Busca

Categoria: Agricultura


07:30 · 22.02.2017 / atualizado às 07:55 · 22.02.2017 por

Canindé
O cenário é de alegria no sertão. A terra já começou a ficar úmida com as chuvas dos últimos dias e muitos agricultores já iniciaram o plantio das suas sementes. Os grãos de milho e feijão do programa Hora de Plantar, distribuídos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) já chegaram a várias regiões do Ceará. O trabalho já foi iniciado nos roçados dos municípios do Sertão Central.

Em Canindé, as sementes chegaram na segunda-feira (20). Segundo o gerente local da Ematerce, Osvaldo Magalhães, no Município estão sendo distribuídos nove mil quilos de feijão, 23 mil quilos de milho e 1.500 quilos de sorgo. O quilo da semente de milho para pantio está sendo comercializado a R$ 2,40 e o feijão a R$ 6,40. A Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos do Município está realizando a entrega nas comunidades.

Este ano houve mudanças na entrega dos grãos. ‘’Só poderão receber as Associações, representadas pelos seus presidentes. Os beneficiários diretos do programa devem ser prioritariamente os agricultores familiares e assentamentos rurais inscritos no Garantia Safra, contemplados com o programa de mecanização agrícola”, acrescentou a prefeita de Canindé, Rozario Ximenes.

Noutro município da região, Boa Viagem, entusiasmados com o clima e as chuvas mais recentes, quem tinha estoque de sementes também começou a plantar. Nos últimos cinco anos os roçados vinham sendo castigados pela seca, mas a natureza deu uma trégua. A água inclusive já começou a chegar ao açude Vieirão e a equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto(SAAE) do Município começou a retirar as bombas de captação que abasteciam a cidade através de poços, explicou o diretor do SAAE, Odécio Vieira.

Em Quixadá, a Ematerce recebeu as sementes do Hora de Plantar na tarde da última quarta-feira (15). Conforme a gerencia local são 22 toneladas. Serão distribuídas com pouco mais de 800 agricultores cadastrados. Dentre as espécies entregues, além do milho híbrido, milho variedade e do feijão, também estão sacas de mamona, apesar de a usina de biodiesel da Petrobras ter sido desativada. Era a empresa quem comprava as produções da oleaginosa.

Segundo o Governo do Estado o programa de auxílio a agricultores familiares aumentou de 132 mil para 150.639 o número de beneficiados. O projeto distribuirá 3.217 toneladas de sementes e 7.555.181 mudas. A ação tem investimento do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop), no valor total de R$ 17,2 milhões. Participam do Projeto 182 municípios, ficando de fora apenas Fortaleza e Eusébio, que não possuem zona rural.

Os armazéns regionais de distribuição estão localizados em Fortaleza, Morada Nova, Tianguá, Marco, Campos Sales, Barbalha, Milagres, Iguatu, Quixeramobim, Crateús e Tauá. Dos armazéns regionais, as sementes serão apanhadas pela Ematerce para os municípios e a partir daí serão distribuídas para os agricultores familiares. As mudas de cajueiro anão precoce, essências florestais, palma forrageira e manivas, são entregues pelos fornecedores diretamente nos municípios.

Veja mais no Diário do Nordeste > Chuvas continuam a banhar os municípios do Estado

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

08:00 · 20.02.2017 / atualizado às 09:05 · 20.02.2017 por

Quixadá
Pelo terceiro dia consecutivo a chuva continuou molhando o chão na maioria dos municípios do Centro do Estado. O clima ficou agradável. Neblinou a maior parte da noite deste domingo para segunda-feira. As precipitações foram de 33,3mm em Madalena, 30mm em Mombaça e Pedra Branca, 21,8mm em Quixeramobim e 15mm em Boa Viagem. Era o sinal para muitos agricultores da região. O dia nem havia amanhecido e muitos já estavam nos roçados. “O inverno pegou”, comentavam satisfeitos.

Além dos postos oficiais da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) moradores de diversas localidades estão enviando mensagens através das redes sociais, registrando chuvas em praticamente todas as regiões. No sábado, em Banabuiú, foram superiores a 150mm. O rio que corta o município encheu, provocando os primeiros transtornos. Uma ponte de madeira, acesso improvisado da cidade à vila da Barra do Sitiá, foi arrastada pela correnteza.

Foto > Leila Márcia

Logo abaixo da barragem do açude Arrojado Lisboa, neste município, as máquinas estão trabalhando na formação de um piscinão, onde a população se concentrará durante o dia para brincar o carnaval. Com a mudança meteorológica o local ficará ainda melhor para os brincantes. Da quarta para a quinta-feira a situação era outra. Não houve registro de chuvas no Estado pela segunda vez no mês. Agora, as águas estão voltando a rolar.

A água também voltou a correr em rios e riachos com cursos pelos municípios de Pedra Branca, Quixeramobim, Quixadá, Canindé, Choró, Ibaretama, e também em Itapiúna.

Esse quadro positivo deve permanecer nesta segunda-feira. A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), sistema meteorológico principal indutor de chuvas no Ceará, deverá continuar agindo. Nesta manhã, a imagem do satélite GOES-13, canal Infravermelho, ainda apontava nuvens sobre todo o Estado, provocando uma agradável sensação térmica em várias regiões.

Amanhã, a nebulosidade com possibilidade de chuvas deverá se concentrar na faixa litorânea e no centro-sul do Ceará, prevê a Funceme.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:00 · 18.02.2017 / atualizado às 09:50 · 18.02.2017 por

Quixadá
Dois pequenos empreendedores rurais, Francisco Richard da Silva e Davi de Sousa Freitas estão a procura de parceiros para revitalizarem uma horta hidropônica instalada no distrito de Juatama, onde eles moram na zona rural de Quixadá. A unidade tem capacidade para produzir até 12 mil verduras e hortaliças a cada ciclo. Mas por falta de apoio eles foram obrigados a paralisar a produção.

Richard e Davi até fundaram a Associação dos Produtores Hidropônicos de Juatama. Além de renda para eles empregavam outros dois moradores da comunidade situada ao lado da usina de biocombustível da Petrobras. Sem habilidade em negócios a produção começou a encalhar e as contas e as dívidas começaram a pegar. Para evitarem desperdícios resolveram parar.

Conforme os empreendedores, o projeto, nos moldes dos quintais produtivos, foi implantado na comunidade rural havia 3 anos. Um ano depois passou a enfrentar problemas, apesar de ter produzido mais de 10 mil unidades de alface por mês. Os investimentos, de R$ 200 mil, foram disponibilizados através de um dos programas sociais da Petrobras Biocombustíveis.

Além de garantir renda, eles também davam aulas de campo para os estudantes da escola local. Na visita à horta especial a dupla incentivava as crianças a se dedicarem à produção no campo. Também ensinavam a importância da produção e consumo de alimentos naturais, orgânicos, sem a utilização de agrotóxicos.

Para revitalizar a horta, pretendem convencer proprietários de mercadinhos e supermercados de Quixadá e de Quixeramobim a custearem o empreendimento. A ideia é convencer os comerciantes a apanharem as produções no quintal da Associação. Com a eliminação do frete o preço terá redução. Na proposta também está o retorno das aulas de campo para os estudantes da escola da comunidade. Havia visita todas as semanas, antes da crise chegar e inviabilizar as produções de alface, cebolinha e coentro.

Outra opção é a formação de convênio com Prefeitura de Quixadá. A produção pode ser destinada à merenda das escolas do Município. Na contrapartida, a prefeitura compra as verduras e hortaliças e disponibiliza técnicos agrícolas para auxiliarem no desenvolvimento da horta.

Veja também no Diário do nordeste > Tecnologia revitaliza produção de quintal

Associação dos Produtores Hidropônicos de Juatama
Vila do Distrito de Juatama – Quixadá
Fone: (88) 9 9755 1323

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:30 · 07.02.2017 / atualizado às 14:00 · 07.02.2017 por

Banabuiú
Em solenidade realizada pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), do Governo do Estado, 217 famílias de trabalhadores rurais de Banabuiú (a 223Km de Fortaleza) receberam os títulos das suas terras. Na cerimônia pública também foi assinada Ordem de Serviço para a instalação de um sistema de abastecimento d’água com módulos sanitários em uma comunidade do Município.

A ação é desenvolvida em conjunto entre a SDA, o Instituto do Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace), a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e Instituto Agropolos.

Segundo a SDA, dentre outras vantagens o Título de Terra oportuniza ao beneficiado a possibilidade de solicitar empréstimos nos bancos oficiais do País. O título de propriedade rural é o produto final do Programa de Cadastro Georreferenciado de Imóveis Rurais e Regularização Fundiária do Governo do Estado, desenvolvido em parceria com o Governo Federal.

Iniciado no Ceará em 2004, o programa já teve o trabalho concluído em 109 municípios, dos 182 previstos para serem atendidos até a sua conclusão, em 2020.

De acordo com o último balanço do Idace, já foram entregues este ano 827 títulos de terra. Nos últimos dois anos (2015 e 2016) foram entregues 10.459 títulos de imóveis rurais, beneficiando 12.027 famílias, em 88 municípios.

Projeto São José

A solenidade, realizada na última sexta-feira (3), também marcou a assinatura da ordem de serviço para instalação de um sistema de abastecimento d’água com módulos sanitários nas comunidades de Ferrolândia e Muriá. As obras, do Projeto São José III, beneficiarão 130 famílias de Banabuiú. O investimento é da ordem de R$ 1.583.086,82.

O prefeito de Banabuiú, Francisco Hermes Nobre, conhecido como Edinho, comemorou o cumprimento da promessa feita em novembro do ano passado pelo secretário estadual do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, ressaltando que se Deus permitir, todas as famílias do seu Município terão água encanada na cozinha e nos banheiros das suas casas.

Conforme o supervisor de abastecimento d´água e esgotamento sanitário do Projeto São José, Fabrício Ximenes, também presente à solenidade, outros 10 municípios cearenses devem receber ordens de serviços para sistema de abastecimento d’água e módulos sanitários nos próximos meses.

Fotos > Prefeitura de Banabuiú

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

11:50 · 30.01.2017 / atualizado às 11:50 · 30.01.2017 por
Programa vai beneficiar cerca de 1.350 agricultores da cidade (Foto: divulgação)
Programa vai beneficiar cerca de 1.350 agricultores da cidade (Foto: divulgação)

Aracoiaba. O preparo do terreno para o plantio das lavouras de milho, feijão será simples e barato para produtores do município de Aracoiaba, no Maciço de Baturité do Ceará. A prefeitura informou que  vai beneficiar cerca de 1.350 agricultores com o Programa Plantar Melhor. Cada beneficiário estará sendo contemplado com duas horas ao qual será utilizada para a prática da agricultura familiar.

O programa objetiva viabilizar infraestrutura pública às comunidades rurais, apoiando ações que permitam o aumento da produção, produtividade, melhoria da qualidade dos produtos agropecuários e sua comercialização. A iniciativa está em seu quinto ano e foi desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a administração municipal, ao qual investe com recurso próprio apoio ao pequeno agricultor.

De acordo com o Secretário Nazareno Bezerra, as horas de tratores auxiliam os agricultores na preparação da terra para o período invernoso. “Atualmente eles pagam R$ 110,00 reais por hora para terem este serviço, agora com o apoio da Prefeitura eles pagam apenas R$ 35,00 reais por hora, tendo assim, uma grande economia” disse o secretário.

O programa Plantar Melhor é uma iniciativa da administração municipal, “Cerca de 50% da população do nosso município residem na área rural, a Gestão Uma Cidade de Todos, tem todo o interesse em ajudar os nossos agricultores o máximo que pudermos para contribuir ainda mais para o desenvolvimento no campo”, afirmou o prefeito de Aracoiaba.

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com