Busca

Categoria: Cultura


07:30 · 24.05.2017 / atualizado às 06:30 · 24.05.2017 por

A Paróquia de Santo Antônio de Quixeramobim começou a divulgar a programação dos festejos em homenagem ao padroeiro desta cidade religiosa, também conhecida como coração geográfico do Ceará. De acordo com a Paróquia o primeiro momento tem início no próximo domingo, 28, com a tradicional benção dos motoristas e motociclistas, seguida da carreata pelas principais ruas da cidade, a partir das 16 horas.

O parque de diversão e a quermesse no entorno da igreja Matriz começam a animar o público à noite ainda no domingo. Na quarta-feira (31) é dia de procissão, com ruas e avenidas ornamentadas pelos fiéis, seguida do hasteamento da bandeira anunciando a programação religiosa em homenagem ao santo casamenteiro, na abertura oficial dos festejos com a celebração da primeira missa.

Dentre as principais atrações dos festejos, que seguem até 14 de junho, quando será realizada procissão de encerramento e logo depois o arreamento da bandeira, estão a Missa do Vaqueiro, programada para o dia 3 de junho, sábado e a corrida de Santo António no domingo seguinte, 11. O Barracão de Santo Antônio é outro atrativo da festa, onde além de comida típica também haverá shows.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

08:00 · 18.05.2017 / atualizado às 08:51 · 22.05.2017 por

Flores na janela”, com esse projeto a prefeitura de Aratuba pretende transformar esta cidade do Maciço de Baturité na mais florida da região. A população e os órgãos públicos estão sendo incentivados a plantarem flores e rosas de espécies serranas nas janelas das suas casas, nas praças e nos prédios oficiais do Município, do Estado e do governo Federal.

Crianças do CEI Nely de Lima participaram do lançamento do projeto “Flores na janela”

A iniciativa partiu da Secretaria de Cultura e Turismo de Aratuba. O lançamento do projeto foi marcado pelo ato simbólico do plantio de margaridas nos canteiros da Praça Adolfo Lima, no Centro da cidade, pelas crianças do CEI Nely de Lima. O secretário municipal de Cultura, Wescley Gomes, juntamente com a diretora escolar, Erika Pereira, participaram do lançamento da campanha.

Conforme Wescley Gomes, a ideia é incentivar as pessoas a cultivarem flores e rosas nas janelas das suas casas e também nos espaços públicos. Agora, todos os anos, o mês de maio será a referência, com concurso da rua e da janela mais florida, além da escolha da Rainha das Flores. As candidatas deverão ter idade igual ou superior a 13 anos.

Aratuba é uma cidade serrana situada a 140Km da capital cearense, pela CE-060. Além da produção de frutas o Município tem no ecoturismo uma importante fonte de renda devido às suas atrações naturais como a Reserva Ecológica de Aratuba e a Reserva do Brejo, além de mirantes e a cachoeira da Pindoba. Outra atração é a arquitetura com as capelas do Tope e de Santa Rita, a Igreja Matriz São Francisco de Paula, a Casa de Cultura, a Casa Paroquial, o Engenho da Pindoba e a mansão da Família Pereira.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:00 · 02.05.2017 / atualizado às 09:50 · 02.05.2017 por

Começam hoje as comemorações dos 85 anos do Instituto Maria Imaculada (IMI), primeiro centro de formação educacional de Pacoti, no Maciço de Baturité, também conhecido como Escola Vicentina. A programação começa com a reinauguração do Memorial do Instituto, nesta manhã. À tarde será realizada uma oficina de artesanato e também a abertura do torneio esportivo.

Amanhã, serão realizadas atividades lúdicas e uma palestra sobre o meio ambiente. Na quinta-feira (4) está programado o tríduo de Santa Luísa na Capela de Nossa Senhora das Graças, ainda trilha ecológica seguida de um piquenique pela manhã. À tarde continuam as disputas esportivas que se encerram na sexta-feira (5), quando também haverá exposição fotográfica e a final do concurso de poesias.

A programação comemorativa se encerra no sábado (6) como missa de Ação de Graças na Capela do Instituto e confraternização dos funcionários pela manhã e à noite com entrega de comendas a personagens escolhidos pela direção. Mas a data oficial de fundação do Instituto Maria Imaculada é 1º de Maio, conforme consta no histórico da tradicional entidade educacional do Maciço de Baturité.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

00:00 · 24.04.2017 / atualizado às 10:14 · 24.04.2017 por

Erguida em meados de 2010 no pátio externo do Cemitério das Almas da barragem do Açude Patu, em Senador Pompeu, uma cruz de metal com 12 metros de altura, está sob o solo. A base e o monumento metálico ficaram retorcidos e parte da escultura de metal, de Jesus Cristo, crucificado, desapareceu. Entretanto, a sobra da cruz ao sol não mostra nenhuma imperfeição.

O monumento foi construído por iniciativa do Fórum Popular de Preservação do Patrimônio Histórico Artístico da Fé e do Meio Ambiente juntamente com a igreja católica, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro, artistas, profissionais liberais  e entidades associativas e sindicais, foi inaugurado na 27ª Caminhada da Seca, naquele ano.

O idealizador do cruzeiro foi o padre Roberto Costa. Na época ele era o administrador da paróquia de Nossa Senhora das Dores. Foram necessários R$ 5 mil para confeccionar a peça. A população e os comerciantes da cidade ajudaram. O monumento em homenagem as vítimas da seca também marcou os 90 anos de fundação da paróquia.

No início da semana o Ministério Público do Ceará, através do promotor de Justiça Geraldo Nunes Teixeira, firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a prefeitura de Senador Pompeu, justamente para restaurar os marcos históricos, culturais e religiosos da seca na cidade. O cruzeiro de metal vai entrar na lista.

O curioso é que dentre todas as edificações simbólicas do sofrimento dos flagelados da seca de 1932 apenas o cemitério das almas da barragem está boa condição de conservação, apesar das chuvas deste ano que inclusive danificaram parte da estrada por onde os fiéis seguem todos os anos em romaria até o campo santo.

Ainda não se sabe porque o cruzeiro caiu, mas o fato começou a causar discussão na cidade. Todos os marcos do flagelo da seca em Senador Pompeu estão danificados, exceto o campo santo das almas da barragem. Para uns mais um milagre do santo coletivo. Para outros o mistério sobre o cruzeiro continua, pelo menos  até surgir uma explicação lógica.

Veja mais no Diário do Nordeste 

Monumento homenageará vítimas da seca 

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:00 · 22.04.2017 / atualizado às 09:25 · 22.04.2017 por

O Casarão da Inspetoria, a Casa dos Engenheiros, as Casas dos Apontadores, o Hospital, a Estação Ferroviária, o Almoxarifado, a Casa de Pólvora, marcos do flagelo da seca de 1922, em Senador Pompeu, uma cidade sertaneja do Ceará ainda considerada pequena, com pouco mais de 20 mil habitantes, foram metaforicamente engulidos pela natureza.

Hospital construído para atendimento aos trabalhadores da construção do Açude Patu

As edificações foram erguidas no período da construção do Açude Patu, na década de 1920. Apesar de abandonadas ao longo dos anos, podiam ser visitadas por quem aprecia a história da seca. Hoje, apenas algumas, à beira da estrada de acesso a barragem podem ser vistas. As outras, foram parcialmente escondidas e até invadidas pelas folhagens verdes desta época do ano.

Hoje, apenas o almoxarifado e poucas casas da Vila dos Ingleses à beira da estrada podem ser vistas. Do restante, a mata nativa, da caatinga, se encarregou de cercar após revitalizar com as chuvas das quadras invernosas dos últimos anos. Apesar de abaixo da média histórica, foram 39,5 milímetros em janeiro, 176 mm em fevereiro e 147,4 mm em março. Neste mês de abril já choveu 131 mm. A água voltou a provocar a metamorfose sertaneja.

Mesmo assim, o Açude Patu, transformado no Campo de Concentração dos retirantes da seca, não acumulou muita água este ano. A última sangria ocorreu em julho de 2011. A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) passou a realizar o monitoramento, em 2004, quando em fevereiro daquele ano o Patu, com capacidade para 65 milhões de metros cúbicos, também sangrou.

Caso o confinamento dos flagelados ocorresse nos dias atuais a história seria outra, e por esse motivo, para preservar aquele período para muitos tenebroso, em memória dos milhares que ali sofreram e perpetua-lo como lição vergonhosa para a humanidade a atual gestão do Município assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no compromisso de restaurar e preservar o patrimônio histórico.

O TAC foi elaborado pelo promotor de Justiça do Juizado Especial de Senador Pompeu, Geraldo Nunes Teixeira. Representando a administração municipal o secretário de Cultura e Esportes, Célio Pinheiro, assinou o documento de compromisso dos serviços de restauro e preservação. Ambos reconhecem a importância histórica e cultural do sítio histórico da seca.

A inciativa é comemorada pelas pastorais e paróquia de Nossa Senhora das Dores, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro e outros personagens na luta pela preservação da história de Senador Pompeu como o advogado e historiador Valdecy Alves, autor da Ação Civil Pública encaminhada ao Ministério Público e o produtor Cultural Adriano Souza, ex-secretário de Cultura de Senador Pompeu.

Enquete
Qual a importância da preservação dos marcos do flagelo da seca de Senador Pompeu

Geraldo Nunes Teixeira
Promotor de Justiça

Quando conhecemos a história desse povo percebemos a importância e a riqueza desse acervo material e imaterial. Estamos dando o primeiro passo para garantir às futuras gerações o direito de conhece-la também“.

Célio Pinheiro
Secretário de Cultura e Esportes de Senador Pompeu

Quem é filho desta terra sabe da importância desses marcos para a história da seca. Desprezar e destruir essas provas é como apagar o nosso passado. Além desses aspetos a restauração e preservação fortalecerão a nossa economia através do turismo“.

Inspeção jornalística   

O Diário do Nordeste, que a quase duas décadas cobre a “Caminhada das Almas“, uma procissão realizada todos os anos pela igreja católica em homenagem às vítimas da seca, foi até o Campo de Concentração de Senador Pompeu, como o lugar passou a ser conhecido naqueles anos de seca severa por confinar milhares de flagelados sertanejos, muitos perdendo ali a batalha da vida contra a fome e a cólera.

As imagens mostram a atual situação do sítio histórico. O acesso a algumas edificações é difícil. Noutras nem foi possível chegar, mas onde havia acesso foi possível observar ações de vandalismo.

O Casarão da Inspetoria foi invadido pela vegetação nativa

O acesso a Casa dos Engenheiros é muito difícil com a mata fechada

Uma das Casas dos Apontadores, além de restar somente a fachada, foi encoberta pela vegetação

Veja a reportagem no Diário do Nordeste

Marcos da seca em Senador Pompeu serão preservados

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161