Busca

Tabela de preços de frete vai trazer desemprego e aumento de custos, avalia especialista

08:20 · 14.07.2018 / atualizado às 08:20 · 14.07.2018 por

Hoje nós estamos entrevistando o advogado especialista em Direito Econômico, José Del Chiaro. Estamos conversando sobre a tabela divulgada pelo governo que estipula preços mínimos para o frete nos transportes de cargas em rodovias. Doutor Del Chiaro, quais são as conseqüências desse tabelamento?

José Del Chiaro, advogado especialista em Direito Econômico

“Nós vamos começar a ter desemprego na agricultura, nós vamos começar a ter desemprego e prejuízos nas safras. O próprio governo não parou para pensar que na hora que ele sobe todos esses preços, ele vai prejudicar os municípios, os estados e a própria União, porque vai vender menos, vai ter menos tributo para ele arrecadar”.

Doutor, essa tabela foi publicada como parte do acordo com os caminhoneiros. Como eles serão afetados com isso?

José Del Chiaro, advogado especialista em Direito Econômico

“Eu acho que nesse momento, o próprio caminhoneiro precisa pensar que ele está entrando na construção de uma bola de neve, porque na hora que ele sobe todos os preços, da forma como ele vai subir, ele também será prejudicado. Vai ser uma diminuição do frete, da demanda de frete, vão subir os preços, e eles, no final, vão ter um problema. Ele vai estimular as empresas a contratarem motoristas e começarem, elas mesmas a transportar. Aliás, a gente já está ouvindo esse tipo de discussão aqui dentro do escritório. Então, não é que eu esteja aqui, atacando o caminhoneiro, muito pelo contrário, eu respeito esse homem, ou essa mulher”.

Perfeito, Doutor Del Chiaro. Gostaria de agradecer a sua participação. Chegamos ao fim de mais um Agência Entrevista. Eu sou o Paulo Henrique Gomes. Obrigado pela sua companhia e até mais!

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *