Busca

Categoria: Economia


11:30 · 17.06.2018 / atualizado às 11:20 · 17.06.2018 por

Tradicional Feira Cultural de Banabuiú pretende atrair 40 mil visitantes com grandes shows.

Faltando 17 dias para mais uma edição da Feira de Artes de Banabuiú, a Banartes, a administração municipal divulgou a programação do evento, que acontece nesta cidade do Centro do Estado nos dias 5, 6 e 7 de julho. Além do Show de Calouros, do Festival da Canção, Festival de Gastronomia Típica, Feira da Agricultura Familiar, haverá Mostra de Quadrilha Juninas, que este ano deixa de ter caráter competitivo para se tornar um espaço de mostra de grupos da região.

Ainda de acordo com a Secretaria de Cultura do Município, também haverá espaço para  Teatro, Pintura, Fotografia, , Mostra de Violeiros, Voz Mirim, Dança, Cordel e Literatura, durante todo o dia. As noites serão encerradas com shows especiais, do forrozeiro Zé Cantor, o forró romântico de Vicente Nery e a atração das vaquejadas, Júnior Vianna. A expectativa é que um público de 40 mil pessoas nos três dias de Banartes.

Os detalhes da festa foram definidos no início da semana, em uma reunião no gabinete do prefeito Edinho Nobre. Uma comissão formada por profissionais de sete secretarias foi criada para a organização da Banartes. Eles terão dedicação exclusiva ao evento. “Essa é uma grande tradição que tratamos de fortalecer a cada ano. Temos trabalhado e nos esforçado para fazer uma grande Banartes e tenho certeza que vamos receber vários turistas na nossa festa, que é a maior festa junina da região Central”, declarou o prefeito.

O tema da Banartes deste ano, que chega à sua 27ª edição, é “Seca e Chuva no Sertão”. Conforme os organizadores, a escolha faz referência ao período de seca pelo qual todo sertanejo está sujeito, e o contraste da chuva, que este ano banhou o Ceará e principalmente esta cidade, onde está situado o terceiro maior açude do Estado, o Arrojado Lisboa, e que, graças às recargas da chuva, conseguiu sair do volume morto.

A decoração dará um tom junino à Avenida Queiroz Pessoa, que nesta época do ano, se transforma em um corredor cultural. Um espaço de cerca de 300 metros será ornamentado om mais de 30 mil bandeirinhas, instaladas em pórticos que ficarão distribuídos na sua extensão. Cercas de estacas de madeira, em alusão às tradições sertanejas, vão circundar as entradas do local do evento, para ambientar ainda mais a Feira, completou a prefeitura.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 15.06.2018 / atualizado às 08:50 · 15.06.2018 por

Prefeitura de Quixadá suspende cobrança do IPTU após identificar distorções nos valores da taxa.

A cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) deste ano foi suspensa no Município de Quixadá. A decisão foi tomada pela prefeitura após identificar distorções na aplicação de valores realizada pelo sistema eletrônico que emite os boletos da taxa predial para residências, comércios e instituições. A recomendação aos contribuintes que já receberam a cobrança é de não realizarem o pagamento até a análise técnica de cada caso.

As reclamações tiveram início quando os boletos começaram a chegar às mãos dos contribuintes, no início da semana. Em alguns casos, principalmente de estabelecimentos comerciais, a taxa teve reajuste superior a 300%. O aumento, considerado excessivo, levou os representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) nesta cidade a se manifestarem. A Associação de Imprensa do Sertão Central (AISC) também cobrou revisão dos reajustes.

Segundo a assessoria da prefeitura de Quixadá, nos quatro anos da administração municipal anterior não foram efetuadas as correções monetárias do imposto que tem como objetivo arrecadar recursos para aplicação em melhorias urbanas para a população. Em alguns casos houve até isenção do imposto para proprietários de grandes estabelecimentos. A sobrecarga estava recaindo sobre os mais humildes, daí a necessidade da correção.

Todavia, como há compromisso de uma tributação justa e alinhada com o bem da população de Quixadá, a prefeitura pretende, o mais breve possível, apresentar o resultado da análise do sistema e os desdobramentos e soluções para a situação. Os recursos captados serão aplicados na recuperação da malha viária da cidade, em condição precária, por abandono dos gestores municipais anteriores, completou a assessoria.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

14:30 · 06.06.2018 / atualizado às 14:35 · 06.06.2018 por

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Brisanet, Vale das Pedras Hotel de Quixadá e a Inova Gestão vão realizar nesta quinta-feira (7), em Quixadá, o I Workshop de Vendas & Atendimento do Sertão Central. Segundo os organizadores o evento é dirigido a empresários, gestores, gerentes, vendedores, recepcionistas e profissionais autônomos e contará com as apresentações de Lima Filho, analista do Sebrae, e palestras dos especialistas Aluísio Júnior, com o tema Humortivação e Atendimento, e Domingos Cordovil, com Vendas e Resultados.

 Como fugir da análise negativa do cliente? Como melhorar os aspectos emocionais e técnicos, da equipe, de modo que consiga trazer melhores resultados para meu negócio? Questionamentos como este surgem diariamente nas empresas que lidam com crise interna em seu corpo de funcionários, ou notaram uma queda drástica no rendimento da equipe de um modo geral, o que gera diretamente uma queda também no faturamento ao término do mês. O I Workshop Vendas & Atendimento do Sertão Central tem como objetivo apontar estratégias para contornar esta crise.

O workshop tem início programado para as 19 horas no auditório da Faculdade Cisne. Os interessados, incluindo equipes de empresas da região, poderão fazer reservas através do site www.inovagestao.com.br ou whats app (88) 9 9985 8009.

O Inova Gestão é um grupo de pessoas que possuem um desejo em comum: Transformar ideias em negócios. E para isto viram a necessidade de possibilitar vivências, capacitações e troca de saberes. Ações com conteúdos que possam vir a contribuir no enriquecimento do intelecto das pessoas. Que possam transformar a realidade das pessoas, acrescentam os organizadores.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 06.06.2018 / atualizado às 09:40 · 06.06.2018 por

O advogado Aloísio Barbosa de Carvalho Neto, natural de Morada Nova, será o novo diretor Financeiro e de Crédito do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). De acordo com divulgação feita pela instituição financeira federal, ele assume o cargo nesta quarta-feira (6), na sede do BNB, em Fortaleza. A escolha do conselho de administração do banco ocorreu em razão do cargo ter ficado vago desde a posse de Romildo Carneiro Rolim como presidente, em abril.

O novo membro da diretoria do BNB já exerceu cargos nos governos municipal de Fortaleza, estadual do Ceará e Federal. Foi secretário municipal de Finanças, secretário estadual de Controladoria e Ouvidoria Geral, secretário executivo da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, secretário executivo da Secretaria do Esporte, superintendente federal da Pesca e Aquicultura, superintendente executivo da Agência Nacional de Transportes Terrestres e coordenador de Auditoria Interna da Companhia Docas do Ceará.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 01.06.2018 / atualizado às 10:00 · 01.06.2018 por

Pula Fogueira atrai público e aquece a economia de Quixadá abrindo os festejos juninos no Interior do Ceará. Fotos > PMQ

Hotéis e pousadas com ocupação acima dos 70%, bares e restaurares lotados, ambulantes com boas vendas e um público superior aos 20 mil por noite. Segundo os organizadores, este tem sido o movimento da 19ª edição do Pula Fogueira, o festival junino de Quixadá nos seus primeiros dos dias. Nesta sexta-feira, 1º de junho, a fórmula se repete, com apresentações das quadrilhas juninas, seguidas de grandes shows musicais. As atrações da noite serão as bandas Noda de Caju e Líbanos, informou o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedet) de Quixadá, Pedro Baquit.

Os shows do 19º Pula Fogueira estão lotando a Praça José de Barros.

Apesar de a paralisação dos caminhoneiros ainda afetar alguns setores da cidade, embora o desabastecimento não esteja sendo tão sentido, exceto a falta de cimento nas lojas de material de construção e de etanol em alguns postos de combustíveis, um público ainda maior deverá chegar à cidade para a última noitada do Pula Fogueira. Além do talento da terra, Caio Britto, o encerramento, no sábado (2) contará com um show especial de Zé Cantor.

A expectativa da Sedet é de uma movimentação financeira aproximada a R$ 500 mil nestes quatro dias transformados em um feriadão a partir da quinta-feira, 31 de maio, quando ocorreu a comemoração de Corpus Christi. O evento, tradicional, também é diversão e cultura para a população como também para os grupos juninos, tendo a oportunidade de se apresentarem e disputarem o título de melhor do ano.

Para os organizadores, o Pula Fogueira é um casamento perfeito, da diversão com o incremento na economia local.

Acerca da ocupação irregular de áreas de estacionamento público, com cobranças abusivas por esses espaços, o Departamento Municipal de Trânsito (DMT) divulgou Nota informando que serão coibidas. Os proprietários dos veículos devem procurar os agentes de trânsito no entorno da Praça José de Barros, no Centro da cidade, onde o Pula Fogueira está sendo realizado.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 28.05.2018 / atualizado às 09:15 · 28.05.2018 por

Para não prejudicarem os alunos as faculdades de Quixadá, como a Cisne, interromperam as aulas.

A Unicatólica de Quixadá e a Faculdade Cisne, dois maiores centros de ensino superior privados do Sertão Central, não terão aulas nesta semana. A decisão foi tomada pela direção das duas instituições diante da manifestação dos caminhoneiros por todo o País.

Como boa parte dos universitários residem em outras cidades da região e muitos utilizam como transporte ônibus movidos à diesel, não têm como comparecer às aulas. A semana letiva também será curta, com o feriado de Corpus Christi na quinta-feira (31) transformando o fim de semana em um feriadão.

A Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (Feclesc), também suspendeu as aulas por toda a semana. A instituição pública, mantida pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) tem na maioria dos seus alunos moradores de outras cidades da região. Dependem exclusivamente dos ônibus escolares.

Mais de 8 mil universitários não terão aula esta semana em Quixadá. 

Apenas os campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e da Universidade Federal do Ceará (UFC) em Quixadá terão aula regularmente nesta segunda-feira (28). As duas unidades são mantidas pelo Governo Federal. Todavia, o campus do IFCE em Boa Viagem divulgou Nota informando ter optado por interromper as atividades letivas nos três turnos. A direção vai avaliar a situação para os dias seguintes.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 28.05.2018 / atualizado às 06:31 · 28.05.2018 por

Na noite deste domingo (27) a gasolina estava sendo vendida novamente em alguns postos de Quixadá.

Os postos de combustíveis deverão funcionar parcialmente neste início de semana nas cidades do Centro do Estado. Após o colapso no abastecimento, com praticamente todas as bombas sem o diesel, gasolina e nem o álcool e a exploração abusiva em alguns deles, com o litro da gasolina já sendo vendido a R$ 5,19 os caminhoneiros resolveram liberar o abastecimento deste último derivado do petróleo.

Os consumidores também devem fazer a sua parte boicotando quem está praticando preços abusivos.

Na noite deste domingo (27) já era possível ver automóveis e motocicletas abastecendo em alguns postos. Outros, permaneciam com cones nos pátios de abastecimento. Frentistas informaram que apenas o diesel não está sendo liberado, já que a manifestação em todo o País, que nesta segunda-feira (28) chega ao nono dia, tem como objetivo a redução deste último tipo de produto.

Na maioria dos postos de Quixadá os combustíveis acabaram no fim de semana.

A Cooperativa de Transportes Alternativos do Sertão Central (Coopsertão) divulgou Nota informando que a partir de hoje (28) estará aderindo ao movimento dos caminhoneiros, justificando que a redução do preço do diesel em pelo menos 10% da refinaria para a bomba também é uma luta dos profissionais dos alternativos, conhecidos como topiques ou vans.

As cooperativas de transportes alternativos também querem redução no preço do diesel.

Nota da Coopsertão

Caros usuários. Com muito respeito a cada passageiro da Coopsertao vimos informar que nesta segunda-feira (28) os veículos da cooperativa estarão parados em apoio as manifestações dos amigos caminhoneiros que reivindicam, assim como nós, a redução no preço dos combustíveis. Pedimos desculpas pelos transtornos, mas entendemos que é extremamente necessária nossa mobilização por um pais mais justo e melhor para todos os brasileiros.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

14:00 · 27.05.2018 / atualizado às 14:20 · 27.05.2018 por

Produtores da Unileite doaram 3 mil litros de leite em protesto contra políticas de preço do Governo.

Um grupo de 25 produtores de leite em Quixeramobim, associados da União de Produtores de Leite do Sertão Central (Unileite) decidiu apoiar a paralisação dos caminhoneiros no Brasil. Eles doaram três mil litros de leite pasteurizado em dois bairros desta cidade do Sertão Central. O ato, de protesto contra a perda diária de aproximadamente 100 mil litros de leite ocorreu neste sábado (26).

Conforme um dos líderes da manifestação, o produtor Karlus Martins, representante da Unileite, a paralisação, apesar de justa, provocou um colapso no escoamento do leite oriundo de Quixeramobim, maior produtor do Estado. As duas maiores indústrias do Ceará, a Betânia e a Maranguape não têm mais onde armazenar o produto. As caixas tetra pak e os insumos necessários para embalar o leite estão presas no caminho. Infelizmente o setor estão amargando um prejuízo milionário.

Uma extensa fila se formou rapidamente na antiga Secretaria de Agricultura, no Conjunto Esperança.Muitas crianças entraram na fila para receber o leite distribuído gratuitamente pela Unileite.

O secretário de Desenvolvimento Agropecuário, Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Quixeramobim, Kolowyskys de Alencar Dantas, participou do ato realizado pela Unileite. Ele confirmou a informação do representante dos produtores. Acrescentou ter recebido informação do diretor da Laticínios Betânia, Bruno Girão, na usina de Morada Nova já estar armazenando 500 mil litros de leite. Não há como receber mais.

Kolowiskys acrescentou que sua Secretaria auxiliou na articulação de parceiros para a manifestação. A indústria Campo Verde colaborou com a pasteurização e ensacamento do leite distribuído no Conjunto Esperança e no bairro Pompeia. Cada morador recebeu dois litros. Filas se formaram nas duas áreas residenciais, mas a espera demorou pouco. O ato também serviu para demonstra a insatisfação dos produtores de leite com as políticas de governo em relação à categoria.

Os associados da Unileite se uniram e resolveram doar o leite para a população como protesto.

Caso a paralisação, que neste domingo (27) chegou ao seu sétimo dia, continue, além da falta de combustíveis e de perdas para vários setores produtivos rurais como o de laticínios, começará a provocar o desabastecimento de alimentos na região. Não bastasse isso comerciantes oportunistas estão se aproveitado da situação e elevando o preço das mercadorias.

No bairro Pompeia o caminhão interditou parcialmente a rodovia para distribuição do leite.

Com a escassez dos combustíveis na cidade os proprietários dos postos resolveram lucrar mais.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 26.05.2018 / atualizado às 06:50 · 26.05.2018 por

No fim da tarde se formaram filas nos postos de combustíveis de Quixadá. Temor de desabastecimento.

Os efeitos da crise dos combustíveis começaram a ser sentidos no Sertão Central a partir desta sexta-feira (25), quinto dia de paralisação dos caminhoneiros. A gasolina acabou no posto de combustíveis de Uruquê, um distrito de Quixeramobim, onde o litro estava sendo vendido à R$ 4,30. Era o preço mais barato na região, mas foi em Quixadá, no fim da tarde, que motoristas e motociclistas formaram filas nos postos para abastecerem. Temiam o sumiço dos derivados do petróleo e do aumento dos preços.

Os motociclistas também correram para os postos, principalmente onde vendia menos caro.

Diante do aumento da procura em alguns postos a gasolina passou a ser vendida a R$ 4,98. Muitos motoristas e até motociclistas optaram pelo etanol. O litros estava sendo vendido a R$ 3,88. Mesmo assim os funcionários dos postos alertavam para a possibilidade da falta do produto, como começou a ocorrer com o diesel em alguns deles. Apesar de Quixadá ficar próximo de Fortaleza, as barricadas na BR-116 e CE-060 impedem a passagem dos caminhões-tanques explicou um funcionário.

Em alguns postos o preço da gasolina já estava beirando os R$ 5,00. A opção era o etanol. Desolados, os consumidores observavam os preços dispararem e os combustíveis acabarem.

Ônibus intermunicipais

O movimento foi intenso no terminal rodoviário de Quixadá. Os mais de 20 ônibus da Fretcar e da Guanabara continuavam realizando suas rotas tanto para a capital como para o interior. Todavia, o diesel nas garagens estava acabando. Alguns estavam abastecendo nos postos da região, mas em dois postos de Quixadá o combustível havia acabado, apesar de os coletivos poderem circular livremente pelas rodovias, explicou um motoristas.

Preocupados com a possibilidade de a manifestação chegar ao sexto dia e a crise se agravar muitos passageiros, na maioria universitários que utilizam os ônibus como transporte anteciparam o retorno para casa, tanto para a capital cearense como para outras cidades do Interior. “Eu ia até fazer prova hoje à noite, mas notei que até as vans começaram a desaparecer. Resolvi antecipar a para não ser obrigada a passar o fim de semana aqui”, comentou a estudante de Farmácia Ana Paula Martins.

Muitos passageiros temiam ficarem presos nas barricadas e que os ônibus deixassem de circular.

No terminal rodoviário de Quixadá o movimento foi intenso nesta zexta-feira.

Nos supermercados o movimento estava normal. Não havia falta de gêneros alimentícios nas prateleiras, mas para o início da próxima semana, com a continuidade da crise dos combustíveis os comerciantes, principalmente de estabelecimentos menores, temem a queda nas vendas. Muitos clientes moram nas zonas rurais e utilizam ônibus e caminhões como meios de transporte.

Efeitos em Quixeramobim

Segundo o secretário de Desenvolvimento Agropecuário, Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Quixeramobim, Kolowyskys de Alencar Dantas, o os produtores de leite do Município já estão sendo afetados. Eles não estão podendo escoar a produção diária de aproximadamente 110 mil litros. Os caminhoneiros até deixariam o tanques furarem as barricadas, afinal, além de perecível a maior parte da produção é destinada à merenda escolar.

Todavia, conforme o diretor da maior indústria desse setor no Ceará, o empresário Bruno Girão, da Betânia, não há como armazenar tanta produção. O estoque de embalagens tetra pak também acabou e as novas cargas estão presas nas rodovias, acrescentou o secretário municipal ressaltando que em apoio aos caminhoneiros produtores de Quixeramobim irão distribuir leite pasteurizado, gratuitamente, em um conjunto habitacional da cidade.

Esta programado para este domingo (27), na cidade, uma carreata organizada pela Paróquia de Santo Antônio. O evento, já tradicional, anuncia a proximidade da abertura dos festejos do padroeiro da cidade, famoso também como santo casamenteiro, mas para este este ano muitos fieis estão começando a orar pela redução nos preços dos combustíveis.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

13:00 · 23.05.2018 / atualizado às 13:20 · 23.05.2018 por

Proprietários e motoristas de topiques e vans montaram barricadas com pneus na CE-060

Proprietários e condutores de utilitários, incluindo caminhões, ônibus e topiques, continuam bloqueando o trevo da CE-060, de acesso ao Maciço de Baturité e cidades circunvizinhas. Eles protestam contra os aumentos sucessivos nos preços dos combustíveis. Desde cedo o tráfego voltou a ser controlado pelos manifestantes. Apenas ambulâncias e outros veículos de urgência podem furar o bloqueio.

Apenas as ambulâncias estão sendo liberadas para furarem o bloqueio na CE-060

Como o objetivo é protestar contra os governos Federal e Estadual, após um intervalo de aproximadamente meia hora alguns veículos são liberados para seguirem viagem. Mesmo assim, em razão da manifestação, divulgada nas redes sociais, o tráfego diminuiu em mais de 70% neste segundo dia de manifestação. Mesmo assim uma fila quilométrica se formou na CE-060.

Até as motocicletas estão sendo proibidas de cortar as barricadas nos trechos da CE-060

A manifestação acompanha os atos realizados em outros pontos do Estado e do Pais desde a segunda-feira (21). O preço do diesel nos postos de combustíveis da região já e superior aos R$ 4,50. A gasolina está a um décimo dos R$ 5,00. Por esses motivos a interdição, pacífica vai continuar, explicou um dos manifestantes, pedindo para não ter seu nome revelado.

Ontem, a  rodovia federal BR-116, foi interditada na altura do quilômetro 17, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e também no Anel Viário de Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza. No Interior do Estado, também houve bloqueio da BR-020, no município de Boa Viagem, Sertão Central.

> Caminhoneiros voltam a bloquear trecho da BR-116 no município de Itaitinga

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154