Busca

Tag: motoristas


19:53 · 18.06.2012 / atualizado às 19:53 · 18.06.2012 por

Durante entrevista coletiva para a imprensa, realizada nesta segunda-feira (18), no Paço Municipal, a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, disse que vai trabalhar para evitar a greve dos motoristas e cobradores do estado do Ceará e afirmou ainda que não pretende reajustar a tarifa do transporte público em Fortaleza.

Além dela, estavam no local o presidente da Etufor, Ademar Gondim, e o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira. A proposta do sindicato patronal para a categoria foi de 8,5%, com acréscimo de R$10 na cesta básica.

O Sindiônibus vai se reunir amanhã (19) com os motoristas e cobradores durante as duas assembleias que serão realizadas na sede do Sintro, no Centro, às 9h e 16h. Em seguida, o presidente da entidade vai ao Paço Municipal para informar o resultado das reuniões para Luizianne Lins, às 17h.

 

18:50 · 18.06.2012 / atualizado às 18:50 · 18.06.2012 por

Em entrevista coletiva, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro) informou que o Sindiônibus ofereceu um aumento de 8,5% . A categoria solicitava reajuste de 15%. Hoje, Os motoristas de ônibus recebem R$ 1.273, enquanto os cobradores R$ 734.

Amanhã (19), o Sintro vai realizar duas assembleias para apresentar a proposta à categoria. As reuniões acontecem às 9h e às 15h na sede do Sindicato, no Centro. Somente após as assembleias o Sintro vai definir se a greve será realmente suspensa.

21:40 · 31.01.2012 / atualizado às 21:40 · 31.01.2012 por

A turbulência política vai atingir a frota de ônibus de Fortaleza. Motoristas e cobradores ameaçam parar sem avisar. Eles querem aumento. A prefeita Luizianne Lins não terá a quem recorrer. Os motoristas apoiaram a greve dos policiais militares e vão pedir a reciprocidade. Isso significa que a cidade pode parar mais uma vez.

09:12 · 12.01.2012 / atualizado às 09:12 · 12.01.2012 por

Muitas empresas prestavam serviços ou vendiam serviços para o governo do Ceará. Só com a frota de veículos, o governo economizou mais de R$ 100 milhões ano. O estado comprou as viaturas e botou nas secretarias. Antes os motoristas ficavam parados, sem fazer nada. É que todos os carros e motoristas eram terceirizados.

Outra economia feita pelo estado. Os hospitais tinham metade de suas folhas com terceirizados, agora todos são servidores. O custo caiu pela metade. Mais R$ 30 milhões de economia a cada ano.

São apenas alguns exemplos. Tem mais de uma centena deles. As empresas que prestavam os serviços eram de pessoas conhecidas. Todos viviam sob as tetas do Estado.

08:59 · 02.08.2011 / atualizado às 08:59 · 02.08.2011 por
19:12 · 28.07.2011 / atualizado às 19:12 · 28.07.2011 por
17:10 · 03.07.2011 / atualizado às 17:12 · 03.07.2011 por
11:23 · 15.06.2011 / atualizado às 11:23 · 15.06.2011 por
13:54 · 05.06.2011 / atualizado às 15:34 · 05.06.2011 por
15:12 · 31.05.2011 / atualizado às 15:12 · 31.05.2011 por