Busca

Tag: PMDB


07:46 · 07.04.2017 / atualizado às 07:46 · 07.04.2017 por

 

Reunir lideranças políticas, filiados e aliados, além da população em geral, para debater a realidade dos municípios já é uma tradição do PMDB do Ceará. O primeiro encontro regional de 2017 para reafirmar essa disposição democrática está agendado para este sábado, 8, às 9h, em Limoeiro do Norte. O evento contará com a presença do senador Eunício Oliveira (PMDB), presidente do Congresso Nacional.

Entre os temas que serão debatidos está a renegociação das dívidas dos agricultores prejudicados pela seca, viabilizada atualmente pela Lei 13.340/2016, relatada por Eunício no Senado. A matéria prevê, entre outros benefícios, a possibilidade de quitação das dívidas com descontos de até 95%, o que reforça a necessidade de uma divulgação ampla de suas disposições junto à população do campo.

Também estão na pauta do encontro regional do PMDB, temas como a transposição do Rio São Francisco, cuja etapa cearense está em nova fase de licitação, e projetos estratégicos para o desenvolvimento dos 184 municípios cearenses. O evento vai ser realizado no Núcleo de Informação Tecnológica de Limoeiro do Norte (NIT), que fica ao lado da Catedral.

Confirmaram presença, os presidentes dos diretórios cearenses de PR, PMB, PSDB, PSD e Solidariedade. Prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais, além de lideranças da região Jaguaribana.

O titular da Secretaria Nacional de Juventude, Francisco de Assis Costa Filho, estará cumprindo agenda no Ceará neste fim de semana e participará do encontro regional do PMDB. Ele está divulgando o programa Identidade Jovem, que garante benefícios aos jovens brasileiros de baixa renda, como meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual.

12:55 · 05.03.2017 / atualizado às 12:55 · 05.03.2017 por

Airton Sandoval, o suplente do senador Aloysio Nunes, que assume na terça-feira o Itamaraty é filiado ao PMDB. É o chamado suplente sem voto. Ele não é político profissional.

Será o 14º suplente a assumir mandato no Senado. A bancada do PMDB terá 23 senadores.

09:48 · 21.02.2017 / atualizado às 09:48 · 21.02.2017 por

A cúpula do PMDB não se manifesta sobre a infidelidade partidária no Ceará e no Brasil.

A comissão de ética do partido silencia como se fosse uma estratégia para buscar mandatos na justiça dos que pensam em abandonar a sigla.

No Ceará, o PMDB tem deputados que analisam a possibilidade de se filiar a outros partidos. Como uma velha águia os homens do PMDB não se movem. Na Assembleia , eles somam e formam para o partido obter mais tempo, espaços nas comissões, mas nenhum dos três tem cargos importantes indicados pelo partido.

Na sexta-feira, enquanto Eunício recebia aliados para encontro sobre seca, Audic Mota preparava recepção a Camilo em Tauá.

11:40 · 18.02.2017 / atualizado às 11:44 · 18.02.2017 por

Um amplo debate sobre as soluções para os desafios do Ceará e do Brasil, com foco na questão hídrica e nas oportunidades para os produtores rurais. Esse foi o enfoque do encontro realizado pelo PMDB do Ceará, na tarde desta sexta-feira, em Fortaleza, que reuniu o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados federais e estaduais, além de lideranças políticas de todo o estado.

Eunício agradeceu a presença de todos, destacando a disposição de todos em discutir questões republicanas, de interesse do estado e do país. Ele descreveu a movimentação política que fez para tornar realidade a renegociação das dívidas dos produtores rurais prejudicados pela estiagem. A norma, inclusive, recebeu o nome de Lei Eunício Oliveira, e já está em sua terceira edição, beneficiando milhões de trabalhadores do campo.

Segundo o presidente do Senado, o Banco do Nordeste está visitando os municípios cearenses com o intuito de divulgar os benefícios da renegociação. “Não conseguimos perdoar as dívidas porque o Conselho Monetário Nacional não permite, mas conseguimos a possibilidade de quitação com o pagamento de apenas 5% da dívida”, comemorou.

Quanto à atuação do Dnocs, Eunício afirmou que o órgão estava sem recursos. Entretanto, em 2017, os recursos foram alocados para tenha efetivas condições de ajudar a população a conviver com a seca que atinge ainda mais forte os carentes.

O encontro foi organizado pelo presidente em exercício do PMDB no Ceará, Gaudêncio Lucena, que destacou a necessidade de se aliar a atuação política com o conhecimento técnico para o alcance dos objetivos. Para ele, o contato direto com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, e com órgãos como Dnocs e Banco do Nordeste são preponderantes para que os municípios desenvolvam projetos exitosos e sustentáveis.

O Diretor Geral do Dnocs, Ângelo Guerra, destacou que o momento atual é de muita vontade política, materializada na disposição do senador Eunício em fortalecer o órgão. Segundo ele, o Dnocs atua em várias frentes para minimizar os efeitos da seca, como a construção de barragens, a transferência de água por meio de adutoras, a perfuração de poços profundos, sistemas de abastecimento e apoio à piscicultura.

Ângelo disse ainda que não basta cuidar das barragens existentes e construir novas, sendo necessária a preservação das nascentes de água e revitalização das matas ciliares. “Vivemos a maior seca da nossa história e os cursos d’água estão perdendo vazão. Não basta para nós somente armazenar, mas atuar também na conservação”, destacou o diretor geral do Dnocs, ao ressaltar que órgão contará com mais recursos para ampliar suas ações em breve.

O diretor do Banco do Nordeste Porfírio Almeida, por sua vez, destacou que a atuação do senador Eunício Oliveira foi imprescindível para solucionar o problema das dívidas dos agricultores. Segundo ele, com a regularização dos débitos contraídos em função da seca, eles podem retomar a capacidade de produção. Pela chamada Lei Eunício Oliveira, que já está na terceira edição, há possibilidade para o produtor repactuar as dívidas contraídas até 2011 com descontos de até 95%.

Porfírio ressaltou que esse é o maior desconto de dívidas já oferecido pela instituição financeira em toda sua história. Ao destacar a adesão não carece do pagamento de honorários advocatícios, o diretor do BNB informou que dos R$ 17,1 bilhões em operações cobertos pela lei, R$ 2,3 bilhões foram contraídos no Ceará, por um total de 136 mil clientes. “Pedimos o apoio de todas as prefeituras para que esse benefício chegue aos agricultores e possamos repactuar com todos eles até o fim do ano”, defendeu.

Entre as mais de 600 pessoas que participaram do encontro, estiveram cerca de 65 prefeitos e prefeitas de partidos como PMDB, PSDB, PR, PSD, PMB, PR, SD, PDT e PT, além de ex-prefeitos e vice-prefeitos. Eunício colocou-se à disposição, como presidente do Congresso Nacional, para reforçar as fileiras da luta em defesa do desenvolvimento dos municípios brasileiros, em especial, das cidades cearenses.

09:49 · 18.02.2017 / atualizado às 09:51 · 18.02.2017 por

Nesta sexta-feira (17), o Deputado Federal Moses Rodrigues (PMDB/CE) participou de uma reunião com o diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Ângelo José de Negreiros Guerra, para tratar do enfrentamento à seca no Estado do Ceará. A reunião atende a uma solicitação da bancada cearense na Câmara Federal.

“Esse encontro foi tensionado, porque estamos preocupados com a gestão dos recursos hídricos no Ceará em meio à crise no abastecimento. Se o inverno não for bom, nossos reservatórios não suprirão a demanda e o Estado, provavelmente, entrará em colapso”, destacou Moses Rodrigues.

Ainda durante o encontro, os parlamentares se comprometeram em destinar recursos para a efetivação de ações de enfrentamento à seca, assim como cobraram um relatório sobre a utilização dos recursos que foram destinados anteriormente. “Em dezembro do ano passado, quando começamos essa discussão de encaminhamentos, nós da bancada, colocamos em pauta a questão da saúde pública e a questão dos recursos hídricos no Estado do Ceará”, destacou o parlamentar.

Além do parlamentar, participaram do encontro a deputada federal Gorete Pereira (PR/CE) e os deputados federais José Airton Cirilo (PT/CE), Macedo (PP/CE), Chico Lopes (PCdoB/CE), Ronaldo Martins (PRB/CE), Vaidon (DEM/CE) e Cabo Sabino (PR/CE), líder da bancada.

07:14 · 17.02.2017 / atualizado às 07:14 · 17.02.2017 por

O PMDB vai reunir prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas de todo Estado, nesta sexta-feira, 17, para debater a crise hídrica e as dívidas dos agricultores dos 184 municípios cearenses. O encontro contará com a presença do presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira.

Entre os palestrantes estão confirmados o Diretor Geral do Dnocs, Ângelo José de Negreiros Guerra, e o Gerente de Recuperação de Crédito do Banco Nordeste (BNB), Alan Coelho Silva. O encontro organizado pelo presidente em exercício do PMDB, Gaudêncio Lucena, é destinado a gestores peemedebistas e aliados do PSDB, PR, SD, PMB e PSD, com previsão de início às 11h30min, no restaurante Sal e Brasa, em Fortaleza.

O Governo Federal tem prestado apoio ao Ceará no combate aos efeitos da seca, tanto por meio de projetos estruturantes, via Ministério da Integração Nacional, como também autorizando o envio de recursos para ações emergenciais por intermédio da Defesa Civil Nacional.

No tocante à renegociação das dívidas dos agricultores prejudicados pela seca, o Banco do Nordeste informou que mais de 10.300 produtores rurais já foram beneficiados pela Lei 13.340, com a regularização de 12,6 mil operações de crédito.

06:28 · 16.02.2017 / atualizado às 06:28 · 16.02.2017 por

O PMDB vai reunir prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas de todo Estado, nesta sexta-feira, 17, para debater a crise hídrica e as dívidas dos agricultores dos 184 municípios cearenses. O encontro contará com a presença do presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira.

Entre os palestrantes estão confirmados o Diretor Geral do Dnocs, Ângelo José de Negreiros Guerra, e o Gerente de Recuperação de Crédito do Banco Nordeste (BNB), Alan Coelho Silva. O encontro organizado pelo presidente em exercício do PMDB, Gaudêncio Lucena, é destinado a gestores peemedebistas e aliados do PSDB, PR, SD, PMB e PSD, com previsão de início às 11h30min, no restaurante Sal e Brasa, em Fortaleza.

O Governo Federal tem prestado apoio ao Ceará no combate aos efeitos da seca, tanto por meio de projetos estruturantes, via Ministério da Integração Nacional, como também autorizando o envio de recursos para ações emergenciais por intermédio da Defesa Civil Nacional.

No tocante à renegociação das dívidas dos agricultores prejudicados pela seca, o Banco do Nordeste informou que mais de 10.300 produtores rurais já foram beneficiados pela Lei 13.340, com a regularização de 12,6 mil operações de crédito.

14:38 · 15.02.2017 / atualizado às 14:38 · 15.02.2017 por

O PMDB vai reunir prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas de todo Estado, nesta sexta-feira, 17, para debater a crise hídrica e as dívidas dos agricultores dos 184 municípios cearenses. O encontro contará com a presença do presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira.

Entre os palestrantes estão confirmados o Diretor Geral do Dnocs, Ângelo José de Negreiros Guerra, e o Gerente de Recuperação de Crédito do Banco Nordeste (BNB), Alan Coelho Silva. O encontro está agendado para começar às 11h30min, no restaurante Sal e Brasa, em Fortaleza.

O Governo Federal tem prestado apoio ao Ceará no combate aos efeitos da seca, tanto por meio de projetos estruturantes, por meio do Ministério da Integração Nacional, como também autorizando o envio de recursos para ações emergenciais por intermédio da Defesa Civil Nacional.

No tocante à renegociação das dívidas dos agricultores prejudicados pela seca, o Banco do Nordeste informou que mais de 10.300 produtores rurais já foram beneficiados pela Lei 13.340, com a regularização de 12,6 mil operações de crédito.

07:16 · 06.02.2017 / atualizado às 07:16 · 06.02.2017 por

Depois de passar de 19 para 21 senadores no início deste ano, o PMDB de Michel Temer experimentará mais uma crescida na Casa. Deve receber Davi Alcolumbre, que pretende deixar o DEM para ser candidato ao governo do Amapá no ano que vem como peemedebista.

Junto ao tamanho da bancada no Senado, aumenta também a influência política do presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE).

Dois dos novos peemedebistas migraram para o partido na semana passada. Foram Zezé Perrella (MG) e Elmano Férrer (PI). Eles deixaram o PTB, que agora só tem dois senadores na Casa. Com quase 30% do total de senadores, a bancada do PMDB é a maior que o Senado já viu desde o fim do bipartidarismo, que vigorou na ditadura militar.

18:03 · 30.12.2016 / atualizado às 18:03 · 30.12.2016 por