Busca

Categoria: Meteorologia


10:30 · 18.11.2017 / atualizado às 10:30 · 18.11.2017 por

Primeiro alerta da Defesa Civil do Ceará é para o monitoramento das pequenas barragens no Interior.

Após um período prolongado de estiagem, de seis anos, a expectativa é de boas chuvas para a próxima quadra invernosa no Ceará. Apesar de a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apresentar o diagnóstico oficial do Estado somente a partir do início do próximo ano a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil do Ceará (Cedec) começou a alertar as prefeituras.

> Defesa Civil alerta sobre riscos em barragens

A preocupação não é por menos. Alguns órgãos especializados em estudos climáticos como a Somar Meteorologia, já detectaram o esfriamento do Oceano Pacífico. Esse fenômeno, preconiza o surgimento do La Niña, sinônimo de mais chuvas no Ceará, principalmente no Interior. E quando chove com mais intensidade há risco das barragens de pequeno porte arrombarem.

> Esfriamento do Pacífico traz esperança de chuva

No ano passado, no Sertão Central, os moradores do distrito de Califórnia, na zona rural de Quixadá, se mobilizaram e realizaram o reparo de uma fissura na parede do açude que abastece a comunidade. No ano anterior (2015), quando havia chovido mais um pouco na região, outros barreiros, como são conhecidos os pequenos reservatórios particulares, romperam. Em um deles, no distrito de Juá, uma força tarefa, dos próprios moradores, realizou os reparos.

Diante dos novos diagnósticos, de um bom inverno, quando ocorrem muitas chuvas, moradores de áreas urbanas, consideradas de risco ou sujeitas a alagamentos, começam a se preocupar. Existem vários pontos na maioria das cidades da região. Quixadá é uma delas, mas de acordo com a administração municipal já está sendo realizado um mapeamento e estudadas estratégias para solução dos problemas.

A preocupação dos moradores das áreas urbanas é com os alagamentos.

As chuvas em períodos de bom inverno costumam deixar ruas e até bairros alagados.

Os moradores que mais sofrem com os alagamentos moram próximo a córregos.

Alguns procuram levar o problema dos alagamentos com bom humor ou protesto.

Nas regiões serranas, como o Maiço de Baturité, o risco maior é de desabamentos. Foto > VC Repórter

Mobilização e meteorologia

Com o alerta da Cedece os coordenadoras da Defesa Civil nos seus municípios deverão começar a se mobilizarem a partir da próxima semana. Por enquanto, o clima está literalmente ameno em todo o Estado, com possibilidade de chuvas isoladas na faixa litorânea e no Maciço de Baturité. Nas demais áreas, céu entre parcialmente nublado e claro ao longo do dia. Esse é o mesmo prognóstico da Funceme para este domingo (19).

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 13.07.2017 / atualizado às 07:50 · 13.07.2017 por

Apenas com 3,6% da sua capacidade, o equivalente a 260 mil m³, o Açude Quixeramobim tem água o suficiente para auxiliar o abastecimento dos consumidores desta cidade até novembro deste ano. A avaliação foi feita pelo gerente regional da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) e pelo diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) deste Município, Miguel Fernandes.

Atualmente a barragem de Quixeramobim está apenas com 3,6% da sua capacidade

Construído no período de outubro de 1958 a dezembro de 1960, a princípio se imaginava que o Açude Quixeramobim tivesse capacidade para 64 milhões de m³, entretanto, após uma batimetria, análise técnica realizada com a utilização de equipamentos eletrônicos, em 2011, se constatou a real capacidade da barragem, funcionando como uma ponte sobre o rio homônimo, na CE-060. O reservatório tem capacidade apenas para pouco mais de um décimo dos cálculos inciais.

Em razão do baixo aporte, em setembro de 2015 o Açude Quixeramobim secou totalmente. Houve necessidade de captar água do Açude Pedras Brancas, no município vizinho, Banabuiú, para atender a população da cidade. Mesmo assim a barragem, que acumulou apenas 4,2 % da sua capacidade com as chuvas deste ano, auxilia no sistema de abastecimento do SAAE. A barragem também costuma ser a primeira a sangrar na região. a última vez ocorreu em abril de 2011. Os dados são da Cogerh.

Veja a atual situação hídrica de Quixeramobim no Diário do Nordeste 

Racionamento hídrico continua em Quixeramobim

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

07:00 · 12.07.2017 / atualizado às 07:25 · 12.07.2017 por

A quadra chuvosa já terminou no nordeste brasileiro, mas o clima agradável, com os termômetros chegando até aos 18°C nas madrugadas está agradando a população do sertão cearense. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) tem explicação para esse fenômeno. Nesta época do ano se inicia o inverno no Hemisfério Sul, atingindo a maioria dos estados brasileiros.

A baixa sensação termina não é sentida somente nas regiões serrana, como no Maciço de Baturité. Em Quixadá, onde a temperatura média chega aos 34°C, nestes últimos dias, nos inícios das manhãs, tem ficado na casa dos 24°C. Na Serra do Estevão, distante 20Km do Centro da cidade, os moradores estão usando agasalhos durante a noite. Alguns estão trocando a cachaça pelo vinho.

No Sertão Central, na terça-feira a manhã começou com garoa e temperatura de 20°C. Hoje, foram 24°C.

Ainda conforme a Funceme o clima parece ser ainda mais frio em razão da sensação térmica. Nessa época do ano os ventos começam a se intensificar no Nordeste até chegar ao mês de setembro, quando as médias de velocidade são maiores e as rajadas mais fortes, atraindo os pilotos de voo livre para a região. Mas até lá quem quiser sentir um pouquinho mais de frio basta subir até Guaramiranga e Pacoti, no Maciço de Baturité. Nas madrugadas a temperatura está beirando os 15°C por lá.

Até a próxima sexta-feira (14) o céu estará parcialmente nublado durante todo o dia no Ceará. Pela analise dos meteorologistas da Funceme essa nebulosidade está associada a áreas de instabilidade que se formaram no Oceano Atlântico, provocadas por um Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL). No intervalo das últimas 24 horas houve registro de chuva apenas em Itaiçaba, na região do litoral oeste. Foram apenas 4,2mm.

Neste início de julho o clima serrano se estende por todo o Interior do Ceará 

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

08:30 · 02.07.2017 / atualizado às 08:30 · 02.07.2017 por

A maior chuva de pós-estação neste sábado para domingo em Quixadá surpreendeu a população desta cidade. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) choveu 60 milímetros neste município do Sertão Central. O registro foi feito no pluviômetro oficial instalado no distrito de Tapuiará. Choveu 34,8mm no Açude Pedras Brancas, de onde é captada a água para abastecer a cidade, onde as precipitações foram um pouco maiores, 40mm.

Para muitos moradores da zona rural do Sertão Central, como em Ibicuitinga, o inverno voltou

Embora bem menores que as chuvas de 80mm registradas no início de maio passado, foram suficientes para alagar novamente a Av. José Caetano e algumas ruas no entorno do terminal rodoviário de Quixadá. Dessa vez a água escoou mais rápido, informaram alguns moradores. Dessa vez a alegria foi maior que os transtornos. A neblina e o clima frio, em torno dos 24ºC agradaram.

Ainda no Sertão Central, também choveu em Quixeramobim. Foram 44mm na região do Açude Pirabibu. Entretanto a maior chuva registrada das 7 horas deste sábado até às 7 horas deste domingo em Granja, com 75mm, no estremo noroeste do Estado, município vizinho a Camocim; a segunda maior precipitação do dia foi registrada em Iracema, na região jaguaribana, com 68mm.

De acordo com os meteorologistas da Funceme, as chuvas de pós-estação estão relacionadas a nebulosidade associada a um Cavado de Altos Níveis, um sistema de baixa pressão atmosférica e circulação horária a aproximadamente 12Km de altura. Essas áreas de instabilidade estão vindo do leste do nordeste brasileiro e devem continuar pelos próximos dois dias, com possibilidade de chuvas na faixa litorânea do Ceará.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

10:00 · 04.06.2017 / atualizado às 09:25 · 04.06.2017 por

O Comitê Gestor da Sub-Bacia Hidrográfica do Rio Banabuiú reconheceu como crítica a situação do seu aporte após o período chuvoso deste ano no Ceará. A análise foi divulgada no site oficial da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) uma semana após a reunião realizada no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) em Quixadá.

De acordo com a divulgação feita pela Cogerh, dentre as alternativas encontradas para minimizar o problema, dos escassos recursos hídricos, considerando-se a necessidade primária e primordial do abastecimento humano, foi a hidroponia e a produção em ciclo fechado. A proposta foi feita pelo professor do IFCE, Rinaldo Cavalcante.

Ainda conforme dados da Cogerh, a sub-bacia do Banabuiú é a segunda das 12 monitoradas pelo órgão estadual com menor volume hídrico. Atualmente está com apenas 3,74% da sua capacidade, superior apenas a da bacia do Baixo Jaguaribe, com 1,34%.Todavia, se comparada a capacidade de armazenamento, a bacia do Banabuiú está com volume superior a do Salgado e da Serra da Ibiapaba.

Na reunião, com a participação de 46 instituições membros do Comitê e mais 34 convidados, também foram escolhidos os novos dirigentes do Comitê da Sub-Bacia do Banabuiú. Os nomes eleitos para compor a direção foram: Sérgio Pinto da Cunha para presidente, Francisco Almir Frutuoso Severo, vice-presidente, José Cláudio da Silva para secretário e Vicente Honorato da Silva secretário-adjunto.

O açude Arrojado Lisboa, situado em Banabuiú, está atualmente com menos de 1% da sua capacidade

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

07:30 · 29.05.2017 / atualizado às 07:35 · 29.05.2017 por

Um clima agradável, acompanhado de relâmpagos, trovoadas e chuvas contínuas desde o início da noite deste domingo (28) surpreendeu os moradores de várias cidades do Sertão Central. Pela manhã cedo o tempo havia ficado nublado e até uma chuva fina caiu sobre Quixadá e outros municípios da região.

Em Quixadá começou a chover no início da manhã deste domingo. Após um intervalo a chuva voltou a refrescar a cidade.

Ainda cedo da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ainda não havia divulgado os registros de chuvas em todos os postos pluviométricos espalhados pelo Estado, mas alguns moradores de Quixadá, com pluviômetros instalados nas suas propriedades apontavam a média de 50mm.

Segundo previsão da Funceme, para esta segunda-feira (29) há nebulosidade variável com possibilidade de chuvas no Centro-norte do Ceará e possibilidade no Sul do Estado. Esse quadro está associado ao avanço de áreas de instabilidade, com a presença de um Cavado de Altos Níveis (CAN) no sul do Nordeste brasileiro.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

06:00 · 10.05.2017 / atualizado às 06:20 · 10.05.2017 por

A Barragem Germinal, construída no município de Palmácia, é a mais nova atração do Maciço de Baturité. Com capacidade para 3,1 milhões de m³ o reservatório construído pelo governo do Estado com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) sangrou pela primeira vez com as chuvas da última segunda-feira (8) na região serrana. A barragem represa as águas do rio Pacoti.

Segundo informações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) a barragem ainda não foi incluída no sistema de monitoramento da Companhia. A obra, iniciada em 2011, acaba de ser concluída. O governador do Estado, Camilo Santana, ainda não definiu data para a inauguração. Mas com a Germinal sangrando a expectativa da população de Palmácia é de que seja ainda neste mês de maio.

Atualmente estão sangrando no Ceará os açudes Acaraú Mirim e São Vicente, da bacia do Acaraú; Quandú, Gameleira e São Pedro Timbaúba, da bacia do Litoral; Itaúna, Tucunduba e Angicos, da bacia do Coreaú e o Maranguapinho, Itapebussu, Cahuipe e Tijuquinha, das bacias Metropolitanas. Este último, o Tijuquinha, em Baturité, ultrapassou sua cota máxima, de 881 mil m³ pela terceira vez este anos. As outras duas foram nos dias 13 e 17 de abril. Os dados são da Cogerh.

Veja também no Diário do Nordeste o Tijuquinha sangrando pela terceira vez

YouTube Preview Image

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

07:00 · 09.04.2017 / atualizado às 07:55 · 09.04.2017 por

Totalmente seco havia cinco anos, o açude do distrito de Califórnia, distante 30Km do Centro de Quixadá, se transformou na principal atração de lazer desde município do Centro do Estado nos últimos dias. Segundo relato dos moradores do lugarejo com mais de 500 famílias a barragem encheu do dia para a noite, trazendo alegria, e atraindo muitos visitantes nos fins de semana.

Segundo o presidente da Associação de Trabalhadores Livres da Califórnia, Maurício Alves de Sousa, 55 anos, agora, além de água para as casas, os animais não passarão mais sede. Eles chegaram até a cavar uma cacimba no açude seco, a procura de água. As famílias estavam sendo abastecidas pelos carros-pipa. Chafarizes também foram instalados, mas para quem já está acostumado a ter água na torneira, o incomodo é grande.

Agora, apesar de não se saber ao certo qual o volume hídrico acumulado, com a barragem cheia haverá água para as casas pelo menos até o fim do ano de 2019. A água do açude será utilizada somente para o abastecimento humano e dos animais, ressaltou o líder comunitário enquanto se divertia no banho de açude que encheu apenas com a carga dos riachos que desaguam nele. “Por enquanto é receber os visitantes e comemorar com eles“, acrescentou.

Elias Carlos da Silva, 42 anos, foi um desses visitantes. Ele é proprietário de uma agência de turismo, a Eias Turismo. Embora more numa região praiana, Cascavel, resolveu promover um passeio diferente e trouxe 13 turistas para conhecerem o lugar. O cartão de visita foi a passagem molhada do rio Choró, na entrada do distrito. Os pais, que moram em Quixadá, haviam lhe enviado as fotos. Restava apenas conferir, e se divertir.

Para chegar até a vila do distrito da Califórnia é preciso seguir pela CE-060, com destino ao Maciço de Baturité e atravessar a passagem molhada do rio Choró.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

18:35 · 31.03.2017 / atualizado às 20:33 · 31.03.2017 por

Exatamente uma semana após um empresário registrar em vídeo, no seu telefone celular, a queda de um raio sobre um monólito em Quixadá, mais uma descarga atmosférica de alta intensidade foi captada em um celular nesta cidade do Sertão Central.

O motorista de carro-pipa Guilherme Lima, de Quixadá, foi o primeiro a postar o vídeo do raio nas redes sociais. Ele informou ao Diário do Nordeste que a imagem foi gravada por um amigo, que estava viajando de Fortaleza para Quixadá, pela BR-122. O raio caiu  por volta das 16 horas à margem da rodovia federal, entre Ibaretama e Quixadá.

Guilherme Lima garantiu que o vídeo é autêntico e que o motorista, o qual seguia sozinho, em princípio ficou assutado e depois, eufórico. Sem revelar o nome do autor do vídeo Lima ainda disse que após fazer o registro inusitado o amigo não perdeu tempo passou a compartilhar no Facebook.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

08:00 · 25.03.2017 / atualizado às 17:20 · 25.03.2017 por

Um dia após o vídeo da descarga de um raio atingindo um monólito na cidade de Quixadá viralizar nas redes sociais, o empresário Marcos Franklin (foto) assumiu a autoria das imagens. Logo após receber o material audiovisual, a reportagem do Diário do Nordeste esteve no local. Uma pessoa informou que o vídeo teria sido feito por um dos operários que estava trabalhando numa obra, no campus da Universidade Federal do Ceará (UFC), próximo ao Açude Cedro.

Diante do sucesso do vídeo, com mais 25 mil visualizações no Diário do Nordeste até esta sexta-feira (24), o verdadeiro autor resolveu se identificar. Ele é o chefe dos operários que se assustaram quando o raio atingiu o monólito ao lado do campus da UFC. Marcos Franklin confessou que o registro foi acidental. Naquele momento, ele estava gravando o andamento da obra de pavimentação do estacionamento externo do campus.

No local, foi constatado que o raio atingiu a antena parabólica de uma residência situada ao lado da formação rochosa – peculiar na região. A dona da casa, Adriana Pinto, informou ainda que a descarga atmosférica danificou o seu televisor. No momento exato do estrondo, às 16h18, ela e a família correram para fora do imóvel.

Essa também foi a reação dos alunos da UFC, quando viram o clarão e ouviram o barulho do trovão e de um grupo de crianças que jogava futebol ao lado da rocha. Para muitos, foi um milagre o raio não lhes ter atingido.

Conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), a carga de um raio tem velocidade média de cerca de 100 Km/s. O potencial elétrico médio é de 100 milhões de volts.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161