Busca

11:30 · 25.07.2016 / atualizado às 12:13 · 25.07.2016 por
Wilton Bezerra Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares
Wilton Bezerra Comentarista esportivo da TV Diário e Rádio Verdes Mares

O futebol gera emoção. E esse sentimento vende. Tal aspecto mercadológico todo mundo conhece. É do negócio, por exemplo, uma empresa atrelar sua marca ao sucesso de um time de futebol.

A palavra emoção, assim, me ocorre ao acompanhar as atuações do Ceará. O alvinegro adora fortes emoções, de uma forma muito peculiar. Tome-se por base o jogo diante do Vila Nova, no sábado. Bicho fácil, com vantagem de 3 x 1 na primeira fase.

Na etapa derradeira, como em outras partidas, o time é tomado por um relaxamento, que acaba potencializando o adversário. No final, vitória apertada por 4 x 3, quando as coisas poderiam ter sido mais tranquilas.

O Ceará cutuca onça com vara curta para saborear um resultado com sobressaltos. Cada um com suas manias. É segundo colocado na série B e tem se sustentado entre os quatro do andar de cima há um bom tempo.

Já o Fortaleza vem oferecendo pouca resistência aos problemas gerados por desfalques. Sem Anselmo, Éverton e Daniel Sobralense, o tricolor teve uma atuação ruim contra o River, em Teresina, no empate de 1 x 1.

A bola do adversário também estava murcha e, mesmo assim, além do gol de Eduardo, os riverinos criaram duas chances reais, com Edu e Diego Lira.

Marquinhos Santos fez uma leitura de maior posse de bola e melhores situações de gol produzidas pelo tricolor. O sol inclemente da capital piauiense deve ter fervido os neurônios do treinador. Eu, hein? A temperatura acima de 35 graus deu a impressão de que os dois times já entraram em campo exauridos.

A primeira posição do grupo continua protegida pelas garras do Leão. Nada mal. Em vez do passeio permanente nos últimos anos, a posição sempre previdente será melhor para manter em dia a saúde do campeão cearense na competição.

06:37 · 25.07.2016 / atualizado às 08:53 · 25.07.2016 por

ely aguiar

O apresentador de TV e deputado estadual Ely Aguiar fechou com Roberto Cláudio. Ely preside o PSDC

Ely já faz parte da gestão de Roberto Cláudio ocupando cargos.

No início da pré-campanha, Ely pensou em entrar na disputa. Sem apoios e estrutura, optou em seguir com Roberto Cláudio.

06:29 · 25.07.2016 / atualizado às 06:29 · 25.07.2016 por

Presidência da República

Segunda-feira 25 de julho de 2016
10h – Despacho Interno
Palácio do Planalto

15h – Jayme Martins de Oliveira Neto
Presidente da Associação Paulista de Magistrados – APAMAGIS

06:27 · 25.07.2016 / atualizado às 06:27 · 25.07.2016 por

image

O Presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), em ritmo de recesso apenas das sessões legislativas intensifica suas andanças pelo interior, percorrendo todas as regiões do Ceará.

Por todo o dia de sexta-feira (22/07) o deputado Zezinho Albuquerque (PDT) visitou sua terra natal (Massapê) e ainda tirou um tempinho para visitar seu amigo e ex-deputado, Oman Carneiro (PP) no Rancho Flash em Sobral.

image
Ainda em Massapê, o deputado visitou as inúmeras obras da gestão municipal, deixando marcado um novo retorno para próxima sexta-feira (29/07) quando se somará a sociedade civil organizada em prol de um projeto que só tem dado resultados satisfatórios para o município berço do presidente do legislativo cearense.

06:19 · 25.07.2016 / atualizado às 06:19 · 25.07.2016 por

Está clareando o cenário político em Caucaia. Três candidatos devem sobrar para a disputa. Potim, Eduardo Pessoa e Naumi Amorim.

A eleição em Caucaia será em dois turnos, caso um candidato não obtenha a maioria absoluta dos votos.

05:53 · 25.07.2016 / atualizado às 05:53 · 25.07.2016 por


image

O Corretor de imóveis Edson Sá tem feito muito esforço em visitas seguidas ao TCM para limpar sua ficha. Parece que não terá êxito. Filiado ao PMDB, o partido tem pouca influência ou quase nenhuma naquela corte.

Edson Sá já trabalha a candidatura do filho. Um empresário ligado aos shows de forró. O rapaz está empolgado.

05:42 · 25.07.2016 / atualizado às 19:23 · 24.07.2016 por

prefeito_roberto_claudio_retrato_novo_0

No limite. A convenção da aliança liderada pelo PDT será no penúltimo dia estabelecido na lei eleitoral.

Roberto Cláudio costura aliança com 18 partidos. Os maiores parceiros são além do PDT, o DEM, PSD, PP, PV, PTB, PSC, PSL e mais 10 partidos nanicos.

A coligação vai lançar 500 candidatos a vereador, se tudo correr como planejado.

Roberto Cláudio terá ainda duas máquinas, a da prefeitura e do governo do Ceará. Sobrou pouco para a oposição.