Categoria: Educação


07:00 · 19.02.2019 / atualizado às 06:55 · 19.02.2019 por

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) divulgou nesta segunda-feira (18) o cancelamento da realização de processo seletivo simplificado em Madalena, no Centro do Estado. O objetivo era a contratação temporária para os cargos de mediador e facilitador. De acordo com o MPCE a Secretaria de Educação deste Município suspendeu a seleção atendendo recomendação do promotor de Justiça Alan Moitinho. Ele constatou irregularidades no Edital publicado no dia 11 de fevereiro  passado.

Dentre as falhas constatadas pelo representante do MPCE no Município constam a realização de entrevistas sem requisito objetivo de avaliação e sem definição de qualquer critério previsto em lei, a inexistência de comprovação de ampla publicidade do edital, a ausência de identidade e qualificação dos membros da banca examinadora e o curto prazo para inscrições. Foram apenas quatro dias para a inscrição, impedindo que a maior parte da população tivesse conhecimento e pudesse participar do processo.

Na recomendação do cancelamento do Edital o promotor de Justiça orientou o Município, quando da realização de futuros editais de processos seletivos simplificados, se abster de utilizar critérios subjetivos na aferição da pontuação dos candidatos. O prazo mínimo para inscrição de candidatos deverá ser de 10 dias úteis.

A reportagem do Diário do Nordeste tentou manter contato telefônico com a Secretaria de Educação de Madalena, mas até a publicação desta edição não havia sido atendida.

A Secretaria divulgou o cancelamento da seleção utilizando as redes sociais. Em resposta ao Ministério Público a administração municipal informou que pretende realizar novo processo seletivo. Os pontos destacados na recomendação do MPCE serão considerados.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 13.02.2019 / atualizado às 11:10 · 13.02.2019 por
Alunos e agentes de endemias de Ibicuitinga passam de porta em porta orientando os moradores sobre o combate ao Aedes aegypti

As secretárias de Saúde e de Educação de Ibicuitinga deram início ao Programa Saúde na Escola. A ação está sendo  desenvolvida na cidade como forma de prevenir e proteger a população contra o Aedes aegypti, inseto transmissor de doenças de inverno. A mobilização, coordenada pelo prefeito Franzé Carneiro, segue por todo o mês de fevereiro.

De acordo com a administração municipal, o Programa Saúde na Escola é uma ação intersetorial idealizada pelas duas secretarias, de Saúde, na atenção primária, e de Educação, com o objetivo de mobilizar durante toda a semana a população da sede e dos distritos, no combate ao mosquito.

Antes de iniciarem a batalha contra o mosquito da dengue os alunos aprendem os segredos da vitória com agentes de endemias do Município.

A localidade de Canindezinho foi a primeira visitada esta semana. Profissionais de Saúde, agentes de endemias, professores e alunos, estão visitando as residências e orientando a população sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito. a mobilização foi iniciada no distrito de Açude dos Pinheiros ,em parceria com os alunos da Escola José Rufino Pinheiro.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 29.01.2019 / atualizado às 07:00 · 29.01.2019 por
Interno da Cadeia Pública de Aratuba é aprovado em curso tecnológico no IFCE de Canindé.

Um detento da cadeia pública de Aratuba, no Maciço de Baturité, é um dos quatro aprovados em universidades públicas no Ceará. De acordo com a Secretaria de Administração Previdenciária (SAP) do Estado ele foi habilitado ao curso de Tecnologia em Rede de Computadores através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A vaga está disponibilizada no campus do Instituto Técnico Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) em Canindé.

O município de Aratuba faz limite com Canindé. São 43,8 km de distância rodoviária.

Todavia, a Secretaria de Justiça do Ceará ainda não decidiu se ele poderá cursar a formação normalmente. Enquanto aguarda a decisão do TJCE a Secretaria da Administração Penitenciária auxilia a família na documentação necessária para a matrícula do aprovado. Ele se preparou para o exame com aulões realizados através da parceria entre a SAP e a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc) na unidade penitenciaria onde está preso.

Os outros três aprovados são do Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne e do Centro de Triagem e Observação Criminológica, ambos em Fortaleza. Um deles foi aprovado em Direito, o segundo em Agronomia e o terceiro em Letras. Todos os cursos são na Universidade Federal do Ceará (UFC). Também aguardam decisão da Justiça para poderem assistirem às aulas.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 24.01.2019 / atualizado às 07:10 · 24.01.2019 por
Os representantes da Faculdade Estácio de Sá visitaram unidades de saúde em Canindé. Foto > Prefeitura de Canindé

Representantes da Faculdade Estácio de Sá realizaram visita aos municípios do Sertão Central onde essa entidade educacional deverá implantar cursos de Medicina aprovados pelo Ministério da Educação (MEC). A comitiva, formada pelo diretor nacional dos Cursos de Medicina da Estácio, Silvio Pessanha Neto, diretor da Regional Nordeste da Estácio, Elísio Alcântara e a reitora do Centro Universitário Estácio do Ceará, Ana Flávia Chaves, foi recebida na terça-feira (22) pela prefeita de Canindé, Rozário Ximenes, e no dia seguinte pelo prefeito de Quixadá, Ilário Marques, cumprindo agenda no Estado, nas cidades onde venceu concorrência com outras instituições.

.

Nos encontros o diretor nacional dos cursos de Medicina da Estácio, Silvio Pessanha Neto, informou que sua equipe está trabalhando para realizar o primeiro vestibular nas duas cidades o mais breve possível. Em Canindé, ele visitou unidades médicas, ainda prédios e terrenos disponibilizados para a instalação da faculdade. Na avaliação do visitante, a estrutura oferecida pela prefeitura atende as expectativas da instituição. O curso deverá ser iniciado no fim deste ano ou começo de 2020.

A prefeita de Canindé fez questão de ressaltar o esforço do senador Eunício Oliveira em garantir a implantação do curso na sua cidade, uma grande conquista para a saúde pública.

O diretor da Regional Nordeste da Estácio, Elísio Alcântara, previu a criação de mais de 200 empregos diretos e 800 indiretos na implantação da faculdade em Canindé. As instalações serão de primeiro mundo.

Em Quixadá, a reunião ocorreu no Centro Administrativo. Além do prefeito Ilário Marques, secretários e o diretor do  Consórcio Regional de Saúde, Neto Dias, recepcionaram a comitiva da Estácio. Os primeiros passos serão a contratação de professores e a localização do melhor ponto para instalação da nova unidade da organização educacional. Os planos são os mesmos definidos em Canindé, realizar o vestibular e receber os primeiros alunos ainda este ano, comentou no encontro.

O prefeito de Quixadá pretende disponibilizar uma força tarefa para lidar com as demandas do processo de instalação do curso de medicina no Município. Para ele, o momento marca a coroação de Quixadá como cidade universitária. Ilário Marques ressaltou não dependerem somente da Estácio e da prefeitura, pois boa parte da  próximas etapas diz respeito ao Ministério da Educação e outros órgãos federais, se referindo a intenção de o curso ser iniciado no começo do segundo semestre deste ano.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 29.12.2018 / atualizado às 06:35 · 29.12.2018 por

O Diário Oficial da União publicou nesta sexta-feira (28) Portaria da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), do Ministério da Educação, com a relação das instituições selecionadas para ofertarem o curso de Medicina no Ceará. Na relação o Centro Universitário Estácio do Ceará, a Faculdade Estácio, está apta para implantação o curso em duas cidades do Interior, Quixadá e Canindé.

De acordo com a publicação as mantenedoras selecionadas e classificadas para seleção de propostas para autorização de funcionamento dos cursos de Medicina nos municípios selecionados deverão comparecer ao Ministério da Educação, na Seres, no período de 21 de janeiro de 2019 a 8 de fevereiro, no horário das 14 às 17h, para entrega da Garantia de Execução e assinatura do Termo de Compromisso.

Todavia, em Quixadá, ainda há recursos pendentes de outras instituições que disputaram a seleção. No caso de Iguatu, outro município do Interior aprovado para implantação do curso, a homologação do resultado foi suspensa por força de decisão judicial. Um Mandado de Segurança tramita na 2ª Vara Federal Cível da Secretaria de Justiça do Distrito Federal.

O resultado é comemorado pelos prefeitos de Quixadá, Ilário Marques, e Rozário Ximenes, de Canindé. A formação em Medicina propiciará um considerável avanço na área da saúde no Sertão Central. Quixadá já é conhecida como o maior polo universitário do Interior cearense. A terra de São Francisco das Chagas, Canindé, abre espaço para o surgimento de mais cursos de nível superior.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

06:00 · 18.12.2018 / atualizado às 06:00 · 18.12.2018 por

Atendendo pedido do promotor de Justiça da Comarca de Banabuiú, Marcelo Cochrane Santiago Sampaio, através de Ação Civil Pública (ACP) contra este Município do Centro do Estado, o juiz de Direito da 3ª Vara da Comarca de Quixadá, Adriano Ribeiro Furtado Barbosa,  determinou que a Prefeitura se abstenha de formar turmas multisseriadas no âmbito das escolas públicas localizadas na zona rural. Ainda atribuiu multa diária de R$ 500,00, em caso de descumprimento da decisão.

Na decisão judicial o magistrado adverte que por ocasião do início do ano letivo em 2019, deve o Poder Público requerido providenciar a retomada regular das turmas indevidamente mescladas, dada a garantia constitucional do ensino público de qualidade, sob pena de incorrer em desobediência.

De acordo com a ação, a chamada “enturmação” ou sistema de classes multisseriadas, foi implantada em diversas escolas de Banabuiú, localizadas na zona rural. Após ser instado a se manifestar no prazo de 72 horas, por meio de um procedimento administrativo, a administração municipal não se manifestou.

O promotor de Justiça observa que a questão passa pelo direito fundamental à educação, amplamente protegido pela Carta Magna, erigido à categoria de direito social, inserido no Título II, que trata dos “Direitos e Garantias Fundamentais”. Acrescenta o o direito à educação com qualidade que representa direito fundamental do indivíduo, que o Estado tem o dever de provê-lo utilizando-se do máximo possível dos seus recursos.

No caso, há elementos bastantes a indicar que em diversas escolas localizadas na zona rural do Município de Banabuiú, os alunos foram remanejados para fins de unificação de turmas, a exemplo da Escola Abel Ferreira Lima (localidade de Lagoa da Serra), onde foram unificados 2º e 3º ano; Escola Paulo Sarasate (Distrito de Laranjeiras), que unificou 1º e 2º anos, entre outras.

A prefeitura de Banabuiú informou que ainda não foi notificada da decisão tomada pela Justiça, mesmo assim não pretende se manifestar a respeito..

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 12.12.2018 / atualizado às 06:40 · 12.12.2018 por

Através de Edital a prefeitura de Quixadá está convocando para nomeação e posse 175 candidatos aprovados no último concurso público municipal, realizado em 2016. São 172 para os cargos de professores da educação básica, nas áreas de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II nas disciplinas de Ciências, Educação física, Geografia, História, Língua portuguesa e Matemática. As outras três vagas são para o cargo de técnico de radiologia.

A prefeitura divulgou ainda que os concursados aprovados deverão comparecer, pessoalmente, ou por intermédio de procurador, mediante procuração pública ou particular, com firma reconhecida em cartório, de 18 a 21 deste mês de dezembro, de 8h às 12h e de 14h às 17h, na sede da Secretaria de Educação do Município, na Rua José de Queiroz Pessoa, 1932, Centro da cidade, para confirmarem interesse em assumir as funções disponíveis.

Outros 211 de um total de 764 aprovados, iniciarão suas atividades no dia 17 deste mês. São 95 auxiliares de serviços gerais, nove auxiliares de serviço funerário, 30 agentes administrativos, cinco motoristas categoria A e 21 categoria D, 22 vigias, 10 atendentes, cinco auxiliares de arquivo e um bombeiro hidráulico. Completam a lista 13 servidores com deficiência física. São cinco auxiliares de serviços gerais, cinco cozinheiros, um motorista categoria D e dois eletricistas.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 03.12.2018 / atualizado às 10:05 · 03.12.2018 por
Projeto de alunas do ensino médio de Senador Pompeu, de combate à violência contra a mulher ganha destaque nacional.

Um grupo de alunas da Escola Estadual de Educação Profissional Professor José Augusto Torres, em Senador Pompeu, será um dos premiados nesta terça-feira (4) em Fortaleza, como um dos 11 melhores projetos do Desafio Criativos da Escola, promovido pelo Instituto Alana, uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Este ano a premiação chega à  sua 4ª edição.

As estudantes de Senador Pompeu se inscreveram com uma pesquisa, realizada por elas, acompanhada de um aplicativo virtual para combater a violência contra mulheres. Os constantes relatos de casos de agressões domésticas informados por mulheres nesta cidade do Interior do Ceará incomodaram as pesquisadoras. Pensando em transformar essa realidade e promover o diálogo sobre igualdade de direitos, as jovens criaram o projeto Centro de Pesquisa Continuada pela Igualdade de Gênero Nísia Floresta.

Elas aprofundaram seus conhecimentos, a partir de leituras e de filmes, além de pesquisas sobre casos de violência contra a mulher no Ceará.  Depois, aplicaram uma pesquisa na própria escola, para mapear a realidade da violência de gênero sofrida pelas colegas. Para ajudar nas pesquisas, passaram a divulgar o “Violentômetro“, uma ferramenta inovadora, criada por elas, que auxilia mulheres a identificarem ações e comportamentos típicos de parceiros abusivos.

Os resultados dessa pesquisa foram apresentados durante a Semana Escolar “Maria da Penha”. Apontaram que muitas adolescentes eram vítimas desse tipo de violência. Para apoiá-las, o grupo promoveu debates, inclusive em outros colégios, e trabalhou temas relacionados ao feminismo.

O próximo passo da equipe será escrever um livro reunindo histórias e depoimentos potentes compartilhados nessas conversas. Deverão contam com a presença de figuras de destaque na comunidade.

Desafio Criativos da Escola

Esta é a quarta vez consecutiva que um projeto do Ceará é premiado no Desafio Criativos da Escola. Este ano, a cerimônia de premiação dos 11 projetos selecionados será amanhã, dia 4 de dezembro, no Teatro Câmara, em Fortaleza, com a participação de três estudantes e um educador de cada um dos grupos selecionados. A transmissão do evento será feita ao vivo pelo canal do Youtube do Criativos da Escola.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Desafio contou com o apoio do programa Parceria Votorantim pela Educação, do Instituto Votorantim, nos 105 municípios onde desenvolve suas atividades.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 03.12.2018 / atualizado às 07:15 · 03.12.2018 por
Congresso acadêmico sobre o Sertão Central pretende discutir potencialidades da região.

Instituições acadêmicas do Centro do Estado pretendem reunir diversos segmentos sociais para discutirem as potencialidades desta região do semiárido brasileiro. O evento, I Congresso Nacional Interdisciplinar sobre o Sertão Central (Conisce), reunirá saberes da comunidade e produções realizadas na academia sobre o Sertão Central. Será o suporte para a criação de um banco de dados, reunindo conceitos empíricos e científicos, apontam os organizadores.

Os trabalhos, enquadrados em eixos temáticos: inovação, tecnologia e espaço urbano; educação, formação e direitos humanos; desenvolvimento, sustentabilidade e recursos naturais; cultura, arte, identidade; saúde, espaço agrário e sistemas biológicos, serão apresentados no Conisce, de 4 a 7 de dezembro, na Faculdade Cisne, em Quixadá.

Podem ser inscritos artigos em diversas modalidades: trabalhos de conclusão de curso, pesquisas de iniciação científica e de mestrado e doutorado.  Além de palestras e apresentações de trabalhos acadêmicos, o congresso terá atividades ligadas a áreas culturais e educacionais, economia solidária, gastronomia regional, artesanato e planejamento regional. O endereço eletrônico é http://conisce.com.br/.

Conforme a coordenadora do Congresso, professora Simone Dantas, será a oportunidade para o diálogo com vários segmentos em busca de soluções eficientes, não somente para o convívio como também o desenvolvimento da região tendo como alicerce as suas potencialidades.

Apesar de a escassez hídrica ser apontada como principal problema, recebendo sempre soluções paliativas, o planejamento, a administração e aplicação de novas tecnologias podem minimizar esses efeitos. O conhecimento está se fortalecendo na engenharia, na arquitetura, na saúde, agropecuária, na química, na ecologia e até na tecnologia da informação como opções.

O nosso sertão precisa deixar de existi r sob o estereótipo da pobreza. Sentimos com isso a necessidade de nos organizarmos, de associarmos a academia e o ator social nessa transformação. Com isso aguardamos a inscrição de propostas interessantes. A nossa expectativa é de esse espaço se consolidar como um instrumento eficaz de mudanças”.

Além da Faculdade Cisne, o Instituto Federal do Ceará (IFCE), a Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (FECLESC), da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Federal do Ceará (UFC) em Quixadá estão unidas na organização da conferência especial. Contam com o apoio da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Ceará (Ipece) e da Associação dos Municípios do Sertão Central (Amusc).

De acordo com o Ipece o Sertão Central é formado pelos municípios Banabuiú, Choró, Deputado Irapuan Pinheiro, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Solonópole. São 16.014,77 km² de área com população de 392.811 habitantes.

I Congresso Nacional Interdisciplinar sobre o Sertão Central (Conisce)
De 4 a 7 de dezembro – Faculdade Cisne
Quixadá – Ceará

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 30.11.2018 / atualizado às 07:46 · 30.11.2018 por

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) lançou edital, com 444 vagas para cursos de Graduação, nos campi do Ceará e Bahia. De acordo com a instituição as inscrições vão até 5 de dezembro, exclusivamente pela Internet, no endereço eletrônico sisure.unilab.edu.br.

No Ceará, no campi de Redenção, as vagas estão distribuídas entre os cursos de Administração Pública, Agronomia, Enfermagem, Engenharia de Computação, Engenharia de Energias, Humanidades e Letras – Língua Portuguesa, com ingresso no período letivo de 2018.2, que tem início na próxima segunda-feira (3).

O edital diz respeito ao Sistema de Seleção Utilizando o Resultado do Enem (Sisure) 2018.2 e ao Processo de Seleção de Estudante Estrangeiro (PSEE) 2018 referente ao ingresso de 2018.2, relativo ao edital 24/2018.

A seleção consistirá no aproveitamento de resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), referentes aos últimos cinco anos (2013 a 2017). Haverá bonificação de 10% sobre a Nota Final para os candidatos que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas.

Ainda conforme a Unilab, será aceita somente uma única inscrição para cada candidato, que concorrerá a uma única vaga. O resultado final deverá ser divulgado no dia 7 de dezembro, junto com a convocação para a pré-matrícula. Já a pré-matrícula e matrícula curricular na coordenação do curso ocorrem de 10 a 12 de dezembro.

Mais Informações

Coordenação de Políticas de Acesso e Seleção de Estudantes – CASE
Email: case.prograd@unilab.edu.br
Fone: (85) 3332-6174

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags