Busca

10:30 · 24.08.2016 / atualizado às 10:08 · 24.08.2016 por
Preservação histórico e cultural do Cedro será tema de discussão entre órgãos competentes (Fotos: Cleumio Pinto)
Preservação histórico e cultural do Cedro será tema de discussão entre órgãos competentes (Fotos: Cleumio Pinto)

Quixadá. O turismo e a história do centenário açude Cedro, construído neste Município do Sertão Central, distante 170 km de Fortaleza, será discutido nesta quinta-feira (24) em uma ação civil pública movida pelo Instituto de Convivência com o Semiárido, com sede em Quixadá, contra a prefeitura da cidade e órgãos nacionais e estaduais. O Instituto alega que o local se encontra em estado de abandono. Acordos firmados para colaborar com a preservação de seu patrimônio histórico e cultural não teriam sido cumpridos.

Representantes da União Federal, do Governo do Estado, da Prefeitura de Quixadá, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) devem receber uma notificação da ação movida pelo Instituto. O encontro deve acontecer nos antigos casarões do açude. Uma estrutura será montada para receber as autoridades e os representantes.

Instituto alega que acordo para preservar lugar não foi cumprido
Instituto alega que acordo para preservar lugar não foi cumprido

Na ação que movem, o Instituto alega que mesmo sendo indicado pela Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (Unesco) ao título de patrimônio da humanidade, o açude Cedro estaria sento tomado por posseiros de terra, empresários e moradores que promovem um loteamento ilegal do espaço. “O local vem sendo devastado pela especulação imobiliária e a utilização dos recursos naturais estão sendo usurpados pela ação de um grupo que se beneficia do espaço público, que por lei está protegido, mas, materialmente está sendo disponibilizado para posseiros, que exercem a atividade pecuarista, agricultura (monocultura de capim), e extração hídrica e mineral, voltadas ao consumo desequilibrado, numa área que deveria ser preservada e utilizada na sua função pública”, descrevem no documento, enviado à Comarca de Quixadá.

De acordo com o presidente do instituto, Osvaldo Andrade, órgãos como o Dnocs e o Iphan firmaram há 14 anos, um contrato que repassava a responsabilidade da preservação da área à Prefeitura de Quixadá. No entanto, segundo o Presidente do Instituto, a atual situação do lugar “demonstra que as regras do acordo não estavam sendo cumpridas”.

A audiência para discutir a atual situação do açude Cedro é um dos destaques da editoria Regional do jornal Diário do Nordeste desta quarta-feira (24). Leia a matéria completa >> açude Cedro será tema de discussão

Saiba mais
. A barragem do Cedro teve seu primeiro projeto executado no ano de 1882
. O açude foi construído no século 19 a pedido de Dom Pedro II para combater seca dos anos de 1877 e 1979
. Sua primeira sangria foi no ano de 1924
. A grade de ferro que compõe a varanda sobre a barragem principal foi importada da Inglaterra e a cerâmica foi importada de Portugal.
. Em 1977 foi tombado pelo Iphan devido sua importância histórica e beleza natural.
​. Em Abril de 2015 o açude foi incluído na lista indicativa brasileira do Patrimônio Mundial.​
. É um dos responsável por movimentar o turismo da região, por ficar próximo a pedra da Galinha Choca

_______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:25 · 24.08.2016 / atualizado às 09:33 · 24.08.2016 por

Quixadá. Um jovem acusado de praticar assalto contra estudantes do Instituto Federal do Ceará (IFCE) deste Município do Sertão Central, foi preso na última segunda-feira (22) após tentar se passar por vítima e abrir um Boletim de Ocorrência (B.O) na Delegacia. Estudantes que haviam sido vítimas o reconheceram, o que culminou na prisão do jovem.

Os policiais do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) faziam buscas para prender Leandro Almeida Silva, 25 anos. Contra ele pesa a suspeita de ser o autor de vários assaltos contra estudantes do IFCE. As ações aconteciam na estrada do açude Cedro, onde o prédio do instituto foi erguido. Leandro abordava as vítimas em moto Honda POP preta.

Na tarde da última segunda a equipe avistou o suspeito e iniciou uma perseguição para prender Leandro, mas ele conseguiu fugir. Minutos depois o jovem foi até a sede da Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC). Ele se passou por vítima de uma ação criminosa e estava registrando um Boletim de Ocorrência (BO). Policiais que tentaram prender Leandro souberam que ele estava na delegacia. A equipe localizou três vítimas e, sem que ele soubesse, os levou até a delegacia para reconhecimento.

O plano de Leandro caiu por terra após três mulheres reconhecerem o jovem. Elas tiveram celulares, dinheiro, bolsas e documentos levados por Leandro. De vítima, o jovem passou a acusado e terminou preso.

_______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: jornalismosertaocentral@gmail.com

15:26 · 23.08.2016 / atualizado às 22:55 · 23.08.2016 por
Clientes começam a fomar fila ás 20h da noite anterior para serem atendidos na manhã seguinte (Fotos: José Avelino Neto)
Clientes começam a formar fila às 20h da noite anterior para serem atendidos na manhã seguinte (Fotos: José Avelino Neto)

Banabuiú. Moradores deste Município da região central cearense, que precisam de atendimento com o gerente ou com bancários do Banco do Brasil da cidade, estão dormindo em frente ao Banco para poder garantir uma vaga no atendimento do dia seguinte. De acordo com o relato dos clientes, a situação já estaria acontecendo há uma semana.

Clientes reclamam que número de senhas diárias é insuficiente para a demanda.
Clientes reclamam que número de senhas diárias é insuficiente para a demanda.

Boa parte das pessoas são candidatos a vereadores que precisam agilizar a abertura de contas para a campanha, conforme as regras da Justiça Eleitoral. O agricultor Edvardo Florêncio de Almeida, 71 anos, foi o primeiro a chegar na noite da última segunda-feira (22) ao lado de fora do Banco. Às 20h, ele já estava esperando a distribuição de senhas, que só aconteceu às nove da manhã desta terça-feira (23). “Os nossos direitos não são respeitados. Passei a noite sem dormir, sem comer, com muriçoca, correndo perigo passando a noite aqui fora”, disse o agricultor.

Antônio Wilson da Silva, 45 anos, trouxe a esposa para marcar uma vaga para outra pessoa. A esposa dele também fez o mesmo. Ele passou a noite em claro, protegendo ela de alguma coisa que acontecesse, enquanto a mulher dormiu sobre um pedaço de papelão, quase na entrada do estabelecimento, tentando se livrar do frio. “É uma situação horrível. Desde 10 horas da noite que eu estou aqui e não dormi nada”, declarou.

Situação se repete na cidade há duas semanas, segundo os moradores
Situação se repete na cidade há duas semanas, segundo os moradores

O pastor Antônio Alves, teve que terminar o culto mais cedo para garantir uma senha e ser atendido. “Nunca tinha vivenciado uma situação como essa: ter que virar a noite para conseguir pegar uma vaga e ser atendido”. Ele conta que no último domingo, chegou 2h40 da manhã e já havia o número de pessoas que preenchiam o total de vagas.

Os populares contam que o Banco do Brasil só distribui dez senhas para atendimento interno. O número, segundo eles, não seria suficiente para atender os clientes e pessoas que precisam resolver pendências dentro de um prazo determinado. Moradores próximos ao Banco, que fica na rua Demócrito Pinto, contam que há duas semanas pessoas têm dormido do lado de fora para garantir um lugar na fila do atendimento.

