Categoria: Medicina


06:00 · 14.05.2019 / atualizado às 05:25 · 14.05.2019 por

Nesta segunda-feira (13) o Ministério da Saúde divulgou a nova etapa do Programa Mais Médicos. O objetivo é priorizar os municípios com altos índices de vulnerabilidade social. O novo edital também prioriza a participação de profissionais formados e habilitados com CRM no Brasil. As inscrições, para cerca de duas mil vagas em todo o País, começam no dia 27 de maio.

No Ceará estão sendo disponibilizadas preliminarmente aproximadamente 250 vagas. Desse total 15 estão disponíveis para seis municípios do Sertão Central, sendo uma para Boa Viagem; três para Choró; o mesmo número para Pedra Branca e uma em Piquet Carneiro. Quixadá com três e Quixeramobim, quatro vagas, entram na lista, apesar de não constarem como de extrema pobreza.

O edital do novo programa Mais Médicos do Governo Federal está aberto a profissionais formados em instituições de educação superior brasileiras e estrangeiras, desde que com diploma revalidado no País. Os médicos devem começar a atuar na Atenção Primária a partir de junho. A remuneração bruta é de R$ 12,386.50. Com descontos do INSS, de R$ 642,33, o valor líquido é R$ 11.744,17.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 28.03.2019 / atualizado às 12:40 · 28.03.2019 por

Os planos da Faculdade Estácio de Sá, de início do curso de Medicina em Quixadá ainda este ano ou no começo de 2020, deverão ser no mínimo adiados. O juiz federal Renato Coelho Borelli, da 9ª Vara Civil da Seção Judiciária do Distrito Federal (SJDF) suspendeu a decisão do Ministério da Educação (MEC) que dava prerrogativa ao Grupo Estácio para oferta da formação acadêmica neste Município.

De acordo com divulgação feita pela Justiça Federal, a decisão atende ação impetrada por outra entidade concorrente à implantação do curso nesta cidade, o Centro Universitário Christus, que alega irregularidades na proposta feita pelo Grupo Estácio a municípios do Ceará.

No parecer judicial  o magistrado considera que a instituição vencedora integra um consórcio que não poderia ter participado do processo de escolha da entidade educacional para abrir o curso de Medicina. Entretanto, a Estácio pretende recorrer da decisão.

Fake News

Até a concretização da liberação do curso de Medicina para Quixadá, a disputa política pela autoria da aprovação junto ao MEC foi muito concorrida, apesar dos grupos adversários terem demonstrado união pela conquista.

Todavia, tão logo a decisão do juiz federal foi divulgada, nas redes sociais começou a circular uma fake news de que o Governo Bolsonaro havia suspendido a autorização do curso para a cidade.

O curso de Medicina ainda está previsto para ser instalado em Quixadá, entretanto, não se sabe quando sairá o resultado da disputa judicial sobre qual instituição será autorizada a implantá-lo.

Nota da Estácio 

A  Estácio esclarece que cumpriu rigorosamente todas as exigências do Edital SERES/MEC nº1/2018, na proposta apresentada para implantação do curso de Medicina no município de Quixadá, tendo o seu projeto sido selecionado como a melhor proposta para atender as necessidades da população local.

Desta forma, a Estácio está adotando as medidas cabíveis para reverter a decisão judicial que determinou a suspensão do resultado do edital, dado que não existem irregularidades nas propostas, visando não comprometer o início da oferta do curso e o consequente desenvolvimento social e das condições de saúde da região. 

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 24.01.2019 / atualizado às 07:10 · 24.01.2019 por
Os representantes da Faculdade Estácio de Sá visitaram unidades de saúde em Canindé. Foto > Prefeitura de Canindé

Representantes da Faculdade Estácio de Sá realizaram visita aos municípios do Sertão Central onde essa entidade educacional deverá implantar cursos de Medicina aprovados pelo Ministério da Educação (MEC). A comitiva, formada pelo diretor nacional dos Cursos de Medicina da Estácio, Silvio Pessanha Neto, diretor da Regional Nordeste da Estácio, Elísio Alcântara e a reitora do Centro Universitário Estácio do Ceará, Ana Flávia Chaves, foi recebida na terça-feira (22) pela prefeita de Canindé, Rozário Ximenes, e no dia seguinte pelo prefeito de Quixadá, Ilário Marques, cumprindo agenda no Estado, nas cidades onde venceu concorrência com outras instituições.

.

Nos encontros o diretor nacional dos cursos de Medicina da Estácio, Silvio Pessanha Neto, informou que sua equipe está trabalhando para realizar o primeiro vestibular nas duas cidades o mais breve possível. Em Canindé, ele visitou unidades médicas, ainda prédios e terrenos disponibilizados para a instalação da faculdade. Na avaliação do visitante, a estrutura oferecida pela prefeitura atende as expectativas da instituição. O curso deverá ser iniciado no fim deste ano ou começo de 2020.

A prefeita de Canindé fez questão de ressaltar o esforço do senador Eunício Oliveira em garantir a implantação do curso na sua cidade, uma grande conquista para a saúde pública.

O diretor da Regional Nordeste da Estácio, Elísio Alcântara, previu a criação de mais de 200 empregos diretos e 800 indiretos na implantação da faculdade em Canindé. As instalações serão de primeiro mundo.

Em Quixadá, a reunião ocorreu no Centro Administrativo. Além do prefeito Ilário Marques, secretários e o diretor do  Consórcio Regional de Saúde, Neto Dias, recepcionaram a comitiva da Estácio. Os primeiros passos serão a contratação de professores e a localização do melhor ponto para instalação da nova unidade da organização educacional. Os planos são os mesmos definidos em Canindé, realizar o vestibular e receber os primeiros alunos ainda este ano, comentou no encontro.

O prefeito de Quixadá pretende disponibilizar uma força tarefa para lidar com as demandas do processo de instalação do curso de medicina no Município. Para ele, o momento marca a coroação de Quixadá como cidade universitária. Ilário Marques ressaltou não dependerem somente da Estácio e da prefeitura, pois boa parte da  próximas etapas diz respeito ao Ministério da Educação e outros órgãos federais, se referindo a intenção de o curso ser iniciado no começo do segundo semestre deste ano.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 23.03.2018 / atualizado às 08:30 · 23.03.2018 por

Duas instituições de ensino superior de Quixadá, a Faculdade Cisne e a Unicatólica, ainda não confirmaram se disputam a implantação do curso de Medicina autorizado pelo Ministério da Educação (MEC) em quatro cidades do Interior do Ceará. O MEC ainda não divulgou quando o Edital com as regras será publicado, mas a estimativa é da necessidade de investimentos de R$ 20 milhões.

O reitor da Unicatólica, Dr. Manoel Messias, maior centro de formação superior do Sertão Central, informou ainda não haver decisão da sua instituição, de incluir a Medicina no rol de cursos ofertados regularmente. Após a avaliação do Edital a direção da universidade se manifestará. Esse também é o posicionamento da Faculdade Cisne, informou seu diretor administrativo-financeiro, Deodato Diógenes.

A luta de Quixadá pela implantação do curso de Medicina começou em 2015, no início do ano, em razão de uma série de fatores os quais poderiam deixar o Município fora do certame. Quixeramobim, cidade vizinha, também aspirava ao curso e um dos critérios técnicos estabelecidos era de não haver e nem ser possível conceder a autorização para outra instituição em um raio de 70Km. A distância entre as duas cidades é de 50Km.

O prefeito de Quixadá à época do período da manifestação de intenção pelo curso, João Hudson Bezerra, teve a sua inscrição indeferida. Logo foram realizadas várias articulações políticas para assegurar ao Município o mesmo direito de outros 12, incluindo Quixeramobim, adversário direto pela disputa do curso. Coube à deputada Rachel Marques conseguir, através de liminar judicial, assegurar o direito de inscrição.

Um movimento foi formado por lideranças educacionais, empresariais e políticas pelo direito ao curso. Em seguida a Caravana da Medicina partiu para Brasília. A mobilização não foi em vão. O MEC confirmou a participação de Quixadá na disputa e a visita de técnicos da Comissão Especial. Lideranças políticas, como a do médico Ricardo Silveira, reforçaram a participação do Município.

Depois de todo esse esforço, o MEC elaborou um novo Decreto de disputa, específico para entidades privadas, esclareceu o médico cardiologista Ricardo Silveira, acrescentando ter se iniciado o movimento na cidade pelo disputadíssimo curso em 2010, por iniciativa do bispo emérito dom Adélio Tomasin, quando ainda era chanceler da Faculdade Católica. “A minha expectativa era de o curso ser oferecido por uma universidade pública, mas nas muitas idas à Brasília constatei que o Governo Federal não tem recursos financeiros para esse fim”, ressaltou.

Em Canindé, outra cidade do Sertão Central aprovada pelo MEC, as articulações em torno do curso são bem diferentes. A administração municipal faz mistério em torno dos detalhes e mais ainda sobre as instituições interessadas. Informação, apenas da ida da prefeita Rozário Ximenes a Brasília, acompanhada da sua secretária de Saúde, para assinar o Termo de Compromisso, atendendo as exigências do MEC aos prefeitos dos quatro municípios aprovados.

Veja mais no Diário do Nordeste

Quatro cidades do Interior vão ganhar curso de Medicina

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 09.12.2017 / atualizado às 23:00 · 08.12.2017 por

Lideranças políticas e empresariais em prol do curso de Medicina em Quixadá se uniram e foram à Brasília.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta sexta-feira (8), no Diário Oficial da União, Edital relacionando os municípios cearenses aptos a receberem cursos de Medicina. Conforme a divulgação oficial, foram selecionados Canindé, Iguatu, Itapipoca e Quixadá, tendo lideranças políticas, empresários e médicos desta última cidade se mobilizado pela inclusão do Município na lista de interessados na implantação do curso no Interior do Estado.

No início de agosto passado o presidente do Senado Federal, o cearense Eunício Oliveira, havia divulgado que o MEC autorizou a abertura de cinco novos cursos de Medicina no Ceará. As cidades contempladas seriam Crateús, Iguatu, Itapipoca, Russas e Quixadá, que disputava uma das vagas com o município vizinho, Quixeramobim. O anúncio foi feito no plenário do Senado.

Entretanto, conforme o Edital, um dos critérios estabelecidos foi o limite de participação de, no máximo, quatro municípios por unidade da Federação, tendo sido pré-selecionados aqueles de maior população, conforme estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2017, ainda dois municípios por Região de Saúde, respeitada a distância mínima de 50Km entre eles.

O período para adesão dos municípios ao Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (Simec) será de 11 a 20 de dezembro. A verificação in loco da equipe de avaliação deverá ser realizada entre o dia 2 de janeiro a 9 de fevereiro de 2018. O resultado da inspeção será divulgado pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) no dia 20 de fevereiro. O resultado final no Diário Oficial da União ocorrerá no dia 13 de março.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 11.11.2017 / atualizado às 09:40 · 11.11.2017 por

O público de Quixadá e de cidades vizinhas, crente na cura de doenças através da interseção mediúnica terá a oportunidade de submeter-se a cirurgias espirituais neste domingo (12) em Quixadá. As sessões, gratuitas, estão sendo promovidas pela Casa de Caridade Quixadá. As curas serão realizadas por uma equipe de médiuns de Fortaleza.

Conforme a administração da Casa de Caridade as fichas de inscrição para as cirurgias, sem cortes, serão entregues somente no domingo, das 8 às 10 horas. Em seguida começarão os atendimentos, na própria sede da Casa de Caridade, situada no Centro de Quixadá. Os interessados também poderão obter mais informações através do telefone (88) 9 9960 9456.

No espiritismo, existe algo além da matéria e do corpo físico. Seus seguidores acreditam em Deus e na comunicação com espíritos chamados de “superiores”. Para os espíritas, a “alma” possui estágios de crescimento, sendo necessárias algumas milhares de encarnações para atingir sua plenitude. Para dizer que nosso corpo material possui um elo com a nossa alma é utilizado o termo “perispírito”, relatam estudiosos.

Sobre as cirurgias espirituais, a psicocinese ou telecinesia, como é denominada essa ciência, explica essas “curas”. Ela trata do poder da mente de “mexer objetos”. Aplicada sobre seres vivos, seria a habilidade de mexer com a alma, ou o perispírito, consertando as “falhas” dessas estruturas. Muitos fazem isso através da incorporação de médicos famosos, como o Dr. Fritz ou o Dr. Hans.

Casa de Caridade Quixadá
Rua Oscar Barbosa, 224 – Centro
Fone: (88) 9 9960 9456

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

07:30 · 03.08.2017 / atualizado às 10:40 · 03.08.2017 por
Eunício Oliveira divulgou na sua rede social a lista das cidades cerenses aprovadas pelo MEC

O Ministério da Educação (MEC) ainda não anunciou oficialmente, mas de acordo com o presidente do Senado Federal, o cearense Eunício Oliveira, o MEC autorizou a abertura de cinco novos cursos de medicina no Ceará. As cidades contempladas são Crateús, Iguatu, Itapipoca, Russas e Quixadá, que disputava uma das vagas com o município vizinho, Quixeramobim. O anúncio foi feito no plenário nesta quarta-feira (2).

Os novos cursos fazem parte de um edital do Governo Federal que oferecerá, ao todo, 2.305 vagas em vários estados. O MEC não confirmou a relação dos municípios cearenses na lista. Também não informou quando o edital será publicado. A partir dele, as entidades universitárias interessadas poderão pleitear o curso.

Veja o anúncio de Eunício:

Quixadá e Quixeramobim disputavam, desde 2008, a chance de sediar um curso de medicina. Em abril de 2015, apenas Quixeramobim elencava a lista dos prováveis candidatos, conforme divulgação no Diário Oficial da União (DOU).

Para não ficar fora da disputa, em julho daquele ano, Quixadá promoveu a 1ª Conferência Municipal de Saúde, tendo na ocasião feito um balanço da situação na região, demonstrando porque era importante a vinda do curso para a cidade.

Uma das últimas declarações sobre o assunto foi dita pelo líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Federal, o deputado José Guimarães. Em fevereiro do ano passado, de passagem por Quixeramobim, onde participou da cerimônia de inauguração da adutora do açude Pedras Brancas, disse que não deixaria nada prejudicar Quixeramobim, se referindo ao curso.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

07:30 · 09.03.2017 / atualizado às 07:25 · 09.03.2017 por

A prefeitura de Quixeramobim (a 212Km de Fortaleza) divulgou através de Portaria a suspensão do processo seletivo simplificado para a contratação de servidores temporários para diversos cargos. Conforme o documento emitido pela administração municipal, problemas de comunicação interface entre os programas de cadastramento dos candidatos, a disponibilidade de vagas e o número de vagas prejudicaram o processo.

No início de fevereiro a prefeitura já havia prorrogado o prazo para inscrição dos candidatos. Conforme a comissão responsável pela seleção especial a demanda de procura foi muito superior à esperada. O período para as inscrições dos interessados não foi suficiente. Estavam sendo disponibilizadas 996 vagas temporárias. O número de inscritos não foi informado e nem se o processo seletivo será concluído.

Veja também no Diário do Nordeste > Prefeitura de Quixeramobim realizará seleção simplificada para 996 vagas temporárias

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

10:00 · 01.02.2017 / atualizado às 09:50 · 01.02.2017 por

Quixeramobim
Profissionais de diversas áreas terão a oportunidade de conquistar um emprego neste início de ano em Quixeramobim (212Km de Fortaleza). A prefeitura deste município do Sertão Central divulgou no seu portal oficial Edital de Processo Seletivo Simplificado para vagas em diversas funções. A maioria é para o cargo de zelador e agente de limpeza. Assistentes sociais, professores, médicos e até borracheiro e Agente de Correio Comunitário estão na lista. São quase 1.000 vagas no total. Os salários variam de R$ 938,00 a R$ 8.000,00.

Os interessados têm até amanhã, 2 de fevereiro, para se inscreverem, na Universidade Aberta do Brasil (UAB), situada à Avenida Dr. Joaquim Fernandes, 382. A entrevista oral, com caráter classificatório e eliminatório, será realizada no dia seguinte, nesta sexta-feira, dia 2, das 10 às 18 horas. O Edital não informa quando será realizada a prova escrita, mas estabelece como prazo para divulgação do resultado preliminar, o dia 7 deste mês, através do site da prefeitura: http://www.quixeramobim.ce.gov.br/.

O documento, datado de 30 de janeiro último, é assinado pelos secretários de Assistência e Desenvolvimento Social, de Saúde, de Educação, de Infraestrutura, de Agricultura e Recursos Hídricos, de Cultura e Turismo, de Gabinete, presidente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMTQ), diretor geral do Serviço Autônimo de Água e Esgoto (SAAE), secretário interino de Esporte, Juventude e Integração e presidente do Instituto de Previdência do Município (QUIPREV).

Veja o Edital completo do Processo Seletivo Simplificado > Edital Nº 005/2017

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

13:18 · 29.10.2016 / atualizado às 13:18 · 29.10.2016 por

Banabuiú. Com suas mais de 100 variações já identificadas, o câncer tem um poder devastador na vida dos portadores. A grande maioria tem a rotina de vida inevitavelmente abalada e a autoestima prejudicada. Em alguns, o problema se converte em algo ainda pior: a depressão. A ajuda para amenizar estes efeitos tem surgido na criação de programas que trabalham o resgate do otimismo e da qualidade de vida de pacientes oncológicos.

Em alguns casos, o trabalho é desenvolvido pelas próprias secretarias municipais. É o que acontece neste Município da região Central cearense que criou há mais de um ano o Projeto de Apoio aos Pacientes Oncológicos (Proapo). O projeto trabalha o psicológico e emocional dos pacientes além de desenvolver atividades lúdicas e recreativas.

Proapo de Banabuiú promove encontros quinzenais, com música, atividade lúdica e apoio multiprofisisonal
Proapo de Banabuiú promove encontros quinzenais, com música, atividade lúdica e apoio multiprofisisonal

Trabalho de resgate
Patrícia Almeida, secretária de saúde de Banabuiú, explica que o Proapo nasceu da necessidade de articular algo em prol dos pacientes, dado o grande número de casos desenvolvidos por moradores da cidade. Os encontros são quinzenais. As reuniões são supervisionadas por uma equipe multidisciplinar de profissionais, como psicólogos, assistentes sociais, educadores físicos, fisioterapeutas entre outros.  Em todos eles, conta ela, a emoção é uma garantia. “Desenvolvemos atividades lúdicas como desenhos, pinturas, conversas sobre nossas vidas e dificuldades e, um dia, um deles chorou porque disse que aquela era a primeira vez que ele teve a oportunidade de desenhar na vida. Não tenho dúvidas que este é um trabalho de resgate da vontade de viver”, enfatiza Patrícia.

Outros municípios também se destacam pelo trabalho de atenção a pacientes oncológicos, como em Quixeramobim, onde a Associação Luz e Vida de Apoio a Pessoa com Câncer oferece apoio a pessoas com a doença. O grupo foi fundado há quase três anos e atualmente acompanha 23 pessoas, além de acompanhar pessoas em visitas domiciliar. “O grupo dá assistência encaminhando pessoas para institutos de tratamento. Quando alguém tem dificuldade para pagar um exame, embora a gente não tenha ajuda de nenhum governo, nos ajudamos a financiar, e desenvolvemos palestras, encontros recreativos, tudo que possa trazer de volta a alegria abalada por essas pessoas”, diz Liduina Leite, fundadora do Luz e Vida.

Luz e Vida, de Quixeramobim, promove trabalho de conscientização nas ruas e encontros
Luz e Vida, de Quixeramobim, promove trabalho de conscientização nas ruas e encontros

Enfrentamento
Câncer vem do grego Karkinos. A palavra foi batizada pelo médico grego Hipócrates, considerado o Pai da Medicina. Ele a lançou depois de ver um tumor com vasos sanguíneos ao redor, que lembrava um caranguejo. Hoje, já há uma nova forma de encarar o diagnóstico. Os tratamentos estão mais modernos no combate a doença e ajudam a curar cerca de 70% dos casos. Mesmo assim, quem descobre ser portador de câncer tem as estruturas emocionais abaladas. “Na hora, você não sabe o que fazer. Bate um desespero porque, você construiu uma vida aqui com filhos, com família, com trabalho e você acha que o câncer vai tirar tudo isso de você”, disse um dos pacientes.

Este é um trecho da matéria sobre o trabalho de grupos que ajudam no enfrentamento do câncer em pacientes da região. Leia a matéria completa na superedição deste fina de semana do Diário do Nordeste >> Grupos ajudam a melhorar enfrentamento do câncer

________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags