Autor: Editor


07:00 · 21.12.2019 / atualizado às 06:30 · 21.12.2019 por
Samuel Kélvyn e Rutielle Queiroz pretendem atrair mais turistas de aventura com a oficina de introdução a escalada e montanhismo.

Dois jovens empreendedores do turismo em Quixadá, Samuel Kélvyn Alves e Rutielle Queiroz de Alencar, vão promover uma oficina especial de introdução a escalada e montanhismo. O curso será realizado no dia 29 de dezembro, no Vale Perdido, ao lado do Lago dos Monólitos, defronte a Tribo do Benjamim, à margem da BR-122, na periferia da cidade.

Conforme a dupla de esportistas, as atividades, gratuitas, para maiores de 10 anos de idade, começam às 8h, na Trilha da Psicose, com noções básicas de segurança no trajeto de pouco mais de 2km até o seu destino, a Pedra da Psicose, e às 14h está programada a oficina de escalada, com 20 metros de extensão, também no Vale Perdido.

Serão 4km de adrenalina ( ida e volta ) na Trilha da Psicose, no Vale Escondido.
Os escaladores iniciantes poderão subir a até 20 metros de altura, com o uso de todos os equipamentos de segurança.

Além das técnicas, incluindo de segurança e primeiros socorros, a preservação do meio ambiente, também é abordada pelos instrutores. As inscrições podem ser feitas no site da Quixadá Turismo.

Quixadá Turismo
Whats App (88) 9 9274 8771
Fanpage/Instagram @quixadaturismo

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 21.12.2019 / atualizado às 06:25 · 21.12.2019 por
A Caravana do Coração prepara os últimos detalhes para atender 150 famílias carentes, mas ainda precisa da doação de mais alimentos. Foto > Divulgação

Neste domingo (22) a Caravana dos Sertões, uma ação filantrópica realizada desde 1987 pela Casa de Caridade Dr. Adolfo Fritz, pretende atender 150 famílias carentes em comunidades rurais de Quixadá, mas para completar a missão, a coordenação do projeto ainda está precisando de alimentos para completar as cestas básicas.

De acordo com os organizadores, os gêneros alimentícios mais necessários são óleo, mortadela, leite em pó, feijão, macarrão e bolacha. Quem preferir pode colaborar com dinheiro. Eles precisam completar as cestas até às 17h deste sábado. Os donativos podem ser feitos através do telefone (88) 9 9960 9456. A equipe da Casa de Caridade vai ao local.

Este ano, além das 150 cestas básica, o comboio de solidariedade pretende entregar 150 kits de higiene, 850 pastas e escovas de dentes e 450 brinquedos. Quando a Caravana estiver cruzando as estradas de Quixadá, para entrega dos donativos às famílias selecionadas, a iniciativa de solidariedade estará completando 32 anos ininterruptos.

Além dos alimentos e dos brinquedos, o comboio também pretende levar água, atendimento médico e odontológico, alegria e abraços às famílias contempladas.

32ª Caravana dos Sertões
Dia 22 de dezembro – Quixadá
(88) 9 9960 9456

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 20.12.2019 / atualizado às 07:00 · 20.12.2019 por
Justiça da Comarca de Senador Pompeu emite liminar determinando único aterro sanitário no Sertão Central a receber lixo da cidade. Foto > Alex Pimentel

A prefeitura de Senador Pompeu recorreu à Justiça Estadual na comarca local para assegurar a continuidade do serviço de recolhimento do lixo da cidade ao aterro sanitário da empresa DFL Serviços de Limpeza Urbana e Meio Ambiente Ltda. Dias antes moradores denunciaram a reativação do lixão da cidade, votando a causar problemas ambientais.

O pedido foi atendido pelo juíza Ana Celia Pinho Carneiro, titular da Vara Única da Comarca de Senador Pompeu. Na liminar a magistrada determina que a DFL, no prazo de 24 horas, volte a receber os resíduos sólidos da cidade. A decisão, com data de 18 de dezembro, estabelece a continuidade do serviço até a renegociação do contrato vencido no mês de novembro passado.

O prefeito Maurício Pinheiro justificou que está tentando negociar a continuidade do serviço com a empresa. “A DFL mudou os termo do novo contrato. Agora está cobrando R$ 1,50 por cada morador. Antes, o valor era de R$ 1,00. O município desembolsava R$ 26 mil por mês. Houve um acréscimo de R$ 13 mil, além de outras exigência“, justificou.