Em nota, o Banco do Brasil respondeu que agência de Banabuiú “tem apresentado uma grande demanda para a abertura de contas para as eleições de 2016”. De acordo com o Banco, até esta terça-feira (23) 40 contas já haviam sido abertas. “O processo envolve providências e procedimentos específicos, bem como consultas e conferências de documentos durante o atendimento para que, ao término da abertura da conta, o candidato já possua a senha e acesso ao seu gerenciador financeiro e esteja apto a movimentar a conta”. Por fim, o banco esclareceu que segue sua legislação e que adota “as providências necessárias para assegurar o melhor e mais rápido atendimento possível à luz das circunstâncias, ressaltando que este período inicial está sendo constantemente acompanhado e reavaliado para proporcionar a satisfação de nossos clientes atuais e futuros”.

_______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: jornalismosertaocentral@gmail.com

14:39 · 23.08.2016 / atualizado às 14:39 · 23.08.2016 por

Quixadá. A mãe de uma criança de cinco anos, vítima de uma tentativa de abuso sexual no último domingo (21), na zona rural deste Município do Sertão Central, afirmou que, diferente do que havia sido noticiado, foi um vizinho que teria tentado abusar da menor, e não o pai da criança. O Conselho Tutelar do Município também afirmou que, em depoimento, a criança confessou que foi o vizinho quem tentou tocar em suas partes íntimas.

O caso aconteceu no último domingo (21). A mãe alega que devido a um equívoco nas informações do boletim divulgado à imprensa pelo Comando de Operações da Polícia Militar (Copom) de Quixadá, Lucivando Amorin Fernandes, 34 anos, foi descrito como o pai da menor, mas Lucivando, segundo a família, seria o vizinho.

Ao Diário do Sertão Central a mãe da criança confirmou que o esposo nada tem haver com a história. A identidade da mulher não será divulgada para preservar a criança. O equívoco nas informações assustou o dono do Lava Jato em que o homem trabalha. “O patrão dele com medo que ele fosse agredido, mandou ele voltar pra casa. Ele não está nem podendo trabalhar de assustado”, disse a mulher. A família mora no assentamento Boa Esperança. Eles conversaram com os vizinhos e esclareceram o engano, mas de acordo com a mãe da criança, o homem ainda recebe ameaças. “Teve gente que veio de longe pra agredir meu esposo e ele não tem nada com isso”, declarou.

Segundo o Conselho Tutelar de Quixadá, em depoimento para relatar o caso, a criança também teria dito que o vizinho é quem o teria molestado. “Temos todos os documentos e a cópia do depoimento da criança dizendo que era o vizinho”, disse uma conselheira que pediu para não ser identificada.

O Copom afirmou ter recolhido a informação de Lucivando como se fosse o pai da menor.

_______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: jornalismosertaocentral@gmail.com

10:25 · 23.08.2016 / atualizado às 10:33 · 23.08.2016 por

Quixeramobim. Este Município da região do Sertão Central tem se consagrado como um dos mais atuantes no meio esportivo. Por meio de competições e campeonatos promovidos por associações e grupos de profissionais, a cidade tem sempre um grande evento a ser prestigiado. A mais nova atração é a 1ª Copa AABB de fustal. O evento começa nesta terça-feira (23) a partir das 19h.

Partidas seguem até início de dezembro, no ginásio a AABB (Foto: Paulo Simião)
Partidas seguem até início de dezembro, no ginásio a AABB (Foto: Paulo Simião)

A Copa é de iniciativa privada. As partidas acontecem todas as terças e quintas-feiras e seguem até o início de dezembro deste ano. De acordo com o organizador da Copa, Marcos Pinheiros, craques da bola que atuam em times espalhados por toda a região, prometem partidas eletrizantes e movimentar a cidade.

Na categoria Sub-17, a primeira partida será entre o time do Sesc Ler, de Quixeramobim, e o dos craques do Conjunto Industrial. Mais tarde, entram na quadra os meninos do futsal adulto. Conecta enfrentará o time do Conjunto Industrial.

_______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: jornalismosertaocentral@gmail.com