Autor: Editor


09:30 · 17.02.2019 / atualizado às 09:10 · 17.02.2019 por
Quixadá pretende seguir o modelo de Encontro de Paredões que ocorre em Banabuiú. Ideia já está sendo elogiada.

A prefeitura de Quixadá ainda está organizando o seu carnaval popular. As atrações musicais para a animação na Praça José de Barros ainda estão sendo definidas, mas de acordo com a assessoria da administração municipal uma novidade já está garantida, o Circuito de Paredões. Mais de uma dezena deles vão agitar os foliões no entorno da José de Barros e também da Praça da Cultura do fim das tardes aos inícios das noites, enquanto a festa não se inicia no palco principal.

De acordo com a organização do carnaval de Quixadá toda a área será isolada para os brincantes poderem se divertir sem riscos. Para dar mais segurança ao público, haverá um reforço especial de segurança. Uma unidade da Polícia Militar especializada em eventos será enviada ao Município A informação foi divulgada pelo secretário municipal de Turismo, Pedro Baquit, após reunião mantida com o comando do 9º Batalhão da PM.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 17.02.2019 / atualizado às 08:40 · 17.02.2019 por
O carnaval de Banabuiú vai começar na beira do rio e continuar na Praça 25 de Janeiro e no Corredor da Folia. Mais de 100 mil foliões são aguardados.

Banabuiú pretende atrair mais de 100 mil foliões no carnaval deste ano. Apesar de o Açude Arrojado Lisboa estar com pouco mais de 5% de água haverá concentração com atrações musicais na beira do rio nos quatro dias. A animação começa às 10 horas e se encerra às 16h. Logo depois, a partir das 17h, os foliões poderão continuar a animação no Circuito dos Paredões, na Praça 25 de Janeiro, com muito mela-mela, se encerrando às 21h. A partir das 23h será a vez do público se reunir no Corredor da Folia. A festa continua até às 3h da madrugada.

A secretária municipal de Cultura, Turismo, Indústria e Comércio, Gerlania Nobre, acrescentou que o Carnaval das Águas será realizado de 2 a 5 de março na cidade com o apoio de dezenas de patrocinadores. Foi a fórmula encontrada pela prefeitura para evitar gastos excedentes dos cofres públicos e ao mesmo tempo garantir o aquecimento econômico da cidade nesse período. Hotéis, restaurantes, bares, barraqueiros, ambulantes, supermercados, postos de combustíveis, todos têm um ganho extra, atraindo visitantes de várias cidades da região.

Atrações musicais

Bandas e cantores de sucesso vão animar o carnaval de Banabuiú nos quatro dias. Foto > Divulgação

Este ano o Carnaval das Águas contará com 14 atrações musicais. Forró Real, Júnior Vianna, Léo Gordim, Claudio Ney e Juliana, Forró do Balançado, Forró do Orgulho, Pisada Forrozeira, os cantores Dieguim de Quixadá, André Vinícius e Igor Patyeli, além das atrações locais, Eyla Maria e Forró Quentão subirão ao palco.  Thiago Ribeiro e Paulo Júnior, destaques na atualidade, também vão animar a festa em Banabuiú.

No aspecto econômico, o prefeito Edinho Nobre está otimista. O investimento na festa deverá ser inferior a R$ 200 mil, mas a estimativa é de agregar pelo menos R$ 1 milhão para a cidade, como ocorreu no ano passado. “A matemática é simples. São pelo menos 20 mil visitantes por dia. Nos quatro dias somam R$ 80 mil. Cada um deles gastando apenas R$ 5,00 estaremos faturando R$ 400 mil“, ressaltou satisfeito.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 16.02.2019 / atualizado às 12:00 · 16.02.2019 por
Hoje, mais de 20 mil motocicletas circulam diariamente em Quixadá, mas quem não possui um transporte motorizado sofre para se deslocar pela cidade.

Quixadá deverá ser a primeira cidade do Centro do Estado e também do Ceará se aproximando da casa dos 80 mil habitantes a contar com linhas regulares de transporte coletivo entre bairros. Ainda este ano deverão ser implantadas seis rotas, haverá ainda uma de grande circular, para ligar todos os bairros.

A divulgação foi feita pelo secretario de Cidadania, Segurança e Serviços Públicos de Quixadá, Higo Carlos Cavalcante.Ele informou que o Município já está trabalhando. Um engenheiro de Trânsito será contratado para elaborar os estudos das rotas e inclusive como funcionará a área de embarque e desembarque no Centro.

Uma das primeiras áreas beneficiadas será o Residencial Rachel de Queiroz, onde moram mais de 1.400 famílias. O conjunto habitacional fica a 5 km do Centro da cidade. A maioria dos moradores é de baixa renda. Não possuem transporte próprio. Topiqueiros e táxis estão realizado o serviço, de forma improvisada. Com a regulamentação do serviço e a recuperação da principal de acesso, não sofrerão mais para se descolarem até o Centro ou outras áreas da cidade, acrescenta o secretário.

Na década de 1990 um empresário , conhecido como “Sebastião dos ônibus“, mantinha linhas na cidade. O transporte mais utilizado era a bicicleta, mas com a facilidade da aquisição da motocicleta, o surgimento de táxis clandestinos, e logo depois das mototáxis, manter o serviço se tornou inviável. Praticamente não havia mais passageiros. Hoje, há também o serviço de táxi social, o IndiCar.

Como funciona

O responsável primário pelo transporte público urbano é o poder público municipal. Está previsto no inciso V do artigo 30 da Constituição Federal.  “Cabe ao município organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, os serviços públicos de interesse local, incluído o de transporte coletivo, que tem caráter essencial”.

 Assim, esse dispositivo da Constituição dá liberdade aos municípios quanto a como ofertar esse serviço. Primeiro, o município pode escolher cuidar do transporte coletivo por conta própria. A prefeitura se responsabiliza diretamente pela gestão do sistema e desembolsa 100% dos recursos para mantê-lo, ou viabiliza a concessão do serviço de transporte a empresas.

Para fazer isso, é preciso realizar uma licitação. Esse procedimento é padrão para que uma empresa desempenhe um serviço público. A vencedora da licitação atua sob regime de concessão ou permissão. A empresa firma um contrato com a prefeitura por certo período de tempo, para administrar a maior parte do sistema de transporte coletivo municipal.

Especialistas em mobilidade urbana recomendam a implantação de linhas regulares de transporte coletivo em cidades com mais de 70 mil habitantes. No Ceará, de acordo com o IBGE, além de Quixadá, Quixeramobim e Iguatu estão Canindé, com 77 514; Russas com 76 475; Tianguá com 74 719; Crateús com 74 426 e Aracati com 73 629.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

11:00 · 16.02.2019 / atualizado às 11:10 · 16.02.2019 por

A prefeita de Madalena, Maria Sônia de Oliveira, deverá enviar ao Ministério Público do Ceará (MPCE), um cronograma das medidas que pretende adotar para reduzir os gastos com pessoal.

A medida foi recomendada promotor de Justiça Alan Moitinho, representante do MPCE neste Município do Sertão Central. O objetivo é fazer com que a administração pública local volte a se enquadrar no que estabelece a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A medida também se aplica a realização gastos considerados supérfluos, como o carnaval, a festa da padroeira e do aniversário da cidade e até o réveillon e o Natal.

Ainda foi recomendada à prefeitura, não conceder vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração a qualquer título, salvo os derivados de sentença judicial ou de determinação legal ou contratual. O Município também não deve criar cargo, emprego ou função, nem alterar estrutura de carreira que implique aumento de despesa, ressalvada a reposição decorrente de aposentadoria ou falecimento de servidores das áreas de Educação, Saúde e Segurança Pública, acrescentou o promotor.

A orientação se refere também a execução de medidas necessárias para suspensão do Projeto de Lei 003/2018, de iniciativa do Município, com a intenção de criar 65 cargos temporários.

Este é o momento para somar esforços a fim de tornar a gestão pública eficiente e reconduzir a despesa com pessoal para abaixo do limite, possibilitando viabilizar futuras contratações necessárias ao interesse público, sobretudo nas áreas de Saúde e Educação, cumprindo-se a Lei de Responsabilidade Fiscal”, explica Alan Moitinho.

Verificação de gastos

De acordo com os levantamentos feitos pelo MPCE no Relatório de Gestão Fiscal (RGF), expedido pelo Município de Madalena relativo ao 3º quadrimestre de 2018, o Poder Executivo ultrapassou o limite total de gastos com despesas de pessoal, chegando a 62,82% da Receita Corrente Líquida do Município. O gasto máximo deve ser de 54%.

Os dados referentes ao 2º quadrimestre de 2018 apontam que o Poder Executivo contava com 736 servidores efetivos, 90 cargos comissionados e 126 prestadores de serviços, contratados temporariamente.

A Prefeitura tem prazo de 30 dias para informar quais medidas serão adotadas a fim de cumprir a Recomendação. Caso a administração municipal de Madalena não cumpra com as orientações, o MPCE tomará as medidas judiciais cabíveis, completou o representante do MPCE.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 15.02.2019 / atualizado às 09:30 · 15.02.2019 por

Dois pescadores foram detidos pela Polícia quando estavam pescando no Açude Boqueirão, em Solonópole. Eles foram flagrados por uma equipe da Polícia Militar após arremessarem redes no reservatório público administrado pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS). Ambos afirmaram que estavam trabalhando, buscavam na água o sustento para suas famílias.

Todavia, de acordo com informações de um fiscal do órgão federal e do presidente da Colônia de Pescadores Z-46, à Polícia, a atividade estava sendo realizada de forma ilegal. Nesta época do ano é proibido pescar nos açudes, é período de defeso, conforme estabelece uma portaria interministerial. Por esse motivo os policiais recolheram as redes. Os peixes foram devolvidos ao açude, e após os pescadores confessarem que os materiais de pesca pertenciam a eles foram detidos.

Os pescadores foram liberados após o registro de um Boletim Criminal. Um deles tem 66 anos e o outro 52. Na delegacia informaram que se dedicam à pesca artesanal há mais de 30 anos. Eles moram no distrito de Prefeita Suely, na zona rural de Solonópole, onde nasceram.

As quatro redes de pesca, recolhidas da água e ainda uma tarefa, uma caixa plástica branca, um balde e vários cascos de cágados, uma espécie de tartaruga, de água doce, foram apreendidos. Serão encaminhados à Justiça, informou a Polícia Civil.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 15.02.2019 / atualizado às 08:26 · 15.02.2019 por

 

Pecuaristas de Quixeramobim revindicam auxílio econômico do Estado para crise do setor não se agravar.

Produtores da maior bacia leiteira do Estado estão preocupados com o agravamento da crise desse setor. Dessa vez o motivo é a chegada das chuvas na quadra invernal no Nordeste. O pasto revigorado vai elevar a produção do leite in natura e provocar prejuízos ainda maiores na base da cadeia láctea, estima um representante da categoria, Cirilo Vidal. Ele é o atual presidente do Sindicato Patronal Rural de Quixeramobim e membro da diretoria da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC).

De acordo com levantamentos realizados pelo produtor, hoje, o custo do litro de leite no balde está a R$ 1,20. O lastro na venda não ultrapassa R$ 2,00. Manter toda a estrutura de produção com apenas R$ 0,80 de saldo está levando a categoria a se endividar cada vez mais. Ao mesmo tempo a produção diária de 107 mil litros no Município tende a se elevar. As indústrias de laticínios em atividade no Ceará não têm aporte para receber toda a produção. A alternativa está na revitalização do parque industrial de Quixeramobim. Hoje, apenas duas das três usinas funcionam, mesmo assim com utilização de apenas 40% do seu parque industrial.

3.300 pequenos produtores rurais de Quixeramobim se dedicam à bovinocultura leiteira

90 mil é o número do rebanho bovino neste Município

36 mil são vacas leiteiras

Os industriais querem incentivos do Governo do Estado para revitalizarem suas máquinas. Além do aquecimento econômico local e Estadual, com o beneficiamento da matéria prima, a medida vai assegurar a manutenção de mais de 30 mil empregos no campo e gerar mais 10 mil evitando o êxodo rural. Os produtores, principalmente os pequenos, não consideram justo a atual política de negócios. Apesar de as despesas na industrialização, transporte e impostos, o valor da venda ao consumidor chega ao dobro. Nas prateleiras o litro está à venda na média dos R$ 4,00.

Parque industrial de laticínios de Quixeramobim precisa de incentivos financeiros para se revitalizar.

Barreiras Sanitárias 

Outra opção está no fortalecimento das barreiras sanitárias. Vidal estima haver entrada mensal de milhares de toneladas de queijo, do tipo mussarela. A maior parte desse produto é oriunda do Norte do País, do Pará. Cruza as estradas do Ceará sem nenhuma garantia de qualidade. Há suspeita de não possuir sequer selo de inspeção e transporte adequado. No Estado funcionam apenas 11 barreiras, mesmo assim em situação precária, acrescenta o líder classista.

O coordenador da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adragri) na região, Fernando Cristino, confirma a deficiência na fiscalização. Apesar do esforço do órgão em assegurar o controle sanitário dos produtos alimentícios destinados ao consumidor, o número de fiscais e de barreiras é insuficiente para controlar toda a circulação, incluindo as fronteiras com outros estados.

O queijo produzido em Quixeramobim é considerado de excelente qualidade, mas perde na concorrência com o produto de outros estados sem garantias sanitárias.

Parque Industrial

Para dar melhor assistência ao setor agropecuário cearense o Governo do Estado criou uma secretaria executiva do Agronegócio. A nova pasta está se estruturando. Em breve os planos e projetos serão apresentados, baseados na atual estrutura do setor, informou a assessoria da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), vinculada da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet).

Potencial produtivo

A Sedet reconhece a bovinocultura de leite no Ceará como a atividade que mais gera benefícios econômicos e sociais para o interior cearense. O segmento leiteiro é alavancado, principalmente, pelo consumo de lácteos no Estado e na região Nordeste, e, a consequente expansão das unidades industriais. Evidenciando este dinamismo, o volume de leite produzido no Ceará cresceu de 158,5 milhões de litros no ano de 1990 para 577,9 mi em 2017, um aumento de 265% no período, com crescimento médio anual de 7,9%, enquanto o Brasil cresceu 5,1% e o Nordeste 3,9% no mesmo período.

O leite é o produto do agronegócio cearense de maior valor da produção, cerca de de R$ 743 milhões em 2017, sendo o 3º do Nordeste e 10º do País e, mais importante do que isso, movimenta a economia das pequenas cidades, ajuda na distribuição de renda e gera empregos permanentes no meio rural, sendo produzido em todos os 184 municípios do Ceará, também  um dos mais promissores setores da agropecuária.

2,6 milhões é o rebanho total do gado no Ceará

577,9 milhões litros de leite in natura foram produzidos em 2017 no Estado

Todavia, de acordo com o órgão governamental,apesar de ser uma atividade secular e com forte presença no meio rural, o longo período de exploração leiteira no estado do Ceará não foi suficiente para que a bovinocultura se desenvolvesse por completo, sendo, de forma geral, uma atividade ainda explorada pela maioria em baixos níveis de tecnologia e de eficiência.

O Ceará atravessa uma crise econômica com reflexos perversos na produção agrícola, enfrentando cinco anos seguidos de chuvas abaixo da média, de 2012 a 2016, forçando a descapitalização das unidades produtivas. Por esses motivos algumas ações direcionadas à cadeia produtiva do leite estão em andamento. São executadas de forma isolada por diversas entidades ligadas à atividade, entretanto são pouco impactantes, ressalta a Adece.

Para a diretoria executiva de Agronegócio, enquanto uma agenda estratégica ampla que contemple os anseios do setor não se consolide, há necessidade de as diversas entidades públicas e privadas unirem esforços e estabeleçam um pacto garantindo o desenvolvimento dos pequenos, médios e grandes produtores, laticínios e indústrias. Os resultados esperados serão a geração de empregos, renda e arrecadação de tributos, desenvolvendo o sistema e melhorando sua competitividade frente aos demais estados produtores do Nordeste.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 15.02.2019 / atualizado às 07:40 · 15.02.2019 por
Em clima de festa a Fundação Cultural de Quixadá abriu a sua programação para 2019.

Violão, teclado, dança, teatro, balé e inglês, a Fundação Cultural de Quixadá deu início ao primeiro período de cursos gratuitos para crianças, adolescentes e adultos. Na abertura da programação o secretário de Cultura, Esportes e Juventude de Quixadá, Audênio Moraes, contou com a presença do prefeito Ilário Marques, destacando as artes como fundamentais para a socialização e formação da personalidade das crianças e adolescentes.

Na solenidade de lançamento, o secretário Audênio Moraes anunciou que em breve a Fundação passará a ser Escola de Artes e Cultura. A mudança possibilitará, por exemplo, que os certificados dos cursos nas áreas de artes, música, dança e teatro, tenham o reconhecimento do Ministério da Cultura, agora Ministério da Cidadania. “Uma audiência com o secretário estadual de cultura já está agendada para pautarmos essa questão da escola de artes”, afirmou.

A  Secretaria de Cultura, Esportes e Juventude do Município também terá um ônibus disponível. Os recursos estão assegurados através de emendas parlamentares dos deputados estaduais Osmar Baquit e Rachel Marques.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 14.02.2019 / atualizado às 15:10 · 14.02.2019 por
Adolescentes de 17 e 12 anos confessaram furto da motocicleta. Foto VC Repórter

A Polícia Civil de Pedra Branca, no Centro do Estado, apreendeu dois adolescentes pela prática de ato infracional análogo ao crime de furto qualificado. O delegado Thiago Salgado, titular da delegacia no Município, informou que um dos adolescentes infratores tem 17 anos de idade e o outro participante do delito, apenas 12. A surpresa maior ficou por conta do envolvimento de um terceiro personagem no delito. Uma criança de apenas 10 anos participou do furto.

A motocicleta, uma Honda Pop de cor vermelha, havia sido furtada na noite desta quarta-feira (13), por volta das 19h30, no bairro Riso do Prado. A vítima havia acabado de estacionar o veículo na frente da sua residência. Instantes após adentrar o domicílio ocorreu o furto. O trio foi flagrado por câmeras de videomonitoramento.

O delegado ainda explicou que o trio vinha praticando pequenos delitos na cidade. A suspeita é de que os infratores iram retirar a placa da motocicleta para utiliza-la como transporte no momento dos furtos. Os adolescentes serão encaminhados ao Ministério Público.

Na tarde da terça-feira a equipe da Polícia Civil já havia efetuado a prisão em flagrante, de um morador do Sítio Barreiro, na zona rural de Pedra Branca, por posse irregular de arma de fogo. Ele estaria ameaçando a vizinhança. Ao receberem a denúncia os policiais agiram.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 14.02.2019 / atualizado às 08:00 · 14.02.2019 por
Conforme as previsões dos meteorologistas da Funceme, o quadro continua favorável a chuvas em todas as regiões do Ceará.

O clima é de euforia em três comunidades rurais de Quixeramobim, no Centro do Estado. Nas últimas 24 horas foram registrados 220 milímetros de chuva na localidade de Santa Isabel, 185 mm no Serrote Verde e 115 mm em São Miguel. Os dados não são oficiais. As informações são de quem possui pluviômetros instalados nas suas propriedades. Para comprovarem, alguns fotografaram e publicaram as imagens nas redes sociais.

Nos pluviômetros oficiais da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), no Sertão Central, a maior chuva ocorreu em Ibaretama, 117 mm. A maior precipitação no Ceará, das 7h desta quarta-feira (13) para quinta-feira (14) apontada pela Funceme foi de 167,2 mm, em Tabuleiro do Norte.

Em Quixeramobim, na Serrinha de Santa Tereza, onde fica localizado um radar meteorológico do órgão oficial do Estado, foram registrados pela Funceme 29,4 mm. Na área urbana deste Município foram 31 mm. Já em São Miguel, exatos 100 mm. Nas demais localidades não estão instalados pontos de coleta pluviométrica, mas muitas barragens construídas nas comunidades  acumularam um bom volume de água, garantem os moradores.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 14.02.2019 / atualizado às 07:05 · 14.02.2019 por

O Núcleo Gestor do Fórum de Cultura e Turismo do Sertão Central, em parceria com a Quitanda das Artes- Agência e Produtora Cultural, vai realizar nesta quinta-feira (14), em Quixadá, reunião do Fórum para eleição dos novos gestores.

São convidados gestores municipais de cultura, produtores culturais, artistas, conselheiros de Políticas Públicas Culturais, ONGs, Institutos, diretores de Centros Culturais, diretores de Escolas e diretores de Universidades Públicas e Privadas da região. O Encontro será realizado a partir das 8h na Casa de Saberes Cego Aderado.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags