador citou os compromissos do estado para melhoria de infraestrutura e os incentivos fiscais para atração de investidores.A embaixadora brasileira na Holanda, Regina Dunlop, agradeceu aos cearenses pela participação no Brazil Network Day e citou as várias áreas com possibilidade de investimentos por parte dos holandeses.

Nesta quarta-feira, o governador Camilo Santana e o presidente da Cearaportos, Danilo Serpa, assinarão o memorando de entendimento para a futura parceria entre o Porto do Pecém e o Porto de Roterdã.

16:23 · 21.03.2017 / atualizado às 16:23 · 21.03.2017 por

Em sessão solene, no Memorial Padre Cícero, foi aberta oficialmente a 35ª Semana Padre Cícero, realizada pela Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Turismo e Romaria. Na ocasião, também foram iniciados o ciclo de palestras e mesas de debates do V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero, realizado pela Universidade Regional do Cariri (URCA), com mais de 650 participantes inscritos e grandes nomes de reconhecimento nacional e internacional que estudam a vida e obra do sacerdote.

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, em sua fala, declarou aberta a 35ª Semana Padre Cícero enfatizando a importância do sacerdote no aspecto religioso, político e humano “O povo garantiu que a justiça fosse feita e que Padre Cícero se reconciliasse com a igreja. Mas ele só ganhou a importância que tem hoje para milhares de pessoas, por causa das grandezas e mudanças que ele promoveu na sociedade. Por isso que sua palavra ainda é ouvida e repassada até os dias de hoje”, disse.

Para abrir o V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero, o Reitor da URCA, Professor Patrício Pereira Melo, falou um pouco sobre a história do Padre Cícero e a sedição de Juazeiro.
Para recepcionar os que chegavam. A banda Municipal dava as boas-vindas com músicas. O coral do curso de música, da Universidade Federal do Cariri (UFCA) apresentou repertório sobre o patriarca. O Presidente de honra do Simpósio, Dom Fernando Panico, realizou a palestra de abertura com o tema “Questionamentos e Perspectivas Pastorais sobre o ‘E agora’, da Reconciliação do Padre Cícero”.

16:22 · 21.03.2017 / atualizado às 16:22 · 21.03.2017 por

O Grupo de Conjuntura do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgou nesta terça-feira, 21, o Indicador Ipea de Produção Industrial referente a fevereiro. Na comparação com janeiro, a previsão para o resultado da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), do IBGE, é de alta de 0,3%, na série dessazonalizada.

O desempenho dos indicadores coincidentes da produção industrial foi, mais uma vez, heterogêneo. Entre os resultados positivos, a produção de automóveis refletiu o bom comportamento das exportações de veículos e avançou 5,9% na margem, depois da queda de 13,3% em janeiro. Outra alta, de 2%, veio do volume de tráfego de carga em estradas com pedágio.

Alguns dos indicadores que registraram números negativos foram a produção de aço, com recuo de 3,5%, e a venda de papel e papelão, que caiu 0,4% ante o mês de janeiro.

16:20 · 21.03.2017 / atualizado às 16:20 · 21.03.2017 por

A obrigatoriedade da exibição de filmes publicitários que informem e esclareçam sobre os direitos da pessoa com deficiência nas salas de cinema do Estado do Ceará é proposta de um projeto de lei apresentado, nesta segunda-feira, 20, na Assembleia Legislativa, pelo deputado Audic Mota, primeiro secretário da Casa. As produções teriam forma de campanha educativa sobre os direitos previstos na Lei Brasileira de Inclusão (Estatuto da Pessoa com Deficiência).

O parlamentar justifica a iniciativa pela necessidade do público melhor compreender a legislação, as dificuldades cotidianas das pessoas com necessidades especiais e os seus direitos como cidadão. O Ceará soma, pelo menos, 2,3 milhões pessoas com deficiência. O número, resultado do Censo 2010 do IBGE, faz parte de estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), que compilou os dados estadual e regional. O trabalho mostra que o percentual da população residente no Estado com algum tipo de deficiência (27,69%) supera os índices nordestinos (26,63%) e nacionais (23,92%).

12:57 · 21.03.2017 / atualizado às 12:57 · 21.03.2017 por

Devido à redução do Estado para o orçamento do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) mais seis cidades deixam de ser fiscalizadas pelo órgão nesta semana. Com a suspensão das fiscalizações desde o dia 13 de março, já totalizam 12 os municípios cuja programação de inspeção foi cancelada.

As fiscalizações teriam como objetivo avaliar atos de gestão, como despesas sem licitação, associados à decretação de emergência ou calamidade pública por Prefeituras.

De 16 de janeiro a 17 de fevereiro a operação especial passou por 30 cidades. No dia seis de março, em decorrência do aumento de administrações com decretos emitidos, a operação havia sido retomada, e chegou a mais seis municípios até o dia 10.

O Tribunal já havia identificado 98 localidades nessa situação. Durante as visitas foram encontradas uma série de irregularidades como inércia administrativa (omissão) na adoção de medidas para normalizar a situação dita como anormal; aquisição de bens e contratação de serviços sem precedência de adequado procedimento de licitação e contratação, com burla à legislação que regula a matéria; falhas em procedimento de dispensa de licitação; pessoal trabalhando sem a devida formalização do vínculo funcional; inexistência de controle interno sobre as atividades executadas na atual gestão; vínculo entre agentes públicos e empresa fornecedora de bens ou serviços.

Com a paralisação das fiscalizações, “a sociedade e os Municípios”, de acordo com o presidente do TCM, Domingos Filho, “sofrerão prejuízos à medida que não se poderá analisar e apurar, no local e de forma concomitante, a regularidade dos atos de gestão, a execução dos contratos e a real necessidade de cada uma dessas dispensas de licitação e contratações”.

Orçamento

O orçamento geral do Tribunal (pessoal, custeio e investimento) sofreu uma queda de R$ 20 milhões em comparação com o ano passado (de R$ 102 milhões para R$ 82 milhões).

Se analisados detalhadamente, os números mostram que a previsão para custeio diminuiu 56% (de R$ 16,5 milhões para R$ 7,2 milhões). Dentro desse grupo de despesas, foi diminuída em 82% a verba para contas como as de água, energia elétrica, telefone, coleta de lixo, postagem de documentos, manutenção predial e publicações legais (de R$ 2,1 milhões para R$ 373 mil), e em 85% aquelas para serviços terceirizados, destinados, por exemplo, à limpeza, vigilância, serviços de tecnologia e atendimento ao público (de R$ 8,7 milhões para R$ 1,3 milhão).

Por conta da redução dos recursos, o TCM estão suspensos serviços como atendimento ao público externo, capacitações presenciais, atendimento a denúncias, fiscalizações de despesas cujos documentos não estejam no TCM e todas as viagens para inspeções no Interior.

12:52 · 21.03.2017 / atualizado às 12:52 · 21.03.2017 por

Nesta semana, o TRE-CE fará o lançamento oficial da campanha de revisão eleitoral com biometria nas zonas eleitorais de Mombaça – 46ª ZE e Quixadá – 6ª ZE, que abrange os municípios de Choró e Ibaretama. No dia 23 de março, às 9h, o presidente do Tribunal, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, estará em Mombaça para a audiência pública de instalação da biometria e, às 15h, em Quixadá. O objetivo da solenidade é esclarecer à população sobre a importância da identificação biométrica e os prazos de realização da campanha revisional.

O evento acontecerá na Câmara de Vereadores dos dois municípios. Em Mombaça, 34.000 eleitores deverão comparecer ao cartório eleitoral para o recadastramento através da coleta de dados biométricos até 30 de setembro de 2017. Já na 6ª zona eleitoral, são mais de 80.000 eleitores envolvidos, sendo 58.076 de Quixadá, 11.878 de Choró e 11.838 de Ibaretama, que têm até o dia 19 de dezembro de 2017 para fazerem a revisão biométrica. Nas cidades que não são sedes da zona (Choró e Ibaretama), a Justiça Eleitoral prevê a instalação de postos de atendimento para facilitar o acesso do eleitor nos seguintes períodos: Choró – 22/05 a 31/07; e Ibaretama – 24/04 a 30/06.

Foram convidados para a cerimônia os prefeitos, secretários, membros dos diretórios partidários, parlamentares, advogados e demais autoridades municipais. A Justiça Eleitoral conta com o apoio de estagiários de nível médio do Programa Primeiro Passo, fruto de convênio com o Governo do Estado do Ceará, além da força de trabalho de terceirizados contratados pelo TRE-CE, de servidores do quadro próprio e de requisitados.

Meta

A meta do TRE-CE é recadastrar cerca de 75% do eleitorado do Estado do Ceará até as eleições de 2018 e atingir 100% em 2020. Nas eleições municipais de 2016, 34,78% dos eleitores cearenses de 62 municípios votaram com a identificação biométrica (16% na capital). Já para o ciclo 2017-2018, 69 municípios passarão pelo processo de revisão biométrica, somando 131 municípios com 100% do eleitorado recadastrado para as eleições de 2018.

O TRE-CE esclarece aos eleitores a necessidade de agendar o atendimento nos cartórios eleitorais, através do telefone 148 ou no site do tribunal, no link http://www.tre-ce.jus.br/eleitor/agendamento-atendimento-ao-eleitor.

12:49 · 21.03.2017 / atualizado às 12:49 · 21.03.2017 por

 

Mesmo sendo seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Fortaleza, Renan Colares já ganhou destaque por ser convidado a participar de cinco importantes comissões dentro da Casa legislativa. Ele assumiu a presidência da Comissão de Orçamento, Fiscalização e Administração Pública; é membro da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Informática e inovação; membro da Comissão Especial de apreciação de matérias que alterem o plano diretor; membro do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar; relator da Comissão de Revisão da Lei Orgânica do Município de Fortaleza.

O vereador ainda está como vice-líder da bancada do Governo na Casa. “É como imensa satisfação que recebi as indicações para integrar as comissões. Isso mostra que o trabalho que venho realizando está sendo visto e as pessoas confiam em nossas ações. Pretendo dar o meu máximo e não desapontar”, afirmou Colares.

Mesmo com suas atribuições formais dentro da Câmara Municipal, o vereador Renan Colares não perde sua característica de estar perto dos moradores. Por isso, entre uma atividade e outra, ele, também, disponibiliza tempo para visitar as comunidades e manter um diálogo que trará bons resultados para ambas as partes.

“Uma de minhas prioridades será continuar reservando tempo para estar junto das comunidades, conversando, escutando, trocando ideias. Isso faz diferença em nosso trabalho, porque vivemos, de verdade, a realidade de cada local”, contou o parlamentar.

12:47 · 21.03.2017 / atualizado às 12:47 · 21.03.2017 por

A deputada estadual Fernanda Pessoa (PR) esteve ontem na região do Crajubar buscando apoio para as ações da Frente Parlamentar de Beatificação do Padre Cícero, recém criada pela Assembleia Legislativa do Ceará. A parlamentar esteve reunida na Diocese do Crato, com o bispo Dom Gilberto Pastana e estiveram presentes os deputados estaduais Ely Aguiar e Dr. Santana.

Fernanda Pessoa também esteve com os prefeitos Arnon Bezerra, do Juazeiro do Norte, Sampaio Neto, de Barbalha e Zé Ailton Brasil, do Crato. Além da contribuição dos gestores municipais nos trabalhos da Frente, a parlamentar buscou apoio para as definições dos limites geográficos dos municípios “Estamos unificando os trabalhos da Frente no intuito de ouvir os gestores, os moradores e os romeiros e romeiras. A Frente foi criada, mas ainda teremos um longo caminho. Eu sinto que esse é um trabalho que precisamos fazer pelo povo do Ceará pelos milhões de fiéis e por nosso Padim Cícero, injustiçado a vida toda, e venerado por seus feitos mesmo depois de 83 anos de sua morte” explicou.

A deputada participou também da abertura do V Simpósio do Padre Cícero, que este ano traz o tema “Reconciliação e agora ?” e acontece até 24 de março, em Juazeiro. O evento realizado pela  Universidade Regional do Cariri (URCA), objetiva refletir sobre a figura do Padre Cícero diante do processo de Reconciliação proposto pela Igreja Católica e suas diversas apropriações.

Frente Parlamentar de Beatificação do Padre Cícero

Com o objetivo de buscar ações e propósitos para o processo de Beatificação do Padre Cícero Romão Batista, o “Padim Ciço”, a Frente Parlamentar proposta pela deputada estadual Fernanda Pessoa (PR) é composta pelos deputados:  Carlos Matos (PSDB), Walter Cavalcante (PP), Ely Aguiar (PSDC), Dr. Santana (PT),  Sineval Roque (PDT) e Daniel Oliveira (PMDB. A criação da  Frente foi publicada na última sexta-feira (16\03) no Diário Oficial do Estado do Ceará, e seu lançamento oficial ainda será marcado.

12:45 · 21.03.2017 / atualizado às 12:45 · 21.03.2017 por

Prefeita de Icó, Laís Nunes coordenou pessoalmente nesta terça-feira a campanha contra a Dengue, a Zika e o Chikungunya, nos bairros São Vicente de Paulo, BNH, Praia do Salgado e adjacências, com profissionais de saúde, jovens, estudantes, e a população da comunidade que será beneficiada com os tralhalhos da gestão municipal, para inibir a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

“Fico muito feliz em ser recebida por esse povo amável em suas residências, em uma causa tão nobre, que é a prevenção de doenças”, disse a prefeita.

 

 

 

09:59 · 21.03.2017 / atualizado às 09:59 · 21.03.2017 por

Hoje, o governo do Rio de Janeiro recebe do comando da operação Lava Jato cerca de R$ 250 milhões recuperados após a prisão da quadrilha comandada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

O dinheiro será usado para pagar o 13º salário de 147 mil aposentados do governo do Rio de Janeiro. Uma solenidade vai marcar o momento da devolução do dinheiro roubado aos cofres públicos.

09:57 · 21.03.2017 / atualizado às 09:57 · 21.03.2017 por

Ainda sobre a reforma administrativa, a secretaria de Combate às Drogas não será mais extinta. A coordenadoria de Relações Institucionais vai sumir. O IDECE, órgão criado no governo atual para promover regularização fundiária urbana, também vai sumir da estrutura de governo.

Segundo o deputado Evandro Leitão, “os secretários, subsecretários e secretários adjuntos terão redução de 10% nos salários. “O objetivo do governo é enxugar custos, ninguém vai perder o emprego”, disse Evandro Leitão.

09:56 · 21.03.2017 / atualizado às 09:56 · 21.03.2017 por

Uma das mais antigas secretarias do governo do Ceará ligada ao gabinete do governador vai ser transformada em coordenadoria. Está no projeto de reforma administrativa que começa a tramitar hoje nas comissões técnicas da Assembleia Legislativa.

Segundo o deputado Evandro Leitão(PDT), líder do governo, o Coordenador da Casa Militar “terá status de secretário”. Hoje, a casa militar é chefiada pelo coronel Túlio Studart.

09:46 · 21.03.2017 / atualizado às 09:48 · 21.03.2017 por

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) vai repassar R$ 2,4 bilhões aos beneficiários do Programa Bolsa Família no mês de março. O pagamento tem início nesta segunda-feira (20) e segue até o dia 31. O repasse será feito a mais de 13,6 milhões de famílias, e o valor do benefício médio neste mês é de R$ 178,44. Os recursos ficam disponíveis para saque durante 90 dias.

Para saber em que dia sacar o dinheiro, deve-se observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão. No primeiro dia, recebem as famílias com NIS de final 1. No segundo dia, os cartões terminados em 2 e, assim, sucessivamente. O valor de cada benefício varia de acordo com o número de membros da família, a idade de cada um e a renda declarada ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

O Bolsa Família é voltado para famílias extremamente pobres (renda per capita mensal de até R$ 85,00) e pobres (renda per capita me nsal entre R$ 85,01 e R$ 170,00). Ao entrarem no programa, as famílias recebem o benefício mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação.

Novos rumos – Desde agosto do ano passado, o MDSA vem aprimorando os mecanismos de controle do programa. Foram adotadas medidas como o pente-fino nos cadastros e a adesão a seis bases de dados que possibilitam o cruzamento de informações sobre a renda das famílias inscritas. Além de identificar irregularidades, inciativas como essas asseguram a permanência das famílias que realmente se enquadram nas regras do programa e abrem a possibilidade de ingresso para novos beneficiários.

“Nós conseguimos fazer um controle maior, cruzando um maior número de dados, tirando uma parcela das pessoas que não precisavam e estavam no programa para colocar as que precisavam e que não estavam no programa. É uma questão de justiça social”, ressalta o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.

Além disso, o lançamento do Programa Criança Feliz, em outubro, permitirá dar atenção especial à primeira infância. A iniciativa reunirá ações em áreas como saúde, educação e cultura, com foco em crianças de até 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O objetivo é promover o desenvolvimento infantil integral, a fim de formar uma geração que tenha condições de romper o ciclo da pobreza.

Já os adultos beneficiários do Bolsa Família receberão qualificação profissional e incentivos para abrir o próprio negócio. As ações integram um programa específico, a ser lançado nos próximos meses pelo MDSA. A intenção é criar uma porta de saída do programa, por meio da geração de renda.

09:23 · 21.03.2017 / atualizado às 09:23 · 21.03.2017 por
Wilton Bezerra
Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

Um desses especialistas em assuntos de violência revelou que o homem carrega uma forma espontânea de agressividade e gosto pela violência.

Com o ambiente do futebol brasileiro tomado pela crueldade, sempre me deixou indignado o uso da violência como promoção publicitária.

Se não, vejamos.

Quando o atacante Edmundo, ex-Vasco, Palmeiras, Flamengo e Seleção Brasileira atravessava a sua melhor fase, era tratado como “animal”.

E fazia jus ao tratamento, aprontando grandes confusões dentro e fora de campo.

Impressionante o fascínio que esse comportamento provocava, a ponto de uma marca de refrigerante escolher a imagem do arruaceiro para uma campanha de lançamento.

Até então, eu pensava que a imagem do futebol, gerador de emoções, é que vendia.

Coisa nenhuma.

O ser humano se amarra é na crueldade ostentada.

Subversão de valores.

Agora, o Boa Esporte, time da série B brasileira, resolve conquistar visibilidade e imagina auferir lucros contratando o goleiro Bruno, psicopata que ordenou o assassinato de sua namorada, mãe de seu filho.

Uma iniciativa cercada, cinicamente, de todo o aparato das grandes contratações.

Nas fotos, os sorrisos constrangedores do jogador e dirigentes do time mineiro, buscando um quadro de  normalidade que nos afeta.

O gozo dos carrascos usado como investimento de um clube de futebol.

Repulsivo.

05:34 · 21.03.2017 / atualizado às 05:34 · 21.03.2017 por

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Gladyson Pontes, firmará, nesta terça-feira (21/03), às 10 horas, termos de cooperação técnica com as prefeituras de Maracanaú e Caucaia. O documento também será assinado pela titular da Vara de Execução de Penas Alternativas e Habeas Corpus, juíza Graça Quental, pelo Ministério Público, Secretaria da Justiça e Cidadania e Defensoria Pública Geral do Estado. O convênio possibilita implantar a Central de Acompanhamento e Núcleo de Monitoramento das Penas Restritivas de Direitos, vinculada em cada uma das comarcas, para a execução de penas e medidas alternativas.

A Central tem como objetivo implementar, monitorar e avaliar ações de execução de penas e medidas alternativas, que podem ser pagamento de multas, prestação de serviço à comunidade e entidades públicas ou até interdição temporária de direitos, como a suspensão da prática de uma profissão ou de uma atividade (dirigir, por exemplo).

Além disso, o trabalho possibilitará o enfrentamento da violência e a prevenção da criminalidade de forma integrada com as instituições que compõem o Sistema de Justiça. Vai desenvolver, ainda, ações culturais, educativas, de capacitação profissional e de inserção no mercado de trabalho.

A equipe que atuará na Central, localizada no Juizado Especial Cível e Criminal da respectiva comarca, deverá ser formada pelos próprios municípios, e composta de servidores ou estagiários das áreas de psicologia, assistência social e pedagogia.