Busca

Autor: Editor


00:00 · 15.08.2018 / atualizado às 22:20 · 14.08.2018 por

Serviço de transporte escolar realizado pela prefeitura de Senador Pompeu foi reprovado pelo Detran.

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do promotor de Justiça do Juizado Especial de Senador Pompeu, Geraldo Laprovítera Teixeira, ingressou na Justiça com ação  contra este Município, representado pelo prefeito Antônio Maurício Pinheiro Jucá, em virtude de irregularidades na prestação do serviço público de transporte escolar. O representante do MPCE requereu ainda a execução da multa, no valor de R$ 23 mil, prevista no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), segundo ele, não cumprido.

De acordo com divulgação feita pelo MPCE, a ação originou-se a partir do descumprimento do TAC celebrado pelo gestor municipal no dia 15 de março deste ano. O referido título extrajudicial tinha a finalidade de oportunizar ao Município a adequação de suas ações e omissões quanto ao transporte escolar, entretanto, não cumpriu integralmente as cláusulas estipuladas. Ressaltou Geraldo Laprovítera Teixeira que a ação tem como finalidade resguardar o direito das crianças e adolescentes do Município de um transporte escolar adequado e seguro.

A partir de investigações realizadas pelo Ministério Público e de laudos de vistoria realizados pelo Detran-CE, constatou-se inúmeras falhas, dentre elas a existência de motoristas que não preenchem as exigências legais para condução de veículo automotor destinado ao transporte escolar; veículos inadequados e em número insuficiente, sem veículos reservas para que, em casos emergenciais, o serviço não seja interrompido e os alunos deixem de ir à escola; além de problemas envolvendo a subcontratação de empresas para a prestação do serviço.

O promotor de Justiça havia instaurado um Procedimento Administrativo com o objetivo de acompanhar e fiscalizar a prestação do serviço público de transporte escolar. Segundo ele, no dia 16 de janeiro do ano passado o Departamento Estadual de Trânsito encaminhou um ofício informando que de 10 veículos vistoriados, nove foram reprovados. Posteriormente, o Detran-CE encaminhou novo laudo de vistoria realizado nos transportes escolares de Senador Pompeu, declarando que todos os 44 veículos vistoriados foram reprovados.

A reportagem do Diário do Nordeste tentou manter contato telefônico com o prefeito e com o secretário municipal de Educação. Ligações foram feitas para os números disponibilizados, mas até a publicação desta edição não haviam sido atendidas.

Na última sexta-feira (10) o Diário do Nordeste publicou reportagem sobre a situação dos transportes escolares no Estado. O Detran apontou que 40% da frota do Interior tem irregularidades.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 15.08.2018 / atualizado às 22:15 · 14.08.2018 por

Campus do IFCE em Canindé está ofertando 40 vagas para curso preparatório de Música.

O campus de Canindé do Instituto Federal do Ceará (IFCE) abriu seleção de curso preparatório para a Licenciatura em Música. Estão sendo ofertadas 40 vagas, sendo 20 pela manhã e o restante à noite. Segundo o Instituto, turno disponibiliza 10 vagas para prática instrumental e 10 vagas para prática vocal.

No ato da inscrição, o candidato deve optar pela turma e perfil de sua preferência, sendo de sua responsabilidade levar o próprio instrumento para as aulas caso opte por esta modalidade.

O curso possui carga de 160 horas, com duração estimada de três meses, durante o período de 27 de agosto a 30 de novembro de 2018. As aulas serão realizadas de segunda a quinta, de 9h às 12h ou de 18h30 às 21h30.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas até o dia 18 de agosto mediante entrega do formulário de inscrição e da documentação especificada no edital na recepção do campus Canindé. O critério utilizado na seleção dos candidatos será a ordem de inscrição, com prioridade aos candidatos que comprovarem inscrição no Enem 2018, de acordo com o perfil escolhido, de prática instrumental ou vocal. O resultado da seleção será divulgado em 20 de agosto.

Inscrições de curso preparatório para Licenciatura em Música
De 8h às 20h – Até o dia 18 de agosto
Recepção do IFCE – Campus Canindé
Rodovia BR 020, km 303, S/Nº – Jubaia

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 15.08.2018 / atualizado às 22:10 · 14.08.2018 por

Em Quixadá, mais de 200 hectares do bioma tipicamente brasileiro, a caatinga, estão ganhando proteção permanente.

A Associação Caatinga, com o apoio da Fundação Grupo O Boticário de Proteção à Natureza concluíram os processos de criação de duas novas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), Uma delas está localizada em Guaramiranga, no Maciço de Baturité e a outra no município de Quixadá, no Sertão Central. A divulgação foi feita pela Associação Caatinga neste terça-feira (14).

De acordo com a instituição ambiental, a RPPN Sítio Lagoa, localizada em Guaramiranga, foi criada em janeiro deste ano. São 70 hectares na região serrana, a 110 km da capital cearense. A segunda reserva natural foi criada recentemente na Fazenda Fonseca, a pouco mais de 5 km do Centro de Quixadá. Trata-se da propriedade de Irmã Heloísa e Maurício Holanda, possuindo 226,20 hectares.

Ambas foram aprovadas a partir do projeto RPPN: Conservação Voluntária Gerando Serviços Ambientais. Promovido pela Associação Caatinga, o plano tem como objetivo contribuir para a conservação no bioma Caatinga através do apoio à criação e fortalecimento das Unidades de Conservação privadas em áreas de mata nativa no Ceará. A proposta era criar, no mínimo, duas RPPNs. Prevê, ainda, a execução de importantes ações previstas no Plano de Manejo da Reserva Natural Serra das Almas, gerida pela Associação Caatinga.

Associação Caatinga e a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza

A parceria iniciou em 2002 quando a Associação Caatinga apoiou a realização, em Fortaleza, do 3º Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação. Nos anos de 2007 e 2008 a Associação executou um projeto de ecodesenvolvimento patrocinado pela Fundação Boticário, que fomentava o desenvolvimento sustentável em comunidades rurais de Crateús (CE) e contribuía principalmente para a geração de renda.

Ainda de acordo com a Associação Caatinga, ao longo dos quase 20 anos de atuação desta entidade ambiental a Fundação Boticário tem sido uma grande parceira na promoção de desenvolvimento sustentável, na criação de Unidades de Conservação e desenvolvimento de estratégias para diminuir o risco de extinção de espécies silvestres ameaçadas, como o Tatu-bola.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 14.08.2018 / atualizado às 23:05 · 13.08.2018 por

Com o curso de pós-graduação a Secretária de Educação de Aracoiaba pretende melhorar índices escolares.

Através de parceria formada com o Conselho Estadual de Educação do Ceará (CCE), a Secretaria de Educação de Aracoiaba deu início ao curso de pós-graduação de formação de gestores escolares. Segundo o professor Emílio Freitas, titular da pasta municipal, a capacitação tem por  objetivo promover a melhoria dos indicadores das escolas públicas de Aracoiaba e potencializar a formação dos gestores atuantes nas unidades escolares do Sistema Municipal de Ensino.

Emílio Freitas ressalta que o curso foi planejado com o objetivo de atender às demandas dos profissionais da educação que atuam como diretores e coordenadores das escolas do Município, tendo em vista os aspectos que dizem respeito à gestão escolar na construção de uma prática técnica, pedagógica, administrativa e financeira de forma democrática.

Na solenidade de abertura do curso, realizada na semana passada, a secretária executiva do CCE, Ana Nogueira destacou que atualmente, a gestão escolar exige que diretores e coordenadores das escolas busquem cada vez mais a formação continuada, porque a própria dinâmica das unidades escolares torna-se um desafio que para ser superado demanda conhecimentos múltiplos. A  implementação da gestão democrática deve levar em conta o diálogo com os diversos segmentos que fazem parte da escola, principalmente o Conselho Escolar, acrescentou.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 14.08.2018 / atualizado às 22:35 · 13.08.2018 por

Professores de Banabuiú recebem formação para assegurarem permanência de estudantes no campo.

Os 25 professores da rede municipal de educação de Banabuiú dedicados às turmas multisseriadas iniciaram o curso de formação continuada do Programa Pronacampo, promovido pelo Ministério da Educação (MEC). De acordo com a secretaria de Educação deste Município, Imaculada Silveira, o curso totaliza 180 horas, iniciando em agosto, sendo finalizado em fevereiro de 2019.

A Universidade Federal do Ceará (UFC) é instituição responsável pela formação especial, que tem como objetivo promover a melhoria das condições de acesso, permanência e aprendizagem dos estudantes do campo e quilombolas em suas comunidades. Além da formação aos professores, as escolas do campo receberão kits pedagógicos para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes.

Na aula inaugural do curso a secretária municipal de Educação ressaltou que a iniciativa parte da adesão feita pelo município ao Programa Pronacampo, o qual fortalece ações de manutenção das escolas do campo. Para ela, com a iniciativa, a administração municipal valoriza os povos do campo como também mantém as escolas nas comunidades rurais, com qualidade e compromisso com a educação.

De acordo com o MEC, a adesão à proposta de formação da Escola da Terra é feita pela Secretaria Estadual, Distrital ou Municipal de educação por meio do Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (Simec), em módulo específico Pronacampo, onde o gestor indica as escolas e o número de professores cursistas a serem atendidos, assumindo como contrapartida o apoio necessário ao desenvolvimento da ação, conforme termo de compromisso.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 14.08.2018 / atualizado às 21:50 · 13.08.2018 por

Os dois assaltantes adentraram rápido na joalheria e praticaram o roubo em pouco mais de três minutos.

Dois homens magros, aparentando pouco mais de 20 anos de idade, estão sendo procurados pela Polícia. De acordo com informações de investigadores da Polícia Civil, no início da tarde desta segunda-feira (13) a dupla assaltou uma joalheria no Centro de Quixeramobim. Um deles utilizava blusa vermelha com mangas pretas e o outro uma blusa de cor rosa. Apenas um deles usava capacete, de cor vermelho. O comparsa estava com o equipamento de segurança no braço, de cor preta. Os criminosos fugiram em uma motocicleta Honda Bros de cor preta.

O assalto, com duração de aproximadamente 3 minutos, foi registrado pelas câmeras do circuito interno da loja. A Polícia Civil liberou as imagens para divulgação. Espera que a população colabore denunciando anonimamente os  criminosos. Eles roubaram várias joias, relógios e até o dinheiro do caixa. Um deles utilizou um balde plástico branco para recolher as mercadorias e o outro um saco plástico branco. Ambos estavam portando armas de fogo, revólveres.

Nas imagens é possível ver a dupla agindo quando apenas duas funcionárias se encontravam na joalheria. Uma delas tentou se esconder, mas ambas foram obrigadas a se abaixarem atrás do balcão enquanto a dupla escolhia os produtos nas prateleiras.

Quem tiver identificado os criminosos e até souber do paradeiro deles poderá comunicar à Polícia Civil através do telefone (88) 3441 0302 ou à Polícia Militar, através do número de urgência 190. Não haverá necessidade de se identificar durante as ligações, reforça a Polícia.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 13.08.2018 / atualizado às 06:20 · 13.08.2018 por

A empresa Monólitos Aquacultura Ltda. foi proibida pela Justiça da Comarca de Quixadá, de realizar qualquer atividade de carcinicultura em uma fazenda situada na zona rural de Banabuiú, no Centro do Estado. A multa diária por descumprimento da medida judicial é de R$ 10 mil. A decisão foi assinada pela juíza em respondência pela Comarca Vinculada de Banabuiú, Patricia Fernanda Toledo Rodrigues. A divulgação foi  feita pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

O pedido de interrupção da criação de camarões em cativeiro partiu do MPCE, após uma equipe da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) fiscalizar a atividade da empresa, que segundo a ação judicial, desde 2015 atua sem licença ambiental, bem como sem outorga do direito de uso da água do rio Banabuiú. A denúncia partiu da Secretaria de Recursos Hidrícos (SRH).

Os moradores afirmam que a atividade exercida pela firma deixa a água da comunidade imprópria para o consumo e causa improdutividade nas propriedades vizinhas, em razão da grande quantidade de sal e outros produtos químicos utilizados e que, depois, são lançados no rio Banabuiú. Os tanques de carcinicultura estão instalados em uma vasta área da fazenda, de aproximadamente 20 hectares. Outros tanques estavam em processo de instalação.

Foi o promotor de Justiça Marcelo Cochrane, titular da Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Quixadá, quem ingressou com a ação solicitando a interrupção da atividade irregular. Ele alegou que “as agressões sofridas pelo meio ambiente naquela região poderão insurgir em danos irreparáveis tanto ao meio ambiente propriamente dito, quanto à população que reside ao redor do empreendimento, as quais utilizam as águas do rio, assim como utilizam-se das plantações para a sua sobrevivência”.

A reportagem do Diário do Nordeste procurou manter contato telefônico com a empresa Monólitos Aquacultura, localizada na estrada da Várzea da Esmeralda, na zona rural de Banabuiú, todavia, até a publicação desta edição as ligações não haviam sido atendidas. A ação judicial cabe recurso em instância superior.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 12.08.2018 / atualizado às 09:25 · 12.08.2018 por

Agricultura familiar vai ganhar espaço na tradicional Feira de Animais de Quixadá.

A agricultura familiar, apontada como responsável por mais de 60% dos alimentos que vão à mesa do brasileiro, poderá incrementar os negócios da sua cadeia produtiva em Quixadá. A Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural deste Município pretende realizar às sextas-feiras uma feira desse segmento, incluindo a agricultura, pecuária, a gastronomia e o artesanato.O espaço escolhido foi o Parque Agropecuário da Feira dos Animais, localizado no bairro Putiú. A divulgação foi feita pelo secretário Kleber Carneiro.

Após um longo período de estiagem, além da crise econômica dos últimos anos e a adaptação às normas sanitárias cobradas pela Agência de Defesa da Agropecuária do Ceará (Adagri), para comercialização de ruminantes, de aves e até de derivados da pecuária, a Feira dos Animais está voltando a receber maior volume de criadores e de compradores, incluindo de queijos. O reaquecimento econômico foi abordado na reportagem do Diário do Nordeste neste fim de semana: Após longa estiagem, feira de animais ressurge.

Kleber Carneiro pretende aproveitar o momento positivo para revitalizar o parque, ao mesmo tempo torna-lo uma atração para turistas que chegam à cidade para se divertirem nos fins de semana, como costuma ocorrer em cidades turísticas. Nas sextas-feiras poderão visitar e fazer compras diretamente ao agricultor. Aos poucos a Feira dos Animais se tornará novamente a maior do Estado, abrindo mais espaço para os pequenos produtores. Esse processo não é mais rápido porque as melhorias estão sendo feitas com a arrecadação da própria feira.

Além da Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Quixadá conta com a Cooperativa do Sertão Central da Agricultura Familiar (Copescaf). Segundo sua presidente, Rejane Duarte Arraes, a Copescaf  conta atualmente com 187 associados, de municípios do Centro do Estado e ainda Pindoretama e Horizonte. Eles buscam exatamente o fortalecimento da comercialização dos seus produtos, como ocorreu na 40ª Expocece, realizada pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Ceará (Acocece). Entretanto, a Exposição é realizada apenas uma vez por ano, em Quixadá.

Kleber Carneiro
Secretário de Agricultura de Quixadá

Apesar de tantas adversidades e obstáculos, manter uma feira há quase 70 anos é uma demonstração de que a nossa economia rural é forte”.

Feira de Animais de Quixadá
Av. Presidente Vargas S/Nº – Putiú
4ª feiras – a partir das 6 horas

 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 12.08.2018 / atualizado às 08:15 · 12.08.2018 por

Temos dentro de nós uma criança que ainda chora a saudade do que passou, e de revolta por tudo aquilo que não a deixaram fazer. Não há, por isso, quem possa esquecer da infância. Lembramo-nos dela mesmo para lamentar um passado que cada vez fica mais distante, aproximando-nos, impiedosamente, da velhice, quando teremos que pagar o mais caro tributo da vida.

Nossas retinas fotografaram fatos há muito ocorridos, sejam de alegria ou tristeza, os quais jamais fugirão de nossa memória. São figuras que guardamos no âmago de nosso ser. Se as vemos fora dessa limitação pessoal, ficamos incontroláveis, como se alguém as tivesse roubado de dentro de nós mesmos.

Não fujo à regra. Estou tentando reviver a imagem do palhaço da perna-de-pau que mora dentro de mim.

Nunca fui criança rica. Filho de professora e funcionário público, morando no interior, muitas coisas não me permitiam fazer, porque não ficava bem a um menino que não devia ser moleque. Quase tudo era proibido. Pouco me restava para fazer. Quando a condição social permitia, vinha a terrível ameaça do pecado mortal.

Assim, o tempo foi correndo e eu deixando passar muita coisa boa que hoje não posso mais fazer. As proibições até que aceitava com resignação. Uma, porém, deixou indelével marca em minha alma. Desejava, ardentemente, acompanhar o palhaço da perna-de-pau pelas ruas da cidade e gritar, com os outros meninos, o aviso do espetáculo.

Queria seguir aquela figura ingênua. Não dos palhaços que hoje andam de carro, com garotas seminuas, mas aqueles autênticos, de caras pintadas, de perna-de-pau, que anunciavam o espetáculo do circo humilde, cujo poleiro caia na hora do início da primeira parte, e que a chuva marcava o fim da comédia.

Há poucos dias, andava de férias, conhecendo o interior do Brasil. Numa longínqua cidade, igual à minha, onde fui menino, ao dobrar uma esquina, tive que parar o carro, a fim de deixar passar um palhaço semelhante aos muitos que vira na infância. Não me contive. Desci do carro e acompanhei a meninada pelas ruas, sem inibições sociais, sem medo do pecado mortal, como se fosse um autêntico menino que gostaria de ter sido.

A partir do segundo quarteirão, quando ouvi a gritaria em obediência às ordens do palhaço, sem querer, senti os pulmões encherem-se de ar, a boca abrir-se e um grito sufocado, há vários anos, ecoou dando evasão àquela terrível frustração.

Naquele momento, senti-me o menino de ontem totalmente realizado e o homem feliz de hoje que se encontrava com a figura querida de seus tempos de criança.

* João Eudes Costa é escritor, fundador e Imortal da Academia Quixadaense de Letras (AQL), pesquisador e bancário aposentado nascido em Quixadá (CE).

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 12.08.2018 / atualizado às 07:40 · 12.08.2018 por

Filhos da Escalada pretende fortalecer esporte em Quixadá com evento especial de montanhismo.

Quixadá receberá de 7 a 9 de setembro escaladores de várias regiões do País. Aproximadamente 40 participantes são esperados no feriado prolongado do Dia da Independência para a Abertura da Temporada de Montanhismo de Quixadá, a ATM Quixadá. O evento é organizado pelos montanhistas Samuel Kélvyn e Rutielle Queiroz, da equipe Filhos da Escalada. Eles pretendem apresentar aos praticantes uma programação interessante, com novas vias de escalada e vários níveis de dificuldade.

Para os iniciantes serão realizadas oficinas especiais, sobre as técnicas do esporte, incluindo segurança. Os mais experientes se reunirão para definirem quais picos dos monólitos pretendem escalar. A programação começa na manhã do feriado, a partir das 8h30, na Tribo do Benjamim, um parque esportivo situado no entorno da cidade, ao lado do Lago dos Monólitos, conhecido como Açude do Eurípedes.

Segundo os organizadores o espaço esportivo onde os esportistas deverão montar suas barracas fica localizado ao lado de uma área montanhosa. Basta atravessar a rodovia para iniciarem o desafio. Alguns paredões têm mais de 100 metros de altura. Quando retornarem dos monólitos ao acampamento, que conta com estacionamento, cozinha, banheiros, piscina e até acesso wi-fi à internet, terão uma programação especial para as noites.

Dentre as atrações estão o Festival de Escalada com brindes para os vencedores e o Slack Camp, com sorteios de equipamentos. Com aproximadamente 250 vias de escalada, em propriedades privadas e áreas públicas, alguns monólitos com até 530 metros de altura e diversificadas formações, a ATM Quixadá pretende fortalecer a “Terra dos monólitos” para o turismo esportivo de aventura em um dos melhores lugares do País.

O entorno montanhoso do Lago dos Monólitos fica ao lado do Centro Esportivo Tribo do Benjamim.

As inscrições para a ATM Quixadá serão iniciadas no dia 17 e se estenderão até o dia 30, mas os interessados já podem manter contato através do Whats App (88) 9 9274 8771, ou pela Fanpage/Instagram @filhosdaescalada. O valor é R$55,00 por pessoa, com direito ao acampamento/alojamento, camisa, copo, além de sorteios e brindes para os primeiros inscritos. Para os iniciantes serão fornecidos os equipamentos necessários para a iniciação da escalada.

Abertura da Temporada de Montanhismo de Quixadá
De 7 a 9 de setembro – Parque Esportivo Tribo do Benjamin

 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154