Busca

Tag: BNB


06:24 · 17.03.2017 / atualizado às 06:24 · 17.03.2017 por

Hoje, em Sobral, o Banco do Nordeste abre debate com produtores rurais sobre negociação de dívidas.

O BNB também vai apresentar o cartão FNE para o campo.

05:45 · 13.03.2017 / atualizado às 05:45 · 13.03.2017 por

Na próxima sexta-feira, 17, o Banco do Nordeste estará realizando no município de Sobral o “Encontro com Produtores Rurais da Zona Norte”, para apresentar a Lei 13.340, que autoriza a liquidação e a renegociação de dívidas de crédito rural e o Cartão FNE Agronegócio (Investimento e Custeio) do Banco do Nordeste. O evento será realizado na AABB de Sobral, às 08h.

Na ocasião serão apresentadas aos produtores rurais as regras para aplicação da Lei, que prevê descontos variam de 15% a 95%, para aqueles que contraíram dívida junto ao BNB. Além disso, o banco vai ofertar novas linhas de crédito para o ano de 2017.

De acordo com a Lei, os descontos serão aplicados por cinco faixas de valores da dívida atualizada segundo os montantes originais, que variam de R$ 15 mil a mais de R$ 500 mil. Conforme a nova legislação, as dívidas poderão ser quitadas ou renegociadas com descontos até 29 de dezembro de 2017.

Participarão do encontro diretores, superintendentes do Banco do Nordeste, além de parceiros e produtores que se enquadram na referida lei. O evento ainda contará com a presença do Presidente do Senado, Senador Eunício Oliveira, e do Deputado Federal Moses Rodrigues.

17:36 · 14.02.2017 / atualizado às 17:43 · 14.02.2017 por

Provocado pela Comissão Especial de Acompanhamento e Monitoramento das Águas do Rio São Francisco da Assembleia Legislativa, o Banco do Nordeste vai disponibilizar R$90 milhões para financiar a perfuração de seis mil poços no interior do Estado, sendo três mil rasos e três mil profundos. A instituição vai operar os recursos por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste Água.

Segundo o presidente da Comissão Especial do São Francisco da AL, deputado Carlos Matos, a demanda surgiu em dezembro do ano passado, durante reunião da Comissão com a superintendência do BNB. “Nós lançamos o desafio ao Banco do Nordeste, para que a instituição pudesse financiar a perfuração de poços, uma vez que, apesar dos esforços, o Governo não consegue atender toda a demanda”, explica.

Para dar sequência aos trabalhos, a Comissão criou um grupo específico, o Água Subterrânea.  Com os recursos assegurados, o grupo procurou a Empresa Técnica e Extensão Rural (Ematerce), a Federação dos Agricultores Familiares (Fetraece) e a Federação dos Agricultores do Estado do Ceará (Faec), para fazer o levantamento das demandas dos poços no interior do Estado.

Nos últimos dois meses, a Ematerce realizou um trabalho minucioso e, até o momento, catalogou a demanda de 3.000 poços. Segundo o gerente executivo estadual da Superintendência do BNB, Daniel Carneiro, o próximo passo é a elaboração do projeto. “Aquele produtor que teve o seu cadastro qualificado pela Ematerce terá que elaborar um projeto e apresentar ao banco. Se não houver nenhuma pendência na documentação e restrição cadastral, o banco autoriza a liberação do crédito em até 25 dias”.

Condições

Para perfuração de poços rasos serão liberados até R$15 mil e os projetos serão elaborados pelo corpo técnico do programa de microcrédito Agroamigo do BNB. Para a linha Pronaf Semiárido serão liberados até R$20 mil e os projetos serão elaborados por técnicos da Ematerce.

O prazo é de dez anos para pagamento, com três de carência e taxa de juros de 2,5% ao ano. Há dispensa de garantias reais. Acima de R$20 mil, por meio do FNE Rural para os médios e grandes produtores, a taxa de juros varia entre 7,65% e 10% ao ano. Há exigência de garantia real (hipoteca) e bônus de adimplência de 15% sobre a taxa. O prazo de pagamento é de 12 anos, com quatro de carência.

Dispensa de licitação

Para agilizar a perfuração dos poços e evitar novas perdas no setor rural, a Comissão Especial solicitou ainda a dispensa de licenciamento ambiental por parte da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

Diante do quadro de emergência decretado pelo Governo do Estado em 137 municípios cearenses por estiagem ou seca, a dispensa de licitação foi atendida pelo órgão.

Próximas ações

Uma reunião para avaliar os projetos e os cadastros levantados pela Ematerce está agendada para o dia 14/02 (terça-feira), na sede da Empresa Técnica e Extensão Rural.

Tanto a perfuração de poços, quanto a dispensa de licenciamento ambiental por parte da Semace, são ações propostas pela Comissão Especial do São Francisco da AL e constam no relatório preliminar apresentado em dezembro do ano passado à imprensa.

16:49 · 14.02.2017 / atualizado às 16:49 · 14.02.2017 por

O Banco do Nordeste acaba de lançar o Portal BNB Transparente, com as principais informações sobre a atuação do Banco do Nordeste. O espaço está disponível na internet no endereço www.bnb.gov.br/bnb-transparente.

As página está dividida em nove eixos de conteúdo: O Banco; Contratações: FNE (com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste); Contratações: outros recursos; Governança corporativa; Investimentos sociais e culturais; compromisso com a ética; Financiamentos e pesquisas; Licitações e contratos; e Recursos humanos.

Como destaque, o Portal BNB Transparente detalha a estrutura organizacional do Banco do Nordeste, com os integrantes do Conselho de Administração, da Diretoria Executiva e os nomes dos superintendentes estaduais.

A ferramenta informa quanto em recursos foi aplicado em cada estado da área de atuação do BNB, por ano, por setor da economia e porte do empreendimento, além de possibilitar o recorte de dados específicos do Semiárido.

09:09 · 04.02.2017 / atualizado às 09:09 · 04.02.2017 por

Marcos Holanda, presidente do Banco do Nordeste, participa, nesta segunda-feira, 6 de fevereiro, às 19h, da solenidade de reinauguração do Palácio da Luz, sede da Academia Cearense de Letras.

Na ocasião, a ACL homenageará personalidades, como Chanceler Airton Queiroz, e instituições apoiadoras da Academia, entre elas, o Banco do Nordeste.

09:52 · 14.01.2017 / atualizado às 09:52 · 14.01.2017 por

IMG_4391

Aliados de Cid Gomes responsabilizam o procurador Oscar Costa Filho pelo desfecho onde Cid virou réu no processo de um empréstimo supostamente fraudulento no BNB, tendo conseguido para sua empresa R$ 1,3 milhão.

O MP entrou na justiça a partir de investigação comandada por Costa Filho. Ciro, Cid e Oscar Costa Filho vivem às turras faz tempo. Outro que Ciro não suporta é  Alessander Sales.

08:23 · 07.12.2016 / atualizado às 08:23 · 07.12.2016 por

IMG_3422

O presidente Michel temer desembarca na próxima sexta-feira (9) em Fortaleza, onde participa às 16 horas, de uma solenidade de assinatura de uma medida que concede descontos de até 95% de juros e multas, sobre as dívidas agrícolas. O evento acontecerá na sede do Banco do Nordeste, no bairro passaré.

A informação sobre a visita de Temer foi confirmada pelo presidente da Executiva Regional do PSB, deputado federal Danilo Forte. A crise política entre o Supremo Tribunal Federal e o senado federal, fez o presidente Temer suspender vários compromissos que estavam agendados. Temer ficou preocupado com a crise entre os dois poderes.

07:23 · 12.10.2016 / atualizado às 07:23 · 12.10.2016 por

Na próxima quinta-feira, dia 13, às 8h30, o Banco do Nordeste reunirá, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), um grupo de entidades parceiras da sociedade, órgãos governamentais e clientes para apresentar o planejamento de aplicações do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para o ano de 2017. A previsão é de que, para o próximo ano, o Ceará tenha à disposição um montante de R$ 2,22 bilhões do FNE para aplicação nos diversos segmentos da cadeia econômica do estado.

O encontro vai discutir estratégias para implementação do recurso de forma participativa, seguindo orientações emanadas do Ministério da Integração e Sudene. Haverá também a avaliação da economia brasileira e nordestina e apresentação das perspectivas dos diversos setores da economia cearense.

28 anos do FNE

Na sexta-feira, dia 14, às 15h, a Assembleia Legislativa do Ceará realiza sessão solene em comemoração aos 28 anos de criação do Fundo Constitucional. Administrador do fundo, o Banco do Nordeste já aplicou, desde a criação do FNE, em 1988, o montante de R$ 177,9 bilhões em toda a sua região de atuação, beneficiando as regiões Nordeste e norte dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Em 2016, o Ceará dispõe de R$ 2,12 bilhões do FNE. As 49 agências do Banco do Nordeste no Estado contrataram, até o dia 10 de outubro, 59,6 % de todo o crédito de longo e curto prazo concedido. Os dados foram divulgados pelo Sistema de Informações do Banco Central (Sisbacen), que considera todos os bancos comerciais e múltiplos com carteira comercial. Os números de contratação do Banco do Nordeste incluem recursos internos e do FNE.

Principal fonte de recursos do Banco do Nordeste, o FNE financia investimentos de longo prazo e, complementarmente, capital de giro ou custeio. Além dos setores agropecuário, industrial e agroindustrial, também são passíveis de financiamento os setores de turismo, comércio, serviços, cultural e infraestrutura.

06:00 · 27.09.2016 / atualizado às 20:48 · 26.09.2016 por

BNB
Dois novos diretores já estão trabalhando no BNB. Perpétuo Cajazeiras(Diretor de Planejamento) e Rosendo Júnior(Diretoria de Negócios).

Os dois novos diretores são funcionários de carreira de Banco do Nordeste com ficha exemplar, ou seja, são ficha limpa e defensores da cartilha e normas do banco.

08:07 · 28.03.2016 / atualizado às 08:07 · 28.03.2016 por

mario_borba_0

A dívida dos produtores do Nordeste já chega a R$ 12 bilhões de reais. O alerta foi feito pelo presidente da Federação da Agricultura e da Pecuária da Paraíba, Mário Borba, “Está insustentável”, disse. Ele culpa o governo federal pela situação e disse que em estados, como a Paraíba, que sofre com os efeitos da estiagem, a produção agrícola está perdida.

O presidente da Federação afirmou que a agropecuária da Paraíba foi extinta em 80% da área. “Nossas grandes barragens ainda não tomaram água ainda. O agricultor não tem como pagar essa conta de quatro anos secos. E nós vamos para o quinto ano sem água. É uma falência do setor”, observou em entrevista ao Portal Correio.

Mário Borba afirmou que, para piorar ainda mais, órgãos governamentais que poderiam ajudar estão paralisadas. “Faz três anos que o Condel (Conselho Deliberativo da Sudene) não se reúne”. Na última gestão do Instituto do Semiárido (Insa), o conselho administrativo passou quatro anos sem ter sequer uma reunião“, exemplificou.