Busca

Categoria: Flagrante


10:46 · 27.01.2017 / atualizado às 10:46 · 27.01.2017 por
ginasio senador pompeu
Estrutura cedeu após forte ventania; ninguém ficou ferido (Foto: VC Repórter)

Senador Pompeu. A estrutura que cobria um ginásio esportivo deste Município do Sertão Central, cedeu após uma forte ventania que acompanhou uma chuva nesta semana. Ninguém ficou ferido.

A imagem foi enviada por moradores da cidade. O fato, conforme relataram, teria acontecido na última segunda-feira (23). A estrutura estava montada em uma escola da zona rural. Os ferros de sustentação da cobertura da quadra cederam com a força dos ventos.

Como as aulas ainda não retornaram, não havia ninguém no local no momento do acidente. De acordo com o relato de moradores os fortes ventos que acompanharam as chuvas em Senador Pompeu também foram responsáveis por derrubar árvores e postes.

As chuvas continuam a banhar o Ceará, como parte do fenômeno da pré-estação. No entanto, entre as sete horas da manhã da última quinta-feira (26) até as sete da manhã desta sexta (27), na região Central apenas a cidade de Solonópole registrou chuva. A pluviometria foi de 5 mm.

Neste período a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) contabilizou chuvas em 53 cidades. As maiores continuam sendo na região do Cariri. O maior registro do dia foi em Crato, com 44 mm, seguidos por Abaiara 42 mm e Potengi com 40 mm. A previsão do tempo para esta sexta é de nebulosidade variável com chuvas em todas as regiões cearenses durante todo o dia.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

13:58 · 18.01.2017 / atualizado às 16:00 · 18.01.2017 por
Documentação de gestões passadas oram encontradas abandonadas (Foto: Ascom/Quixadá)
Documentos de gestões passadas foram encontrados abandonados (Foto: Ascom/Quixadá)

Quixadá. Uma montanha de papel armazenado sem condições de preservação. Foi desta maneira que a Prefeitura Municipal de Quixadá informou que recebeu, da gestão anterior, o arquivo público do Município. De acordo com nota enviada à imprensa, os documentos estavam em um galpão em estado de abandono.

Pastas e mais pastas e documentos importantes e históricos estavam amontoados, rasgados e molhados em um galpão, totalmente expostos à ação do tempo. A maioria dos arquivos não apresenta condições de recuperação.

O acesso ao local pela gestão de Ilário Marques, novo prefeito de Quixadá, aconteceu na semana passada. A equipe registrou em imagens as condições dos arquivos. As fotos viralizaram na região.

Entre os arquivos, livros de 1910 estavam abandonados
Entre os arquivos, livros de 1910 estavam abandonados

Arquivos importantes datados de 1910, escritos ainda com a pena molhada com tinta sobre o papel amarelado, estavam entre as pilhas de pastas e documentos. A secretária de Administração, Maíra Marques, esteve no local e orientou que fosse realizado em caráter de urgência um trabalho de resgate e organização daquilo que pode ser salvo do arquivo, o que já está sendo executado por uma equipe de profissionais coordenados pela nova responsável do setor, Erinalda Martins.

“Não se sabe ao certo o tamanho do prejuízo causado por esse descaso, sobretudo, aos servidores públicos municipais e à memória do município, porém todos os esforços e dedicação serão no sentido de garantir o menor impacto possível. Essa é nossa história, não podemos permitir que situações assim se repitam,” destacou Maíra Marques.

O Diário Sertão Central tentou contato com o ex-prefeito João Hudson, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

19:53 · 13.01.2017 / atualizado às 19:53 · 13.01.2017 por
Professor-doutor da Uece contabilizou 439 quelônios mortos; pesquisa será feita para revelar causas (Foto: Hugo Fernandes-Ferreira)
Professor-doutor da Uece contabilizou 439 quelônios mortos; pesquisa será feita para revelar causas (Foto: Hugo Fernandes-Ferreira)

Quixadá. Uma cena chocante de dezenas de cágados, tartarugas e jabutis mortos no açude Cedro, foi compartilhada por um professor de zoologia da Universidade Estadual do Ceará (Uece) na manhã desta sexta-feira (13) em seu perfil a rede social Facebook. De acordo com a descrição, uma pesquisa está sendo feita no reservatório para detalhar o impacto que tenha causado a morte dos animais da classe dos quelônios.

A foto foi postada pelo professor-doutor Hugo Fernandes-Ferreira. Conforme conta, seus alunos teriam lhe avisado sobre a quantidade de cágados encontrados mortos no açude. Ele resolveu ir ao local e ficou impressionado. O choque despertou no professor a iniciativa de realizar um levantamento para avaliar o problema. De acordo com o professor foram encontrados 439 animais mortos.

“Rodamos o açude inteiro e contabilizamos. Nenhum vivo. Isso não se resume a uma simples tristeza do fato. Esses animais cumprem papel fundamental na cadeia alimentar, inclusive pela alimentação parcialmente detritívora, otimizando a ciclagem de nutrientes”. O levantamento comprovou algo ainda mais alarmante: os animais pertenciam a uma única espécie, segundo conta o professor na descrição da postagem. “Isso quer dizer que, antes da seca, a situação do açude possivelmente já estava crítica, talvez por poluição, alta salinidade da água ou outros fatores”, detalhou.

Hugo Fernandes-Ferreira comenta que a mortandade dos animais pode causar um panorama ainda mais grave. Ele prevê que com as primeiras chuvas, a água que possa se acumular pode representar riscos à saúde pública, já que não haverá espécies vivas no açude para cumprir o papel do ecossistema.

“Cadê os predadores das larvas do Aedes aegypti? Os índices de dengue, zika, chikungunya e mayaro podem ser alarmantes se nada for feito para controlar a reprodução. Se o impacto sobre os cágados foi alto, imaginem sobre os milhares de peixes e milhões de invertebrados que ali viviam”, disse.

A imagem rendeu centenas de comentários e já foi vista por mais de 1.200 pessoas. A cena tem se espalhado nas redes sociais. Ate a publicação desta matéria ela contava com quase 600 compartilhamentos. O professor explicou que está realizando uma pesquisa. O levantamento está em fase inicial.

15:59 · 30.12.2016 / atualizado às 15:59 · 30.12.2016 por
Plantação era mantida em estufa caseira em Senador Pompeu (Foto: SSPDS)
Plantação era mantida em estufa caseira em Senador Pompeu (Foto: SSPDS)

Senador Pompeu. Equipes da Polícia deste Município do Sertão Central se surpreendeu no que encontrou na casa de um homem suspeito de envolvimento em práticas delituosas: uma pequena estufa caseira com uma plantação de maconha. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o suspeito, que já foi identificado, conseguiu se evadir do local.

A plantação foi descoberta durante a Operação Ano Novo, desencadeada na cidade com o intuito de  inibir práticas criminosas na região. A residência onde as mudas de maconha foram encontradas fica na localidade de Alto do Bode.

A planta era mantida com um ventilador e uma lâmpada que era acesa permanentemente. Na mesma casa as equipes apreenderam munições de rifle calibre 762 e calibre 38.

Prisão
Em outra propriedade, também situada no mesmo bairro, os agentes de segurança apreenderam um adolescente e prenderam uma mulher, identificada por Mariana de Brito Mota (19) – ambos sem antecedentes. Na casa onde os dois estavam, a Polícia apreendeu aves da fauna silvestre brasileira e também DVDs e CDs pirateados.

Os suspeitos e os materiais foram conduzidos para a Delegacia Regional de Senador Pompeu, onde as medidas pertinentes foram tomadas.

De acordo com a polícia de Senador Pompeu, a Operação segue até este sábado (31). A população pode ajudar a Polícia denunciando a prática criminosa que tem conhecimento. Para fazer denúncias, basta ligar para o disque denúncia da SSPDS pelo número 181 ou para a Delegacia Regional de Senador Pompeu, no telefone (88) 3449-1324

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:48 · 20.10.2016 / atualizado às 09:48 · 20.10.2016 por

Canindé. Uma tentativa de assalto frustrada por uma criança terminou com o assaltante espancado pela população. O fato aconteceu na noite da última quinta-feira (19), neste Município da região central. De acordo com as informações da Polícia, Osiel Ricardo Silva, 32, tentava levar uma moto que estava estacionada em uma calçada quando foi visto e pegue pelos moradores.

Homem foi espancado e rendido pela População que percebeu a ação (Foto: Canindé Agora)
Homem foi espancado e rendido pela População que percebeu a ação (Foto: Canindé Agora)

O homem é natural de Canindé. Conforme as informações da Polícia, o acusado tentou levar uma moto que estava estacionada na calçada de uma casa da rua Josias Gondin. Uma criança que seria filha do casal proprietário do veículo, ouviu o barulho que Osiel fazia ao tentar ligar a moto e gritou pelo pai. O assaltante tentou fugir mas foi alcançado pelo dono da moto.

Moradores da rua, percebendo que se tratava de um assalto, passaram a espancar Osiel que chegou a ser socorrido para o Hospital Regional da cidade. O homem teve escoriações no rosto e está preso na Delegacia Regional de Canindé (8ª Região), onde aguarda para ser ouvido pelo delegado Luciano Lacerda. De acordo com os policiais, Osiel passa bem.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com