Categoria: Cultura


17:30 · 25.06.2019 / atualizado às 17:50 · 25.06.2019 por
São João conseguiu reunir a comunidade do bairro de Quixadá que recebe o seu nome, fortalecendo o convívio coletivo com muita reflexão e festa. Fotos > Alex Pimentel

Independente da crença, durante 11 dias, moradores do bairro São João, uma das áreas mais tradicionais de Quixadá tiveram um convívio diferente. Pelo segundo ano consecutivo a paróquia de São João Batista reuniu a comunidade para refletir sobre os ensinamentos do seu padroeiro e e se divertir nos folguedos dedicados ao santo, das quermesses aos espetáculos das quadrilhas juninas.

A decoração especial para o II Festival de Quadrilhas Juninas no entorno da igreja de São João Batista tornou a festa mais bonita.
Antes dos festejos o público participava das santas missas, realizadas sempre às 19h.
Após as celebrações religiosas o publico se divertia na quermesse.
A decoração e as atrações musicais, no ritmo junino, foram muito elogiadas.
Os devotos de São João demonstravam satisfação e orgulho com os cuidados ao anfitrião.

O pároco, Juciê Braga, auxiliado pelo vigário Francisco Márcio, contou também com o apoio das pastorais e até de um produtor cultural, Adriano Bessa, para realizar a festa religiosa. “É importante termos consciência do nosso papel como filhos de Deus. Somos todos semelhantes e precisamos acolher nossos irmãos“, comentou o padre em um dos seus sermões destacando a importância da mobilização religiosa para os fiéis.

A dona de casa Maria Anunciada Moreira passou a morar há pouco mais de seis meses no bairro. Ficou surpresa ao ver com as filhas o desfile de carroças na porta da sua casa. Católica, confessou não ter visitado a igreja havia muito tempo. As filhas ficaram interessadas na diversão. Foi o motivo de se integrar mais com a vizinhança, hospitaleira e animada. “As férias chegaram e enquanto as meninas brincam busco um pouco mais os ensinamentos de Nosso Senhor“, completou.

No ultimo dia de festa, na procissão e no arreamento da bandeira, o publico foi um pouco menor. Estavam todos cansados, principalmente neste dois últimos dias, onde além das missas a festa se estendeu até a madrugada. A cidade cenográfica, com a Matriz, as barracas, a pescaria, as comidas típicas, e principalmente o terreiro na frente da igreja, com bandeirinhas tremulando, tornaram os últimos dias ainda mais especiais.

“Foi uma festa bonita, dessas de a gente não querer arredar o pé. Esse é o verdadeiro espírito do nosso São João, festeiro. Ver essas quadrilhas animando o nosso bairro dá orgulho”, comentou o aposentado João Silveira elogiando o II Festiva de Quadrilhas Juninas de São João Batista, que nas nas noites do domingo (23) e da segunda-feira (24), recebeu nove grupos juninos, de Caucaia, Horizonte, Redenção, Acopiara, Iguatu, Ibaretama e de Quixadá.

O terreiro da paróquia recebeu uma decoração especial para receber o II Festiva de Quadrilhas juninas dedicado ao Santo.
As nove quadrilhas juninas, infantis e de adultos encantaram o público.
O público elogiou muito as apresentações dos grupos juninos.
O público acompanhou atento mais de 10 horas de espetáculo cultural nordestino.

De acordo com o organizador do Festival, o produtor cultural Adriano Bessa, as apresentações em Quixadá integram o calendário oficial do concurso de grupos de folguedos juninos no Ceará. Os participantes foram avaliados por juízes da União Junina do Ceará. “O espetáculo, realizado pela Associação de Cinema e Vídeo de Quixadá (ACVQ), e a paróquia, atingiu o seu objetivo“, ressaltou.

Os jurados elegeram a quadrilha infantil Filhos do Sol, de Caucaia e Sol Nascente, de Iguatu, campeãs do Festival.
O entorno do salão de dança oficial lotou nas duas noites.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

10:30 · 22.06.2019 / atualizado às 18:05 · 25.06.2019 por
O festejos de São João Batista em Quixadá tiveram início no dia 14 com o hasteamento da bandeira. Hoje e amanhã quadrilhas juninas animam a festa diante da igreja da paróquia. Fotos > Alex Pimentel

O II Festiva de Quadrilhas Juninas de São João Batista será uma das atrações dos festejos em homenagem ao santo, padroeiro do bairro São João, em Quixadá. As apresentações, de quatro grupos na noite deste domingo (23) e outros quatro na segunda-feira (24), têm início programado para às 20h, logo após a Santa Missa.

De acordo com o organizador do Festival, o produtor cultural Adriano Bessa, as apresentações em Quixadá integram o calendário oficial do concurso de grupos de folguedos juninos no Ceará. Os participantes serão avaliados por juízes da União Junina do Ceará.

O espaço é aberto ao público. Este ano a estrutura está sendo montada com arquibancadas, para os admiradores e as torcidas poderem assistir os espetáculos com mais conforto. O projeto conta com recursos da Casa Civil do Governo do Estado e apoio da Prefeitura de Quixadá.

Os festejos do padroeiro do bairro São João tiveram inicio com um desfile de 10 carroças ornamentadas com homenagens ao santo. Elas percorreram ruas da comunidade no fim da tarde desta sexta-feira (14) com salvas a São João Batista. O desfile foi idealizado por Bessa.

Quando os festejos da paróquia de São João em Quixadá se iniciam a comunidade se mobiliza para participar.

A comemoração religiosa no bairro é realizada há mais de meio século pela comunidade católica local. Atualmente a paróquia é administrada pelo padre Juciê Braga, auxiliado pelo vigário Francisco Márcio.

A trezena foi iniciada à noite com o hasteamento da bandeira acompanhada da Banda de Música Municipal, e a missa solene, dedicada aos carroceiros, presidida pelo padre Pablo Anselmo.No início da noite o pároco Juciê Braga abriu os festejos religiosos em homenagem a São João Batista com o hasteamento da bandeira. Seguem até a segunda-feira (24).

Este ano, no dia dedicado ao santo, 24 de junho, haverá procissão com a imagem de São João. O cortejo contará com a participação do bispo da Diocese de Quixadá, dom Ângelo Pignoli. Ele presidirá a celebração de encerramento.

Os festejos preservam a tradição local, envolvendo os moradores em torno das missas, seguidas da quermesse, com barracas vendendo comidas típicas e apresentações culturais.

II Festival de Quadrilhas Juninas São João Batista
Dias 23 e 24 – Paróquia de São João – Quixadá
A partir das 2oh – Aberto ao público

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 22.06.2019 / atualizado às 09:00 · 22.06.2019 por
O Reisado Boi Coração, também com a participação de crianças, é uma as principais atrações do Festival do Feijão de Cipó dos Anjos.

É dia de festa na comunidade de Cipó dos Anjos, na zona rural de Quixadá. Durante todo o dia os moradores comemoram a colheita agrícola no XVII Festival do Feijão.

Cavalhada, quadrilhas juninas, cantoria e reisado de boi são algumas das atrações da festa iniciada na noite desta sexta-feira (21).    

Hoje (22), de acordo com os organizadores, a programação começou às 8h, com a missa em Ação de Graças, seguida do café da manhã compartilhado e comercialização de produtos dos empreendedores locais.

Às 10h, cantadores de viola se apresentam ao público, e logo depois, às 11h, a cavalhada deverá chegar ao lugarejo, onde serão recepcionados com o almoço compartilhado do feijão do Cipó.

A partir das 14h os talentos de Cipó dos Anjos se apresentam ao público, seguido de forró pé de serra e da mostra das potencialidades do distrito e no final da tarde será realizado o concurso de bovinocultura e caprinocultura.

A principal atração cultural da região, o Reisado Boi Coração, se apresenta ao público a partir das 18h e às 21h. Um show de forró encerra o Festival.

XVII Festival do Feijão
Distrito de Cipó dos Anjos – Quixadá

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

17:00 · 20.06.2019 / atualizado às 17:00 · 20.06.2019 por
A Semana Cultural de Senhor do Bonfim ´marcada por uma programação diversificada. A cultura é uma das atrações.

Teatro, cinema, dança, reforço escolar, escolinha de futsal, essas são algumas atividades da VIII Semana Cultural Senhor do Bonfim, um evento comemorativo de Bonfim, também conhecido como 20, um dos distritos mais antigos de Senador Pompeu. Este ano a comunidade rural completa 32 anos.

De acordo com o gestor cultural do Município, Breno Torquato, a Semana Cultural é uma ação de iniciativa popular com o apoio de entidades, empresas e pessoas interessadas no fomento à cultura e ao esporte do distrito e comunidades vizinhas. Com uma programação recheada e diversificada, o projeto consegue contemplar os mais variados públicos, desde a criança ao idoso como também a pessoa com deficiência, criando assim um valor de inclusão imensurável.

As rodas de leitura integram a programação daVIII Semana Cultural Senhor do Bonfim.

O distrito tem sua história marcada pelas manifestações populares nas suas mais variadas representações artísticas, literárias, esportivas, de meio ambiente e educacionais, desde as dramatizações da Via Sacra e dos Caretas na Semana Santa, até dos artistas circenses, músicos, artesãos e poetas, bem como a manutenção do grupo de teatro, da biblioteca comunitária, do cineclube, das hortas ecológicas.

A partir da promoção de vivências entre artistas, grupos e atletas com a comunidade, escolas e as ONGs, a VIII Semana Cultural Senhor do Bonfim consegue potencializar as manifestações populares locais ao passo que faz o intercâmbio entre as outras localidades do município trazendo para compor a programação artistas e grupos convidados, com isso o evento ganha um poder de impacto cultural que vai além dos limites do distrito, ressaltam os organizadores.

Promovido pela própria comunidade, a Semana Cultural integra várias atividades. A diversão é uma delas.

VIII Semana Cultural Senhor do Bonfim
Ate 23 de junho – Distrito de Bonfim
Senador Pompeu

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

 

07:00 · 19.06.2019 / atualizado às 06:25 · 19.06.2019 por

Cavalhada, reisado de boi, quadrilhas juninas, essas serão algumas das atrações do XVII Festival do Feijão, a ser realizado nesta sexta-feira (21) e sábado (22), no distrito de Cipó dos Anjos, situado a 47 km da sede de Quixadá.

De acordo com os organizadores, a festa tem como objetivo comemorar a colheita de feijão nesta comunidade rural. Será aberta às 18h da sexta-feira com apresentação de quadrilhas juninas, seguida de um show.

A programação do dia seguinte começa às 8h, com a missa em Ação de Graças, seguida do café da manhã compartilhado e comercialização de produtos dos empreendedores locais.

Às 10h, cantadores de viola se apresentam ao público, e logo depois, às 11h, a cavalhada deverá chegar ao lugarejo, onde serão recepcionados com o almoço compartilhado do feijão do Cipó.

A partir das 14h os talentos de Cipó dos Anjos se apresentam ao público, seguido de forró pé de serra e da mostra das potencialidades do distrito e no final da tarde será realizado o concurso de bovinocultura e caprinocultura.

A principal atração cultural da região, o Reisado Boi Coração, se apresenta ao público a partir das 18h e às 21h, um show de forró encerra o Festival.

XVII Festival do Feijão
Dias 21 e 22 de junho
Distrito de Cipó dos Anjos – Quixadá

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 17.06.2019 / atualizado às 07:30 · 17.06.2019 por

O Instituto da Fotografia – IFOTO e da AnimaCult Gestão e Produção abrem na noite desta terça-feira (18), na Casa de Saberes Cego Aderaldo, em Quixadá  o II Festival de Fotografia do Sertão Central, o QXAS. O tema deste ano será “Outros mundos, outros Sertões”, trazendo grandes nomes da fotografia nacional, com homenagens a ícones da fotografia brasileira como Nair Benedicto (SP) e José Albano (CE).

A programação, com workshops, oficinas, palestras, vivências, rodas de conversas, leituras de portfólio, exposições e festas será realizada simultaneamente em Quixadá  e Quixeramobim, onde será encerrada no próximo sábado (22) com a apresentação do resultado final do evento no Memorial Antônio Conselheiro, erguido na terra natal do mártir da Guerra de Canudos.

De acordo com os organizadores toda a programação é gratuita, com exceção dos workshops, que terão nomes como César Barreto (RJ), Ed Viggiani (SP), e Maíra Ortins (CE) e Nair Benedicto (SP) ministrando ricos momentos de formação durante o Festival com participação via inscrição de valor acessível em www.sympla.com.br/qxasfestival.

Para a exposição, os cearenses Iana Soares, Patrícia Veloso e Silas de Paula, curadores do QXAS, analisaram mais de 900 fotografias de 220 inscritos, de mais de 20 estados brasileiros, e do Uruguai, Portugal e Austrália. No final, 36 trabalhos foram selecionados. A seleção de fotos ilustrará um espaço no Memorial Antônio Conselheiro em Quixeramobim, com olhares de 24 nordestinos, 12 cearenses e o mesmo número de outros estados.

Este ano o QXAS  conta com apoio cultural da Secretaria de Cultura do Ceará (Secult), através da Casa de Saberes Cego Aderaldo, das prefeituras de Quixadá e de Quixeramobim, através de suas secretarias de Cultura e de Educação, patrocínio do Banco do Nordeste e apoio do Sistema de Comunicação Campo Maior.

II QXAS – Festival de Fotografia do Sertão Central
De 18 a 22 de junho – Quixeramobim e Quixadá
Confira a programação

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 15.06.2019 / atualizado às 09:15 · 15.06.2019 por
Pelo segundo ano consecutivo os festejos da paróquia de São João Batista, em Quixadá, se iniciam com uma “carroçeata”. Fotos > Alex Pimentel

Pelo segundo ano consecutivo um desfile especial abriu os festejos do padroeiro do bairro São João, na periferia de Quixadá. Ornamentadas com homenagens ao santo 10 carroças percorreram ruas da comunidade no fim da tarde desta sexta-feira (14) com salvas a São João Batista.

As carroças representaram as escolas do bairro e as pastorais da paróquia. Os carroceiros transportavam na maioria crianças, algumas até vestidas à caráter para as festas juninas. Os moradores saíram às portas das suas casas para apreciarem o animado desfile idealizado pelo produtor cultural Adriano Bessa.

A comemoração religiosa no bairro é realizada há mais de meio século pela comunidade católica local. Atualmente a paróquia é administrada pelo padre Juciê Braga, auxiliado pelo vigário Francisco Márcio.

A trezena foi iniciada à noite com o hasteamento da bandeira acompanhada da Banda de Música Municipal, e a missa solene, dedicada aos carroceiros, presidida pelo padre Pablo Anselmo. Segue até o dia 24.

No início da noite o pároco Juciê Braga abriu os festejos religiosos em homenagem a São João Batista com o hasteamento da bandeira.

Este ano haverá procissão com a imagem de São João. O cortejo contará com a participação do bispo da Diocese de Quixadá, dom Ângelo Pignoli. Ele presidirá a celebração de encerramento.

Os festejos preservam a tradição local, envolvendo os moradores em torno das missas, seguidas da quermesse, com barracas vendendo comidas típicas e apresentações culturais.

Nos dias 23 e 24 a atração dos festejos no entorno da igreja será o II Festival de Quadrilhas Juninas São João Batista. Mais de 10 grupos de todo o Estado já se inscreveram, ressaltou o organizador, Adriano Bessa.

Além da “carroçeata”, elogiada pela comunidade, Adriano Bessa pretende animar os festejos do padroeiro do seu bairro com um festival de quadrilhas

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:35 · 14.06.2019 / atualizado às 07:35 · 14.06.2019 por
A Banartes se tornou uma das principais atrações do período junino no Sertão Central. As noites da Feira de Artes são encerradas com grandes shows.

A prefeitura de Banabuiú anunciou a programação da sua 28ª Feira de Artes, a Banartes. O maior evento cultural do Município será realizado de 11 a 13 de julho, com entrada gratuita, e terá como atrações musicais as bandas Calcinha Preta, Mastruz Com Leite e Caninana, ainda os cantores Toca do Vale, Paulo Júnior e atração local Thiago Ribeiro.

De acordo com os organizadores da Banartes, Calcinha Preta e Mastruz com Leite sobem ao palco na primeira noite da Feira, na quinta-feira (11).  As atrações da sexta-feira (12) serão Toca do Vale e Thiago Ribeiro.A banda Caninana e Paulo Júnior encerram a Banartes na noite do sábado (13). No ano passado a Feira de Artes recebeu uma média 60 mil visitantes nos três dias do evento.

Os outros detalhes da programação ainda não foram definidos, mas tradicionalmente, além dos shows especiais, inclui Show de Calouros, Festival da Canção, Festival de Gastronomia Típica, Feira da Agricultura Familiar, Mostra de Quadrilha Juninas. O espaço também é aberto para Teatro, Pintura, Fotografia, , Mostra de Violeiros, Voz Mirim, Dança, Cordel e Literatura, durante todo o dia.

A Feira de Artes de Banabuiú é realizada pela Secretaria de Cultura Turismo Indústria e Comércio do Município. O evento acontece no Corredor Cultural, palco de grandes atrações da cidade.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 14.06.2019 / atualizado às 06:41 · 14.06.2019 por
No total, 31 sessões são exibidas na Mostra Internacional Infantil de Audiovisual  Fotos > Divulgação

A Mostra Internacional Infantil de Audiovisual (MIAU) chega nesta sexta-feira (14) a Guaramiranga e segue até amanhã no Teatro Rachel de Queiroz. Hoje, serão realizadas quatro sessões para estudantes de instituições públicas, às 8h30, 10h, 13h30 e 15h. no sábado, às 17h, será aberta ao público.

São exibidos filmes que estão fora do circuito da cultura de massa, diversificando as referências artísticas e culturais das crianças. Cada sessão, com duração total em torno de uma hora, é composta por diversos curtas. Além do filme realizado pelas crianças da oficina de Stop Motion de Caucaia, são exibidas produções brasileiras e de outros países.

Antes das sessões o público recebe pipoca e máscaras para entrarem no clima. Os conteúdos fazem rir e pensar, estimulando um pensamento crítico e criativo acerca das múltiplas identidades infantis contemporâneas, explicam os diretores da MIAU, Emídio Sanderson e Osiel Gomes.

Os diretores da MIAU selecionaram curtas nacionais e de vários países para promoção da cidadania.

A Mostra tem o objetivo de despertar nas crianças valores como sustentabilidade, preservação ambiental, cidadania, família e amizade. Fortaleza, Caucaia, Sobral e São Gonçalo do Amarante receberam a programação. Ao todo são 31 sessões, todas gratuitas, realizadas em diversos espaços, 18 exclusivas para alunos de instituições públicas e 13 abertas à população, acrescentam os organizadores.

Eles colaboram na curadoria, tendo à frente Vanessa Fort, coordenadora dos festivais comKids e Prix Jeunesse Iberoamericano. Participante de movimentos que discutem políticas públicas de cultura e educação para infância e juventude, Vanessa tem no currículo a criação, desenvolvimentos e consultoria de projetos para canais como: TV Cultura, TV Escola e Futura.

A MIAU é realizada com recursos do Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura, via Lei de Incentivo à Cultura e promovida pela Via de Acesso à Arte e Cultura (VAAC), com patrocínio da Aeris. São parceiros a Dégagé; Cinemateca da Embaixada da França no Brasil; Embaixada da França no Brasil; Institut Français; Centro Cultural Banco do Nordeste; ECCOA e prefeituras por onde a Mostra está passando.

A MIAU é promovida pela Via de Acesso à Arte e Cultura (VAAC), com patrocínio da Aeris. 

O Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ); Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura; Cineteatro São Luiz; e Secretaria de Cultura do Ceará também são parceiros da Mostra produzida pela Invento e D’grau, completam os organizadores.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 13.06.2019 / atualizado às 07:45 · 13.06.2019 por

O Instituto Assum Preto abriu inscrições para residências de roteiros e mostras competitivas para o 3º Sertão & Diversidade, um festival internacional de curtas metragem.

Segundo os organizadores, os interessados precisam acessar o site www.sertaoediversidade.org até o dia 27 deste mês. A programação será realizada de 14 a 17 de agosto na Casa de Saberes Cego Aderaldo, em Quixadá.

O evento é realizado juntamente com o Núcleo de Pesquisas e Experimentos Audiovisuais (NAVI) do Instituto Federal do Ceará (IFCE) campus de Quixadá e colaboração de instituições públicas e privadas.

O Sertão & Diversidade debate assuntos relacionados a gênero e diversidade por meio da linguagem audiovisual a partir da vivência de pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (LGBTs).

Mostra de cinema

O Festival Internacional de Curtas pretende apresentar realizações cinematográficas recentes, do Brasil e do exterior, que contribuam para a discussão sobre gênero e diversidade, e promover o intercâmbio e estimular o desenvolvimento da produção audiovisual no Sertão Central do Ceará.

A Mostra Competitiva de Curtas, que chega este ano à sua terceira edição, é dividida nas categorias Ficção e Documentário, acrescentam os organizadores.

 Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags