Busca

Categoria: Dança


00:00 · 19.08.2017 / atualizado às 21:35 · 18.08.2017 por

Alunos do IFCE de Canindé apresentam neste domingo o mundo do Anime e da fantasia. Fotos > Anime Campus 

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) vai receber neste domingo (20), no campi de Canindé, mais edição do Anime Campus, considerado um dos maiores eventos de animação oriental do Interior do Ceará. Chegando a sua quarta edição, o evento começa às 8 horas e segue até às 17 horas. A entrada antecipada custa R$ 8,00 mais um quilo de alimento não perecível. Quem resolver adquirir o passaporte somente no domingo pagará R$10,00 mais um quilo de alimentos.

Promovido e organizado pelo curso de Redes de Computadores do campi de Canindé, o Anime Campus terá muitas atrações. Palestras, com destaque para a presença de Lucas Matheus, autor de do livro “No Domínio do Mal”, publicado pela editora PenDragon; campeonatos de jogos virtuais, de tabuleiro e de dança e desfile de personagens são algumas delas.

O público poderá participar de vários jogos de tabuleiro.

O público poderá participar de Oficinas de cosplay, além de shows, salas temáticas do Harry Potter, de séries originais Netflix, Star Wars e Pokémon. Estandes de arco e flecha e de simulações de batalhas medievais também estarão montados para quem gostar de aventuras mais radicais. O vento tem como foco os fãs da cultura pop, nerd e oriental.

Conforme um dos organizadores do Anime Campus, Anderson Marques, é a oportunidade para uma diversão interessante, aberta para o público de todas as idades. No ano passado o evento reuniu mais de mil pessoas, de Canindé e de cidades vizinhas. Foram arrecadados mais de 800 quilos de alimentos não perecíveis, em seguida doados a uma instituição de caridade da cidade.

4º Anime Campus

20 de agosto – A partir das 8 horas
Campus do IFCE – Canindé
BR-020 Km 303 – Jubaia

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

20:00 · 18.06.2017 / atualizado às 20:04 · 18.06.2017 por

O grupo junino Sol Nascente, de Iguatu, foi o campeão do Festival de Quadrilhas Regional, realizado na programação do 18º Pula Fogueira, de 14 a 17 deste mês na Praça José de Barros, em Quixadá. Com o tema “Mestre Vitalino, a sua arte feita à mão”, em homenagem ao artesão ceramista daquela cidade do Centro-Sul do Estado, a Sol Nascente conquistou a comissão julgadora da União Junina do Ceará (UJC).

Com homenagem ao artesão ceramista a Sol Nascente conquistou o título de campeã em Quixadá

A divulgação foi feita pelo presidente da mesa da comissão julgadora da UJC, Adriano Bessa. Na encenação do arraial junino, com o tradicional casamento matuto, a apresentação foi considerada pelos jurados rica em detalhes destacando-se ainda por vencer a representação do melhor casamento, repertório musical, rainha e noivos.

A encenação da Sol Nascente, rica em detalhes, agradou os jurados da UJC

O segundo colocado na competição foi o grupo junino Arraiá do Conselheiro, de Quixeramobim, com a temática “Canudos no estalo da caatinga”, que na opinião do público foi o destaque do festival, com a representação da história de Antônio Conselheiro e o arraial de Canudos, na Bahia. A quadrilha junina ficou também com o título de melhor marcador.

A rainha da República, da Arraiá do Conselheiro impressionou ao enfrentar a tropa do Império

Ainda de acordo com divulgação feita pela prefeitura de Quixadá, outro grupo junino de Quixeramobim, o Sol do Meu Sertão, conquistou a terceira colocação no festival regional. Eles fizeram uma homenagem aos humoristas cearenses como Falcão, Madame Mastrogilda, Tiririca e Adamastor Pitaco. Juntos, os personagens participaram do arraiá mais engraçado da competição.

A homenagem aos humoristas cearenses rendeu a terceira colocação ao grupo Sol do Meu Sertão

O Festival de Quadrilhas Regional foi realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude de Quixadá. Para a articuladora cultural da Secretaria, Gerlídia Tavares, foi dado um passo importante no resgate da genuína cultura sertaneja em Quixadá após um vácuo de quatro anos. “As quadrilhas juninas e a UJC atenderam o apelo da nossa equipe e 11 grupos, de Quixeramobim, Boa Viagem, Canindé, Choró, Senador Pompeu, Ibaretama, Itapiúna e até de Icó”, acrescentou.

Os outros sete grupos juninos concorrentes também receberam aplausos de quem foi à Praça José de Barros assistir os espetáculos juninos. Veja a lista de classificação > Resultado oficial do Festival de Quadrilhas Regional

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

19:00 · 18.06.2017 / atualizado às 19:36 · 18.06.2017 por

Realizado novamente após quatro anos, o Pula Fogueira, um festejo junino tradicional em Quixadá, encerrou a sua última noite de festa lotando a Praça José de Barros. Os órgãos oficiais de segurança, Polícia Militar e Polícia Civil, não apresentaram números oficiais de público na festa, todavia, segundo os organizadores, o público médio foi superior aos 15 mil em cada noite.

A cantora Viviane Diniz, de Quixadá, relembrou o forró das antigas e fez o público cantar em coro

Stefany Maciel, outra cantora de Quixadá, atendeu os fãs e fez fotos selfie durante o show

A praça José de Barros focou lotada para assistir o show de encerramento com Lagosta Bronzeada

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Quixadá, Pedro Baquit, que faz aniversário neste domingo (18), comemorou o sucesso do retorno do Pula Fogueira, que este ano chegou à sua 18ª edição. “Para o próximo ano pretendemos melhorar ainda mais a estrutura e corrigir alguns problemas, como a cobrança de flanelinhas no entorno da praça”, ressaltou.

Os artistas da terra, dentre eles Pau de Arara, Junior Gordim e Banda, Stephany Maciel e Viviane Diniz dividiram palco com atrações mais conhecidas, como Zé Cantor e Solteirões, Forró Real, e Lagosta Bronzeada, que encerrou a festa. Com uma excelente estrutura sonora, a mesma utilizada nos grandes shows, os cantores e bandas de Quixadá receberam elogios e até tietagem.

Para o prefeito Ilário Marques o retorno do Pula Fogueira vai além da festa, resgata a autoestima da população e o orgulho de ser quixadaense. O evento, de quatro noites, propicia também renda extra para dezenas de trabalhadores nas quatro noites de festa, além de atrair turistas para a cidade preservar a tradição junina com o festival de quadrilhas, antes da realização de cada show.

Os grupos juninos de várias cidades sertanejas encantaram o público com suas apresentações

Outro aspecto positivo da festa foi a segurança. Além de equipes do Município, como a Guarda Municipal e o Departamento Municipal de Trânsito (DMT) e Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), a Polícia Militar deu apoio. Nenhum incidente grave foi registrado em relação ao evento. Os boatos de dezenas de telefones celulares furtados foram desmentidos pelos órgãos de segurança.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

10:30 · 16.06.2017 / atualizado às 10:55 · 16.06.2017 por

O Pula Fogueira, um festejo junino realizado desde o início da década de 1990 na Praça José de Barros, no Centro de Quixadá, mas cancelado nos últimos quatro anos, retornou agradando o público e também os pequenos comerciantes, proprietários de barracas. Chegando à sua 18ª edição a festa reúne apresentações de quadrilhas e shows, de forró, resgatando ainda musicas genuínas como “Olhinhos de fogueira”, da banda Mastruz com Leite.

Na segunda noite do Pula Fogueira foi a vez de Zé Cantor e Solteirões subirem ao palco. O público, que lotou a praça, esperou pacientemente o início do show, e “valeu a pena”, explicou a universitária Natália Medeiros. Ela seguiu de Senador Pompeu, com um grupo de amigas, somente para verem o ídolo. Acabaram encontrando muito mais. “Essa gente aqui sabe realmente como fazer festa”, completou a colega Amanda Teixeira.

As visitantes se referiam à estrutura e as outra atrações do Pula Fogueira. Para elas estava tudo muito organizado, com banheiros, boa iluminação, segurança e as barracas não estavam explorando no preço. Ao chegarem da viagem de mais de 100Km ficaram surpresas com a apresentação de uma quadrilha junina de Icó. “Eles andaram muito mais e mesmo assim estão apresentando um espetáculo belíssimo”, comentaram as universitárias.

Além da quadrilha junina do DNER, de Icó, a São Sebastião, de Choró, Raízes do Cangatí, de Caio Prado, um distrito de Itapiúna e a Estrela do Sertão, de Boa Viagem, se apresentaram a comissão julgadora da União Junina do Ceará. Elas e outras oito agremiações juninas concorrem ao título de campeã do Pula Fogueira. Independente da conquista sobrava felicidade em participar festa em Quixadá, comentavam.

Essa felicidade era compartilhada pelo secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Quixadá, Pedro Baquit. Pela primeira vez à frente de um evento público, com o patrocínio do governo do Estado, para ele também, a festa está superando as expectativas. Ele elogiou o empenho da sua equipe em cuidar de cada detalhe e tornou público o seu agradecimento a cada parceiro, dentre eles a Polícia Militar.

O Pula Fogueira segue na noite desta sexta-feira (16), a partir das 19 horas, com a apresentação de mais quatro quadrilhas juninas, prometendo um belo espetáculo das tradições sertanejas, seguido dos shows de Forró Real e logo depois a pegada forrozeira de Júnior Gordim e Banda. Quem chegar mais cedo poderá assistir tudo acomodado nas arquibancadas.

A programação do Pula Fogueira segue até amanhã, sábado (17).

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:00 · 04.02.2017 / atualizado às 09:03 · 04.02.2017 por

Quixadá
Faltando três sábados para o carnaval o ritmo já é de folia nos fins de semana em algumas cidades do Interior do Ceará. Quixadá é um exemplo. Seguindo o modelo de Fortaleza, pela primeira vez a Terra dos Monólitos está realizando o pré-carnaval popular. A iniciativa é do bloco Vai Q Eu Vou. Empresários, a administração municipal e políticos apoiam a iniciativa.

O aquecimento começou no sábado passado, no entorno do Skina, um restaurante tradicional da cidade, com a participação de artistas da terra, Anderson Mourão e sua banda. Hoje, outro ponto muito conhecido, o bar do Duarte, é quem vai receber os foliões. A animação, a partir das 19 horas, vai ficar por conta de outro cantor de Quixadá, Caio Brito, e a banda Seuzaroldo.

Um pouquinho mais tarde, a partir das 23 horas, o Bloquinho do Baile, com Dj Edu Silva, Mc Rogerinho e Dj Denilson recebem o público na OVNI Club, uma casa de show com temática ufológica. A animação, para o público mais jovem será com música eletrônica. A organização da festa orienta que os menores de 18 anos precisam apresentar autorização dos pais para se divertirem no Baile.

Em Solonópole também tem pré-carnaval neste sábado, no Clube do Vaqueiro, com encontro de paredões de som e concurso de dança com prêmio em dinheiro para as mulheres. Na cidade vizinha, Senador Pompeu, a festa vai ser no Comercial Clube, com Eudão & Forró Largado, e tem ainda o Baile do Paulinho.

Veja também no Diário do Nordeste deste sábado a primeira cobertura do carnaval no Ceará:

Criatividade para animação superará crise e ciclo da seca 

Festa carnavalesca acontece do litoral ao sertão

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

11:00 · 18.07.2016 / atualizado às 07:41 · 15.07.2016 por
movimenta_2014_romeu_e_julieta
Evento propõe a manifestação cultural local com países africanos e asiáticos (Fotos: arquivo/Unilab)

Redenção. A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) promove no próximo dia 19 de julho, no Campus deste Município da região do Maciço de Baturité, o I Festival das Culturas da Unilab. O evento segue até o dia 22 e ocorre também no Campus de Acarape e de São Francisco do Conde, na Bahia. Toda a programação é gratuita.

movimenta_2014_apresentação_musical
Evento terá presença de escritor africano e de delegação de Moçambique

A cerimônia de abertura oficial acontece às 16h, no Auditório Didático do Campus da Liberdade, em Redenção, e contará com a presença do premiado escritor angolano, Ondjaki, que fará palestra sobre “Vozes de África, Vozes do Brasil – Experiências de Escrita no Mundo da Língua Portuguesa”. O Festival também receberá uma delegação de Moçambique.

A programação prevê atrações artísticos e culturais de cinco países africanos e um país asiático. Conforme explica a Unilab, a proposta do evento proporcionar a oportunidade de interagir com o mundo da arte e da cultura por meio de debates, seminários, cursos, exposições, rodas de conversas, dezenas de oficinas, mostras de vídeo, fotografia, cinema e teatro, apresentações musicais, encontros e trocas culturais, feira de artesanato e sarau performático.

A Unilab explica que o evento vai abrir espaço para as expressões artísticas da região do Maciço por meio das
apresentações de Cecília do Acordeom, da Orquestra Livre de Música de Redenção e o Encontro das Culturas Indígenas.

Serviço
I Festival das Culturas da Unilab.
Campus da Unilab em Redenção e Acarape.
De 19 a 22 de julho.
Mais informações: www.unilab.edu.br/festival-das- culturas/

______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

15:00 · 28.06.2016 / atualizado às 14:07 · 28.06.2016 por

Quixeramobim. Comentários homofóbicos contra componentes da quadrilha Sol do Meu Sertão, deste Município, levaram os integrantes do grupo a denunciar o caso para a Polícia. Na postagem em uma rede social, o acusado insinuou que os componentes do grupo são homossexuais e brincou com a possível opção sexual dos integrantes.

QUADRILHA
Direção da quadrilha prometeu fazer um BO para denunciar os comentários homofóbicos. (Foto: ISMSAC)

De acordo com Ederson Alves, do Instituto Sol do Meu Sertão de Arte e Cultura (ISMSAC), entidade filantrópica responsável pela quadrilha, o comentário foi postado no último domingo (26), logo após a apresentação da equipe em um festival que aconteceu um dia antes na cidade. “Temos muitos menores de idade na quadrilha e as famílias estão bem abaladas com o comentário porque ele generalizou com o grupo todo”, disse Ederson Alves.

Na tarde desta terça-feira (28) o Instituto disse que iria registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia Municipal  de Quixeramobim (12° Região). O grupo também formalizou denúncia por preconceito através do disque 100. “Estamos tomando todas as providencias diante da lei para que isso não possa ficar impune”. De acordo com Ederson Alves o autor da postagem procurou a equipe junina para pedir desculpas e retirou a postagem do ar.

Mais um
Em menos de uma semana, este é o segundo caso de comentários que repercutem nas redes sociais e acabam indo parar na justiça. Na última quinta-feira (23) um adolescente do município de Itatira teria sido levado a prestar depoimento na delegacia depois que reclamar da insegurança na cidade e levantar suspeitas do envolvimento de policiais com a insegurança.

A família do garoto disse que ele fez um desabafo e alega que houve abuso de autoridade. Agora, a família promete levar o caso para a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD), para investigar a forma como os PMs agiram.

______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

 

11:18 · 28.06.2016 / atualizado às 11:18 · 28.06.2016 por

Centro cultural rachel de queirozQuixadá. A Fundação Cultural de Quixadá anunciou que está com inscrições abertas para seis modalidades de cursos. As inscrições seguem até o próximo dia 22 de julho. As aulas são gratuitas.

De acordo com a Fundação, são oferecidas nesta temporada cursos de violão, dança, capoeira, teclado, teatro e inglês. Os cursos são voltados para crianças, jovens, adolescentes e adultos.

Os interessados podem procurar a sede do Centro Cultural Rachel de Queiroz, na Rua do Chalé, sempre das 08h às 11h30 e na parte da tarde das 14h30 às 17h e no período noturno de 18h às 20h.

As mobilizações sociais e culturais ainda são a melhor maneira de tentar resgatar de situação de rua, jovens e adolescentes por todo do País. Neste Município da região do Sertão Central, a população conta com as oportunidades que são oferecidas pela Fundação Cultural, que oferece oficinas de audiovisual, música, teatro e artes plásticas.

______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

15:00 · 15.06.2016 / atualizado às 16:43 · 14.06.2016 por

Senador Pompeu. Chegou o São João e com ele as tradicionais apresentações de quadrilhas que colorem o Estado. A festa começa por este município do Sertão Central que abre, na próxima sexta-feira (17), o circuito de 20 festivais de quadrilhas que ocorrem em várias regiões do Estado, através do Ceará Junino 2016. A festa na cidade ficará por conta do VII Arraiá Vila Junina. A abertura do evento ocorre com apresentações simultaneamente em Missão Velha e em Fortaleza.

QUADRILHAS - HONÓRIO BARBOSA
VII Arraiá Vila Junina que acontece no próximo dia 17 em Senador Pompeu abre Ceará Junino 2016 (Foto: Honório Barbosa/arquivo)

Além de Senador Pompeu, o festival deve passar por Canindé, também na região central, nos dias 29 e 30. As apresentações seguem até o início de julho.

As quadrilhas que fazem parte do Circuito recebem o apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult). A seleção ocorreu através do Edital Ceará Junino 2015, previsto na legislação estadual como ferramenta da política cultural do Estado, contribuindo para democratizar o acesso da população aos bens e serviços artísticos e culturais.

O Ceará Junino deste ano tem um investimento de R$ 2,6 milhões por parte do Governo do Estado, através da Secretaria da Cultura.

Ao todo, 317 projetos foram inscritos, restando apenas 100 selecionadas. Cada uma recebe do Governo do Estado até R$ 18.100,00 em apoio. Para os festivais, o investimento é de até R$ 22.300 em cada um.

____

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

10:30 · 14.06.2016 / atualizado às 10:00 · 14.06.2016 por
HUHUHAHA
Imagem do espetáculo “Huhuhú Hahahá”, do Grupo Elo Vanguarda de Theatro, de Iguatu.

Piquet Carneiro. Começa nesta quarta-feira (15) e segue até o próximo domingo (19) o primeiro Festival Regional Piquet Carneiro de Artes Cênicas (Ferpipac). O evento terá apresentação de espetáculos, contação de histórias, workshop e oficinas formativas, além de rodas de conversa e música na praça. A programação será inteiramente gratuita e ocupará diversos locais da cidade. O objetivo é promover a produção, difusão e circulação de espetáculos de artes cênicas de forma a fortalecer a identidade dos grupos da 7ª Região – Sertão Central.

O Festival é uma realização da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Educação e Cultura, e conta com o apoio da Casa Civil do Governo do Estado do Ceará. A abertura acontece às cinco da tarde com um cortejo pelas ruas da cidade, acompanhado por companhias e coletivos de teatro, grupos de dança, artistas circenses e manifestações populares. Após o cortejo, a partir das 19h30, serão realizadas a cerimônia de abertura e a apresentação do espetáculo convidado “Pratativando”, da Cia Mais Caras de Teatro (Fortaleza), no Salão Paroquial.

O festival promove a mostra competitiva – com os espetáculos selecionados durante o período de inscrição, além da mostra paralela, que ampliará a divulgação das produções artísticas regionais. Os vencedores da mostra competitiva receberão troféus em 13 diferentes categorias durante a cerimônia de encerramento, no dia 19 de junho.

Participam das mostras sete espetáculos selecionados previamente pela comissão organizadora do Ferpipac: “A Triste Partida”, da Cia Deus Baco de Teatro (Acopiara); “HuhuhúHahahá”, do Grupo Elo Vanguarda de Theatro (Iguatu); “O Escarcéu de Benedito com o Diabo da Lanterna”, do Grupo Bicho do Rio Cia Teatral (Jucás); “Ser Tão Palhaços”, da Cia Lamparim de Circo e Teatro (Quixeramobim); “Marica Lessa”, do Grupo Ritmos da Arte (Quixeramobim); “Romeu e Julieta”, do Grupo Fábrica das Artes (Deputado Irapuan Pinheiro); “A Noite é uma Criança Morta”, do Coletivo Cotinha de Teatro (Banabuiú).

____

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, e do telefone (88) 9 9662 9580 ou ainda pelo email: diariosertaocentral@gmail.com