Categoria: Economia


06:00 · 16.10.2018 / atualizado às 06:00 · 16.10.2018 por

O Banco24Horas, uma rede de autoatendimento externo dos bancos, chegou a Quixadá. A TecBan, empresa especializada na gestão de redes de autoatendimento bancário, informou que o caixa eletrônico multibanco está funcionando no Supermercado Pinheiro, no Planalto Universitário. No terminal de autoatendimento é possível ter acesso a saques, consultas de saldo, emissão de extrato, pagamento de contas, entre outras transações. São mais de 40 bancos em um único ponto de atendimento. O Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Citibank, Itaú e Santander estão na lista.

Os caixas eletrônicos ficam disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana. São mais de 22.400 Banco24Horas instalados em todo o País, em supermercados, padarias, shoppings, postos de gasolina, entre outros comércios. Ainda conforme a empresa, eles contribuem para o acesso da população bancarizada, desenvolvimento das cidades e aumento do fluxo de clientes e de vendas nos locais em que estão presentes.

Isenção de tarifas

A TecBan acrescenta não haver tarifa para o cliente bancário de conta corrente pessoa física, para saques. O número de transações  é definido no momento da contratação do pacote mensal da conta pelo cliente. Para quem não contratou um pacote, o Banco Central determina o benefício de quatro saques sem tarifa por mês, considerando a soma das operações realizadas nos canais do banco e no Banco24Horas. Mais informações no site: www.banco24horas.com.br/para- voce/tarifas.

Copiar conteúdo autoral sem prévia autorização é crime previsto no Artigo 184 do Código Penal. A pena é de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 27.09.2018 / atualizado às 07:05 · 27.09.2018 por
Os guichês do Sine/ IDT em Quixadá se tornam uma espécie de “porta da esperança” para muitos trabalhadores, embora esteja difícil de abrir mais oportunidades.

No Sertão Central, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a oferta de empregos formais continua estagnada nas duas maiores cidades da região, Quixadá e Quixeramobim. A mudança positiva observada pelas gerentes do Sine/IDT está no aumento de ofertas, para o setor calçadista, em Senador Pompeu. Nesta quarta-feira (26) havia 53 vagas para a função de preparador de calçados e 15 para preparador de solas e palmilhas. Uma indústria instalada na cidade está ampliando o seu quadro de produção.

Outro aspecto positivo observado pelo Sine/IDT está na formalização de empregos. Em Quixeramobim, este ano, mais de 4,5 mil operários passaram a trabalhar com carteira assinada. Eram associados da Cooperativa de Calçados de Quixeramobim (Cocalqui). A conquista ocorreu através da Justiça, por decisão da 7ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Na cidade está concentrado o maior polo calçadista do Centro do Estado. São aproximadamente oito mil frentes de trabalho.

Em Quixadá, não há muito a comemorar. Os dados oficiais do ano, de acordo com o Caged, apontam índices negativos, de três empregos. Na análise da gerente local do Sine, Mirele Moreira, o quadro mostra apenas estabilidade, reposição de vagas no mercado de trabalho. Mesmo assim, o número de oportunidades pode ter aumentado. Algumas empresas não procuram o serviço do Sistema Nacional de Emprego para admitirem novos funcionários.

Essa é a esperança do trabalhador Afonso de Almeida, 23 anos. Ele está à procura de uma dessas vagas em Quixadá. Afirma ter aptidão para entregador e também é habilitado nas categorias A e B, mas por não possuir transporte próprio não consegui a vaga de vendedor autônomo no Sine. Como tem esposa e dois filhos para criar, está trabalhando informalmente, como lavador de carros. Recebe R$ 650, por mês. Não tem carteira assinada.

> Emprego cresce e movimenta economia do Interior do Ceará

 Dependência política

A realidade enfrentada no Centro do Estado é diferente de outras regiões, como Sobral, na Zona Norte, onde os trabalhadores comemoram o aumento do número de ocupações. Os moradores reclamam dos gestores. Na opinião de quem precisa de um emprego, estão mais interessados em brigas políticas do que criar oportunidades concretas para quem precisa sustentar a família. Quem está trabalhando dá graças a Deus, e mais ainda em estar recebendo o salário em dia. No mais, é evitar as redes sociais. Apoiar o candidato errado às vésperas das eleições é demissão, sumária.

 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:00 · 27.09.2018 / atualizado às 05:50 · 27.09.2018 por
A Fio Maciço chega à sua sétima edição em Baturité promovendo e expondo as potencialidades econômicas da região. Fotos > Sebrae

O Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realizará a partir desta quinta-feira (27), em parceria com empresários e instituições públicas, mais uma edição, a sétima, da Feira Integrada de Oportunidades do Maciço de Baturité, a Fio Maciço. A programação começa às 8h, com um Simpósio de Educação Empreendedora na Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede 8). À noite, a partir das 17h, o espaço de comercialização montado na Praça dos Legisladores, no Centro da cidade, será aberto ao público, e também na sexta e no sábado.

Ainda nesta quinta-feira, às 20h, haverá o lançamento oficial do guia especial Caminhos do Maciço, no auditório montado na Feira, e logo depois, às 20h30, a abertura da Fio Maciço, seguida da inauguração do Salão do Artesanato.

Será a oportunidade para comerciantes, artesãos, artistas e até a agricultura familiar exporem os seus produtos e serviços. De acordo com a articuladora regional do Sebrae no Maciço de Baturité, Fabiana Gizelle, este ano o foco da Fio Maciço será a geração de negócios entre as 13 cidades serranas. Além da exposição dos seus produtos será momento de divulgarem práticas inovadoras no cultivo de alimentos sustentáveis como o café de sombra e verduras. As ações se completam com a qualificação de profissionais a gestão de negócios no campo.

A Fio Maciço é um instrumento para tornar visíveis e sustentáveis as indústrias rurais, o agroartesanato, os produtos e serviços derivados agricultura familiar e a cultura rural que envolve saberes e fazeres que manifestam o produtor rural da região do Maciço de Baturité. Além disso, a Feira funciona como um canal de integração dos caminhos que revelam uma fauna e flora únicas, com expressão artística, comércio e produtos que a tornam ainda mais significante para a região.

A programação desta sétima edição está ainda mais diversificada. Na sexta-feira, a partir das 9h, haverá Missão Técnica à Rota Verde do Café passando pelos sítios Águas Finas, São Roque, Fazenda Floresta e São Luís. No dia seguinte, no mesmo horário, será a vez dos profissionais da comunicação participarem de um Fam Press ao Caminhos do Maciço, passando por Mosteiro dos Jesuítas, Pirâmide e Hotel Akhetaton – O Alemão, Santa Demolição, Sítio São Roque e Sítio Nova Holanda.

Serão realizadas várias palestras. Uma delas será e de  Estratégias para o Turismo – Consolidação de Rotas Turísticas, com ênfase na governança, respeito às vocações e cultura do território. Outro tema abordado no auditório da Fio Maciço será  sobre Clínicas Tecnológicas em produção de orgânicos dos Municípios de Aratuba e Mulungu. Também está programada a palestra Turismo como Indutor do Desenvolvimento Sustentável.

A Fio Maciço conta com o apoio das prefeituras de Mulungu, Pacoti, Aratuba e Guaramiranga e do Hotel Colonial, em Baturité. O patrocínio é da Casas São Francisco, Prefeitura de Baturité, Banco do Nordeste e Governo Federal.

7ª Fio Maciço
De 27 a 29 de setembro
Praça dos Legisladores – Baturité
Das 17h às 22h

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 12.09.2018 / atualizado às 06:50 · 12.09.2018 por
Mais de 60 stands estão sendo montados pelo Sebrae para a 29ª Fenerce em Quixadá.

Os trabalhos de montagem dos estandes da Feira de Negócios da Região Centro do Estado (Fenerce) aceleraram. O espaço será aberto ao público no início da noite desta quinta-feira (13) até a próximo sábado (15). A tradicional Feira voltará a ser realizada pelo Escritório Regional do Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Micro Empresas (Sebrae) na Praça José de Barros, no Centro de Quixadá após um ano ausente.

Segundo a articuladora do Sebrae, Wilma de Almeida, dentre as novidades deste ano está o espaço Sertão Terroir, uma palavra francesa que designa uma extensão de terra cultivada ou o conjunto das terras exploradas por uma comunidade rural. A outra é o Sebrae Experience, um evento intensivo realizado com o objetivo despertar o espírito empreendedor dos estudantes universitários, elevar a criatividade e a inovação e estimular o desenvolvimento de ideias de negócios.

Além de gratuita, este ano a Fenerce terá duas entradas, para facilitar o fluxo dos visitantes. Estão sendo disponibilizados 63 stands. Mais de 30 deles foram reservados na noite do lançamento. Há ainda seis stands institucionais, outros oito na praça de alimentação, três lounges e duas salas de aula, onde serão realizados cursos e palestras de empreendedorismo. Também está programado o Encontro Estadual do Workshop Empretec, comemorativo aos 25 anos.

Acrescenta a articuladora do Sebrae que o objetivo da Fenerce é realizar negócios, promover e divulgar as empresas e produtos de abrangência multisetorial da região e do Estado; desenvolver uma consciência de mercado competitivo e globalizado, coerente com a situação econômica atual e promover o desenvolvimento local a partir do fomento do turismo de negócios. O momento também é ideal para a exposição de novos negócios, marcas e produtos.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojista (CDL) de Quixadá, Gilberto Falcão, elogiou o retorno da Fenerce. Na avaliação dele, apesar do momento econômico de turbulência no País, afetando até o Sebrae, iniciativas dessa natureza estimulam o setor de negócios e abrem novas perspectivas para o mercado. Apesar das elevadas cargas tributárias, os lojistas e comerciantes sempre estão dispostos a enfrentar e superar desafios.

28ª Fenerce
De 13 a 15 de setembro
Praça José de Barros – Quixadá
Entrada gratuita

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 21.08.2018 / atualizado às 07:30 · 21.08.2018 por

O presidente da Fecomércio Ceará, Maurício Filizola, inaugurou oficialmente, nesta segunda-feira (20), em Quixadá, o Centro de Educação Profissional Armando Monteiro Nogueira, 17ª unidade de formação profissionalizante do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE). Acompanhado do diretor regional Sesc Senac, Rodrigo Leite, de diretores e conselheiros Sistema Fecomércio/CE (Sesc – Senac – IPDC), e ainda do empresário Armando Nogueira e do prefeito em exercício, João Paulo Furtado, Filizola destacou a importância do Centro de Aprendizagem para a região, na qualificação de profissionais do comércio.

Homenageado com a identificação do Centro, o empresário Armando Nogueira, destacou ter revivido ali momentos áureos da terra que lhe acolheu, destacando o empreendedorismo, como o desenvolvido pelo Sistema Fecomércio como crucial para o desenvolvimento, principalmente nas cidades do Interior. Em seguida recebeu das mãos do presidente da Fecomércio uma bonsai, árvore em miniatura, cultivada em um vaso ou em pequenos recipientes, considerada expressão artística da natureza, cujo grau de beleza depende do cuidado dispensado por seu cultivador.

A solenidade também foi prestigiada pelo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Quixadá, Gilberto Falcão e o ex-presidente da CDL, Carlos Henrique, representantes do Serviço Brasileiro de Apoio à Pequenas e Microempresas (Sebrae) no Sertão Central, a articuladora do Escritório Regional, Wilma de Almeida, e Gabriela de Aquino, consultora do Sebrae em Quixadá.

Em seguida foi servido um coquetel para os convidados e apresentadas as instalações da nova unidade, com quatro modernos laboratórios de educação profissional, onde acontecem as aulas práticas dos cursos de Informática, Beleza, Moda e Gastronomia. A Unidade possui ainda duas salas de aula convencionais e uma biblioteca com acervo especializado, voltado para atender ao portfólio de cursos ofertados pela instituição. O edifício é acessível para pessoas com deficiência, contando com banheiro adaptado, além de sinalização em Braille.

A Banda de Música de Quixadá e o pianista Paulo Rodrigo foram atrações à parte para o público antes a após o descerramento da placa de inauguração, fixada na entrada do antigo prédio do Centro Social Urbano (CSU) da cidade, localizado no bairro Alto São Francisco. Restaurado, deve atender uma demanda de qualificação profissional de mais de 2 mil pessoas, além de Quixadá, os demais municípios do Sertão Central e parte do Vale do Jaguaribe. Inicialmente são ofertados cursos de qualificação e aperfeiçoamento nas áreas de Beleza, Moda, Informática, Gastronomia, Comércio e Gestão, Saúde e Infraestrutura.

Atualmente, o Senac Ceará está presente em 16 unidades distribuídas em Fortaleza, Aquiraz, Cedro, Crato, Iguatu, Juazeiro do Norte, Maranguape, Sobral, Itapipoca, Limoeiro do Norte e Quixadá. Conta também com quatro unidades móveis – nas áreas de Turismo, Lazer e Hospitalidade; Informática; Beleza; e Saúde. A instituição integra ainda a Rede Senac de Educação à Distância, levando assim seus cursos a todo o Estado.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 26.07.2018 / atualizado às 06:20 · 26.07.2018 por

Parque de exposições Valdir do Couto Dinelly recebe centenas de animais na 40ª edição da Expocece.

A maior a Exposição de Ovinos e Caprinos do Ceará (Expocece) será aberta oficialmente na noite desta quinta-feira (26), em Quixadá, às 19 horas, no Parque Valdir do Couto Dinelly, com uma marca histórica: chega à sua 40ª edição. Pela manhã, às 8h, tem inicio o julgamento de caprinos e ovinos em diversas categorias. As 10h está programada a palestra Escrituração Zootécnica: Uma prática fundamental. O julgamento de animais continua às 13. A partir das 22h tem forró pé de serra.

Amanhã (27), além do julgamento de caprinos e ovinos pela manhã e à tarde, tem exposição de artesanato da agricultura familiar; às 9h a palestra Pastejo rotacional com palma forrageira para pequenos ruminantes e às 20h o concurso de beleza Miss Expocece 2018, seguido do show de forró pé de serra. Além dessas atrações o público poderá saborear a gastronomia regional e apreciar os stands das empresas parceiras da Exposição.

Segundo o presidente da entidade realizadora do evento, a Associação dos Criadores de Ovinos e Caprinos do Estado do Ceará (Acocece), médico veterinário André Medeiros, além da exposição de animais de diversos municípios cearenses e de outros estados do Nordeste, torneios de raças com premiação de R$ 20 mil, será realizada a Festa Brasileira da Raça Anglo Nubiana, ranckeada pela Associação Brasileira de Criadores de Santa Inês (ABSI) e o 8º Leilão União de Raças.

O julgamento dos grandes campeões de raças será realizado no sábado (28), com início às 8h e segue à tarde, a partir das 13h. O leilão de raças está programado para as 19h. A 40ª Expocece se encerra no domingo (29) pela manhã, com visitação à feira.

Mais de 400 animais serão apresentados na pista do parque de exposições para avaliação dos julgadores. São mais de 50 expositores de vários municípios cearenses e de outros estados, dentre eles Bahia, Paraíba, Pernambuco e Sergipe. No total a Expocece recebe em média 800 exemplares nas baias. No ano passado o volume de negócios da exposição ultrapassou R$ 1 milhão. Alguns reprodutores foram avaliados na faixa dos R$ 50 mil a R$ 100 mil, demonstrando a valorização das linhagens. Os expositores ficaram satisfeitos com os resultados.

XL Expocece
Parque Valdir do Couto Dinelly
Estrada do Açude Cedro
(88) 3412 2427 ou (88) 9 9631 3823
acocece.quixada@hotmail.com

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:30 · 14.07.2018 / atualizado às 19:01 · 15.07.2018 por

Industrial Renato Carneiro acredita no retorno da cultura do algodão em grande escala no Sertão Central

O “ouro branco“, como o algodão vegetal também é conhecido, poderá voltar a ser uma das principais fontes econômicas do Ceará. Técnicos de instituições governamentais, como a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), estão assistindo o homem do campo com novas tecnologias para a cotonicultura, e também sementes mais resistentes à pragas. Todavia, na avaliação do industrial Renato Carneiro, com mais de meio século de experiência com essa cultura, os bancos oficiais precisam liberar financiamentos para produções em grande escala.

> Cultura do algodão ressurge no Sertão Central

A Usina Damião Carneiro, em Quixadá, pertencente ao industrial de 77 anos de idade está pronta para voltar a beneficiar o algodão e das máquinas aquecer o movimento econômico da região. No tempos áureos do “ouro branco”, além de empregar dezenas de trabalhadores, a sirene da indústria no início e no termino do trabalho era o sinal diário de prosperidade na cidade, que já teve cinco concessionárias automotivas, na década de 1980 a meados dos anos 1990. Muita gente ficou rica plantado algodão.

A Usina Damião Carneiro está pronta para voltar a beneficiar o mais valioso produto agrícola do sertanejo

Naquela época só havia coisa boa. Todo mundo era feliz, com o sorriso de uma ponta a outra. Era tempo de fartura, de dar até banho de cerveja nos cavalos, para deixar os animais mais refrescados e saudáveis. Para esses tempos voltarem, o processo é simples: plantio, campo, assistência técnica e financiamento. As pragas, como a do bicudo, sempre existiram, e vamos continuar plantando, basta termos incentivo. A nossa fábrica pode processar no mil quilos por dia“, acrescentou.

Os tempos de fartura levaram Renato Carneiro a se envolver na política. Ele foi prefeito de Quixadá de 1977 a 1983. Na mesma época, o irmão, Álvaro Carneiro, também industrial e proprietário de usina, em Quixeramobim, foi prefeito daquela cidade. Voltando para Quixadá, logo depois foi a vez de outro industrial da cotonicultura, Abraão Baquit, assumir a gestão municipal. A terra do “ouro branco” crescia e chamava a atenção pela sua prosperidade.

Além desses industriais, outros empreendedores, como Joaquim Ventura, ainda no ramo, se dedicavam exclusivamente ao comércio do algodão. A cooperativa de produtores de Quixadá era a maior do Estado.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 03.07.2018 / atualizado às 07:05 · 03.07.2018 por

Obras do Corredor Religioso de Canindé foram iniciadas no entorno na Basílica de São Francisco. Foto > Portal Canindé

A s obras de revitalização do corredor religioso de Canindé foram iniciadas. Os operários da a Korp Empreendimentos e Construções, empreiteira responsável pelo serviço, começaram a trabalhar no entorno da Basílica de São Francisco das Chagas, no Centro da cidade. De acordo com o cronograma estabelecido o prazo de execução é fevereiro de 2019. Os investimentos são da ordem de R$ 4,5 milhões. A contrapartida do Município é de aproximadamente R$ 500 mil.

A Ordem de Serviço foi assinada pelo governador do Ceará, Camilo Santana, no dia 5 de junho passado, estabelecendo o prazo de oito meses para conclusão das obras. Os serviços incluem a urbanização de vias e passeios, além da reforma da Praça Matriz da cidade, onde está situada a Basílica, que recebe milhares de romeiros anualmente, em visita à imagem de São Francisco de Assis.

O projeto de restauração do conjunto turístico de Canindé havia sido apresentado pelo arquiteto Luciano Guimarães à prefeita Rozário Ximenes e à administração da paróquia de São Francisco em março do ano passado. Além das melhorias no corredor religioso, composto pela Basílica, Estátua de São Francisco, Praça do Romeiro, Convento de Santo Antônio, Casa dos Milagres e Via Sacra do Monte, a obra, de responsabilidade da Secretaria das Cidades, deverá propiciar mais comodidade aos visitantes, principalmente durante o período dos eventos religiosos.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 29.06.2018 / atualizado às 14:35 · 29.06.2018 por

Polo Químico de Guaiúba deverá gerar 9 mil empregos, estima Governo do Estado.

Considerado o portal de entrada do Maciço de Baturité, Guaiúba, distante pouco mais de 50Km de Fortaleza, teve consolidada a criação de um Polo Químico. A primeira etapa das obras, que inclui construção de rodovias, pavimentação e drenagem, foi inaugurada pelo Governo do Ceará. As 27 empresas do setor farmoquímico que vão compor o complexo já estão autorizadas a montar seus galpões. Foram destinados 42 hectares ao empreendimento e investimentos de R$ 10 milhões nas obras de infraestrutura.

Segundo o governador Camilo Santana, o Polo vai gerar mais de 2 mil contratações diretas e 7 mil empregos indiretos.

O empreendimento vai mudar a realidade econômica do Município, ressalta otimista o prefeito de Guiúba, Marcelo Fradique. Na avaliação dele,  o impacto no comércio local pode dobrar com a finalização do Polo. Hoje, o maior empregador da cidade é a prefeitura. A folha do município gira em torno de R$ 2,4 milhões, calcula. Atualmente muitos moradores saem muito cedo para trabalhar em cidades vizinhas, como Maracanaú, Horizonte, além da Capital, e muitas vezes passam a semana fora.

De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias Químicas no Estado do Ceará (Sindquímica), Marcos Soares, as empresas terão as construções iniciadas no segundo semestre de 2018. O Sindquímica está qualificando a mão de obra da cidade e de nove municípios vizinhos.

Há cerca de três anos, a grade curricular da Escola Estadual de Educação Profissional José Ivanilton Nocrato, de Guaiúba, passou por reformulação para se adaptar ao processo de industrialização na região. Além de Aquicultura, Informática e Agropecuária, os estudantes da região também podem cursar Química.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 28.06.2018 / atualizado às 09:40 · 28.06.2018 por

A Jornada Integração está capacitando lojistas em todo o Interior do Ceará. Fotos > FCDL

A caravana da Federação das CDLs do Ceará (FCDL) está encerando nessa quinta-feira (28) a programação da Jornada Integração na regional Sertão Central. Segundo a FCDL, durante o mês de junho, o projeto se dividiu entre os oito municípios desta região: Canindé, Quixadá, Quixeramobim, Boa Viagem, Senador Pompeu, Solonópole, Paramoti e Itatira. Após intensa programação de cursos de capacitação profissional e ações ambientais, terá sua culminância no início desta noite na Escola Estadual de Educação Profissional José Vidal Alves, em Canindé.

Durante todo o mês foram cursos Team Work e Sequencial, para formação e capacitação de empresários, colaboradores, lojistas e gestores da região. As atividade foram dividias em três módulos de oito horas. O curso Team Work teve como foco trabalhar a liderança, originalidade e inovação de serviços. Ministrado pela professora Flávia Chagas, o curso Sequencial levou temas como “Vendedor Exponencial” e “Planejamento Pessoal” aos colaboradores que participaram das atividades de 18 à 26 de junho.

Os participantes colaboraram na inscrição com um quilo de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados à instituições filantrópicas. A entrega será feita pelas CDLs responsáveis nesta noite do encerramento, quando também serão anunciados os vencedores da campanhaSalve o Planeta Terra”, animando alunos, professores e pais na missão de coletar o maior número de material reciclável. O aluno vencedor irá ganhar um smartphone, e a escola vencedora será premiada com um computador completo para o laboratório de informática.

Ainda de acordo com os organizadores, serão sorteados produtos M. Dias Branco e smartphones para funcionários das CDLs da regional. A FCDL Ceará irá sortear ainda uma motocicleta Cargo entre as empresas associadas que inscreveram seus colaboradores nos cursos Sequencial.

A Jornada Integração tem o patrocínio da Enel, Grupo M. Dias Branco, Três Corações e Banco do Nordeste, e o apoio do Sistema Verdes Mares. Até o fim do ano, o projeto passará pelas regiões: Norte, Cariri, Inhamuns, Jaguaribana e Metropolitana.

Jornada Integração – Sertão Central
Encerramento – 28 de junho – 18h30
Escola Estadual de Educação Profissional José Vidal Alves
Av. Luciano Magalhães S/Nº – Canindé

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Blog da editoria Regional, do Diário do Nordeste, sobre os municípios da região Sertão Central, do Ceará.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags