Busca

Categoria: Cultura


07:30 · 31.01.2018 / atualizado às 07:35 · 31.01.2018 por

Banabuiú sediará nesta quarta-feira (31) o Fórum de Cultura e Turismo do Sertão Central. Segundo os organizadores o evento, que terá como tema principal “Cultura, Trabalho e Democracia”, será realizado das 8 às 15h no salão da Câmara de Vereadores de Banabuiú, reunindo representantes das cidades da região. Os participantes vão propor iniciativas para fortalecer as ações culturais realizadas nas cidades participantes. O encontro é aberto para participação livre da população.

Gestores da área, agentes culturais, das prefeituras e membros dos Conselhos de Cultura também vão compor as discussões. Na programação também estão previstas palestras com representantes da cultura e do turismo da região e uma oficina de elaboração de projetos culturais. O objetivo geral do Fórum é propor estratégias de aprimoramento da articulação e cooperação institucional entre os governos municipais e a sociedade.

Ainda de acordo com a secretária de Cultura, Turismo, Indústria e Comércio de Banabuiú, Lila Oliveira, o Fórum deverá dinamizar os sistemas de participação e controle social na gestão das políticas públicas de cultura e turismo para implantação e consolidação de ações que fortaleçam e aprimorem as ações na região. Ela apresentará o mapa cultural de Banabuiú aos municípios visitantes. Haverá ainda um momento reservado para os secretários municipais apresentem um balanço das ações desenvolvidas em cada cidade.

Os participantes serão recepcionados com um café da manhã debaixo da sombra das mangueiras do Complexo, que no passado foi o Hotel Municipal. “Esse café terá os produtos da Feira da Agricultura Familiar, e o cardápio do nosso almoço será feito pelos vencedores do concurso de culinária feito pelos vencedores do concurso de culinária da Banartes. Haverá ainda um passeio pelos principais pontos da cidade. A Sala de Memória e o Açude Arrojado Lisboa são alguns deles”, completou a secretária anfitriã.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 26.01.2018 / atualizado às 08:35 · 26.01.2018 por

A partir de hoje (26) o pré-carnaval será realizado em Quixadá às sextas-feiras e sábados. Iniciado havia duas semanas além do aquecimento para a folia na cidade promovido pelo bloco Vai Que Eu Vou, aos sábados, também será animado por músicos da terra, nas noites da sexta, a partir das 19 horas, com o Movimente Esta Praça.

Será a vez das marchinhas no Pré-carnaval Cultural, promovido pelos próprios artistas, com o apoio da Secretaria de Cultura, Esportes e Juventude de Quixadá e de empresários. Conforme os organizadores a concentração esta noite será na Praça de São Francisco, no bairro que recebe o mesmo nome.

Para hoje as atrações serão a Banda Vibe, Lia Almeida e DJ Badu e amanhã, a concentração do Vai Que eu Vou será na Praça da Cultura. A divulgação foi feita pelo assessor de Comunicação da prefeitura, Ítalo Beethoven, no pré-carnaval do último sábado, onde mais de cinco mil pessoal lotaram um trecho da Rua Rui Barbosa, no Centro da cidade.

Como no ano passado, por onde passa o pré-carnaval de Quixadá está atraindo milhares de pessoas. 

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 24.01.2018 / atualizado às 12:45 · 24.01.2018 por

Durante oito dias mais de 1.400 atletas enfrentaram uma verdadeira maratona de jogos em Banabuiú.

A 30ª edição dos Jogos da Semana do Município, de Banabuiú, se encerra nesta quarta-feira (24) com as finais da competições, de futebol às 14 horas no campo Valdir Leopércio, e de futsal no ginásio poliesportivo João Claudino com o público lotando as arquibancadas, como ocorreu durante o torneio, é a estimativa dos organizadores.

A entrega das medalhas e troféus aos atletas das 31 modalidades ocorre logo após a final de futsal no ginásio poliesportivo. Logo depois,  partir das 22 horas, anunciando o aniversário dos 30 anos de emancipação da cidade, comemorado no dia 25 de janeiro, a dupla Ítalo e Reno apresentará um show especial para a população no corredor cultural da cidade. Em seguida será a vez do artista da terra, Thiago Ribeiro, se apresentar, já na primeira hora do feriado municipal.

As festividades tiveram início no dia 17 passado, com a abertura dos tradicionais Jogos do Município que este ano contou com mais de 1.400 atletas. Por todos os cantos da cidade o clima é de festa, mais animada com algumas provas bem pitorescas, como a corrida de saco, dominó, baralho, xadrez e até poker. Entretanto, a prova mais empolgante, além do futebol e do futsal, foi a maratona.

O brilho dos Jogos começou na sua abertura, com labaredas de fogo na encenação da Associação de Capoeira de Banabuiú, representando os primeiros habitantes do Vale das Borboletas, do tupi guarani, ou rio que tem muitas curvas. Mas foi o esportista Manoel Amâncio da Silva, de 76 anos, conhecido como “Salvador” quem conduziu a tocha e acendeu a pira olímpica dos Jogos.

Sobre os jogos, o prefeito de Banabuiú, Edinho Nobre, ficou orgulhoso em poder ajudar a promover a competição que completou três décadas. Ele agradeceu o apoio do Governo do Estado, através da Casa Civil auxiliando o Município na comemoração de mais um ano de emancipação política. “Nós temos esse compromisso de garantir força ao esporte de nossa cidade”, completou.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

18:00 · 13.01.2018 / atualizado às 06:30 · 14.01.2018 por

A florada do sombrião ou flaboyant prevê um ótimo inverno este ano, anunciou a profetisa Meyrismar Nobre

Deve chover na média a um pouco mais em relação ao ano anterior. Esse foi o diagnóstico para a quadra invernosa deste ano no Ceará, apresentado pela maioria dos 23 participantes do 22º Encontro dos Profetas da Chuva, realizado na manhã deste sábado (13), em Quixadá.

A surpresa ficou por conta de uma colmeia de inchuí, pesando nove quilos, apresentada pelo profeta Erasmo Barreira, e do período das chuvas, onde cinco deles apontam nas suas previsões se tornarem mais frequentes já a partir desta segunda quinzena de janeiro, se estendendo até meados de junho.

Se depender do tamanho do incuí do profeta Erasmo Barreira o inverno deste ano será “medonho”.

Ele também observa as formigas e ramas das arvores para prever o inverno.

Apesar de preverem um bom tempo para plantio e colheita no campo, para eles, as precipitações deste ano não serão suficientes para repor a carga hídrica dos maiores açudes do Estado, o Castanhão, o Orós e o Arrojado Lisboa, em Banabuiú. Poderá até cair mais água em algumas regiões, enquanto noutras a incidência de chuvas permanecerá na média, de qualquer forma aliviando um pouco mais a estiagem que se estendeu por seis anos.

Para Helder Cortez e João Soares, idealizadores e organizadores do Encontro, segundo eles o mais antigo e maior do País, na avaliação geral dos cientistas populares, dessa vez contando com mais representantes de outras regiões, e ainda o pesquisador Luiz Gonzaga Campos, de Camocim, as previsões apontam para um bom inverno, como havia ocorrido no ano anterior. Entretanto, para 2018, diversos fatores observados por eles sinalizam para um quadro meteorológico ainda melhor.

Agora, é esperar começar a chover, destacando a dupla que além da perspectiva da meteorologia popular, o Encontro tem como objetivo preservar essa cultura herdada de geração a geração, transformando o momento, realizado pelo segundo ano consecutivo no campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), em Quixadá, no entorno do Açude Cedro, em uma grande festa, onde o público pode acompanhar as previsões de cada uma deles.

Além das previsões houve homenagem ao profeta Paroara, falecido no ano passado, e ainda apresentações de Walter Lima, de Deisielly do Acordeon e a “Poesia da Umbelina”, recitada pelo odontólogo e profeta da chuva Paulo Costa. Ele foi quem animou mais o publico, afirmando nas suas previsões não haver mais seca no Ceará pelos próximos 10 anos.

Os secretários de Cultura de Quixadá, Audênio Moraes e do Estado, Fabiano Piúba, prestigiaram o Encontro e ficaram empolgados com o que viram. O secretário estadual do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, e de Gabinete, Elson Batista, também compareceram, além dos prefeitos de Choró, Marcondes Jucá, de Piquet Carneiro, Bismarck Bezerra e de Quixadá, em exercício, João Paulo Furtado. O reitor do IFCE, Virgílio Araripe e o diretor do campus, Helder Albuquerque completaram a lista.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 13.01.2018 / atualizado às 07:10 · 13.01.2018 por

Admiradores e curiosos se concentram no salão do IFCE de Quixadá para as previsões dos profetas da chuva.

Aproximadamente 20 profetas e profetisas se reúnem na manhã deste sábado (13) no campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), em Quixadá, no entorno do Açude Cedro, para anunciarem suas previsões para a quadra invernosa do ano no Ceará.

Os idealizadores e realizadores do Encontro dos Profetas da Chuva, que este ano chega à sua 22ª edição, João Soares e Helder Cortez aguardam aproximadamente 500 admiradores dessa cultura popular científica além de prefeitos, secretários e representantes do Governo do Estado.

XXII Encontro dos Profetas da Chuva
A partir das 8 horas
IFCE de Quixadá

Veja mais no Diário do Nordeste

Profetas da chuva se preparam para tradicional Encontro em Quixadá

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 13.01.2018 / atualizado às 06:34 · 13.01.2018 por

Desde 2004 o empresário Calixto Fraga realiza a Cavalgada de Canindé a Mulungu.

Dezenas de cavaleiros e vaqueiros iniciam na manhã desta sábado (13) uma peregrinação religiosa de aproximadamente 50Km. Eles participam da XIV Cavalgada de Canindé a Mulungu. Conforme o organizador do evento, empresário Calixto Fraga, o grupo deverá chegar no início da noite à cidade do Maciço de Baturité, cumprindo o ritual em homenagem a São Sebastião, padroeiro da cidade serrana.

Segundo Calixto Monteiro a cavalgada teve início em 2004 com uma promessa para seus pais se recuperarem de uma enfermidade. Para não realizar o trajeto sozinho convidou um grupo de amigos a acompanha-lo. Eram oito vaqueiros. Os pais já faleceram, mas o ritual continua e hoje conta com mais de 100 homens, mulheres e até crianças, em montarias pelo trajeto de 12 horas.

Algumas horas após partirem da Fazenda JC Ar Condicionado, à margem da BR-020, ao lado do Posto Rodoviário Federal, em Canindé, param na localidade de Ipueiras dos Gomes para o descanso dos animais. A segunda parada ocorre na Fazenda Serrote e a terceira na Chapada da Serra, já em Mulungu para o almoço. Quando chegarem à igreja da paróquia de São Sebastião estará anoitecendo.

Em Mulungu, no Campo dos Couros, os vaqueiros e cavaleiros se concentram para acompanharem a Santa Missa no Polo de Lazer.

Para realizar a tradição sertaneja Calixto Fraga e sua equipe têm despesas de R$ 20 mil. O dinheiro vem do próprio bolso e da doação de amigos, acrescenta.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 12.01.2018 / atualizado às 09:10 · 12.01.2018 por

Duplas de cantadores de viola se apresentam hoje à noite no XII Encanta Quixadá.

Duplas de cantadores de viola participam na noite desta sexta-feira (12) do XII Encanta Quixadá, um festival especial de um modelo de cantoria popular, o repente, onde os violeiros participam de desafios de melodias rimadas. Eles apresentam a partir das 19 horas no Centro Cultural Rachel de Queiroz, nesta cidade, saudando os profetas da chuva que chegam para mais um Encontro, o 22º.

O idealizador do Encanta Quixadá, João Soares de Freitas, presidente do Instituto de Viola e Poesia do Sertão Central, informou que a proposta cultural surgiu exatamente para recepcionar os participantes e visitantes do Encontro de Profetas da Chuva, na noite da véspera do evento, ao mesmo tempo promover e valorizar a cultura da viola.

Este ano, o momento cultural de disputas das duplas de viola em motes, sextilhas e temas livres, conta com também na organização com o cantador de viola Guilherme Calixto, um dos mais respeitados no Estado. Ele será o apresentador das duplas convidadas, dentre elas Valdir de Lima e Marcos Rabelo, os Irmãos Rabelo, Zé Eufrásio e Gonzaga da Viola, Esmerino de Freitas e Edmilson Severo.

No total 24 cantadores se apresentarão ao público, gratuitamente. Será a oportunidade para apreciarem a genuína cultura da música sertaneja antes do Encontro dos profetas, que será realizado na manhã deste sábado no campus do IFCE. Contamos com o apoio da Cagece e da prefeitura de Quixadá, através das suas secretarias de Cultura e de Turismo“, acrescentou João Soares.

XII Encanta Quixadá
Dia 12 de janeiro – 19 horas
Centro Cultural Rachel de Queiroz
Praça da Cultura – Quixadá

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 06.01.2018 / atualizado às 07:40 · 06.01.2018 por

Os profetas da chuva gostam de se reunirem antes do grande Encontro para afinarem suas previsões.

A ciência popular de prever a quadra chuvosa no Ceará mais uma vez atrairá a atenção do sertanejo, de curiosos, de apaixonados por esse hábito secular e da imprensa para mais um Encontro dos Profetas da Chuva em Quixadá. Será o 22º, idealizado pelo comerciante João Soares e o engenheiro químico Helder Cortez, realizado pelo Instituto de Viola e Poesia do Sertão Central tradicionalmente no segundo sábado de janeiro, o maior do País, com a participação de no mínimo 20 deles e um público de mais de 500 visitantes.

Conscientes da importância das suas experiências para quem acredita e se orienta nesses saberes herdados de geração a geração os profetas e profetisas afinam suas previsões. Alguns se reúnem para a troca das suas observações meteorológicas, como ocorreu com os irmãos Lurdinha Leite e Chico Leite, Josué Viana e Chico Leiteiro, acompanhados de João Soares e do cantador de viola Guilherme Calixto.

O resultado desse ensaio é um dos destaques deste sábado (6) no Diário do Nordeste, o último antes do grande encontro.

> Profetas estão otimistas em relação às chuvas de 2018

Lurdinha Leite tem como seu principal equipamento a “tábua de Santa Luzia“; o irmão, Chico Leite, avista sinais por todos os lados, inclusive no sombrião plantado no quintal da sua casa; Chico Leiteiro também, apesar de ter dificuldade para encontrar os pássaros e os insetos anunciantes das chuvas, como o cupim, que cresce as asas quando há bom sinal.Na falta da formiga de asas o jumento serve.

Lurdinha Leite explica a João Soares como funciona a experiência da tábua de Santa Luzia.

Chico Leite encontra até no sombrião sinal de chuva no sertão.

Jumento quando sua na sombra é sinal de que vai ter  chuva, comenta Chico Leiteiro

Josué Viana se apropria dos sinais dos astros para apontar suas previsões.

Josué Viana encontra nos astros, nas fases da lua, no sol,  e nas formações das nuvens, uma delas a “rama de São José“, os indícios para o período invernoso no sertão cearense. De comum com os outros observadores, a “barra do Natal“, uma formação atmosférica criando um horizonte de névoa abaixo da lua no período de 25 de dezembro a 6 de janeiro, Dia de Reis. A crença é praticada por todos ainda desde a infância e garantem não ter erro nas previsões. “Vem bom inverno sim”, comemoram.

Divergência apenas do odontólogo Paulo Costa, um dos mais respeitados do grupo. Além da barra do Natal ele se vale das observações na Estrela Dalva e na Estrela Guia, Vênus e Júpiter. No período ideal para as análises, três dias de junho do ano passado, os dois astros estavam alinhados. O movimento do sol dá a resposta fundamental para o seu diagnóstico: vem chuva sim, e muita, mas tardia. Água mesmo aparece somente a partir de abril, mas o inverno deve se estender até agosto.

Existem outros fatores e curiosidade encontrados pelos profetas da chuva, mas para conhecê-los o melhor é assistir a cerimônia animada por Helder Cortez, programada para a manhã do próximo sábado, 13, a partir das 8 horas, no campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), no entorno do Açude Cedro, explica João Soares.

Encanta Quixadá

Na noite anterior, no Centro Cultural Rachel de Queiroz, o Instituto de Viola e Poesia do Sertão Central realiza o Encanta Quixadá, um encontro de cantadores de viola comandado por Guilherme Calixto, com a participação de grandes duplas do gênero saudando os profetas da chuva e visitantes. Muitos chegam de longe ainda na sexta-feira para participarem e assistirem as previsões dos profetas e profetisas, acrescenta João Soares, ressaltando que a Cagece e a prefeitura de Quixadá patrocinam os eventos.

XXII Encontro dos Profetas da Chuva
13 de janeiro – 8 horas
Campus do IFCE – Quixadá
Estrada do Açude Cedro

XII Encanta Quixadá
12 de janeiro – 19 horas
Centro Cultural Rachel de Queiroz
Praça da Cultura – Quixadá

Instituto de Viola e Poesia do Sertão Central
Fone (88) 9631 1416

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 30.12.2017 / atualizado às 06:55 · 30.12.2017 por

Antigo galpão de máquinas da RFFSA será restaurado e transformado em um cineteatro.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) passou ao domínio da prefeitura de Quixadá, os prédios históricos da antiga Estação Ferroviária e do antigo galpão de máquinas, situados no Centro desta cidade, ao lado da Praça José Gonçalves Marques. Os dois prédios pertencem a inventariança da  extinta Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima (RFFSA).

A divulgação foi feita nesta sexta-feira (29) pelo prefeito de Quixadá, Ilário Marques. O secretário municipal de Cultural, Audênio Morais, acrescentou ainda não ter sido definida a utilização do espaço da estação de embarque e desembarque de passageiros de trens. No localfuncionou a Academia Quixadaense de Letras (AQL), mas por pressão da administração anterior do Iphan, entregou o prédio.

Acerca do galpão de máquinas, situado ao lado da estação ferroviária, o gestor municipal informou que será restaurado e transformado em um cineteatro. A ideia é abrigar no futuro espaço cultural da cidade espetáculos de teatro, de dança, de música e exibição de filmes. Não foram informados mais detalhes, exceto que a utilização do extinto complexo ferroviário será planejada com as secretarias de Cultura, de Turismo e de Educação.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:00 · 23.12.2017 / atualizado às 06:00 · 23.12.2017 por

O escritor João Eudes Costa, de Quixadá, foi o primeiro a receber o livro de Rosemberg Cariry.

O cineasta e escritor Rosemberg Cariry foi surpreendido no início da noite desta sexta-feira (22) por uma enorme fila nas dependências da Casa de Saberes Cego Aderaldo. Eram escritores, professores, artistas, e mais de uma centena de admiradores de Cego Aderaldo – O cantador, o poeta e o mito, titulo do livro lançado em homenagem ao artista popular que sagrou-se um dos maiores nomes da cultura nordestina Brasil afora.

Conforme a coordenadora do espaço cultural, Paula Geórgia Fernandes, a publicação, com 780 páginas, divididas em 78 recortes da vida do cantador, é uma edição da Casa de Saberes e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e Interarte, resultado de uma pesquisa de 10 anos sobre o poeta popular da rima e do repente.

Os escritores João Eudes Costa e Bruno Paulino; o artista plástico Valdizar Viana e o cantador de viola Guilherme Calixto, ainda a nora de Cego Aderaldo, Nair Aderaldo, prestigiaram o lançamento da obra literária, a qual receberam autografada das mãos do autor que não se cansou de escrever dedicatórias e fazer poses para as fotos. Antes, Cariry havia apresentado o documentário com o mesmo título no auditório da Casa de Saberes, seguido de um bate-papo com o publico.

A noitada cultural foi encerrada com as apresentações dos cantadores de viola João de Oliveira e Antônio Limeira, Zé Vicente e Guilherme Calixto, Antônio Jocélio e Gonzaga da Viola. Era o fechamento do Pequeno Encontro de Violeiros e Repentistas do Sertão Central, iniciado na quarta-feira (20) com a participação de Geraldo Amâncio e do jovem Guilherme Nobre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154