Rock Nordeste

Categoria: Classic Rock


21:43 · 13.02.2013 / atualizado às 21:50 · 13.02.2013 por
Capa do novo EP da banda Antrhax. FOTO: Divulgação.
Capa do novo EP da banda Antrhax. FOTO: Divulgação.

A lendária banda de Thrash Metal Anthrax divulgou nesta quarta-feira (13) vídeo com áudio do cover da música “Anthem”, da banda canadense Rush. A música integra EP composto somente por covers de bandas que influenciaram os integrantes do Anthrax, na sua maioria grupos da década de 1970. No vídeo também foram disponibilizadas informações sobre o lançamento do disco, previsto para acontecer 19 de março, na América do Norte, pela MRI/Megaforce, e no dia 22 de março, na Europa, pela Nuclear Blast.

Além das 6 músicas covers, o álbum trará duas versões inéditas da composição “Crawl”, faixa que integra o álbum do grupo lançado em 2011, intitulado de “Worship Music”.

Essa não é a primeira vez que o Anthrax lança covers em suas discografia oficial. Nos seus mais de 30 anos de carreira a banda já deu seu toque de mestre nas composições “God Save the Queen”, dos Sex Pistols, “Sabbath Bloody Sabbath”, da banda Black Sabbath” e em inúmeras músicas do Kiss, como “She” e “Lover Her All i Can”.

Confira a lista de músicas que a band Anthrax fará cover:

Thin Lizzy – Jailbreak
AC/DC – TNT
Cheap Trick – Big Eyes
Boston – Smokin
Journey – Keep on Runnin

14:25 · 14.01.2013 / atualizado às 14:42 · 14.01.2013 por

O primeiro single dos Beatles, “Love Me Do”, entrou para o domínio público na Europa, graças à atual lei de direitos autorais a União Europeia. As leis de direitos de autor europeias estão definidas de forma a que os autores passem a não receber royalties, 50 anos após o lançamento dos seus trabalhos.

Por ter alcançado a marca, desde o último dia 1º de janeiro, “Love Me Do” e o lado B do álbum, “P.S. I Love You”, podem ser utilizadas sem a necessidade de pagamento de qualquer tipo de valor.

FOTO: Divulgação.
FOTO: Divulgação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No entanto, gravadoras europeias se movimentam para estender a proteção até 70 anos. Nos Estados Unidos, a lei protege os direitos autorais por 95 anos.

A nova lei inclui uma cláusula de “use ou perca”, o que significa que as gravadoras que possuem os direitos de gravações lançadas antes de 1963 devem usá-las em seus produtos, ou ainda o artista pode requerer o controle pelos direitos.

A regra levou a Sony a lançar, recentemente, uma coleção de sobras de estúdio de Bob Dylan em edição limitada para manter os direitos sobre o material. A permissão de uso do disco de estreia de Dylan expirou junto com “Love me Do”.

As informações são da Folhapress.

11:07 · 14.01.2013 / atualizado às 12:34 · 14.01.2013 por
Tony Iommi, Ozzy Osbourne e Geeze Butler, membros originais do Black Sabbath, retornam com novo álbum. Bill Ward fica de fora. FOTO: Divulgação.
Tony Iommi, Ozzy Osbourne e Geeze Butler, membros originais do Black Sabbath, retornam com novo álbum. Bill Ward fica de fora. FOTO: Divulgação.

O novo disco do Black Sabbath já tem nome e data de lançamento: “13” chega às lojas em junho e traz novamente Ozzy Osbourne liderando a banda. O último disco do Sabbath com Ozzy nos vocais foi “Never Say Die!”, lançado em 1978.

O anúncio foi feito através do perfil da banda no Twitter. Além de Ozzy, Tony Iommi e Geezer Butler, Brad Wilk, do Rage Against the Machine substitui Bill Ward na bateria.

As faixas de “13” foram gravadas em Los Angeles e o disco tem produção de Rick Rubin.

As informações são da Folhapress.

10:19 · 09.01.2013 / atualizado às 10:27 · 09.01.2013 por

O novo single de David Bowie, “Where Are We Now?”, lançado na última terça-feira (8) após um hiato de dez anos, alcançou o topo de downloads do iTunes na Inglaterra em algumas horas, ultrapassando Rihanna, Taylor Swift e Britney Spears. As informações são do site da revista “NME”.

A canção é uma prévia do próximo álbum de Bowie, “The Next Day”, que deve chegar às lojas em 11 de março.

Nova música veio acompanhado de um videoclipe. FOTO: Reprodução/Youtube
Nova música veio acompanhado de um videoclipe. FOTO: Reprodução/Youtube

O novo single foi colocado em pré-venda no iTunes em 119 países -incluindo o Brasil, por US$ 12,99 (R$ 26). David Bowie publicou ainda um vídeo no seu site oficial. O novo disco, que sai em março, é o 30º da sua carreira.

>David Bowie quebra silêncio de quase 10 anos

“Where Are We Now?” foi produzido pelo seu habitual colaborador Tony Visconti e gravado em Nova York nos estúdios da Columbia Records. A nova balada é acompanhada por um vídeo dirigido por Tony Oursler que evoca os tempos em que Bowie viveu em Berlim, de 1976 a 1979.

Nos últimos anos, David Bowie havia se mantido distante da mídia, sem sinais de querer regressar ao universo de música. Especulou-se, inclusive, sobre uma piora no seu estado de saúde.

O novo disco, com o título de “The Next Day”, tem uma capa que remete à de “‘Heroes'”, de 1977. A foto é a mesma, mas um quadrado branco cobrindo o rosto de Bowie com o nome da obra. O anúncio de seu lançamento tornou-o instantaneamente um dos discos mais esperados do ano.

As informações são da agência Folhapress

09:51 · 22.12.2012 / atualizado às 09:52 · 22.12.2012 por
O baixista Lee Dorman (segundo da direita para esquerda) participou da gravação do maior hir do grupo, o ‘In-A-Gadda-Da-Vida’. FOTO: Reprodução/Divulgação.

Lee Dorman, baixista das bandas Iron Butterfly e Captain Beyond , foi encontrado morto dentro de seu carro em Orange County, na Califórnia, na última sexta-feira (21).

Dorman, que tinha 70 anos, se uniu ao Iron Butterfly em 1967, um ano depois da criação da banda de rock psicodélico. Ele gravou o maior hit do grupo, “In-A-Gadda-Da-Vida”, com 17 minutos de duração. A faixa deu nome ao álbum do Iron Butterfly, que vendeu milhões de cópias. Em 1972, um ano após o fim do Iron Butterfly, Dorman fundou o Captain Beyond.

A polícia diz que não se trata de morte suspeita e que o baixista sofria de problemas cardíacos.

As informações são da Folhapress.

21:14 · 19.12.2012 / atualizado às 21:14 · 19.12.2012 por

Após duas semanas divulgando apenas trechos de uma música inédita, a banda de grunge Alice in Chains lançou nesta quarta-feira (19), na íntegra, single que vai fazer parte do novo álbum do grupo, com previsão para ser lançado na metade do ano de 2013.

A música “Hollow” foi divulgada no canal oficial da banda no You Tube através de vídeo construído com imagens enviadas por fãs na rede social Instagram.

A produção teve de ser atrasada por conta de questões de saúde do guitarrista Jerry Cantrell, que se submeteu a uma cirurgia nos ombros em 2011.

O novo álbum a ser lançado sucede o “Black Gives to Blue”, álbum de inéditas lançada em 2009 também com William Duval nos vocais, substituindo o saudoso Laney Stanley, que morreu em 2002.

12:31 · 14.12.2012 / atualizado às 12:31 · 14.12.2012 por

Oito anos após o lançamento do álbum “Rapture od The Deep”, a banda Deep purple, um dos grupos que lançou base para o heavy metal e o rock and roll moderno, anunciou esta semana o lançamento de um novo álbum de inéditas. A banda ainda não divulgou o título do novo trabalho.

Site realiza contagem regressiva para o lançamento do álbum. FOTO: Reprodução.

Com produção de Bob Ezrin, que já trabalhou com as bandas Pink Floyd e Alice Cooper, o álbum foi composto na Europa. As gravações e a mixagem final foi realizada na cidade americana de Nashville.

De acordo com a gravadora, o novo álbum trará o “espírito original’ da década de 1970 aliada a uma produção moderna. O vocalista Ian Gillan revelou semanas atrás os títulos de algumas das músicas que estarão no novo álbum. São elas: “Out of Hands”, “Uncommon Man” e “Hell to Pay”.

A gravadora afirma que mais informações serão divulgadas futuramente no site www.deeppurple2013.com.

Mais informações:
www.facebook.com/earmusicofficial
www.facebook.com/officialdeeppurple

21:42 · 07.12.2012 / atualizado às 21:43 · 07.12.2012 por

O roqueiro veterano Bruce Springsteen e o grupo de blues-rock novato Alabama Shakes ficaram nesta sexta-feira (7) no topo da lista anual de melhor música do ano da revista “Rolling Stone”, que traz vários dos principais indicados ao Grammy do próximo ano.

O 17º álbum de estúdio de Springsteen, “Wrecking Ball”, ficou em primeiro lugar na lista de melhor disco, segundo a revista, com a publicação descrevendo-o como “a resposta mais direta do rock à Grande Recessão”.

Springsteen, de 63 anos, ficou na frente da estreia de “Channel Orange”, do cantor de hip hop Frank Ocean, em segundo lugar, e de “Blunderbuss”, primeiro esforço solo do ex-vocalista do White Stripes Jack White, em terceiro, na lista anual selecionada e compilada pelos editores da Rolling Stone.
Springsteen, Ocean e White receberam indicações para o Grammy, que foram anunciadas no início desta semana.

O restante dos dez melhores álbuns incluíram “Tempest”, de Bob Dylan, “Uno!”, do Green Day, “Psychedelic Pill”, de Neil Young e Crazy Horse, “good kid, m.A.A.d city”, de Kendrick Lamar, e “The Idler Wheel is Wiser…”, de Fiona Apple.

“Hold On”, do novato Alabama Shakes, ganhou com a melhor canção do ano, derrotando faixas populares de Ocean, White, Springsteen, Dylan e Kanye West nas dez mais.

Fonte: Folhapress

10:24 · 30.11.2012 / atualizado às 10:24 · 30.11.2012 por

Uma roupa usada por Mick Jagger durante turnê dos Rolling Stones foi vendida hoje por US$ 32 mil -cerca de R$ 67 mil- na casa de leilões Christie’s, em Londres, dias depois da banda de rock voltar aos palcos após cinco anos de ausência.

O traje, desenhado pelo britânico Ossie Clark para Jagger, foi utilizado pelo líder da banda durante a viagem de 1972 pelos Estados Unidos e superou amplamente seu preço estimado, que girava em torno de US$ 12,8 mil a US$ 19,2 mil (o que equivale a R$ 26,7 mil e R$ 40,1 mil).

A roupa é um macacão branco sem mangas e decote frontal decorado com lantejoulas e fechos metálicos e se tornou um dos produtos mais cotados do leilão de “Cultura Popular”, realizado pela Christie’s.

No evento também foram vendidos trajes e instrumentos de outros músicos como John Lennon, Elvis Presley e Madonna, objetos de sagas cinematográficas como “Indiana Jones”, a franquia “007” e “O Poderoso Chefão”, assim como pertences pessoais de atores como Charles Chaplin.

As informações são da Folhapress

11:50 · 27.11.2012 / atualizado às 12:50 · 27.11.2012 por

Os Rolling Stones foram multados em mais de US$ 320 mil por desrespeito à lei do silêncio londrina durante apresentação na O2 Arena, no último domingo (25). A informação é do tabloide “The Sun”.

A apresentação da turnê “50 & Counting”, que celebra os 50 anos de carreira da banda, deveria ter terminado às 22h30, mas continuou até 23h05. “É um valor alto, mas os caras só estavam fazendo o trabalho deles”, disse ao site Bernard Doherty, produtor da banda.

Os Rolling Stones extrapolaram o horário e foram multados. FOTO: Divulgação.

Os Stones, cujos componentes beiram os 70 anos, conseguiram abarrotar o pavilhão O2 Arena de Londres com 20 mil pessoas.

Mick Jagger, Ronnie Wood, Keith Richards e Charlie Watts, acompanhados dos ex-integrantes Bill Wyman e Mick Taylor, começaram com “Wanna Be Your Man”, repassaram seus grandes clássicos, como “(I Can’t Get No) Satisfaction”, “Sympathy For the Devil” e “Start Me Up”, e tocaram material novo, como “Doom And Gloom” e “One More Shot”, em um show de duas horas e meia.

As informações são da Folhapress

Pesquisar

Rock Nordeste

Só mais um site WordPress
Posts Recentes

03h10mSelvagens à Procura de Lei lança single e videoclipe do álbum “Praieiro” no Dragão do Mar

03h10mLos Hermanos leva euforia a público fiel de Fortaleza em show do 4º retorno da banda

09h10mEdu Falaschi e banda cearense Coldness tocam clássicos do metal em Fortaleza

11h10mConfirmado: Iron Maiden fará show em Fortaleza em março de 2016

07h10mBlind Guardian arrebata público de Fortaleza com show impecável

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs