Busca

Categoria: Alimentação


10:00 · 14.07.2017 / atualizado às 10:20 · 14.07.2017 por

O industrial Bruno Girão, diretor-presidente da CBL Alimentos, da marca Betânia, divulgou a venda de 20% da participação dos negócios da empresa a um grupo americano. A negociação foi feita em São Paulo através de um fundo de investimento estrangeiro denominado Arlon. Com a captação dos recursos a CBL está investindo R$ 25 milhões na sua fábrica de laticínios em Morada Nova.

A Betânia é reconhecida como marca líder na venda de leite longa vida no Nordeste do Brasil, atuando no mercado há quase 50 anos. Com o aporte financeiro injetado na fábrica de Morada Nova a indústria duplicou para cinco mil toneladas mensais a sua produção de iogurtes. A expansão também está ampliando o quadro de funcionários. Mais mão de obra sendo contratada.

A fábrica de laticínios de Betânia em Morada Nova está recebendo investimento de R$ 25 milhões

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

18:00 · 24.06.2017 / atualizado às 18:45 · 24.06.2017 por

Gostinho de quero mais. Foi desse jeito que a Ação Verdes Mares se despediu da população de Canindé na sua primeira edição nesta cidade do Centro do Estado conhecida por sua religiosidade. Dezenas de pessoas foram atendidas nos serviços disponibilizados gratuitamente na Praça Tomaz Barbosa, no Centro da cidade. A Ação, executada pela segunda vez no Interior em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), com o projeto Jornada da Integração 2017, recebeu até a bênção do frei Marconi Lins de Araújo, pároco do Santuário-Paróquia de São Francisco de Assis.

O publico se interessou por todos os serviços disponibilizados na praça. Mesmo antes do horário programado para o início dos atendimentos, 9 horas, já havia gente cortando o cabelo na tenda da Beleza. Os consumidores também não perderam tempo na tenda da FCDL-CE, onde puderam fazer consulta ao SPC e solicitar a inclusão no Cadastro Positivo. No caminhão da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) não foi diferente no atendimento ao Microempreendedor Individual e Formalização de empresa.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Canindé, Paulo Magalhães Filho, e o presidente da FCDL, Freitas Cordeiro, prestigiaram e ficaram satisfeitos com os resultados do evento. Para eles, associar a Jornada da Integração ao projeto desenvolvido pelo Sistema Verdes Mares fortaleceu ainda mais as ações de auxílio social, principalmente para os mais carentes. Essa também foi a opinião da prefeita de Canindé, Rozario Ximenes, também pressente a Ação Verdes Mares.

Eles observaram o interesse da população por todos os serviços e a enorme fila na tenda da Saúde, onde foi possível fazer teste de glicemia, de Hepatite B, C de Sífilis de HIV e ainda aferição de pressão arterial e receber vacina contra a gripe. Foi o caso do garçom Lucas Gomes. Ele ficou satisfeito com a agilidade do atendimento e sugeriu o retorno da caravana social por mais vezes à cidade. Após receber a vacina seguiu para a tenda da Nacional Gás, onde além de receber dicas sobre

Segundo o gerente estadual de vendas da Nacional Gás, Leonardo Martins, essa foi a primeira participação da empresa na Ação Verdes Mares fora da capital. Ele considerou a experiência muito positiva. Além das dicas de culinária e de segurança sobre o produto de primeira necessidade, a iniciativa está demonstrando como é importante se aproximar das pessoas, facilitar a vida delas. A reciprocidade ocorreu. O espaço ficou loado o tempo todo até o seu encerramento, ao meio-dia.

Se já estava satisfeita a população ficou mais ainda com o sorteio de brindes, incluindo vales-gas e fogões, jogos de panela e eletrodomésticos. A animação se completou com as aulas de zumba e as apresentações culturais de capoeira com o grupo Negaça, do Batuke da Vida, um projeto social do Santuário-Paróquia São Francisco, formado por crianças e adolescentes, seguido do típico forró pé de serra, com Amilcar Bonequeiro e sua companheira Jerusa atraindo outros casais. As crianças se divertiam nos pula-pula instalados ao lado da praça.

Canindé foi a segunda cidade do Interior do Ceará a receber a Ação Verdes Mares em parceria com a Jornada da Integração 2017 da FCDL-CE, na manhã deste sábado (24), dia dedicado ao São João. O movimento teve o apoio da Secretaria de Saúde do Município, Nacional Gás, Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), Ouvidoria do Estado e 6ª Seção do Corpo de Bombeiros. A primeira cidade foi Iguatu, por onde a caravana passou no início de abril.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:00 · 18.02.2017 / atualizado às 09:50 · 18.02.2017 por

Quixadá
Dois pequenos empreendedores rurais, Francisco Richard da Silva e Davi de Sousa Freitas estão a procura de parceiros para revitalizarem uma horta hidropônica instalada no distrito de Juatama, onde eles moram na zona rural de Quixadá. A unidade tem capacidade para produzir até 12 mil verduras e hortaliças a cada ciclo. Mas por falta de apoio eles foram obrigados a paralisar a produção.

Richard e Davi até fundaram a Associação dos Produtores Hidropônicos de Juatama. Além de renda para eles empregavam outros dois moradores da comunidade situada ao lado da usina de biocombustível da Petrobras. Sem habilidade em negócios a produção começou a encalhar e as contas e as dívidas começaram a pegar. Para evitarem desperdícios resolveram parar.

Conforme os empreendedores, o projeto, nos moldes dos quintais produtivos, foi implantado na comunidade rural havia 3 anos. Um ano depois passou a enfrentar problemas, apesar de ter produzido mais de 10 mil unidades de alface por mês. Os investimentos, de R$ 200 mil, foram disponibilizados através de um dos programas sociais da Petrobras Biocombustíveis.

Além de garantir renda, eles também davam aulas de campo para os estudantes da escola local. Na visita à horta especial a dupla incentivava as crianças a se dedicarem à produção no campo. Também ensinavam a importância da produção e consumo de alimentos naturais, orgânicos, sem a utilização de agrotóxicos.

Para revitalizar a horta, pretendem convencer proprietários de mercadinhos e supermercados de Quixadá e de Quixeramobim a custearem o empreendimento. A ideia é convencer os comerciantes a apanharem as produções no quintal da Associação. Com a eliminação do frete o preço terá redução. Na proposta também está o retorno das aulas de campo para os estudantes da escola da comunidade. Havia visita todas as semanas, antes da crise chegar e inviabilizar as produções de alface, cebolinha e coentro.

Outra opção é a formação de convênio com Prefeitura de Quixadá. A produção pode ser destinada à merenda das escolas do Município. Na contrapartida, a prefeitura compra as verduras e hortaliças e disponibiliza técnicos agrícolas para auxiliarem no desenvolvimento da horta.

Veja também no Diário do nordeste > Tecnologia revitaliza produção de quintal

Associação dos Produtores Hidropônicos de Juatama
Vila do Distrito de Juatama – Quixadá
Fone: (88) 9 9755 1323

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

07:00 · 16.04.2016 / atualizado às 19:12 · 15.04.2016 por
Quixadá-Feira-de-Gastronomia-1
Duas mil pessoas são esperadas na edição deste ano da feira (Foto: arquivo)

Quixadá. Pequenos e micro empresários deste município do sertão central, que atuam no ramo da gastronomia, se reúnem na noite deste sábado (16) para mais uma edição da feira gastronômica “Vem comer na rua” que, este ano, chega à sua quinta edição. O evento ocorre a partir das 18 horas na praça José de Barros, no Centro.

14 expositores participam da feira que espera, segundo os organizadores, receber um público de duas mil pessoas.

Com programação cultural diversificada, a feira busca trabalhar a divulgação de produtos e marcas dos expositores participantes além de ajudar na prospecção de novos negócios. “A intenção não é competir! É trazer produtos a custos reduzidos para apresentar ao público na tentativa catalizar oportunidades”, explica o organizador Francisco Belchior.

Além das comidas, o momento visa atrair a família para uma ocasião Quixadá-Feira-de-Gastronomia-3especial. Os organizadores incluem no espaço show com mágicos, apresentação de palhaços e música ao vivo.

A feira tem pratos com preços que vão de R$ 4 a R$ 16. Cada expositor trabalha com um tipo de prato, para não promover concorrência entre os participantes. Entre as opções do cardápio deste ano, estão pratos como acarajé, açaí, brownie, mungunzá, vatapá, feijão verde, dentro outros. Atentos às questões de saúde e as tendência deste mercado, os expositores tão levarão pratos sem glútem e sem lactose, além das famosas paletas mexicanas e chocolates finos.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:00 · 13.11.2015 / atualizado às 06:13 · 13.11.2015 por

Tauá
A ovinocapronocultura como suporte econômico para o desenvolvimento rural. Apostando nessa perspectiva representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ministério da Integração Nacional (MI), Governo do Estado do Ceará, Prefeitura de Tauá, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), associações de criadores, e de sindicatos e cooperativas de produtores rurais, se reuniram  em Tauá. Participaram da oficina do programa Rota do Cordeiro, realizada pela Embrapa.

Rota do Cordeiro I (1) AP

O evento, realizado nos dias 10 e 11 no auditório do Parque da Cidade, teve como objetivo a continuidade de ações para o desenvolvimento socioeconômico do sertão dos Inhamuns, onde a caprinocultura e ovinocultura são atividades de destaque. A apresentação de tecnologias para impulsionar a produção de leite, carne e pele é um exemplo. O cooperativismo, o comércio e a gastronomia dos produtos derivados da ovinocaprinocultura também estão sendo abordados no Encontro que se encerra hoje.

Segundo o coordenador nacional do programa, o médico veterinário Octávio Morais, da Embrapa, Tauá foi escolhido no Ceará, por ser um importante polo estadual na área da criação de caprinos e ovinos. O setor dá suporte econômico à região mais árida do Estado, onde os animais estão adaptados. Também por esse motivo o programa iniciou na semana passada o confinamento de 120 cordeiros em um centro de terminação coletivo neste Município. Os animais serão submetidos a avaliações, para fins de melhoramento genético dos próprios rebanhos locais.

Ao longo da sua atuação, a Rota do Cordeiro, que integra o projeto Rotas da Integração Nacional, do Ministério da Integração Nacional, promove a inclusão produtiva e a integração econômica das regiões menos desenvolvidas do país aos mercados nacionais e internacionais. No caso da Rota do Cordeiro, são contempladas regiões no semiárido brasileiro tradicionais produtoras de caprinos e ovinos, mas que ainda apresentam baixos índices socioeconômicos. O Sertão dos Inhamuns é uma delas.

Octávio Morais, ressalta que o processo de capacitação dos criadores foi iniciado em 2012. Em Tauá foi implantado no início de 2014. Passados dois anos considerados avanços já foram conquistados. Um deles está relacionado a higienização dos animais; o outro, ao melhoramento genético. Entretanto, precisam aprender a trabalhar em grupo, através do associativismo. Unidos se tornarão ainda mais fortalecidos. Evitarão atravessadores e também a especulação de preços no mercado.

Outro aspecto apontado pelo especialista está relacionado à potencialidade de mercado. O rebanho do Município é suficiente apenas para atender a demanda local, de cidades da região e uma pequena parte de Fortaleza. Os restaurantes da capital precisam inclusive importar carne do Uruguai. Uma demonstração da opção de expansão da ovinocaprinocultura no Estado.

“O modelo desenvolvido em Tauá será expandido para outros 12 polos produtivos. Eles integrarão a Rota do Cordeiro. O título faz referência aos filhotes de carneiros, na idade de até seis meses, período ideal para o abate”, acrescentou o especialista.

Veja a reportagem no Diário do Nordeste > Ovinocaprinocultura é opção para o campo

Números 

200 mil é o rebanho estimado de caprinos e ovinos em Tauá
R$ 6,00 é o preço médio do quilo do ovino vivo
R$ 5,80 é o preço médio do quilo do caprino vivo

Mais Informações

Embrapa Caprinos e Ovinos
Estrada Sobral – Groaíras, Km 04 – Sobral
Telefone: (88) 3112 7400

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:00 · 10.11.2015 / atualizado às 06:43 · 10.11.2015 por

Tauá
Representantes da Embrapa, Ministério da Integração Nacional (MI), Governo do Estado do Ceará, Prefeitura de Tauá, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), associações de criadores, e de sindicatos e cooperativas de produtores rurais, participam nesta terça, 10 e quarta-feira, 11, no Sertão dos Inhamuns, de oficina do programa Rota do Cordeiro, promovido pelo MI.

O evento, promovido pelo MI, tem como objetivo a continuidade de ações para o desenvolvimento socioeconômico do sertão dos Inhamuns, onde a caprinocultura e ovinocultura são atividades de destaque, será realizado no auditório do Parque da Cidade, em Tauá, com a apresentação de tecnologias para impulsionar a produção de leite, carne e pele. O cooperativismo, o comércio e a gastronomia também serão abordados.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

10:00 · 06.11.2015 / atualizado às 10:34 · 06.11.2015 por

Senador Pompeu
Oito adultos e um adolescente suspeitos de tráfico de drogas e assaltos na cidade de Senador Pompeu, no Centro do Estado, foram flagrados por uma equipe da Polícia Militar no fim da tarde desta quinta-feira, 5, dentro de um imóvel localizado no bairro Alto do Cruzeiro. Todos foram conduzidos para a Delegacia Regional da Polícia Civil, que enviou reforço porque a quadrilha resistiu à prisão. Equipes da PM, das cidades de Pedra Branca, Milhã, Solonópole e Quixeramobim também auxiliaram na operação.

Segundo a Polícia, Arlan Lucas Rodrigues Barbosa, vulgo “Pimpolho”, 20 anos, estava com 39 papelotes de maconha, dois telefones celulares e vários documentos, cartões de crédito e um revólver municiado. Na companhia dele estavam Cícero Araujo, 26 anos, Francisco Mauricio Mendes da Costa, 19 anos, Francisco Adinael Pergentino de Mesquita, 21 anos, Antonio Olney Pereira Sírio, 20 anos, José Wellington Silva de Oliveira, vulgo “Tatá”, 18 anos, Francisco Eugenio Pergentino Martins, 33, Marcos Paulino Martins, 23 e ainda um adolescente foragido de uma unidade correcional de Fortaleza.

Todos os maiores foram autuados por tráfico de drogas, formação de quadrilha e corrupção de menor. Com a prisão deles a Polícia Civil pretende esclarecer outros crimes na cidade. Segundo inspetores há cerca de dois meses ocorreu um arrastão dentro do Liceu de Senador Pompeu. Na ocasião a Coelce realizava um curso. Mais de 30 pessoas foram assaltadas. Os documentos podem pertencer às vítimas. Elas estão sendo  localizadas para fazerem o reconhecimento do bando preso.

Senador Pompeu - Prisao quadrilha  06.11.15 (12)

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

10:30 · 31.10.2015 / atualizado às 06:59 · 02.11.2015 por

Quixadá
A partir das 19 horas deste sábado, 31, a Praça José de Barros, no Centro de Quixadá, vai se transformar numa enorme arena esportiva. O público vai poder assistir e até participar de várias modalidades de competições e demonstrações, dentre elas ciclismo, montanhismo, slackline, capoeira, jiu-jitsu, muay thai, judô e até paintball. Será a primeira edição do Quixadá Xtreme, Festival de Esportes Cultura e Turismo.

Quixadá Xtreme

Segundo a organização do evento, idealizado pelo esportista Kido Aranha, as apresentações e provas, com concentração na Praça José de Barros, começam às 19 horas. Entretanto, no inicio desta tarde, a partir das 14 horas, já haverá provas na pista do circuito do Lago dos Monólitos, com a IV Arena Cross, valendo pelo Campeonato Cearense de Motocross.

Além das modalidades esportivas, à noite também haverá shows com a Banda Mutuca, Banda Ultraleve, Gil Queiroz e tenda eletrônica com Dj Willians. O Quixadá Xtreme está sendo realizado pela DT Eventos, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Quixadá (Sedet) e Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Feira Gastronômica
Praça de alimentação especial atenderá o público

Outra atração para o público do Quixadá Xtreme será a Feira Gastronômica “Vem comer na rua”, que chega a sua IV edição. Bolos, brownies, tortas, paletas mexicanas, panquecas, salgados, esfirras, sushis, tapiocas recheadas, e mais uma diversidade de itens saborosos estarão no cardápio, explicou um dos idealizadores da Feira, Francisco Belchior.

O modelo de comercialização de alimentos inaugurado em Quixadá no dia 16 de maio passado, com patrocínio da Farinha de Trigo Finna, Puro Sabor, Super São Geraldo e outras empresas, se tornou um sucesso na cidade. O objetivo do evento é fortalecer esse tipo de comércio em um ambiente familiar para o público. Também é uma forma de demonstra aos pequenos comerciantes, que com criatividade, organização e união se tornam mais fortes.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161, dos fones (88) 9 9970 5161 ou (88) 9 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:00 · 03.10.2015 / atualizado às 06:59 · 03.10.2015 por

Quixadá
A Feira Gastronômica “Vem comer na rua”, chega neste sábado, 3, à sua terceira edição com uma temática especial, o público infantil. Além da decoração, com muitas cores, várias atrações vão entreter as crianças que acompanharem os pais nesta noite ao espaço de alimentação montado na Praça José de Barros, no Centro de Quixadá. O acesso é gratuito, mas os organizadores agradecem quem puder levar brinquedos usados, em bom estado. Serão doados a crianças carentes no dia 12 de outubro.

Bolos, brownies, tortas, paletas mexicanas, panquecas, salgados, esfirras, sushis, tapiocas recheadas, e mais uma diversidade de itens saborosos estarão acompanhados de muita diversão. Foi a forma encontrada pela organização da Feira Gastronômica para homenagear as crianças neste mês dedicado a elas. “Será o nosso Dia das Crianças”, explicou um dos idealizadores da Feira, Francisco Belchior.

Inaugurada no dia 16 de maio passado, com patrocínio da Farinha de Trigo Finna, Puro Sabor, Super São Geraldo e outras empresas, a “Vem Comer na Rua” será levada a várias praças de cidades da região. O objetivo do evento é fortalecer esse tipo de comércio em um ambiente familiar para o público. Também é uma forma de demonstra aos pequenos comerciantes, que com criatividade, organização e união se tornam mais fortes.

III Feira Gasatronômica - Vem comer na rua (1) DN

III Feira Gastronômica de Quixadá
Vem Comer na Rua
3 de outubro – A partir das 18 horas
Praça José de Barros

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161, dos fones (88) 9 9970 5161 ou (88) 9 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:30 · 27.09.2015 / atualizado às 07:52 · 27.09.2015 por

Quixeramobim
A estiagem, prolongada pelos últimos cinco anos no Nordeste, é apenas uma das preocupações para os pecuaristas cearenses, principalmente para quem se dedica ao setor leiteiro. Os animais precisam de alimento e de água. Mas sede, os rebanhos não passam. À medida que os açudes e barreiros vão secando, eles recorrem a cacimbões, poços, seguindo a sina dos humanos. O problema maior está nos custos, principalmente da ração. A maioria está pagando para produzir leite. Essa é a avaliação feita por representantes da Associação dos Produtores de Leite do Ceará (Aprolece).

Bovinocultura Leiteira - Quixeramobim (15) DN

Conforme o presidente da Aprolece, Cláudio Augusto Teófilo Júnior, os produtores estão cansados e apreensivos. Nos últimos anos a pressão tem sido constante sobre os médios e grandes criadores. As políticas de governo, em todas as esferas, só amparam quem está enquadrado na agricultura familiar, os pronafianos. Mais um ano de seca poderá provocar perdas incalculáveis para a cadeia produtiva bovina no Ceará, que graças a investimentos da classe, em tecnologia e melhoramento genético, tem destaque no cenário nacional. É a maior do Nordeste.

Alguns já pensam em vender também o gado leiteiro para o abate. Vai ser a única alternativa para não se ver milhares de animais mortos, nas beiras das estradas, pela fome e insensibilidade dos governantes. Estão se sentindo abandonados, sufocados, diante dessa crise tão grave, hídrica e econômica, reclama o líder classista.

“Nos últimos 40, 50 anos, investimos pesadamente nas nossas fazendas. Os resultados começaram a surgir nas duas últimas décadas. Mas na contramão do nosso interesse, em tornar o Ceará o maior produtor do Nordeste, além da seca prolongada e da alta do preço dos insumos, provocando o aumento dos custos, a pressão aumenta com os bancos cobrando na porta da gente e inclusive ameaçando de execução das dívidas. O trabalho, a dedicação de uma vida, à pecuária leiteira nunca estiveram tão ameaçados”.

Além da renegociação das dívidas bancárias, contraídas para levar a pecuária leiteira ao atual status, de quarta maior renda de emprego gerada no Estado, o aumento da compra de leite para o Fome Zero, um programa social do Governo Federal, para pelo menos 100 mil litros por dia, pode amenizar a situação de colapso enfrentada pelo setor.

Outro pecuarista de médio porte, Alexandre Gontijo associa as dificuldades ao dólar. Nos últimos 60 dias o valor da moeda americana já havia disparado para os pecuaristas. O preço da saca de milho, de 60 quilos, pulou de R$ 32,00 para R$ 42,00. Com o farelo de soja não foi diferente. A tonelada custava R$ 1.300,00. Agora, é obrigado a desembolsar R$ 200,00 a mais por tonelada. Para elevar ainda mais as despesas o preço médio do litro do leite in natura, baixou de R$ 1,30 em 2013 para R$ 1,20 este ano.

Para ele, a solução, a curto prazo, realmente está na prorrogação das dividas contraídas nos bancos oficiais e a liberação de crédito para o produtor manter a estrutura produtiva. “Os efeitos serão ainda maiores. Não atingirão somente os nossos investimentos. Na minha propriedade mantenho o sustento de 90 famílias e ainda toda uma economia ao redor. Com o encerramento do negócio leiteiro os trabalhadores rurais vão correr para a capital a procura de emprego, mesmo não tendo nenhuma qualificação”, ressaltou.

Veja a reportagem no Diário do Nordeste > Cacimbões e poços profundos garantem a produção leiteira

Números

100 litros é o consumo médio de água diário de uma vaca leiteira
8 Kg é a quantidade de ração media diária para cada animal

Mais Informações

Aprolece
Rua Silva Paulet, 3279 / Bloco B Sala 23 – Fortaleza
Telefone: (85) 3272-9406

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161, dos fones (88) 9 9970 5161 ou (88) 9 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com