Busca

11:43 · 23.02.2017 / atualizado às 11:43 · 23.02.2017 por

A deputada estadual Fernanda Pessoa (PR) em entrevista nesta manhã na Assembleia Legislativa pediu que a Prefeitura de Fortaleza repasse R$ 27 milhões que o Ministério da Saúde destinou ao Instituto de Câncer do Ceará (ICC). “ Apelamos ao prefeito de Fortaleza que é médico e conhecedor dos desafios da saúde. Este é um recurso que já foi recebido e deve ser repassado. O ICC deixou de atender 59 pessoas que deveriam receber novos tratamentos e a gente sabe que em caso de câncer a descoberta precoce pode salvar vidas” anunciou a parlamentar. Fernanda Pessoa repercutiu a notícia do fechamento da Instituição.

10:10 · 23.02.2017 / atualizado às 10:10 · 23.02.2017 por

A Mega-Sena sorteia, nesta quinta-feira (23), às 20h, o prêmio de R$ 25 milhões do segundo concurso da Mega Semana de Carnaval. O último dos três será no sábado (25). O sorteios desta semana estão sendo realizados no espaço CAIXA Loterias, que fica no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Aplicado na Poupança da CAIXA, o montante renderia R$ 167 mil mensais ao apostador que acertar sozinho os seis números da modalidade. Se preferir, o sortudo também poderá fretar mais de 140 jatinhos, cada um deles com 12 pessoas, para curtir o carnaval em Salvador.

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente na CAIXA e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Lotomania:
Na sexta-feira (24), a Lotomania sorteia, também em São Paulo, o prêmio acumulado de R$ 22 milhões. Para concorrer, basta escolher 50 números, dentre os 100 do volante. Ganha quem acertar 20,19, 18, 17, 16, 15 números ou nenhum. A aposta custa apenas R$ 1,50. Na Lotomania o apostador também pode fazer a Aposta-Espelho, quando o sistema registra um novo jogo com os números não escolhidos na aposta original.

10:08 · 23.02.2017 / atualizado às 10:08 · 23.02.2017 por

O Ceará irá receber cerca de 112 mil turistas no feriado de Carnaval, conforme pesquisa realizada pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur). O feriado terá um impacto de aproximadamente R$ 140 milhões de receita direta na economia estadual, o que deve resultar em R$ 230 milhões de renda gerada em toda cadeia produtiva do turismo, apresentando um crescimento de cerca de 10% em relação a 2016.

De acordo com a pesquisa, a taxa de ocupação da rede hoteleira ficará em 84,2% durante o período. Os hotéis têm a melhor taxa, com 87,8%, seguidos pelos flats (84,5%), albergues (74,1%) e pousadas (64,9%). Na maioria dos hotéis e flats, as taxas de ocupação atingiram os 100%. Os turistas vêm principalmente dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal.

Além da hotelaria formal, a pesquisa da Setur fez um levantamento em 1.200 imóveis de aluguel por temporada nos principais corredores turísticos de Fortaleza (Meireles, Praia de Iracema, Mucuripe, Aldeota e Praia do Futuro). Quase 84% desses imóveis já estão alocados para o Carnaval.

Entre os destinos do Estado, Guaramiranga é o que lidera o ranking de ocupação hoteleira, com 98,3%, seguida pelo Cumbuco (93,45%), Jericoacoara (90,72%), Porto das Dunas (89,62%) e Paia das Fontes/Morro Branco (84,89%).

O secretário do Turismo, Arialdo Pinho, avalia positivamente os números do Carnaval deste ano. “Diante do cenário nacional, essa quantidade de turistas representa um resultado excelente. Mostra que nosso esforço de promover o Estado nos principais mercados nacionais e internacionais está dando certo”.

10:04 · 23.02.2017 / atualizado às 10:04 · 23.02.2017 por


A 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) julgou, nesta quarta-feira (22/02), 68 processos em 50 minutos. O colegiado adota o sistema do voto provisório, que agiliza o julgamento das ações porque permite aos desembargadores estudar e discutir o voto previamente, antes de serem levados para sessão.
Um dos casos julgados foi a apelação (nº 0472640-08.2011.8.06.0001), da relatoria do desembargador Teodoro Silva Santos. O recurso foi interposto pelo Supermercado do Povo, contra decisão do Juízo de 1º Grau, que condenou a empresa a pagar R$ 10 mil a título de indenização por danos morais para dois homens, acusados injustamente de furto.

De acordo com o processo, o fato ocorreu no dia 1º de outubro de 2010, por volta das 19h. Os homens passavam pelas proximidades do estabelecimento, no bairro Passaré, em Fortaleza, quando foram abordados por um segurança e acusados de furtar objetos do Supermercado. O funcionário os algemou apontando arma de fogo, e os ameaçou, caso tentassem fugir.

Ao serem levados para reconhecimento da vítima, esta disse que se tratava de um erro quanto aos suspeitos. Mesmo assim, a Polícia Militar foi acionada, porém, ao chegar no local, percebeu o engano e liberou os dois.
Por isso, eles ajuizaram ação contra a empresa alegando terem sofrido danos morais. O Juízo da 5ª Vara Cível de Fortaleza julgou o pedido procedente e determinou pagamento de R$ 10 mil de reparação moral.

Ao apelar da decisão, o Supermercado afirmou que o fato ocorreu em via pública, e que o agente apontado como responsável pela abordagem não tem relação trabalhista com a empresa. Sob esse argumento solicitaram a improcedência da ação.
Ao analisar o caso, o colegiado da 2ª Câmara de Direito Privado negou provimento ao recurso e manteve a decisão de 1º Grau. “No tocante à suposta ausência de relação empregatícia entre o autor do constrangimento e a empresa recorrente, esta é irrelevante em face da atuação real do indivíduo, que mesmo não se caracterizando fisicamente como vigilante da loja, por meio de vestimenta e crachá, atua como tal, conforme restou demonstrado por meio das provas testemunhais, de modo que o agressor atuava como preposto do estabelecimento comercial”, explicou o desembargador Teodoro Silva Santos.

10:00 · 23.02.2017 / atualizado às 10:00 · 23.02.2017 por

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, recebeu, nesta quarta-feira (22), na sede da Pasta em Brasília, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) e representantes de movimentos sociais e entidades sindicais do campo e da cidade. Na pauta da audiência, foram esclarecidas as metas do programa Minha Casa Minha Vida para este ano. Os parlamentares Afonso Florence (PT-BA), Pedro Uczai (PT-SC), Wadih Damous (PT-SP) e Nilto Tatto (PT-RJ) também acompanharam a audiência.

“Em 2017, dentro de um conjunto conciliado ao limite orçamentário da União, o desafio é cumprir duas missões: entregar moradia a quem precisa e movimentar a economia por meio da construção civil”, reforçou o ministro. Dentro das próximas semanas, 170 mil novas unidades habitacionais serão contratadas na Faixa 1 sendo: 100 mil no Fundo de Arrendamento Residencial, 35 mil rural e 35 mil na modalidade urbana.

Entre as demandas do movimento, está a ampliação de contratações no modelo entidades e o aumento na produção de residenciais. “É um número recorde de contratações na modalidade “Entidades”. Dobramos o valor pra 35 mil, enquanto, em 2014, foram pouco mais de 18 mil contratações” ressaltou Araújo. As unidades habitacionais estão previstas para serem entregues no prazo de dois anos, seguindo o cronograma do fluxo das obras, bem como as medições realizadas pela Caixa Econômica Federal.

A ampliação da participação social nas etapas do programa e discussão de novos normativos também esteve entre as reivindicações do grupo. “Em cumprimento aos critérios de seleção estabelecidos pelo programa, todos terão acesso às unidades anunciadas, inclusive municípios com menos de 50 mil habitantes, que serão contemplados pelo FAR”, esclareceu o ministro.

Na oportunidade, o ministro Bruno Araújo anunciou ainda que vai publicar uma portaria que garante mais celeridade às contratações. O texto, que deve sair nas próximas semanas, estabelece, por exemplo, critérios de pontuação para seleção de projetos em todas as faixas do programa, transformando os residenciais em equipamentos sociais mais adequados.

“Ao longo do ano, se for preciso, faremos ajustes necessários em consonância com a equipe da Secretaria Nacional de Habitação e demais representantes do governo e da sociedade civil para aprimorar resultados e tornar o programa ainda mais eficiente”, disse Bruno Araújo.

09:55 · 23.02.2017 / atualizado às 09:55 · 23.02.2017 por

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) recebeu em janeiro deste ano um total de 1.148 processos de aposentadoria ou pensão concedidos por municípios cearenses, por meio de seus regimes próprios de previdência social (RPPS). O número supera em 202% o volume recebido no primeiro mês de 2016, que contabilizou 380 peças. Em todo o ano passado, 4.496 processos do gênero deram entrada no órgão. Desse total, 86% eram de aposentadoria.

O TCM analisa se todos os critérios de concessão desses benefícios previdenciários atendem à legislação e se não há risco de fraudes ou liberação de valores que possam prejudicar as contas públicas. As falhas mais comuns encontradas pelo Tribunal são: ausência de documentos; tipo de aposentadoria não apropriada; falha no cálculo dos proventos; incorporação de gratificações no valor dos proventos sem amparo legal; peças não formalizadas de acordo com normas do TCM; e falhas formais em documentos (ex: nome do servidor incompleto, data divergente, número do ato divergente na certidão de publicidade do ato, ausência de assinatura etc.)

No Ceará, 62 municípios possuem regimes próprios de previdência. Recentemente o TCM atualizou instrução normativa e cartilhas com orientações sobre a formalização dos processos relativos ao assunto. O material está disponível em www.tcm.ce.gov.br, Orientações, Cartilhas sobre Processos Previdenciários

09:39 · 23.02.2017 / atualizado às 09:39 · 23.02.2017 por


Na manhã desta quarta-feira (22), o Deputado Federal Moses Rodrigues (PMDB/CE) esteve reunido com o Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, para tratar sobre a estruturação do IBAMA no Estado do Ceará, após a extinção das unidades avançadas nos municípios de Aracati, Crato, Sobral e Iguatu.

Durante o encontro, o ministro afirmou que irá se esforçar para que a situação seja brevemente resolvida. Moses Rodrigues propôs uma força-tarefa para manter as estruturas no Estado do Ceará.

“Nos próximos dias irei agendar um encontro com o presidente do Senado, Sen. Eunício Oliveira, para que juntos possamos unir forças, a fim de que possamos manter essas importantes estruturas no Ceará. Iremos conversar com o Ministro. Estamos comprometidos para que todos os órgãos prestem um serviço de qualidade e eficiência”, afirmou Moses Rodrigues.

A extinção das unidades deixou parte do Estado do Ceará descoberto de fiscalização efetiva, onde crimes ambientais, como corte ilegal de árvores nativas da região e tráfico de animais silvestres, serão, facilmente, praticados.

06:56 · 23.02.2017 / atualizado às 06:56 · 23.02.2017 por

Minutos antes do início da partida entre Ceará e Flamengo pela Primeira Liga, nos gramados da Arena Castelão, o deputado federal Danilo Forte recebeu das mãos do presidente da clube, Robinson de Castro, o título de Sócio Proprietário Contribuinte. O reconhecimento foi concedido após as intermediação do parlamentar cearense junto à Caixa Econômica Federal (CEF) que ontem firmou patrocínio para a temporada de 2017. A noite marca ainda o primeiro jogo do clube cearense vestindo na camisa a marca do novo patrocinador master.

“Me sinto honrado por concretizar esta caminhada que iniciamos ao lado da diretoria. Esse passo é importante para o fortalecimento do esporte em nosso Estado. E, particularmente, como torcedor do Ceará, feliz por receber essa homenagem do meu time do coração. E juntos, com a chegada da Caixa como parceira, podemos almejar chegar ao fim do ano com o acesso à série A”, ressaltou Danilo.

06:51 · 23.02.2017 / atualizado às 06:51 · 23.02.2017 por

A Prefeita de Santana do Cariri, Danieli de Abreu Machado, começa a sentir o peso da espada da Justiça.

A Prefeita começou, foi condenada no TRE, dia 14.02., em um processo eleitoral (número 162-97) sobre propaganda antecipada, no qual foi condenada a pagar R$ 5.000,00 (cinco mil reais) de multa.

No dia 15.02, o Pleno do Tribunal Regional Federal da Quinta Região, em Recife, acatou denúncia criminal oferecida pelo Ministério Público Federal a respeito da contratação irregular do médico e pai da Prefeita, Arclebio Machado, que era lotado no PSF do distrito de Dom Lene e, no mesmo horário, cumpria expediente no Hospital e Maternidade Senhora Santana, recebendo remuneração pelos dois locais.

No Fórum da Comarca de Santana do Cariri, a Prefeita esteve frente a frente em audiência com o ex-Prefeito Jesus Werton Garcia, para tratar de um Processo de Indenização por danos morais por ter denegrido a imagem do seu concorrente em uma mesa de bar, fato registrado em um vídeo que viralizou na internet. O reflexo negativo foi instantâneo no Facebook e em grupos de WhatsApp com comentários condenando a postura da Prefeita.

Danieli de Abreu foi Eleita por apenas 74 votos de diferença, em um pleito permeado de denúncias de compras de votos e corrupção eleitoral, parece que a impunidade vai virando justiça.

A população de Santana do Cariri acompanha com ansiedade os próximos capítulos dessa novela.

06:29 · 23.02.2017 / atualizado às 06:29 · 23.02.2017 por

Presidência da República

Quinta-feira
23 de fevereiro de 2017
09h30- Deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ)
Presidente da Câmara dos Deputados
Palácio do Planalto

00:42 · 23.02.2017 / atualizado às 08:44 · 23.02.2017 por

O chanceler José Serra (PSDB-SP) entregou nesta quarta-feira carta pedindo demissão do Ministério de Relações Exteriores. A informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto. O ministro alegou problemas de saúde para pedir a exoneração do cargo.

Em carta divulgada pelo governo, Serra, afirma que pede demissão “em razão de problemas de saúde que são do conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de Chanceler.”

Serra entregou a carta pessoalmente a Temer, no Palácio do Planalto. Ele afirma que “segundo os médicos, o tempo para restabelecimento adequado é de pelo menos quatro meses.” Não há detalhes sobre a doença do ex-ministro. Mas no fim de dezembro, Serra foi submetido a uma cirurgia de descompressão e artrodese da coluna cervical.

20:24 · 22.02.2017 / atualizado às 20:24 · 22.02.2017 por

 

Um dos pontos defendidos pelo prefeito Carlomano Marques, ainda em sua campanha para a Prefeitura de Pacatuba, era estudar, caso a caso, a questão dos super salários e corrigir eventuais distorções como incorporações indevidas de gratificações e outras vantagens, que vão se acumulando, ao longo do tempo e, por fim, geram os super salários que destoam completamente da realidade de uma cidade, de um povo.

Vários casos estão sendo estudados à luz da lei, como o do Sr. Renato Célio Chaves Rodrigues que, recebeu durante muitos anos, vantagens indevidas e, agora, depois de criteriosa revisão, terá que restituir aos cofres da municipalidade, a quantia de R$ 1.046.808 (Um Milhão, Quarenta e Seis Reais, e Oitenta Centavos), sem juros e correções.

17:47 · 22.02.2017 / atualizado às 17:47 · 22.02.2017 por

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) criticou nesta quarta-feira (22), durante seu pronunciamento na Assembleia Legislativa, os gastos do Governo do Estado com obras supérfluas enquanto faltam recursos para a manutenção dos hospitais públicos. O parlamentar ressaltou o fechamento de três unidades hospitalares no interior e a ameaça de suspensão de atendimento a pacientes do SUS no Instituto do Câncer por falta de recursos, noticiados na imprensa nos últimos dias.

Heitor resgatou os valores gastos pelo governo com as obras sem utilidade. “No Centro de Formação Olímpica, um elefante branco que nunca funcionou, o governador enterrou R$207 milhões. No Acquario, R$ 144 milhões. Com os tatuzões, que nunca cavaram um metro de buraco, foram R$ 137 milhões. Tirar do bolso do cearense esses milhões todos pra nada é bater na cara do cidadão. O que estamos assistindo é o enterro desses recursos públicos e 3 hospitais fechando as portas a partir de março porque não tem dinheiro para o custeio”.

Ele cobrou ainda que o Estado socorra os municípios onde os hospitais estão fechando. “É inaceitável que diante da falência desses hospitais públicos, o estado não socorra os municípios. Com certeza o cidadão que paga os seus impostos tem o direito à saúde e o poder público está negando esse direito. Não me importa aqui se é Estado, Município ou União”, disse.

17:46 · 22.02.2017 / atualizado às 17:46 · 22.02.2017 por

Os deputados estaduais assinaram um manifesto pelo fortalecimento do Sistema Nacional de Emprego e do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) e pedindo a suspensão dos cortes de recursos destinados ao órgão. O deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB), responsável pela iniciativa, juntamente com os servidores do Sine/IDT, está recolhendo as assinaturas. Até agora, do total de 46 parlamentares, 27 assinaram o manifesto.

Devido a um ajuste fiscal, o Governo do Estado irá realizar um corte de 12,3% no orçamento do Sine/IDT, o que irá ocasionar em demissões de funcionários, fechamento de unidades de atendimento e no comprometimento dos serviços prestados pelo instituto, como é o caso da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), que já encontra-se suspensa.

O Sine/IDT executa, há mais de 18 anos, políticas públicas na área do trabalho no Ceará e, neste período, já realizou mais de 11 milhões de atendimentos, incluindo o encaminhamento de profissionais ao mercado de trabalho e habilitando trabalhadores ao seguro-desemprego. Para Danniel, o corte vem em pior hora, já que o Ceará vive atualmente uma grave crise de desemprego. “Somente na Região Metropolitana de Fortaleza são 250 mil desempregados. É um contrassenso perverso por parte do Governo cortar recursos justamente no órgão que pode ajudar essas pessoas”, disse.

Durante a sessão plenária desta terça-feira (22/02), o deputado Danniel se pronunciou agradecendo aos deputados que já assinaram o documento e pediu que os demais parlamentares se unam a causa.

Até o momento, assinaram o manifesto os seguintes deputados estaduais:

Aderlânia Noronha (SD)
Antônio Granja (PDT)
Audic Mota (PMDB)
Augusta Brito (PCdoB)
Bruno Gonçalves (PEN)
Capitão Wagner (PR)
Carlos Matos (PSDB)
Danniel Oliveira (PMDB)
Dr. Santana (PT)
Dr. Carlos Felipe (PCdoB)
Dra. Silvana (PMDB)
Elmano Freitas (PT)
Ely Aguiar (PSDC)
Fernanda Pessoa (PR)
Gony Arruda (PSD)
Heitor Férrer (PSB)
João Jaime (DEM)
Julinho (PDT)
Leonardo Araújo (PMDB)
Leonardo Pinheiro (PP)
Mário Hélio (PDT)
Mirian Sobreira (PDT)
Odilon Aguiar (PMB)
Renato Roseno (PSOL)
Roberto Mesquita (PSD)
Sérgio Aguiar (PDT)
Walter Cavalcante (PP)

17:38 · 22.02.2017 / atualizado às 17:38 · 22.02.2017 por

Preocupada com o acesso aos recursos do Governo Federal para ações de saneamento básico, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) elaborou uma pesquisa com o intuito de aferir a situação de cada município quanto a finalização do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

O PMSB é um instrumento estratégico de planejamento e gestão participativa para atender os preceitos da Lei n° 11.445/2007 (Plano Nacional de Saneamento Básico – Plansab), que determina que todos os municípios possuam os seus mecanismos de planejamento e controle social dos serviços de saneamento até 31 de dezembro deste ano. O Plano abrange quatro eixos: abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e manejo das águas pluviais.

O objetivo da pesquisa, que deve ser realizada pelos gestores municipais, é levantar os dados sobre o PMSB em municípios com população até 50 mil habitantes, para contribuir na construção desses documentos, por meio de parcerias com o Governo Federal. Assim, os municípios cumprem a legislação e conseguem acesso aos recursos financeiros voltados para implantação de saneamento básico em suas comunidades.

Além da exigência do PMSB, o Plansab traz, ainda, a obrigatoriedade da formação de um conselho social para controle, fiscalização e monitoramento das ações de saneamento nas prefeituras. A exigência de um controle social é para garantir a participação do usuário na Administração Pública direta e indireta, de forma a fortalecer a cidadania.

Para ter acesso às perguntas do questionário da Funasa o usuário deve entrar no sistema e, caso não seja uma prefeitura cadastrada será necessário solicitar acesso. Após preencher todas as informações solicitadas, a Funasa encaminhará um usuário e uma senha para o e-mail cadastrado. Os municípios cadastrados no SIGA, podem utilizar o mesmo login e senha para responder ao questionário.

A pesquisa está disponível em pesquisa.funasa.gov.br

17:37 · 22.02.2017 / atualizado às 17:37 · 22.02.2017 por

Foi aprovado, na Comissão Especial da Reforma Trabalhista, da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (21), o requerimento do deputado federal Cabo Sabino (PR), que solicita a realização de Encontro Regional, em Fortaleza, para discutir a reforma em análise na Casa. De acordo com o parlamentar, o objetivo de trazer a comissão para Fortaleza, é “possibilitar a sociedade, a oportunidade de debater, conhecer melhor e contribuir para o projeto, bem como oportunizar a sociedade civil organizada e a população em geral do setor, sobre tema tão relevante”. A comissão foi instalada no último dia 9 de fevereiro, e analisará 12 pontos que poderão ser negociados entre patrões e empregados e, em caso de acordo, passarão a ter força de lei. A data e o local da realização do evento ainda está sendo analisada pela Comissão Especial.

Confira as 12 propostas do Governo Federal que diz respeito à Reforma Trabalhista:

1. Parcelamento das férias em até três vezes, com pelo menos duas semanas consecutivas de trabalho entre uma dessas parcelas.

2. Pactuação do limite de 220 horas na jornada mensal.

3. O direito, se acordado, à participação nos lucros e resultados da empresa.

4. A formação de um banco de horas, sendo garantida a conversão da hora que exceder a jornada normal com um acréscimo mínimo de 50%.

5. O tempo gasto no percurso para se chegar ao local de trabalho e no retorno para casa.

6. O estabelecimento de um intervalo durante a jornada de trabalho com no mínimo de 30 minutos.

7. Estabelecimento de um plano de cargos e salários.

8. Trabalho remoto.

9. Remuneração por produtividade.

10. Dispor sobre a extensão dos efeitos de uma norma mesmo após o seu prazo de validade.

11. Ingresso no programa de seguro-emprego.

12. Registro da jornada de trabalho.

13:02 · 22.02.2017 / atualizado às 13:02 · 22.02.2017 por


O governador Camilo Santana realizou, na tarde desta terça-feira (21), o primeiro contato direto, ao vivo, com internautas, via Facebook. O chefe do Executivo ressaltou que esse é um compromisso firmado por ele e que será realizado toda terça-feira, às 13h. “Não queria perder essa oportunidade de conversarmos, de batermos um papo, de responder perguntas, sugestões, críticas. Quero cumprir rigorosamente essa data”, disse.

Antes de responder às perguntas, o governador falou sobre as ações realizadas, referindo-se à sua agenda recente. “Esses dias foram muitos intensos, estivemos no Cariri, inaugurando e visitando obras. Depois fomos para a região dos Inhamuns, onde inauguramos o Batalhão do Raio, em Tauá. Em breve, vamos inaugurar o Raio em Canindé. A meta é intensificar o policiamento nas cidades de médio e grande portes, Fortaleza e Região Metropolitana. Ontem estive em Guaiúba, onde tive o prazer de autorizar a construção do Polo Químico Industrial. Será pioneiro no Nordeste algo desse porte. O Estado vai investir em toda a estrutura e 27 empresas já assinaram protocolo, com o intuito de se instalarem nessa área, que vai gerar dois mil empregos diretos”, disse.

A primeira pergunta foi de Diego Lima, que questionou sobre a convocação da terceira turma dos aprovados no concurso da Polícia Civil. “Chamei duas turmas no ano passado e pretendo chamar, até o final de março ou início de abril, a terceira turma. Lembrando que todas as ações que fizermos precisam ser feitas com muita responsabilidade para que comprometam a situação fiscal do Estado”, frisou o governador.

Célio Júnior perguntou quando será instalado o Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) de Canindé. “Sábado implantamos em Tauá e, logo depois do Carnaval, em março, vamos levar para Canindé. Aqui mesmo pelo Facebook estarei anunciando a data exata”, disse.

Rosa Diógenes perguntou quando será anunciado o concurso para agentes penitenciários. “Tudo o que posso dizer agora é que vão estudando pois, em breve, estaremos lançando o concurso. Estamos definindo o número de vagas, mas adianto que serão no mínimo mil”, antecipou.

Wilder Caldas questionou sobre a possibilidade da instalação de uma usina de dessalinização do Pecém. “Desde que assumi o governo, tenho buscado essa alternativa. Estamos vivendo o pior período de seca e a dessalinização é uma grande saída para consumo humano. Visitei Dubai, o maior centro de água dessalinizada do mundo. O problema é que o custo é muito alto. Estamos lançando uma Parceria Público-Privada, que traria essa experiência, mas sairia por 1 dólar cada metro cúbico, mais de R$ 3. Já a água que viria da transposição do São Francisco custaria R$ 0,50”, explicou o chefe do Executivo.

Evandir Florêncio perguntou se uma base do Ciopaer será instalada no Sertão Central. “Sim, uma das minhas decisões na segurança pública foi interiorizar as bases do Ciopaer. Antes, a nossa base só ficava em Fortaleza e demorava o tempo de deslocamento. Hoje, temos uma base no Cariri, uma em Sobral, estou comprando dois novos helicópteros e um deles vai ficar na base do Sertão Central, que ficará em Quixadá e vai ajudar muito as ações de segurança no Ceará”, esclareceu.

Carlos Taffarel perguntou sobre o teleférico na localidade Vila do Caldas, em Barbalha. “Está em obras. O órgão licenciador fez alguns questionamentos. Finalmente conseguimos a isenção da área e espero estar em breve subindo lá o cruzeiro de Caldas. Em breve estarei em Barbalha autorizando a duplicação da estrada Barbalha-Missão Velha e aproveitarei para anunciar essa obra que é um sonho antigo e vai impulsionar o turismo da região”, respondeu.

Kleiza Pessoa questionou sobre a aprovação da média salarial para Polícia e Bombeiros Militares. “Enviei o projeto de lei para a Assembleia Legislativa e deverá ser votado depois do Carnaval. É um compromisso que assumi e, mesmo com muitas dificuldades, quero esclarecer que foram pesquisadas todas as médias do Nordeste, atualizadas para 2016 e até o final do meu governo, todos os militares, ativos e inativos, ganharão a média do Nordeste”, informou.

Manoel Lopes perguntou sobre o novo residencial do “Minha Casa, Minha Vida” no Crato. “Um já foi entregue no ano passado, tive oportunidade de entregar, beneficiando 500 famílias. Entreguei lá também o novo camelódromo, um grande centro comercial que vai atender aos comerciantes e às pessoas que usufruem desse mercado. Fui visitar o segundo empreendimento do ‘Minha Casa, Minha Vida’, a construtora prometeu que entregaria até o final de março. A Caixa colocou que uma das condições para fazer era a construção do acesso, que é responsabilidade da construtora. Vamos ficar na cola para que possamos entregar essas unidades, peço que fiscalizem as obras, pois as famílias estão esperando com muita ansiedade”, disse.

Perto do fim da transmissão, Camilo Santana falou sobre alguns dos sonhos mais antigos do povo cearense, entre eles, a refinaria no Pecém. “Vamos trabalhar muito para trazer a refinaria. Estive na China, em Dubai, Amsterdam, em busca de investimentos. O ministro das Minas e Energia, Fernando Bezerra, afirmou que vai abrir um concessão para empresas estrangeiras explorarem petróleo no Brasil. Isso viabiliza a refinaria no terreno que era da Petrobras”, disse.

“Entre nossos sonhos, um já é realidade que é a siderúrgica. O outro é o HUB da TAM, que não desistimos. Já conseguimos a ampliação do aeroporto, em março abriremos um leilão para a iniciativa privada. O terceiro, estaremos em Roterdã para firmar essa parceria do porto de lá com o porto do Pecém. A ideia é atrair novos investimentos para trazer mais desenvolvimentos para nossos jovens, o povo trabalhador do Ceará”, concluiu.

12:42 · 22.02.2017 / atualizado às 12:42 · 22.02.2017 por

A deputada Fernanda Pessoa (PR) manifestou nesta quarta-feira (22/02), durante a ordem do dia da sessão plenária, indignação com o fechamento da Maternidade Santa Luísa de Marilac, único hospital de pediatria e obstetrícia da microrregião de Aracati. “Fechará as portas depois de 60 anos de serviços prestados aos moradores de quatro cidades da região. Recebemos com muita tristeza a notícia “ disse.

O hospital de acordo com administradores tem uma  dívida de R$ 1,2 milhão e um déficit mensal de 150 mil reais.  O déficit é dívida dos municípios com o Hospital. Fernanda Pessoa pediu o apoio dos gestores das cidades que estão em dívida com a Maternidade que  são; a própria prefeitura de Aracati que deve R$ 426 mil, a prefeitura de Icapuí R$ 61,7 mil e de Itaiçaba R$ 42 mil.

“Peço o apoio e a sensibilidade mais uma vez destes gestores municipais e do governador Camilo Santana, sabemos das dificuldades pelas quais passam o nosso povo” solicitou Fernanda que também lamentou o fechamento dos hospitais na região do Cariri.

10:46 · 22.02.2017 / atualizado às 10:46 · 22.02.2017 por
Wilton Bezerra
Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

O amor por um time de futebol está – imagino – acima do inferno dos resultados.

Há questionamentos sobre essa visão.

Também quem ache, e não são poucos, que o torcedor gosta muito mais dos resultados positivos do que o culto ao amor.

Afirmar que o ideal é a mistura do amor com resultados vitoriosos é uma obviedade que não realça a reflexão.

O pequeno aprofundamento do assunto neste espaço pretende ratificar que as vitórias que constroem as conquistas derivam da busca constante de uma coisa indispensável – a qualidade do futebol jogado.

Perguntamos então: por que o futebol brasileiro abriu mão de jogar bem, se isso implica em eficácia necessária para a obtenção de melhores resultados?

De cara, entra o entrave de não se pensar futebol, como a atividade exige no Brasil.

Quem acompanha o Campeonato Cearense se surpreende com o futebol exibido pelo Guarani de Juazeiro, um time pequeno.

Como uma equipe de baixíssimo custo, consegue um padrão de jogo baseado na marcação sem a bola, paciência e competência na troca de passes e um ritmo aceso durante a partida?

Washington Luiz, o treinador, deu uma consciência à equipe rubro-negra pouco vista nos nossos grandes.

Não são os poderosos que têm a obrigação de jogar bem, bonito e de forma eficaz?

Por que Ceará e Fortaleza dificilmente sustentam fases de razoáveis encantamentos?

Os investimentos nos últimos tempos não têm sido pequenos.

Pensar futebol, neste caso, é somente um rótulo teórico na cabeça dos executivos?

Não deve ser.

Pensar futebol é reunir coisas novas em um mar de conceitos, dentro e fora de campo. Não fazer apenas o “manjadinho” que requer pouco esforço.

Dar um não a cansativas repetições de atitude.

A coisa é vasta.

Há quem diga que o Guarani é um mero “fogo de palha” e que daqui a pouco vai esbarrar na dureza maior da próxima fase do certame.

E daí?

O prazer que deu em tão pouco tempo a quem aprecia o que é bom foi o suficiente.

O futebol agradece.

10:28 · 22.02.2017 / atualizado às 10:29 · 22.02.2017 por

O secretário de segurança André Costa participou hoje de uma operação no bairro da Jurema, em Caucaia. A operação era para cumprir 150 mandados de busca e apreensão de drogas em casas do bairro. Três homens envolvidos com o tráfico foram presos.

O secretário fez um post no Facebook onde falou um pouco sobre a operação. A postagem já tem mais de 500 compartilhamentos. O secretário disse que “hoje não foi um belo dia pra vagabundo”.