Busca

Categoria: Comércio


06:30 · 16.02.2017 / atualizado às 06:30 · 16.02.2017 por

Quixadá
A Praça José de Barros, no Centro de Quixadá, voltará a ser palco do carnaval popular desta cidade do Sertão Central. A festa é uma marca do prefeito Ilário Marques, reeleito no último pleito eleitoral. O investimento previsto é de até R$ 168 mil com atrações nas quatro noites. Apesar de o município ter decretado Estado de Calamidade Financeira, o evento gera emprego e propicia dividendos para a cidade. No ano passado não foi realizado carnaval na praça.

Logo após reassumir o cargo de chefe do executivo Ilário Marques decretou Estado de Calamidade Financeira. Nos levantamentos constatou uma dívida de R$ 40 milhões, o equivalente a 65% do orçamento anual do Município. A cifra milionária foi destinada em 2016 ao pagamento do funcionalismo público, ainda gastos com gratificações e horas extras, agravando a situação financeira de Quixadá.

As razões que levaram a gestão municipal a determinar situação de calamidade financeira são de natureza pragmática, contábil e financeira. Principalmente na gestão com pessoal e dívidas consolidadas. Seu fundamento está na busca de que o município volte à situação de regularidade junto a lei de responsabilidade fiscal. A emergência se dá pela condição administrativa do município, onde serviços básicos não estavam funcionando e era condicionante decretar emergência e retomar os serviços essenciais como limpeza, saúde e educação, outrora abandonados”, justificou o prefeito.

Quanto ao carnaval, Quixadá é uma cidade com valor turístico gigantesco, reconhecida internacionalmente por esse perfil. A festa está prevista na lei orçamentária e no plano plurianual. “Mesmo na situação de crise, realizada de forma modesta, austera e responsável a iniciativa passa a ser um investimento que potencializa a característica natural para o turismo e o perfil de cidade de comércio e serviços“, acrescentou Ilário Marques.

Veja a reportagem no Diário do Nordeste > 11 municípios em emergência licitam Carnaval

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

07:00 · 15.02.2017 / atualizado às 06:50 · 15.02.2017 por

Canindé
Imponente símbolo dos romeiros e literalmente uma das maiores atrações turísticas do Ceará, com 30,25 metros de altura, a estátua de São Francisco das Chagas, em Canindé (a 118Km de Fortaleza), terá as obras de restauração retomadas. A ordem de serviço foi assinada na tarde desta quarta-feira (14) pela prefeita deste município do Sertão Central, Rozario Ximenes. O prazo para conclusão dos trabalhos é junho deste ano. O valor dos serviços é R$ 93,4 mil.

Fotos > Prefeitura de Canindé

Necessitando de reparos, o monumento religioso e turístico inaugurado aos 4 de outubro de 2005, maior inclusive do que o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, teve os serviços iniciados em 2015, mas as obras foram paralisadas. No início do ano passado o prefeito em exercício, Celso Crisóstomo, havia anunciado o retorno dos trabalhos, mas sua gestão terminou e a recuperação não foi concluída.

Segundo a administração municipal, a imagem do padroeiro de Canindé ganhou revestimento com pastilhas de cerâmica vitrificadas, tamanho 2x2cm, importadas da China. São 789 metros quadrados de ladrilhos, com 2.250.000 peças na cor marrom. Na construção, realizada pela empresa Magna Locações, foram utilizadas 18 toneladas de ferro e 3,5 mil sacas de cimento de 50 quilos.

No interior da estátua de São Francisco, uma escada com 125 degraus leva a um mirante com capacidade para 15 pessoas.

Idealizada pelo escultor de Canindé, Deoclécio Soares Diniz, conhecido artisticamente como “Seu Bibi”, o monumento de concreto teve suas obras iniciadas aos 3 de junho de 2002. O investimento financeiro, de R$ 2,2 milhões, foi disponibilizado pelo Ministério dos Esportes e Turismo, através da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) e pelo Programa de Infra Estrutura do Turismo (Prointur). Canindé recebe a segunda maior romaria franciscana do mundo.

Três milhões de romeiros visitam Canindé a cada ano. A cidade tem uma população de 80 mil habitantes, 60% deles trabalham e sobrevivem de rendas provenientes dos comércios formais e informais na romaria de São Francisco, realizada de 24 de setembro a 4 de outubro, data dedicada ao santo padroeiro. Para os franciscanos a romaria move Canindé e sua economia. ‘’Canindé não pode viver sem São Francisco e nem a fé de seu romeiro’’, disse o pároco e reitor do Santuário-Paróquia de São Francisco, frei Marconi Lins.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

11:30 · 09.02.2017 / atualizado às 12:10 · 09.02.2017 por

Banabuiú
O mais animado carnaval do Centro do Estado vai continuar. A nova gestão está chegando com uma série de novidades, a começar pela sua identificação oficial, agora Governo Municipal de Banabuiú (GMB). Vai ter folia nas águas do rio Banabuiú, mela-mela na Praça 25 de janeiro e festa noturna no corredor da folia, na Avenida Queiroz Pessoa. De acordo com a assessoria do GMB todos os espaços serão abertos ao público. Não haverá cobrança de entrada.

A novidade do carnaval à beira-rio será a formação de um piscinão. O nível da água do açude Arrojado Lisboa está muito baixo. A válvula de dispersão está liberando apenas 400 litros por segundo, mas é o suficiente para barrar o curso no período para os brincantes poderem se refrescar do calor. Outra opção será o chuveirão, dessa vez com sistema de tratamento de água. Afinal são esperados mais de 80 mil visitantes, gerando uma economia de R$ 1 milhão para o Município.

A secretária de Cultura e Turismo, Lila Oliveira, e o diretor de Indústria e Comércio, Chrystian Aurélio se reuniram com os comerciantes e barraqueiros, totalizando 30 representantes, e definiu as demandas para o carnaval deste ano. O grupo solicitou a intermediação com os fornecedores dos produtos a serem vendidos, principalmente bebidas, pedindo concessão de prazo para o pagamento. A segurança também foi discutida no encontro realizado nesta quarta-feira (8). O Governo Municipal emitirá laudo para cada barraqueiro.

Veja o vídeo do tradicional mela-mela no entorno da Praça 25 de janeiro, no Centro de Banabuiú

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

15:15 · 23.01.2017 / atualizado às 15:15 · 23.01.2017 por
Local voltará a ser administrado pela prefeitura de Quixadá (Foto: divulgação)
Local voltará a ser administrado pela prefeitura de Quixadá (Foto: divulgação)

Quixadá. A partir do próximo dia 10 de fevereiro, a gerência e administração do Mercado Público Municipal será realizada pela Prefeitura, sob a responsabilidade da Secretaria de Administração de Bens e Serviços Públicos (DEMASP). Há alguns anos o Mercado foi administrado por uma Associação de Permissionários.

Designado pelo prefeito de Quixadá, Ilário Marques, o secretário responsável pela pasta, Higo Carlos, iniciou um diálogo com os permissionários e na manhã do último sábado, 21, visitou o local acompanhado de um engenheiro civil,  um arquiteto e um representante dos comerciantes.

De acordo com Higo Carlos os profissionais estão autorizados pelo prefeito a fazer o levantamento técnico e orçamentário para análise e futuras recuperações das instalações hidráulicas, elétricas, piso e pintura.

Entretanto, medidas mais urgentes devem ser adotadas pela nova administração do Mercado, como é o caso de uma limpeza e assepsia de toda área interna.

“Com medidas responsáveis construídas a partir de um diálogo permanente entre gestão, permissionários e a população, não tenho dúvidas que em breve alcançaremos o objetivo de fortalecer o Mercado Central, incluindo a venda de carnes, mas também de outros gêneros alimentícios e dos produtos da nossa cultura regional”, disse Higo.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

14:29 · 05.12.2016 / atualizado às 14:32 · 05.12.2016 por

Madalena/Caridade. 80 profissionais destes dois municípios situados na região Centro do Estado, foram certificados pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). Em Madalena, a STDS capacitou 43 pessoas no curso de Auxiliar Administrativo. Já em Caridade, a pasta formou 37 pessoas nos cursos de corte e costura, e de auxiliar de escritório.

Os profissionais foram diplomados pelo secretário da pasta, Josbertini Clementino. Os cursos foram oferecidos através dos programas Criando Oportunidades, que tem como público prioritário mulheres chefes de família cadastradas no CadÚnico, beneficiárias ou não do Bolsa Família; trabalhadores sem ocupação e desempregados; pessoas que trabalham em condição autônoma, e também do programa Primeiro Passo, que qualifica profissionalmente adolescentes e jovens, oriundos da rede pública de ensino, que se encontram em situação de vulnerabilidade social, através de três linhas de ação: Aprendiz, Bolsista e Estagiário. Juntos os dois programas já qualificaram 6.978 profissionais no Ceará.

Em Caridade, o evento da diplomação dos novos capacitados na área de costura e administrativo aconteceu no final da manhã na Câmara de Vereadores. Houve ainda o sorteio de quatr kits de trabalho para as costureiras. Em Madalena, o evento foi ao ar livre, no Centro da cidade.

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com