A direção da DFL informou a necessidade dos reajustes para os contratos que estão vencendo em razão da elevação dos custos dos serviços no aterro sanitário. O processo de compactação do lixo é rigorosamente cumprido como determinam as normas ambientais, garante a empresa. As maquinas trabalham na células de destinação dos resíduos mais de 12 horas por dia e o preço dos combustíveis subiu, ressaltou.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 20.12.2019 / atualizado às 05:50 · 20.12.2019 por

O pescador Raimundo Gonçalves da Silva, que no próximo dia 30 completaria 59 anos de idade, morreu afogado no início da manhã desta quinta-feira (19) em um açude na localidade de Tapuiará, na zona rural de Quixadá. A Polícia Civil informou que o afogamento ocorreu por volta das 7h30.

Familiares do pescador relataram à Polícia que viram Raimundo se afogando dentro do açude. Ele começou a passar mal e a se debater na água. Apesar de estar usando uma boia e saber nadar ele não esboçou qualquer reação para chegar à margem do açude. Foram outros pescadores que o resgataram.

Ainda de acordo com informações colhidas pelos investigadores da Polícia Civil, o pescador havia saído às 6h da sua casa, no bairro Campo Novo, na sede do Município. A companheira dele explicou que no dia anterior Raimundo havia colocado alguns galões no açude para capturar peixes e hoje havia retornado para continuar a pescaria.

O corpo do pescador foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML). A Polícia vai aguardar o resultado da necrópsia para certificar qual a real causa da morte. O Laudo deverá ser apresentado à Delegacia Regional da Polícia Civil em Quixadá, que investiga o caso, dentro de 30 dias, completaram os investigadores.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 19.12.2019 / atualizado às 08:25 · 19.12.2019 por
Moradores denunciam que o lixão de Senador Pompeu voltou a ser utilizado após ser desativado há quase 4 anos. Foto > Walter Lima

O antigo lixão de Senador Pompeu, no Sertão Central, está voltando a receber os resíduos sólidos da cidade. A denúncia foi feita nas redes sociais por moradores preocupados com a contaminação do lençol freático no seu entorno e o retorno das queimadas no local, provocando fumaça tóxica que chega a atingir a áreas habitadas, apesar de estar localizado a mais de 5km da sede do Município.

O descarte irregular do lixo começou a ser notado no início deste mês de dezembro. Moradores que pediram para não terem os seus nomes revelados informaram que para disfarçar a pratica criminosa conta o meio ambiente após os despejos estão queimando os resíduos, provocando ainda mais problemas. “Apesar de estar situado distante da cidade existem famílias morando nas proximidades. A fumaça está causando doenças“, comentou um denunciante.

O lixo de Senador Pompeu estava sendo despejado no aterro sanitário da empresa DFL, localizado no distrito de Bonfim, a cerca de 15km da cidade, mas no fim de novembro o contrato encerrou. De acordo com a direção da DFL a prefeitura ainda não decidiu sobre a renovação do serviço de recebimento do lixo.

O prefeito de Senador Pompeu, Maurício Pinheiro, confirmou o encerramento do contrato com a DFL. Todavia, justificou já estar avaliando a renovação do serviço, vez que, segundo ele, a empresa prestadora do serviço alterou cláusulas no contrato de renovação. “Estamos analisando a proposta, inclusive encaminhando para apreciação jurídica. Houve acréscimo de 50% do valor, pagávamos R$ 1,00 por habitante, somos 26 mil, e agora ainda precisaremos deixar o lixo no destino, no aterro. Antes esse serviço era deles“, ressaltou.

Sobre as queimadas no local onde o lixão voltou a ser despejado, o gestor municipal informou também ter recebido denúncias e designou uma equipe de fiscais da Secretaria do Meio Ambiente do Município para inspecionar o local e evitar a propagação de fumaça com a queima dos resíduos. “Tivemos a necessidade de voltar a utilizar o lixão, mas estamos fazendo de forma controlada“, completou o prefeito.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 19.12.2019 / atualizado às 06:40 · 19.12.2019 por
Após quase uma década a Secretaria de Educação de Quixadá vai promover a Festa das Debutantes para suas alunas. Fotos > Alex Pimentel

O sonho de toda adolescente ao completar os seus 15 anos de idade é comemorar a data com uma festa especial, acompanhada de um baile de gala em um salão, e à meia-noite dançar a valsa com o seu par preferido, para os convidados. Como festas assim costumam ser caras e a maioria das alunas da rede de ensino público de Quixadá são de famílias humildes, 152 debutantes estão recebendo este ano um presente muito especial, uma festa coletiva.

O Baile das Debutantes será realizado nesta quinta-feira pela Secretaria de Educação de Quixadá. A festa será no Hotel Vale das Pedras e além da valsa as jovens terão um dia de convivência no hotel, com oficinas temáticas e lazer. Elas ainda receberão todos os serviços de um salão de beleza, com maquiagem e penteado para adentrem o salão acompanhadas dos seus padrinhos“, explicou a secretária Lígia Saraiva.

As debutantes também receberão maquiagem e penteado, como ocorreu na última festa, realizada em 2011.

Durante o dia um espaço do hotel será reservado especialmente para as debutantes, com direito a banho de piscina. Os familiares e convidados serão recebidos a partir das 19h30, quando uma a uma as anfitriãs vão adentrar o salão anunciando a festa. Em seguida, juntas, vão cantar os parabéns e como nas festas tradicionais a decoração será glamorosa e haverá cobertura fotográfica para recordação da data especial, acrescentou a secretária.

As debutantes receberão os seus padrinhos, familiares e convidados a partir das 19h30.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 19.12.2019 / atualizado às 05:50 · 19.12.2019 por
O programa especial de dança desenvolveu uma série de atividades nos quase cinco meses de atividades. Fotos > Alex Pimentel

Da ponta do lápis para a ponta dos pés. Aproximadamente 600 crianças e adolescentes de cinco escolas públicas de Quixadá tiveram a oportunidade de concluir esta semana um curso muito especial. Eles receberam aulas gratuitas de dança, uma iniciativa da Cia de Dança Rastro, através da Rede de Dança do Ceará, em parceria com a Secretaria de Educação do Município.

Segundo a coordenadora do curso especial, a pedagoga e bailarina Gerlídia Tavares, a proposta atendeu crianças a partir dos 3 anos de idade e adolescentes até os 16. “Tomei essa iniciativa entendendo que a arte auxilia a construção da cidadania e da educação. Buscamos parcerias e com elas a formação de cidadãos mais conscientes para fazer melhor suas escolhas na hora certa“, explicou a pedagoga.

As aulas de dança atraíram centenas de jovens superando as expectativas da coordenação do curso.
Crianças de várias idades puderam participar das atividades de dança e aprender os primeiros passos dessa arte.
Até um biblioteca foi transformada em um salão de dança para atender o grande número de participantes do curso.

A proposta conta com cinco monitores, bailarinos da Cia de Dança Rastro, encaminhados ao mercado de trabalho através do  projeto socioeducacional como bolsistas. Todos são universitários, uma das exigências para serem engajados no programa; a outra é qualificação na área de dança.

Neste semestre, as unidades educacionais participantes foram a Escola de Ensino Fundamental José Bonifácio de Sousa, Escola ABC Baviera de Carvalho, Escola de Ensino Fundamental e Médio Raimundo Marques de Almeida, Escola de Ensino Fundamental Raquel de Queiroz e a Escola Rainha da Paz, mas temos planos de expandir o projeto no próximo ano“, completou a coordenadora.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 18.12.2019 / atualizado às 11:15 · 18.12.2019 por
De acordo com a Polícia Civil “Mael” foi capturado quando estava jogando futebol na periferia de Baturité. Foto > Polícia Civil

A equipe da Delegacia Regional da Polícia Civil em Baturité capturou na tarde desta terça-feira (17) um homem suspeito de integrar um grupo criminoso que estava agindo nesta região serrana. Ismael da Silva de Almeida, vulgo “Mael“, foi surpreendido pelos policiais quando estava jogando futebol na companhia de amigos no bairro Beira Rio, em Baturité.

De acordo com as investigações realizadas pelo delegado regional Joel Morais e sua equipe “Mael” participou do assalto a 20 passageiros de um caminhão pau-de-arara que retornava da feira de Baturité para a localidade de Várzea das Palmeiras, no município vizinho, Capistrano. Foram roubadas joias, celulares e até salários das vítimas. O roubo foi praticado em 14 de outubro passado.

Quando abordou as vítimas, o grupo, de quatro criminosos, dois deles com armas de fogo em punho, causou terror aos ocupantes do caminhão, subtraído diversos pertences dos passageiros. Mas tanto a Polícia Civil como a Polícia Militar passaram a agir para prender os criminosos. Outro assaltante, Francisco Antônio Martins Pinheiro, vulgo “Tonho“, já foi preso por uma equipe do Raio de Baturité“, ressaltou o delegado.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 18.12.2019 / atualizado às 12:45 · 18.12.2019 por
Os prefeitos foram ao Palácio da Abolição assinar os convênios com a Adece para construção dos galpões industriais e gerar emprego nas suas cidades. Foto > Davi Pinheiro

Os municípios de Boa Viagem, Pentecoste, Irauçuba, Icó e Umirim serão beneficiados com a construção de galpões industriais, três deles para produção de calçados, um para produtos hospitalares e o último de manufatura de peças automotivas.

Os prefeitos de Boa Viagem, Aline Vieira, de Icó, Ana Laís Peixoto, de Irauçuba, Geraldina Braga, de Pentecoste, João Bosco Pessoa, e de Umirim, Felipe Uchoa, assinaram nesta terça-feira (17), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, os convênios com a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet).

Segundo o presidente da Adece, Eduardo Neves, a Agência vai investir R$ 10,7 milhões nas obras. Os imóveis serão cedidos em regime de comodato. A contrapartida das prefeituras foi a doação dos terrenos para as construções. Quando estiverem funcionando os parques industriais vão gerar 1.315 empregos diretos no Interior do Ceará. O plano de descentralização industrial já gerou 4 mil empregos fora da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Ainda de acordo com o representante da Adece, o galpão de Boa Viagem, no Sertão Central, terá mil metros quadrados. Nele funcionará a fábrica de calçados Terra Quente. A empresa prevê a geração de 150 empregos diretos com um investimento de R$ 525 mil.

Na Zona Norte, em Pentecoste, o galpão industrial terá 1,5 mil m². Também produzirá calçados, da indústria Becker. A empresa pretende gerar 300 empregos direitos com um investimento de R$ 2 milhões.

Também nessa região, em Irauçuba, a estrutura industrial terá 1,5 mil m². Nela será será instalada a A.J. Alves Calçados A indústria prevê a geração de 100 empregos diretos na fase inicial, 450 após 12 meses de funcionamento e 800 oportunidades de trabalho formais depois de 24 meses. O aporte total da empresa será de R$ 25 milhões na construção da fábrica.

Em Icó, na região Sul do Estado,  o investimento será na ampliação de um galpão para atender as necessidades de expansão da empresa GloboDesc, uma indústria de produtos médicos hospitalares. A empresa pretende investir R$ 20,5 milhões e gerar 65 empregos diretos inicialmente, chegando a 165 postos de trabalho na fase de expansão.

Já em Umirim, na Bacia do Curu, serão construídos dois galpões com área de 1,5 mil m² cada. Neles funcionarão a fábrica da Bastos Juntas, de peças e acessórios para veículos. A previsão é de gerar 300 empregos diretos. A empresa pretende investir R$ 6 milhões.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

18:00 · 17.12.2019 / atualizado às 17:40 · 17.12.2019 por
A história e obras de Mestre Chico Emília estão em exposição na Casa de Saberes Cego Aderaldo, em Quixadá. Fotos > Alex Pimentel

A Casa de Saberes Cego Aderaldo, equipamento regional da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) instalado em Quixadá, continua expondo a mostra cultural “Chico Emília: saberes e ofício de um Mestre do Sertão“. A exposição, gratuita, estará aberta ao público até 5 de janeiro, véspera do Dia de Reis.

Segundo o coordenador da Casa Cultural, Pedro Igor Azevedo, as visitas podem ser feitas das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Apenas na véspera (24) e no Natal (25), também no último dia do ano (31) e 1º de janeiro não haverá atendimento ao público, em razão das datas festivas e feriados.

A exposição especial aborda a história de Francisco Ferreira Neres, o Chico Emília, um mestre de múltiplos saberes, que expressa a sabedoria de um artista popular do sertão. Ele mora na comunidade  de Boa Água, na zona rural de Quixadá, onde comanda o Reisado de Caretas Boi Coração“, ressalta Pedro Igor.

Até o dia 5 de janeiro o público poderá apreciar as obras e conhecer a história do Mestre da Cultura do Reisado de Caretas Boi Coração.
Mestre Chico Emília tem muita história pra contar, do seu Boi Coração e do grupo de reisado dos Caretas.

A mostra é um trabalho conjunto dos curadores professores  Aterlane Martins e Hildebrando Maciel e da equipe da Casa de Saberes. “Além de agricultor, Chico Emília é poeta, cantador, cordelista, exímio escultor e mestre de reisado do Boi Coração, um dos Tesouros Vivos da Cultura do Ceara“, ressaltam os os curadores.

Exposição “Chico Emília: saberes e ofícios de um mestre do Sertão”
Casa de Saberes Cego Aderaldo – Quixadá
Até 5 de janeiro de 2020
De segunda a sexta-feira – Das 8h às 18h

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags